História Entre Tapas e Beijos - Capítulo 10


Escrita por: e Akhenatom

Postado
Categorias Yu-Gi-Oh!
Personagens Duke Devlin (Ryuji Otogi), Joey Wheeler (Katsuya Jonouchi), Mai Valentine (Mai Kujaku), Marik Ishtar, Personagens Originais, Rebecca Hawkins, Ryo Bakura, Seto Kaiba, Téa Gardner (Anzu Mazaki), Tristan Taylor (Hiroto Honda), Yami Yugi, Yugi Muto
Tags Anzu, Anzu Mazaki, Faraó Atem, Mazaki, Revollutionshipping, Yami Yugi, Yu-gi-oh!
Visualizações 39
Palavras 1.781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Anzu-chan - Oê pessoal! A Naty fez esse capítulo para vocês (glória a deus), e finalmente conseguiu terminar! Como alguns comentaram, a fanfic tinha que ter mais tretas, então, o capítulo ficou recheado de tretas. Espero que gostem, porque eu gostei muito!

SakuraPandora - Oi pessoinhas ^-^ Com muito esforço completei o capítulo, e deu quase 2k de palavras! O próximo será a Akhenat que irá fazer (ela já tá orando para que fique grande igual o outro que fez). Boa leitura! Vamos lá?

Capítulo 10 - Aluno novo e confusões .1


Fanfic / Fanfiction Entre Tapas e Beijos - Capítulo 10 - Aluno novo e confusões .1

Anteriormente...

— Eu ativo a Pipa Ninja, que protege o Mestre Ninja! — Jean exclama, despertando a fúria de Mai. — E não terminei ainda, coloco o Soldado Ninja em modo de Ataque! Ataquem os pontos de vida dela diretamente! — Quando Mai é atingida, lhe resta apenas 210 pontos de vida.

— Se é para jogar sujo, então vou jogar sujo! — Exclama a loira. — Eu ativo minha carta mágica Egotista Elegante, transforme uma Harpia em três, também coloco outra Espada Amazona em modo de ataque! Acabem com os monstros e os pontos de vida dele!

Assim que Jean é atacado, seus pontos de vida zeram.

— É isso aí! — As garotas exclamam, felizes pela vitória da amiga.

— Jogou muito bem, Mai! — Joey elogiou, mostrando o gesto positivo com as mãos novamente, fazendo Mai sorrir.

Atualmente...



P.O.V Autora ON


- Vou ter que concordar com Joey. - Yami (não, quero dizer, Atém) disse, com um modo sincero, já Kaiba não demonstrava muito interesse.


SP: Claro, do jeito que ele é.

- Obrigada todos vocês. - Mai respondendo o elogio de todos. - É docinho, parece que eu não vou precisar ir com você para a Rússia. - falou no mesmo tom para Jean, em um modo de provocação.

SP: Só eu que quando li Rússia lembrei das Olimpíadas?

AC: Espera, Olimpíadas?

SP: QUERO DIZER, os jogos da Copa.

AC: Eu também lembrei, continua aí mana!

- Isso foi sorte Mai Valentine! - ele falou, com uma áurea irritada sobre a loira, mas ele não tinha culpa de ser mais fraco que ela, que era melhor, certo? - Tudo bem, eu declaro que perdi.

- Ótimo, você já perdeu o duelo, agora pode ir embora e desaparecer da minha vida. - falou não muito interessada, aquele cara já estava deixando Mai quase irritada.

- Mai, você jogou muito bem! Meus parabéns. - Serenity falou com os olhos fechados estampando uma face alegre.


- Acho que se eu fosse no seu lugar eu obviamente perderia, não tenho um deck bom digamos. - Anzu falou, com uma gota na cabeça.

- Ei, não se sinta cabisbaixa Anzu, você deve ser boa nisso. - Serenity acolhia a de cabelos castanhos curtos, sorrindo e a outra retribui também um sorriso.


- A Serenity está certa. - Izu diz.

Mesmo com aquela pequena e contínua conversa, Mai ainda não se sentia confortável naquele lugar, seria talvez Jean? O que ele poderia estar planejando?


O grupinho de amigos já estavam se preparando para saírem de lá e irem todos para suas devidas casas.

No mesmo instante Jean não decidido com o acaso de ter pedido e se rendido, se em um jogo de duelo nada deu certo, e se for por outro lado? O mesmo segura o pulso de Mai fortemente enquanto ela estava distraída.

A mesma sente o braço ser segurado, depois tenta se soltar, mas nada resolvido.

- Por que está fazendo isso?! - a loira disse de um modo surpreso e ao mesmo tempo que "já esperava isso". - Me deixe em paz seu impertinente!

- Aí cara! Deixa ela em paz tá legal? - e Joey continuou defendendo sua "amada".

- E você? Vai fazer o quê? - falou em um tom autoritário.

- Aceita que você perdeu esse duelo, vai correndo atrás de outra garota, tá legal? - Mai escutava as palavras sinceras do garoto, que faziam ela sorrir de uma maneira boba. - Se eu fosse você fazia isso.

Jean solta Mai e rapidamente ela dá um murro em seu rosto, deixando estampado em sua bochecha uma grande vermelhidão, onde ele passa a mão no ardido que ela deixou.

- É a hora que você não consegue nem mesmo um olhar na minha cara. - falou saindo emburrada na frente de todos, que a seguiram logo depois.

- Mai! Espera! - Ishizu falou. - Você precisa se acalmar.

- Eu estou calma Izu, não se preocupe.

- Mas Mai, sinceramente, você arrebentou a cara daquele idiota! - Anzu falou, socando o ar, como se fosse uma simulação do que realmente aconteceria. 


- Você tem razão Anzu. - ela concordou, cruzando os braços com um sorriso vitorioso.


- Não acha que exagerou um pouco? - perguntou Serenity.

- Claro que não, ele mereceu!

Assim depois do ocorrido, todos terminaram sua noite, se despediram e foram para suas devidas casas.

No dia seguinte...



P.O.V. Serenity ON

SP: Hoje é o P.O.V. da nossa princesinha

O dia de ontem foi muito cheio, principalmente com o fato do novo emprego da Anzu, Ishizu ter saído para comprar coisas para o primo dela e principalmente a Mai, que apareceu aquele homem estranho, mas por sorte, conseguiu derrotar ele, eu achei ele muito estranho, mas tem algo que me incomoda.


Aquele momento que Bakura tinha aparecido... será mesmo verdade eles dois estarem namorando? Não que eu não acredite no meu irmão mas... nunca se sabe.


Já era de manhã, perto de ir para a escola, e eu nesse momento estava penteando os meus cabelos, terminando de pentear, eu realmente já estava pronta, só dando uns "pequenos ajustes".


- Joey, vamos! Você demora muito para se arrumar irmão. - comento chamando a atenção dele, que estava distraído.

- Ei! Você é muito apressada, eu já estava arrumado faz muito tempo.

- Está querendo surpreender a Mai é? - digo, rindo de sua reação.

- O-O quê?! É claro que não é isso, eu apenas estou mudando uma parte do dia.

- E o que seria?

- Terminando minhas coisas mais cedo.

- Ah tá bom! - digo com ironia. - Você tá querendo surpreender a Mai sim.

- Homens não demoram para se arrumar pelo menos.

- Não é á toa que vocês namoram, não é?

- S-Sim maninha! - ele falou com a mão por trás da cabeça. - Vamos indo, senão nós iremos nos atrasar.


E assim saímos de casa, a nossa casa era bem perto da escola e isso era uma grande sorte, apenas era a questão de andar um pouco.

Enfim, alguns minutos depois chegamos ao devido local na hora, certinho! Essa era a hora que eu e Joey nos separamos, ele iria para o grupo dos garotos e eu na das garotas.

- Bom dia meninas! - falo acenando, todas já estavam lá, quero dizer, já tinham chegado.

- Bom dia Serenity! - Anzu comentou, as outras acenaram de volta.

- Como estão?

- Tirando o fato de vir para esse inferno todo dia, está tudo ótimo, e com você querida? - Mai pergunta.

- Comigo também está, obrigada por perguntar, aliás, quando eu cheguei aqui eu vi que estavam falando de um outro assunto, qual era? - pergunto curiosa.

- Ah apenas estávamos debatendo do quanto na verdade os meninos parecem ser boas pessoas, nem parece daqueles rumores que tanto falavam. - Becky disse.


- Falou a garota que namora o mais ingênuo de lá. - Anzu diz que faz a garota ficar envergonhada.

- Ei! Pelo menos eu não fiquei conversando escondida depois do trabalho com um certo alguém.

- Meninas se acalmem também... - falo com uma gota na cabeça.

- Não foi nada disso! Apenas se encontramos do nada. - falou a de cabelos castanhos um pouco corada, parecia que estava pensando em algo enquanto falava, acho que era impressão minha.

- Se ela disse que não foi isso, não foi isso né Rebecca? - Ishizu falou, rindo.


- Você defende ela, mas não eu! - Becky infla as bochechas. - Isso é injusto!

- Dramática. - Mai diz, e em seguida o sinal toca, alertando que deveríamos entrar na sala de aula, então fomos.

Quando chegamos lá, teve aquela pequena algazarra de antes do professor chegar, mas eu achei estranho... por que demorar justo hoje? Em um dia de quarta? Tudo bem, encarei isso como normal.

Quando a sala toda se aquietou, até que escuto o barulho da porta, ele entrou com um outro aluno, no qual eu nunca tinha visto na minha vida inteira.

SP: Ele também é novo, claro que você nunca viu ele kkk.

AC: Kkk né.

- Alunos, quero apresentar para vocês o novo aluno da nossa sala, se apresente para a classe. - o professor disse.

- Eu me chamo Duke Devlin, é um prazer conhecer todos vocês.


- Bem, você pode se sentar atrás da Serenity, Serenity Wheeler. - apontou para uma carteira atrás de mim, eu não sei o porquê de eu estar me sentindo nervosa naquele momento.

Depois disso a aula ocorreu normalmente, mas eu vi discretamente, Tristan estava com uma feição de ciúmes, mas por quê?

SP: Alá ó, ciúme, já vem treta.

Na hora do intervalo...


As aulas se passaram com o vento, disse para as meninas que me encontraria com elas depois porque iria organizar meus materiais no meu armário.


Vou até o lugar, pego a chave e destranco o móvel, guardando e arrumando o que era necessário, até que sem querer deixo um dos meus cadernos cair no chão.


Quando ia me abaixar para pegar, uma outra pessoa pegou para mim e me deu, e era familiar ainda por cima.


- Obrigada... - digo, quando olho para sua face tento me lembrar de seu nome. - ... Duke, certo?


- Isso mesmo, e você é a Serenity né? - ele pergunta e eu afirmo com a cabeça. - É um prazer conhecer você, e além do mais é muito bonita.


- A-Ah... assim está me deixando com vergonha. - digo, corando um pouco.


- Que nada! Você precisa de alguma ajuda?


- Agradeço mas, não, obrigada. - digo, guardando o caderno e em seguida fechando e trancando meu armário. - Agora eu vou para o pátio para me encontrar com as outras.


- Você não está se esquecendo de algo não?


- Do que você está falando? - pergunto confusa.


No mesmo momento, sinto me prensarem na parede, essa era a hora certa para eu ficar totalmente envergonhada, e obviamente, sem escapatória.


- P-Por que? Por que está fazendo isso? - tentava me soltar mas de nada dava certo, enquanto me olhava com um sorriso malicioso, ele realmente era bonito, agora entendo porque tinha algumas garotas olhando e chamando a atenção dele.


Escuto uma voz de longe que vinha sobre nós, provavelmente era um dos meninos, eu pressentia isso, ou poderia ser Joey ou até mesmo de Tristan.


- Solta ela agora! - era Tristan, e com o modo que estava falando tecnicamente estava bravo, ele escuta e vira seu olhar para o de cabelos castanhos, não ligando para o fato de que ele estava estressado.


- Ora ora... você aqui? O que veio fazer?


- Não se finja de desentendido seu cretino! Serenity você está bem? - confirmo com um "sim" fino. - Vamos logo,quais suas intenções com ela?! - falou, pegando o Devlin pela gola da blusa.


- Do que está falando? Apenas vim perguntar se ela precisava de alguma ajuda.


- I-Isso é verdade Serenity?


- ... - não transitei em nada, eu estou confusa, demais, até que me afasto dali ás pressas, com vontade de chorar, por que aquilo tudo tinha que acontecer?


Continua...


Notas Finais


Anzu-chan - O que acharam o capítulo?

SakuraPandora - Amaram? Odiaram? Comentem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...