História Entre o amor e o perigo- j hope - Capítulo 144


Escrita por: e hopeisakook

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 144 - Liberados ( últimos capitulos)


P.o.v.Soyoung


Lá estávamos, eu e suga, sentados em cadeiras frias e uma mesa a nossa frente. Estavamos algemados. Um policial entra, joga um envelope grosso - então, vocês são os tão temiveis assassinos da Coreia - pergunta se sentando em uma cadeira.


- Nós somos sim, eu matei milhares de pessoas. Lebra o caso não resoslvido, daquele mafioso, como era o nome dele... - falo estalando os dedos - Geun? Foi você! - fala o policial


- fui eu mesmo, eu matei Jackson, ele matou minhas filhas, Lee Hyojun, ele me sequestrou e me transformou em uma arma, eu o matei com um tiro na cabeça - gritei batendo as mãos na mesa, suga apenas observava.


- senhor delegado, não podemos prende-los! - um garoto aparentava ser bem jovem - o quê?! - o delegado se levanta - é que senhor, ele são de uma familia de assassinos desde a era do Império, os Min e os Lee, ou seja, ells tem licença para matar, eles e os Lee. - o delegado nos olha


- estão liberados - suga sai primeiro, eu fico e seguro o delegado - senhor, nao conte nada a mídia - falo para ele - por que? Nao quer estragar a sua reputação? - fala em tom de deboche - não, é por causa da reputação do meu irmão, eu tenho o dever de proteger eles.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...