1. Spirit Fanfics >
  2. Entre seus cabelos cacheados >
  3. Malditos cabelos cacheados;

História Entre seus cabelos cacheados - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Tava meio triste aí eu escrevi isso.

<3

Capítulo 1 - Malditos cabelos cacheados;


Entre seus cabelos cacheados, as curvas dos fios foi a primeira coisa que vi.

Você estava lá, sentado na frente da pedagoga com os fios ainda curtos, mal sabia eu que um dia gostaria de ter você por perto. Seus olhos acastanhados apenas se puseram ao chão meio arrependido do que tinha feito naquele dia, em julgamento apenas encarei e segui o rumo.

Um ano se passou e eu descobri seu nome, belo, atraente, mas agora com os fios ainda mais longos, seu perfume me fascina, seu sorriso me dominou. Eu, por anos atrás ter parado de ouvir rock comecei novamente já que você gostava e me recomendava músicas, ignorei completamente os colegas dizendo o quão filho da puta você era, mas ainda sim fui, segui com isso.

Os dias se passaram, as semanas se tornaram meses e eu fiz de tudo para te agradar. Doces, desenhos, conversa, qualquer coisa, mas você parecia nem se importar, afinal era só mais uma garota afim de você, porém eu queria cuidar, amar, acariciar seus malditos cabelos cacheados que fez minha mente se perder entre seus fios cor noite, era a minha maior perdição, que pecado, eu só queria ter você inteiro para mim como ninguém, queria mostrar a ti o quão legal era, o quão singelo era, que deixava meus dias melhores.

Entretanto, com o passar dos meses vi que não era mil maravilhas assim. Soube de coisas, de boatos, de tudo sobre você, ainda sim cai no conto de te amar, te ver uma coisa boa nesse coração impuro, de tentar e querer mudar todo seu ser antes que seja tarde demais, às vezes penso que você não me mereceu. Te dei meu eu, mas eu, não era aquilo que você desejava e almejava, me senti para baixo, ainda agoniada pelo perfume sentido até porque você sentava do meu lado. Lágrimas escondidas, choros sem fim, nada me fez tirar essa angústia do peito.

Até que você surtou.

Uma mente tão quebrada quanto a minha foi revelada, seus olhos marejados são uma das lembranças mais tristes que tenho, eu e você, na sala com alunos jogando truco, você implorando por paz mas querendo se vingar. Aquele dia você queria morrer, me disse coisas que estavam escondidas no peito, eu perdi aula para  te deixar melhor.

Seu cabelo foi cortado, sua alma quebrada, um coração corroído por ódio.

Eu te acalmei enquanto todos nem se importavam, muito menos ela.

Nos próximos dias te mimei muito, queria ver você feliz até porque eu era sua amiga, mesmo sabendo que o amor não seria retribuído eu ainda queria dar para você minha amizade sincera. Passamos tantos momentos bons, como o dia que nós pintamos para o Halloween, o dia que você ganhou um desenho, os dias que escutamos jazz na aula de arte, seu sorriso por eu te elogiar, você agradecendo por eu te ajudar no trabalho, tudo meu bem, tudo.

Assim nos afastamos, eu cansada por viver uma completa mentira e ainda ter que lidar com o amor no peito de alguém que nem ao menos se importa, desisti; fiz de tudo para te afastar e deu certo. Cortamos contato, mudei seu nome na minha lista de números, joguei fora o meu caderno que tinha você desenhado em mil páginas, adeus.

Lembro de muitas coisas como você falar que eu merecia uma vida incrível e que por isso você seria rico e nós ficaríamos juntos. Desejei, em meio ao som dos trompetes de jazz, que você bailasse comigo, até aceitou, mas nunxa aconteceu.

Não deixe sua mente te corromper.

Sorria mais.

Pare de sentir vingança.

Espero que eu tenha sido alguém na sua vida.


Notas Finais


Tchau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...