1. Spirit Fanfics >
  2. Entre o amor e o ódio >
  3. Dia 3

História Entre o amor e o ódio - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Se tiver algum erro ortográfico me perdoem, olho novamente mais tarde. Bjs e aproveitem

Capítulo 3 - Dia 3


Kim anda logo - Brian disse

Vamos, deixa eu só colocar os livros no armário - respondi. Estou ansiosa pra mais aulas de Biofísica - rie

Você não tem jeito mesmo né - falou rindo

Não, e nem nunca terei mais você me ama que eu sei -falei convencida

Amo nada - falou

Ele passou em casa tomou um banho e vestiu um short preto, e uma camisa clara seu tênis esporte bem apropriado e eu segui ao outro banheiro pois tinha várias coisas minhas ali, eu dormia sempre na casa do Brian então ele tinha separado um quarto só pra mim em sua casa, achei um exagero no início mais ele insistiu tanto que eu acabei aceitando. Vesti meu short preto, uma blusa que cobria só até a metade da minha barriga sarada e nos pés uma sandália delicada pois sou bem menininha mesmo, fiz uma maquiagem leve e ressaltei minha boca e olhos eu amava chamar atenção e conseguia sempre ter as atenções em mim, saí do banheiro e encontrei meu amigo já me esperando e seguimos até a sorveteria. Chegando na sorveteria pegamos uma mesa bem afastada porém dava pra vê bem a vista do lado de fora, uma linda praia, crianças correndo era um clima agradável porém perdi esse encanto quando vi aquela garota idiota entrar com outra que não dei a mínima de olhar pra vê quem era. 

Amiga o que achou do primeiro dia - meu amigo perguntou ia responder mais um rapaz veio nos atender e não era o meu ruivo favorito.

O que vão querer - ele perguntou

Sorvete de chocolate e nas adicionais coloca M'Ms - respondi

Eu quero uma banana split e capricha na calda - falou e o rapaz saiu

Respondendo sua pergunta eu achei muito boa, embora eu vá ter que suportar aquela garota nas aulas e ouvir as inconveniências que saí da boca dela, mas isso eu posso fingir que não vejo ou escuto, quero me dedicar mesmo esse ano e acho que vou embora logo em seguida. - falei e Brian se esgasgou com a água que tomava

Quê - exclamou ele. Como assim embora? Você não pode, agente, quer dizer.  - falou se embolando nas palavras. E eu ri

Agente vai trabalhar junto no hospital daqui lembra - fez cara de triste

É que aqui não vai ser como ir lá pra fora sabe, eu quero conhecer outros lugares e visitar meu lugar de origem e quem sabe até me mudar pra lá, você sabe da história e meus avós ainda moram lá, meus primos e amigos também. - Falei sincera Ei não fica assim, eu te amo é vou estar sempre com você - falei e vie ele fazer bico

Tudo bem, não me esquecendo Sra. Kimbelry Garcia - disse

Jamais, eu só quero ter outras experiências e você também pode ter, na verdade deveria vir comigo quando isso for acontecer - falei

É, acho que pode ser uma boa eu não sei se o Lucas algum dia vai olhar pra mim e sair pra fora pode ser uma boa, já faz tanto tempo que gosto dele e nada rola, já dei todas as provas que gosto mais nada dele, nem um mísero sinal e acho que é hora de partir pra outro ele é hetero demais pra mim. - disse um pouco desanimado

Vem cá não fica assim, você vai encontrar alguém que te ame e te assuma como você merece, é tudo questão de tempo por enquanto foca nos estudos eles sim te dão bola e são importantes - falei séria

É verdade Kim - disse e nisso nossos pedidos chegaram.


Pov's Lindsay 

Tá pronta? - perguntei a Tify por mensagem 

Estou sim, vou descer - digitou e apareceu na porta de baixo, ela vestia um short jeans curto branco, um cropedd preto e um tênis all star enquanto eu estava com uma blusa regata branca , short jeans escuro e um sandália da coca, estava quente e eu amava os meus bb's da coca. 

Entrou no carro e fomos direto a sorveteria, conversávamos coisas aleatórias e ela dizia o quanto estava tensa pois na faculdade dela os bolsistas não tinham regalias e teria que se esforçar o dobro pra não tirar nenhuma nota baixa eu disse que ajudaria caso precisa-se porém ela não aceita nada que seja 'dinheiro' pois segundo ela, vive bem com a renda que tem e quer ter as coisas com seu próprio suor e ser bolsista não é algo ruim só precisa ter certa responsabilidade com as notas e matérias mais ela é bem responsável e vai tirar isso de letra. Agente fica quase sempre, mas não é nada sério e eu já deixei claro que não quero namorar, é só um lance e ela entende bem pois pensa igual e isso é muito bom somos amigas antes de qualquer coisa.

Chegamos e entramos mais pra o meu azar vie de longe aquela coisa que tanto me irrita sentada e pior fez cara feia ao me vê, é muito metida mesmo. Passei e fomos nos sentar na mesa até que tive a ideia de sentar de frente a ela queria provocá-la hoje. Digamos que vê Kimbelry irritada era um dos meus hobbies favoritos. Uma moça simpática anotou nossos pedidos e logo saiu

Tify - chamei a

Oi - respondeu 

Estava pensando em viajar esse final de semana você quer ir? - perguntei

Não sei Liu, preciso estudar mais quem vai tanto? - falou curiosa

O Jorge, a Megan, Kathy, minha mãe a peguete dela eu acho, ah e meu irmão Félix vem nos visitar - falei animada

Sério? Aquele que mora no Brasil? - perguntou 

Ele mesmo, minha mãe ficou feliz em saber pois faz tempo desde que ele decidiu se mudar pra lá. - falei olhando um ponto fixo da sorveteria digamos que agente mal se fala e ele também não manda mensagem então eu não faço muita questão é ele lá, é eu cá mas ficarei feliz por minha mãe sei que ela vai ficar emocionada ao vê-lo, faz tanto tempo. Principalmente pra ela, afinal é filho dela né, mas como disse nós não temos intimidade nem afinidade então não faço questão nele. 

Aqui moças nossos pedidos haviam chegado. Tomamos tranquilamente até que eu precisei ir ao banheiro. Já volto - disse a tify que assentiu enquanto via algo no seu celular e saí.

Quando entrei no banheiro dei de cara com aquela figura. 

Agora deu pra me perseguir também? - - falou enquanto retocava a maquiagem e eu não pude deixar de responder

Como? Eu ter necessidades quer dizer estar te perseguindo? - perguntei com os braços encruzados

Só revirou os olhos e ia saindo porém em um impulso a puxei e disse :

Kimberly Garcia como você se acha né - perguntei com ironia

Eu não me acho querida, eu sou - disse e saiu

Fiquei brava com tanta bobagem e olhe que era de uma pessoa só isso. Saí e fui em direção a minha mesa Tify pediu pra caminhar na praia paguei a conta e saímos. Antes de fechar a porta olhei e vie aquela figura flertando com um dos moços do balcão era metida e assanhada ainda por cima, ri e saí.

Amiga vamos - Brian disse

Vamos, cansei acho que minha TPM está chegando, me deu cólica do nada - disse alisando as minhas têmporas

Eee, amiga pode ser vou te deixar em casa e vou pra academia - disse e fomos embora me deixou em casa e sumiu rua a dentro. 


Notas Finais


Essas duas sei não viu
Kim sempre tão convencida e Liu sempre tão sarcástica.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...