1. Spirit Fanfics >
  2. Entre o amor e o ódio >
  3. Se desentendendo

História Entre o amor e o ódio - Capítulo 34


Escrita por: Dehcellos

Notas do Autor


Oláaaaaa, voltei com mais um aproveitem a primeira das brigas delas 🤭🤭🙃

Capítulo 34 - Se desentendendo


Continuação..

Pov. Lindsay

Saí de casa sem rumo andei por todas as ruas e ainda não conseguia entender porque? Eu realmente sou feliz por não ter criado qualquer laço com aquele cara, triste por minha avó não está mais aqui pois nesse momento o seu colo seria o lugar que eu queria estar, do outro lado tem minha mãe e meu tio que mesmo estando longe eles não me largaram como aquele idiota fez. Não é tristeza é mágoa, tem também a Kimberly e nossa como eu queria estar com ela agora -nesse momento eu disquei o número dela..

Alô -disse ela com voz de choro.

Eii o que foi minha linda, tá chorando? -perguntei aflita pós odiava vê quem eu amo chorar.

Tô sim, me deixaram triste -ela respondeu fungando.

O que te fizeram? Eu juro que bato em quem ousou te deixar assim -falei já ficando brava.

Ei, calma Bebê foi só a minha prima que roubou meu sorvete e agora tá ali com a cara mais lisa rindo de mim detesto essa garota affs -disse ela e aí me expressão mudou pra mal humorada.

Certo, se resolve aí com sua prima que eu preciso me resolver aqui, tchau -falei e desliguei não queria ouvir bobagens no momento e ela estava bem então é isso que importa.

Pov. Kim

Desde que voltei de viagem eu estou sendo o alvo da minha prima, como já ficamos ela acha que agora eu quero ficar de novo e isso está me irritando já. -Quando você vai embora? -falei e ela olhou por cima do ombro, já que estava de costas jogando vídeo game e eu sentada do outro lado da sala lendo um livro, ela sabia me irritar então teve a brilhante ideia de jogar bem na hora que eu estava lendo, topou a TV desaforada essa garota viu.

Ah, eu mal cheguei e já me quer longe? Antes não era assim -disse minha prima pausando o jogo e se virando pra mim agora encruzando os braços.

Olha eu vou sair agora até mais -falei e saí mais a praga veio junto. – Garota o que merda você quer? Sério tá começando a me irritar já essa sua mania de ficar em cima me cercando não se ligou que eu não te quero, só porque tirei seu BV não quer dizer que serei professora e você a aluna oras, vai encontrar alguma garota ou garoto que esteja afim eu não sou babá sabia -falei já irritada e pegando meu sorvete.

Iiii, tá estressada é baby? Quem tá te ligando -perguntou ela e ai eu fui atender era o meu bb, mais nesse momento a idiota da minha prima roubou meu sorvete.

Alô -falei com voz de choro, poxa não pode fazer brincadeiras desse tipo eu amo sorvete eu fiquei triste mesmo e pensei que Lindsay iria entrar na minha e vir me vê mais foi bem ao contrário do que eu pensei, ela foi grossa comigo e ainda ousou desligar na minha cara.

Sua ou seu peguete parecem não estar mais afim de você hein -disse minha prima rindo e tomando o resto do que sobrou do meu sorvete, comprei outro e dessa vez ameacei ela.

Chegando em casa foi cada uma pra o seu quarto e minutos depois meu celular toca novamente.

Alô -falei seca.

Oi amiga, que má vontade é essa de me atender hein? -disse Brian

Ah, oi amigo desculpe. – Eu tô irritada, mais não é nada com você do que se trata o assunto?

Entendi, tudo bem amiga. -Bora da um rolê com as meninas e meu bofe? -perguntou

Bora, vou tomar um banho rápido me vesti e passo aí ok? -falei

Blz, ah e não leva sua prima provavelmente Lindsay vai estar então, fora que eu descobri que ela é bem ciumenta se eu fosse você se comportava bem e sim eu já sei do seu lance de vocês duas, super apoio Jorge ficou muito feliz. -disse meu amigo me fazendo ficar ainda mais irritada.

Eu não sou propriedade de ninguém sabia? Se me acharem bonita eu não posso fazer nada e nem muito menos se me desejarem, afinal é com ela que eu estou ela deveria ter ao menos um pouco de consideração por mim e não agir feito uma idiota -falei

Amiga relaxa, passa aqui ok? Estarei esperando -falou e desligou.

Fui pra o banho e me arrumar em seguida.

Diálogo dos meus amigos..

Já estavam Hilary, Megan, Beth, Jorge, Brian, Kathy e Lindsay a mesma estar com uma cara que meu Deus.

E ai galera, já sabem eu e Jorge estamos namorando então obrigada de nada -disse Brian debochado.

Sabíamos já, só esperámos pra vê quanto tempo vocês levariam pra nos contar -disse Megan e Hillary concordou.

Lindsay estava calada, parecia longe daqui.

Liu? – chamou Megan

Hum.. Oi? Desculpe eu viajei -disse Lindsay.

Eu percebi, vamos ali quero falar algo com você -disse Megan e fomos pra a varanda.

Amiga o que tá acontecendo? Você não está bem, e sua cara não é das melhores -disse Megan sentando em uma cadeira na varanda.

Descobri tantas verdades hoje que o meu cérebro está cansado, e quando fui buscar apoio acabei me estressando mais do quê já estava -falei a Megan e acabei abrindo todo o jogo contei cada detalhe e a mesma ficava surpreendida a cada descoberta.

Nossa Liu agora entendo, não é fácil não mas poxa da um desconto pra Kim ela gosta muito de você não estraga tudo Liu, você fez tanto para tê-la e agora que tem começa com seus ataques de ciúmes -disse Megan.

Agora eu sou a errada? Você só pode tá de brincadeira mesmo -falei me levantando.

Lindsay Green Moore me ouça agora, você tá passando por uma situação chata eu sei, porém descontar nós outros vão vai ajudar você em nada -disse Megan da varanda mais eu já tinha me afastado suficiente pra não ligar pra nada do que ela dizia nem mesmo liguei pra o sobrenome ‘Green’.

Ao chegar na sala tive mais raiva ainda tinha uma garota do lado da Kim e comia ela com os olhos, não era possível hoje realmente é o dia de eu me estressar, me aproximei e puxei minha namorada e dei um beijo nela daqueles de cinema.

Eita, eita não se esqueçam que tem gente na sala, vão pra um quarto moças -Hillary falou e nós duas rimos.

Entrelacei as mãos com as de Kim e a puxei pra o outro lado fazendo com que ela se sentasse em meu colo, ato esse que não passou despercebido por aquela ridícula que agora ousava me encarar e o mesmo eu fazia não tirava a vista dela, mais meu olhar saiu tão sério que a mesma tirou a vista agora olhando pra minha amiga Megan ela pareceu ter levado um choque quando a viu, pois analisou ela dos pés a cabeça me deixou mais confortável com isso.

 Megan ao perceber isso logo fechou a cara ela odiava gente assim, sentou do meu lado e começamos todos a conversa, saímos pra uma balada e lá fiquei com mais raiva ainda um cara e uma garota vieram até Kim pedindo pra ficar e ela só dizia que não, pois já estava com alguém mais que obrigada pelo bom gosto,ela realmente se achou aí me fez revirar os olhos mais eu ri com isso ela é segura de só. Do nada aparece uma morena e chama Kim a mesma segue ela e a morena diz algo em seu ouvido vejo que ela diz que não pois estar com alguém e aponta pra mim, pelo menos isso né.

Quem era aquela? -perguntei

Uma ex peguete porque? -perguntou de volta.

Nada. – Você quer continuar aqui ou quer ir embora -sugeri.

Primeiro eu não quero ir embora, segundo agente precisa conversa -falou sério e aí eu não entendi só segui ela pra o lado de fora.

Sobre o quê você quer conversar? -perguntei

Lindsay o que foi aquilo hoje mais cedo? Me tratou mal, não falou do que queria conversar e ainda desligou na minha cara, pra completar agora a noite dá aquele showzinho ridículo de um beijo ‘de..cinema?’ Fez aspas.. Que possessividade toda é essa? Sério não tô entendendo, vou logo avisando agente não namora ainda pra tanto estamos nos conhecendo pra vê se rola algo mais sério, mais se for pra ser desse jeito eu tô fora de agora -falou séria.

Eu.. É.. Gaguejei.. Eu só não estou em um bom dia, vê você com essa garota me deixou enciumada -falei

Olha eu tenho dias bons e dias ruins, mas nem por isso desconto em você ou minha família e amigos. -Ciúme? Eu também sinto de você ou você acha que eu não vejo as garotas te comendo com os olhos? Te desejando? E nem me respeitam mesmo estando de mãos dadas com você, Lindsay eu tô com você e não me importa as que querem você, mesma coisa é comigo se eu digo que tô com você é porque eu tô para de coisa assim eu não vou me apaixonar e sim me abusar -falei.

Me desculpa, eu não deveria ter feito isso eu tô passando por muita coisa e preciso conversa com você também -contei tudo a ela e a mesma pareceu entender perfeitamente, disse que me apoiava e que não sairia do meu lado com a condição de que eu mudasse e não agisse igual criança.

Tudo bem bb, eu te entendo agora vamos quero brincar um pouco com você -disse com malícia. – Todo esse nosso desentendimento me deixou extremamente excitada, preciso de você dentro de mim agora. -disse Kim

Transamos loucamente, ela realmente queria me ter essa noite e com isso me senti ainda mais segura eu precisava mesmo parar e fazer as coisas certas, a forma que ela se entregava pra mim, que gemia meu nome nossa eu perdia toda a minha sanidade com ela, mas não poderia perder ela.


Notas Finais


Tenso? Vai ficar mais ainda haha.
Lindsay com ciúme e Kim sem paciência casal interessante né? Rsrs
Mais o que um bom sexo de reconciliação não faz né?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...