História Entre Professor e Irmão - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Personagens Originais, Sehun
Tags Chanbaek, Chanyeol, Faculdade, Incesto, Luhan, Professor, Sehun, Yaoi
Visualizações 70
Palavras 2.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal! como vcs estão?
Eu estou melhorando rápido, acho que as palavras de vocês tem poder, obrigada por se preocuparem e esperarem um pouquinho, amo muito vocês!
Beijo grande e boa leitura :)

Ah! Leiam as notas finais.

Capítulo 50 - Precipitado? Talvez. Amando? Com certeza.


Fanfic / Fanfiction Entre Professor e Irmão - Capítulo 50 - Precipitado? Talvez. Amando? Com certeza.

Autora: Sejam muito bem-vindos a mais um…

Platéia: CASOS DE EP&I

Autora: E estamos de volta com os barraqueiros mais malucos dessa fic, podem entrar pessoal!

*aplausos* Todos entram novamente se sentando nas poltronas brancas.

Autora: Eu espero que vocês não se matem hoje, porque as perguntas vão ser polêmicas!

Tao: Eu nasci pra causar, querida.

Baekhyun: Faço das palavras do Tao, as minhas!

LuHan: Tô até vendo… - massageia suas têmporas.

Autora: Chega dessas enrolações, a primeira pergunta vai para… rufem os tambores!

Tan Tan Tan Taaaaan

Autora: LuHan!

LuHan: Ai! Tinha que ser eu!

Eu: Calma amor. - falo baixinho mas dessa vez SeHun estava ao seu lado e escutou, pigarreando.

Autora: LuHan… Depois de pedi-la em namoro, afinal os outros dois ali - diz apontando para Chanyeol e SeHun - não assumiram um compromisso sério com ela, até onde quer ir com isso?

LuHan: Acho que não entendi muito bem a pergunta mas vou responder mesmo assim.

SeHun: Mas é burro…

LuHan: Se eu fosse burro não estaria me formando em direito idiota.

SeHun não falou mais nada e a sua cara se tornou ainda mais fechada.

Baekhyun: PODIA DORMIR SEM ESSA!

SeHun: CALA ESSA BOCA BYUN!

Autora: O programa nem começou direito… - diz bufando e rodando em sua cadeira giratória.

LuHan: Querem deixar eu responder por favor? Obrigado. Eu nunca estive tão feliz na minha vida como estou com a S/n, sei que é cedo para falar sobre isso mas, eu não lutei tanto para nada e a S/n não é mulher de relacionamentos passageiros - seus olhos se viram para me encarar - Por mim…me casaria com ela! - seus olhos tomam um brilho diferente e sinto meu coração bater um pouco mais rápido, parecendo que pularia do peito.

Autora: Realmente é cedo para isso, abaixa a bola LuHan! Mas eu tenho que ser sincera, shippo vocês e sei que é o único capaz de cuidar da S/n como ela merece, quem sabe sobre o que acontecerá no futuro de vocês...

Platéia: Uuuuuuuu!

Chanyeol: A ME POUPE, ATÉ PARECE QUE ESSES DOIS VÃO IR TÃO LONGE!

LuHan: SE VOCÊ NÃO TEM COMPROMISSO EU TENHO PARK! CUIDA DA SUA VIDA QUE DA NOSSA QUEM CUIDA AGORA SOU EU!

Eu: CHANYEOL VOCÊ NÃO ME QUIS, NÃO SE INTROMETA NA MINHA VIDA AGORA QUE EU ESTOU FELIZ!

Chen: Mas já treta?

Tao: Não vou mentir, tô adorando.

Chen: Eu também!

Autora: Até tu S/n? TUDO BEM, TUDO BEM! CHEGA! Vamos logo para a próxima pergunta!

Kyungsoo: Isso, obrigado, não tô afim de carregar o corpo de ninguém morto.

Baekhyun: Que isso Soo? Credo.

Autora: PRÓXIMA PERGUNTA. Tao!

Tao: Finalmente! Estão me dando a atenção que eu mereço... - diz empinando o nariz.

Autora: Como você faz para ser tão divosa?

Tao: Eu nasci assim, não é pra qualquer um, mas se quer uns conselhos, me segue no instagram e veja minhas fotos e meus stories! Talvez vendo você aprenda, é uma arte complicada.

SuHo: Menos Zitao, menos…

Autora: Kris! Como você aguenta namorar esse cara?

Tao: OW!

Kris: Não faço a menor idéia - leva um tapa do outro - só pode ser amor!

Tao: Anw! Te amo bebê! - Pronto, a deixa para os pegas que começaram a ocorrer nas poltronas.

Baekhyun: Vão para um motel vocês dois!

Xiumin: Ninguém merece ficar vendo isso… - diz olhando para cima como se pedisse paciência a Deus.

Autora: Pessoal… Menos… - todos fazem silêncio e ela lê a próxima pergunta na ficha - Chanyeol…

Chanyeol: Pode falar.

Autora: Você já pensou em ir a um psicólogo?

Chanyeol: Mas o que…

Autora: De acordo com a moça aqui, você pode ter bipolaridade!

Chanyeol: Endoidou foi? Minha saúde mental está inabalável, eu já disse que tenho motivo pra estar sendo desde jeito dos últimos dias e vocês descobrirão, agora parem de me atormentar com isso! Já não basta eu fazer isso sozinho… - a última frase soa mais como um sussurro, que confesso, me preocupou.

Autora: Tudo bem Yeol, vamos para a próxima pergunta galera.

Kyungsoo: Para quem será agora?

Autora: Olha só... Yixing.

Lay: UHUL!

Autora: Se arrepende de ter largado Pequim para tentar uma vida na Coréia?

Lay: De jeito nenhum! Se eu estivesse lá duvido que estaria participando de um programa sobre tretas igual esse aqui… - diz com um sorriso de orelha a orelha, mostrando suas covinhas.

SeHun: É, é verdade.

Kris: Pois é...

Autora: Sobre tretas o teu toba! Respeita que esse programa é de família!

Barkhyun: Ah claro, com certeza.

Autora: Aish! Vão ver se eu tô lá na esquina. Foco na próxima pergunta... Que vai para Sehun!

SeHun: Estou ouvindo.

Autora: Sua prima sugeriu a Noruega, para passarem a lua de mel! - Hun franzi as sobrancelhas, pensativo.

SeHun: Interessante, tudo bem, o que minha princesa quiser. - sorri ladino.

Reviro os olhos levemente incomodada, olho para LuHan e o mesmo me encarava com o cenho franzido.

Eu: O que?!

LuHan: Aish!

Eu: Relaxa amor. - dou um selinho no mesmo que logo abre um sorriso.

Autora: Lindos! Agora vamos para a próxima... Opa, opa! Parece que temos alguém na platéia que quer falar!

Platéia: Uuuuuuuu!

Autora: Mark! Leve o microfone para a moça por favor!

Mark: É claro!

Ele vai até o auditório e pede para a mocinha de cabelos escuros se levantar, para poder fazer sua pergunta no microfone.

Autora: Qual o seu nome querida?

xXx: Yang Mi!

Autora: Yang Mi! Para quem é sua pergunta?

Yang Mi: A minha pergunta é para o LuHan!

Eu: Ué. - falo baixo mas Lu escuta, rindo fraco.

Autora: Nossa vocês tão que tão no Han hoje não é?

LuHan: Pode perguntar.

Yang Mi: Caso você não queira mais a S/n, estarei te esperando de braços abertos Lu, gostei muito de você! - minha boca se transformou em um perfeito "O".

LuHan: Oh… - ele falou um pouco sem graça e olhando para os lados, em busca de esconder seu nervosismo - Desculpa mas…

Eu: SUA VAGABUNDA! - Não esperei Lu falar mais nada e me levantei as pressas partindo em direção ao auditório, torcer o pescoço daquela galinha - TIRA O OLHO DO LUHAN PORQUE ELE ESTÁ COMIGO E ESTAMOS FELIZES ASSIM.

A autora berrou por seguranças e dois caras fortes vieram ao meu encontro, me segurando. Me acalmei e andei em direção a minha cadeira novamente, até que ouvi alguém latindo de novo.

Yang Mi: PODE VIR! EU NÃO DUVIDO NADA QUE O LUHAN VAI CANSAR DE VOCÊ E QUANDO ESSE DIA CHEGAR, FICAREI MUITO FELIZ EM SATISFAZÊ-LO!

Eu: VAI PRA PUTA QUE TE PARIU SUA LACRAIA. VAI FAZER UMA ACADEMIA PARA GANHAR PELO MENOS UM POUCO DE BUNDA DEPOIS VOCÊ VEM ENCHER O MEU SACO! - me levantei novamente e corri até a vagaba, agarrando os cabelos delas.

Autora: SEGURANÇAS! ALGUÉM TIRA A S/N DE CIMA DA GAROTA PELO AMOR DE DEUS!

LuHan: AMOR! IGNORA ELA E VOLTA PARA CÁ! - Lu se levantou e veio até mim.

Escutei Tao jogando lenha na fogueira e Chen berrando alguma coisa mas a única coisa em que eu prestava atenção era nos fios que eu estava arrancado dessa coreaninha sem sal.

Yang Mi: ME SOLTA GAROTA!

Eu: NÃO TAVA SE JOGANDO EM CIMA DO MEU HOMEM? AGORA SE RESOLVA COMIGO.

Deixaria ela careca e com certeza rolariamos cadeiras a baixo, se não tivesse sentido mãos fortes segurarem minha cintura e me colocarem em um ombro largo, me carregando até a minha poltrona.

Assim que sentei olhei para a pessoa, era SeHun. Ele me impediu de ser processada, ou presa porque se eu continuasse lá mataria com prazer.

Seus olhos encarando o fundo dos meus,logo dando um sorrisinho que eu não entendi, voltando a se sentar ao lado de LuHan, que por acaso, pigarreou.

LuHan: Meu amor, fico grato por você se preocupar com a gente mas fica tranquila, eu nunca vou abandonar você e se isso acontecesse EU JAMAIS FICARIA COM AQUELA MOÇA - gritou essa última parte para que ela pudesse ouvir bem - Eu amo você, não precisa se descontrolar e partir pra cima de gente que não valhe a pena tá? - assenti sorrindo com suas palavras e seu jeito doce de ser.

Recebi um abraço de lado dele e logo boa parte da platéia disse "anww" em coro.

Autoras: Lindos! Agora espero que S/n esteja mais calma, precisamos dar continuidade às perguntas pessoal!

LuHan: Ela está sim!

SeHun: De nada!

Autora: O que?

SeHun: Por tirar a S/n de cima daquela la, já que seus seguranças não conseguiram. Nossa, não recebi nem um obrigado…

Eu: Obrigada Hun.

SeHun: Imagina neném.

LuHan matou Hun com seus olhos, sua cabeça virou para ele lentamente e sua pose de sério assustou até a mim.

Autora: É... É, obrigada SeHun. Agora se me permitem, a próxima pergunta... Que é para Chanyeol. - inclusive ele ria descontroladamente do barraco que causei.

Chanyeol: Oi… Oi… - dizia entre risos.

Autora: Uma garota pediu para namorar contigo Yeol! - o sorriso dele se desfez aos poucos.

Chanyeol: Não não, valeu. Mas eu gosto de outra garota.

Meus olhos se arregalaram e acho que todos ficaram surpresos com isso, Chanyeol gostando de alguém, assim tão rápido. Tomara que ele não faça com ela o que fez comigo… Espera, pode ser a garota do telefone, se for, ah pode fazer sim.

Baekhyun: Sério Chanyeol?

Chanyeol: Aham.

Tao: Olha só gente, ele é capaz de gostar de alguém de verdade!

Chanyeol: Engraçadinho, cala essa boca Zitao!

Tao: Mas é verdade, todos nós achamos que você não tinha mais sentimentos depois do que fez a coitada da S/n.

Chanyeol: EU JÁ DISSE QUE TINHA MEUS MOTIVOS E VOCÊS NEM SABEM QUEM É A GAROTA QUE EU GOSTO E SIM, EU GOSTO MUITO DELA COMO SEMPRE GOSTEI! - fiquei chateada, isso quer dizer que Chanyeol sempre gostou dessa garota? Desde que estava comigo? Era pior do que eu pensava.

Tao: Você realmente não presta!

Kris: Amor... Te acalma.

Autora: Acho que o clima aqui ficou tenso demais, seria melhor pararmos por aqui.

Eu: É... - disse baixo, ainda pensando nas palavras do Park.

Autora: Esse foi o Casos de EP&I, espero que tenham gostado e até a próxima!

LuHan: ESPERA! - todos nos assustamos com a criatura loira se levantando.

Autora: Ué LuHan! O que foi? Precisamos encerrar.

LuHan: Eu sei então serei breve! Posso?

Autora: Ok, vai nessa. - joga a ficha pro alto e se concentra no que seja lá que o maluco queria.

Lu se ajoelhou em minha frente, meus olhos se arregalaram e assim que vi que os seus brilharam mais, provavelmente procurando as palavras certas para me dizer algo, me toquei do que ele provavelmente faria, senti meu rosto esquentar por completo e o meu coração só faltava sair pela boca.

LuHan: S/n, minha pequena, meu anjo, meu amor, eu como já disse, tenho consciência de que está cedo para isso, mas, no final desse ano eu me formarei em minha faculdade, tenho um apartamento separado da casa onde todos moramos juntos, já consegui um emprego para mim e até para você se quiser, tudo porque eu te amo, você sabe como é especial, como é única e como me faz feliz, só de pensar em perder você meu coração erra as batidas e sentimentos angustiantes tomam conta de mim. Eu quero cuidar de você, quero poder te fazer feliz, quero correr de madrugada pelas ruas somente para satisfazer seus desejos malucos em uma gravidez, quero ter filhinhos nossos correndo pela casa e chorando pedindo por sua omma, quero estar com você quando meus cabelos estiverem brancos em uma cadeira de balanço em uma varanda, em um almoço em família com netinhos correndo no gramado, em nossa cama quando estivermos no fim de nossas vidas. Quero te amar S/n, quero te amar não importa em quais condições estivermos, quero te amar até o último segundo de nossas vidas - ao dizer a última frase seus olhos já estavam marejados, tanto quanto os meus, logo pegou uma caixinha vermelha aveludada de seu bolso, abrindo e revelando um anel tão lindo quanto a cena que é seu rosto vermelhinho e o brilho em seus olhos - Aceita ser a minha mulher?


Notas Finais


Joguei e saí!
Brincadeirinha, gente, se coloquem no lugar do LuHan, ele realmente esperou e sofreu para poder ter um "sim" da S/n. E também se coloquem no lugar da S/n, ou seja, de vocês mesmas KKKKKK enfim, foram decepções que realmente doem e marcam, os dois merecem a chances de serem felizes juntos. ESPERA, não tô dizendo que ela vai aceitar... Deixa no ar até o próximo capítulo.
O que será que o Channie quis dizer na resposta dele a pergunta da moça que queria namorá-lo? Descubram ao decorrer da fic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...