1. Spirit Fanfics >
  2. "Entre primos " >
  3. Capítulo 9

História "Entre primos " - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Capítulo 9


Trocaram acaricias e dormiram.

No outro dia de manhã.

Ele comprou umas coisas para comer de manhã e volto, ela estava com uma roupa pesada.

Eduardo : bom dia Ana.

Mariana : bom dia, você me deixou na cama .

Eduardo : me desculpa , não ter te avisado fui comprar umas coisas para nós dois.

Mariana : ata.

Eduardo : vamos comer?.

Mariana : não tô com fome.

Eduardo : tá estressada comigo?.

Mariana : não tô.

Eduardo : vem cá.

Ele se sentou na sacada da varanda e ela emcima dele.

Eduardo : já está arrependida de ter casado comigo?.

Ana : não vou me arrepender disso.

Eduardo : não gosto de ontem?.

Ana : ontem foi lindo.

Eduardo : oque você quer então?.

Ele fez carrinho nas pernas dela.

Ele pegou o queixo dela levantou e beijou a boca .

Ela fez carrinhos.

Ana : agente não pode repetir , oque fizemos ontem?.

Eduardo : podemos repetir sempre quando você quiser.

Ana : quero agora.

Eduardo : você fica nervosa quando está com tesão.

Ana : não fico.

Eduardo : fica sim.

Ana  : também não quero mas.

Eles comeram , tomaram café.

Passou dois dias.

Eduardo : você não quer mas fica comigo por que eu disse que você fica nervosa quando tá com tesão.

Ana : já disse que não é isso.

Eduardo : se está realmente com dor amanhã vou te levar no médico.

Ana : então tá.

Ela ficou chorando no outro dia ela acordou cheia de sangue ela levou um susto.

Ana : Eduardo , amor acorda por favor.

Ele levantou .

Eduardo : que foi?.

Ana : minha menstruação desceu, o sangue ele não quer para.

Eduardo : calma.

Ana : como vou ficar calma se tô sujando tudo.

Eduardo : não , vou comprar absorventes para você.

Ana : oque eu vou fazer, tô com medo.

Eduardo : sabíamos que uma hora isso ia acontecer, vamos para o banheiro.

Ele deu banho nela,pegou um pouco de papel higiênico pos por debaixo dela ele foi andando com ela até o quarto e pois a calsinha , ele trocou os lençóis e ligou para farmácia pediu um pacote de absorvente e de camisinha.

Eduardo : vem vamos deitar.

Eles deitaram.

Eduardo : porque está chorando?.

Ana : estraguei nossa lua de mel.

Eduardo : não , eu não soube intender seu momento e agente brigou por causa de mim eu errei, me perdoa?.

Ana : claro q sim.

Eles se beijaram.

Ana : porque tinha que acontece isso agora?.

Eduardo : calma temos o mês todo para ficar aqui, mas tiramos algo bom disso tudo.

Ana : oque Eduardo?.

Eduardo : Sabemos agora que você pode engravidar.

Ana : engravidar seria algo bom para gente?.

Eduardo : eu queria muito.

Ana : eu também queria muito.

Ele abaixou a coberta dela e beijou a barriga.

Fez carrinho nela.

Ana : quanto tempo vou ficar assim?.

Eduardo : no máximo 7 dias.

Ana : ata, tô cansada.

Eduardo  : descança um pouco.

Ana : tá.

Mas tarde as coisas chegaram a lua de mel deles acabaram .

Ana : Eduardo .

Eduardo : oi.

Ana : olha .

Ela mostrou o teste que ela estava escondendo .

Eduardo : você está grávida?.

Ana : eu tô.

Eles choraram juntos felizes.

Ele beijou a barriga dela.

Eduardo : foi a melhor coisa que poderia ter acontecido.

Ela mordeu os lábios concordando com a cabeça.

Ela do nada olhou para tudo com um olhar triste.

Eduardo : que foi amor?.

Ana : é que os melhores momentos da minha vida foi aqui nessa casa.

Eduardo : sim , agora as coisas só vão melhorar e vão ser melhores , mas precisa deixa isso pra trás e ir comigo , vamos viver o novo.

Ana : você está certo.

Eduardo : vou dar uns minutos para você se despedir, enquanto levo as malas para o carro.

Ana : tabom.

Ela olhou para as coisas.

Ele voltou.

Ana : amor eu não quero ir hoje, por favor vamos ficar, só mas um dia.

Eduardo : tabom.

Ele abraçou ela.

Ana : brigada.

Passaram a tarde toda ali , mas quando ela dormiu ele pegou ela e a pôs no quarto.

Pegou os documentos e eles foram embora.

Ele chegou no sábado de manhã, depois de tudo aí deu aulas de poesia .

A deixou dormindo.

Ela acordou e não o viu, se assustou , ela fez algumas coisas , bem devagazinho , e depois a mãe dele chegou.

Amália : e como está você?.

Ana : tô com fome, se importa se eu tomar um banho?.

Amália : não.

Ana : licença tia.

Amália fez uns sanduíches e trouxe o suco para sala.

Ela veio com o cabelo molhado e sentou .

E comeu.

Amália : me diz como foi sua lua de mel?.

Ana : linda ,seu filho é lindo carinhoso , foi lindo sabe , tudo foi lindo.

Amália : muito bom saber disso.

Ana : ontem eu descobri que estou grávida.

Amália : você tem certeza disso?.

Ana balanço a cabeça dizendo que sim.

Ana : pesquisei na internet sobre tenho alguns sintomas.

Ana estava comendo.

Amália : só viu na internet?.

Ana : fiz o teste, deu positivo eu e Eduardo estamos muito felizes.

Amália : isso não é brincadeira , você vai agora no médico para agente ter certeza disso.

Ana : mas eu tenho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...