História Entre o amor e o ódio - Capítulo 2


Escrita por: e OhMaya

Postado
Categorias Matthew Daddario, Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Matthew Daddario
Tags Abo, Amor, Casamento Arranjado, Ciumes, Harry Alfa, Lemon, Matthew Ômega, Mpreg, Ódio, Shumdario
Visualizações 51
Palavras 1.477
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capitulo 1


Harry Shum Jr tem 22 anos, filho mais velho de Kaya e Iman Shum, e tem uma irmã de 18 anos que se chama Maryanne Shum.

Harry é um lindo asiático, com cabelos negros e sedosos e lindos olhos castanhos escuros. Foi prometido a Matthew Daddario quando tinha apenas dois anos de idade.

Harry é um alfa que odeia ômegas e que acha que eles são indefesos e que servem apenas para cuidar de uma casa. Seu temperamento é extremamente forte. Tem uma alcateia formada por: David Castro, que é um alfa, Will Tudor, que é um alfa, Isaiah Mustafa, que é um alfa, e Emeraude Toubia, que é uma beta.

Matthew Daddario tem 20 anos, filho mais velho de Christina e Richard Daddario, tem duas irmãs mais novas: Alexandra, uma alfa de 18 anos e Catherine, uma beta de 16 anos.

Matthew é um lindo moreno com cabelos sedosos e pretos, olhos de cor avelã.

Foi prometido a Harry Shum Jr quando tinha apenas seis meses de idade.

Matt é um ômega, mas ele odeia ser um ômega, pois ele é oprimido e sofre muito bullying em sua escola ou em qualquer lugar que ele vá e que tenha alfas. Ele odeia alfas. Mas ele odeia mais ainda Harry Shum Jr, o alfa mais idiota de Forks e infelizmente ele é prometido a ele.

Seu temperamento é calmo. Não tem amigos fora sua família. Adora Kaya e Iman Shum que são amigos de sua família, mas odeia seu filho.

 

[Flashback ON]

 

Matt: 6 anos  Harry: 8 anos

Com essa idade, as crianças começam a escolher as áreas de seu interesse. Tais como esportes, estudos, brincadeiras.

Como as pessoas achavam que os ômegas eram muito fracos e indefesos que precisavam ser protegidos pelos alfas, não tinham muitas opções do que eles poderiam fazer.

Matthew, um lindo garotinho que é apaixonado por arco e flecha, combate corpo a corpo e ama música. Infelizmente, por ele ser um ômega ele não pode fazer combate corpo a corpo. Com muita dificuldade, seus pais aceitaram de ele fazer arco e flecha.

Harry faz lutas com espadas e combate corpo a corpo. Ele acha muito idiota os pais de Matt o terem deixado fazer arco e flecha, pois ele é um ômega frágil e inútil.

Como suas famílias estão sempre unidas, eles treinam no mesmo lugar, mas Harry não gosta de dividir o mesmo ar que ele respira com um ômega.

Era um belo lindo dia de sol e eles estavam treinando com seus instrutores, no jardim da casa dos Shum.

Matt chegou um pouco perto demais de Harry, o que acabou deixando o alfa furioso e o empurrou no chão e o encarou com raiva.

- Sai de perto, seu ômega imundo. Não ouse chegar perto de mim. – Harry diz com seus olhos vermelhos de alfa.

Matt treme de medo com o tom de voz de comando de Harry e seus olhos se enchem de lágrimas.

- Saia já daqui! – Harry diz novamente, com seu tom de alfa.

Matt se assusta com seu tom e corre pro outro lado do jardim. Quando ele está correndo, ele não percebe Kaya vindo em sua direção e eles trombam um no outro.

Kaya se levanta e pega Matt no colo, inspeciona pra ver se ele não está ferido e quando vê seus lindos olhos avelãs tão tristes e com várias lágrimas seu coração se quebra e ela pergunta:

- Querido, o que aconteceu? Por que está chorando? – Kaya diz e limpa suas lágrimas.

Depois que Matt se acalma ele finalmente diz:

- Eu odeio ser um ômega. – diz com os olhos tristes.

- Oh, meu pequeno. Não fique triste, não gosto de lhe ver assim. Foi o Harry, não é? – Kaya pergunta com a sobrancelha arqueada.

- F – Foi. – Matt diz gaguejando.

- Ele se arrependerá de sua atitude daqui uns anos. Espero que ele seja melhor do que é agora quando chegar a hora. – Kaya suspira.

 

[Flashback OFF]

 

 

 

[Flashback ON]

 

Matt: 10 anos  Harry : 12 anos

 

Harry estava com seu pequeno grupo de amigos, - que mais tarde iriam se tornar sua alcateia - deitados em cima de vários edredons na sala, jogando videogame.

De repente ele sente um cheiro adocicado, ele vê o ômega se sentar ao seu lado sem sua permissão. Ele o olha, rosna e ativa seus olhos de alfa.

- Quem lhe deu permissão para vir confraternizar comigo e meus amigos, ômega? – Harry diz furioso.

Matt fica nervoso e responde:

- Sua mãe disse que era pra eu vir pra cá! – Matt grita e encara Harry com seus olhos azuis de ômega ativados.

- Você não ouse me desafiar, ômega. Agora saia daqui! - Harry grita também.

Isaiah, o mais simpático da turma de amigos de Harry, resolve se intrometer e diz:

- Harry, deixe-o. Ele não está fazendo mal a ninguém. – Isaiah tenta persuadir Harry a deixar Matt ficar com eles.

- Não suporto esse cheiro adocicado desses ômegas inúteis, então sim, Isaiah, ele tem que sair. – Harry diz olhando para Isaiah.

Matt morde seu lábio inferior, para tentar segurar suas lágrimas, e resolve sair de lá para não aborrecer mais a Harry.

Harry se acalma e fica com seus amigos a tarde toda jogando videogame.

 

[Flashback OFF]

 

 

[Flashback ON]

 

Matt: 16 anos   Harry : 18 anos

 

Matthew, desde que era criança sempre ia à casa de Harry, pois as famílias de ambos sempre foram amigas e por causa disso ele tinha um quarto só seu, ao lado do de Harry.

Ele não ficava muito em seu quarto, pois Harry odiava sentir o seu cheiro.

Matt estava deitado em sua cama escutando música em seu galaxy S8, quando de repente ele começou a sentir o seu corpo a ficar quente, algo liso escorrer de seu buraco e ir para as suas pernas.

“Ah não! Isso não pode estar acontecendo. Eu não posso estar entrando no meu primeiro calor em uma casa cheia de alfas e do lado do quarto de um que me odeia”. – pensa Matt, desesperado.

“Isso dói”. – Matt choraminga e aperta firmemente o lençol com os seus dedos.

Ele começa a sentir suas calças ficarem apertadas, sua ereção doendo cada vez mais e o liso, lubrificante natural, cada vez mais lubrificando a sua entrada, o preparando para levar o nó de um alfa.

No momento, ele nunca irá querer o nó de um alfa, pois alfas são arrogantes e ele não precisa de um companheiro em sua vida e nunca irá precisar.

Seu corpo estava muito quente e então para tentar se aliviar, Matt tira sua calça e sua cueca e resolve se tocar um pouco.

Seu corpo soltava vários ferormônios ômegas, com cheiro adocicado que estavam se espalhando pela casa onde tinham vários alfas no momento.

Seus olhos brilham de luxúria quando ele toca em sua própria glande e acaricia seu comprimento. Ele começa a soltar alguns gemidos sôfregos, um pouco altos, enquanto está acariciando seu pênis.

Harry estava em seu quarto, estudando, quando de repente, ele começa a sentir um forte cheiro adocicado vindo do ômega do quarto ao lado, com isso suas calças ficam imediatamente apertadas.

“Era só o que me faltava, esse ômega inútil entrar no calor na minha casa”. – pensa Harry e revira os olhos.

Harry percebe que seu lobo interno o está chamando para ir ao quarto do ômega, e então, ele relutantemente vai.

Quando ele abre a porta, o cheiro forte que está exalando do ômega vem para ele e ele rosna de tão excitado que está. Sua ereção está doendo muito dentro de suas calças.

Harry caminha até a cama e fica observando Matthew se tocar.

Ele olha seus lábios inchados de tanto os morder, para tentar controlar seus gemidos, e seu rosto vermelho e o acha a coisa mais linda desse mundo.

“Como você está achando um ômega bonito, Harry? Está doente? Ômegas são inúteis e asquerosos”. – Harry pensa e sacode a cabeça.

Matt o percebe no quarto, e o olha com seus olhos brilhando de luxúria, o puxa pela camisa e diz olhando em seus olhos:

- Me fode, Harry!

Harry engole em seco.

- Nem ouse tocar nele, HARRY SHUM JR! – diz Kaya, furiosa entrando no quarto e afastando Harry de Matthew.

- Eu não ia, mãe. Mas o meu lobo interno estava me chamando para cá. Mesmo eu odiando ômegas, eu nunca os tocaria sem sua permissão, minha mãe. – Harry diz com sinceridade e olha para sua mãe.

- Acho bom! Agora vá para o seu quarto e só saia de lá quando eu mandar. – Kaya diz olhando para Harry.

- Mas, mãe...

-AGORA! – Kaya diz furiosa.

Harry obedece a sua mãe e vai para o seu quarto. A única ômega que ele não achava inútil e ele obedecia era sua mãe, pois o resto pra ele eram um grande nada.

 

[Flashback OFF]

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...