1. Spirit Fanfics >
  2. Envolvidos Pelo Desejo >
  3. Capítulo V - Envolvidos Pelo Desejo

História Envolvidos Pelo Desejo - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura a todos, espero que gostem do capítulo.

Comente, favoritem a história e espero o feedback de vocês.

Capítulo 5 - Capítulo V - Envolvidos Pelo Desejo


Dias depois após sua mudança para sua nova casa, Mikoto estava degastada por novas brigas com seu marido. Aquele caminho era apenas um: divórcio. Mas não queria pensar nisso agora. Estava de folga novamente, acordou tarde e pensava no que fazer neste dia.

Ela estava com saudades dos acontecimentos pecaminosos em sua cozinha pela manhã nos últimos dias. Sua pia e o cereal no armário nunca mais serão a mesma coisa. Seus pensamentos estavam confusos a cada dia que passava. Pegou seu celular em cima da cabeceira da cama, liberou a tela e ficou mexendo vendo as mensagens. Depois de algum tempo, foi diretamente na sua agenda, procurou uma certa pessoa.

- Alô? – disse Mikoto.

- Sim?! Mikoto, que surpresa. - disse uma voz animada do outro lado da linha.

- Quero te ver hoje. – disse Mikoto mordendo o lábio inferior ansiosa pela resposta dele.

- Estava ansioso esperando a sua ligação. – respondeu Naruto rindo.

- Engraçadinho, vamos nos encontrar na academia? Quero treinar hoje também. – disse Mikoto.

- Claro, hoje eu vim mais cedo e então teremos a tarde apenas pra gente. – disse Naruto. – Aproveitamos e treinamos juntos também.

- Tá bom, daqui a pouco estou aí. Beijos. – disse Mikoto.

- Beijos e estarei esperando, gata. – disse Naruto desligando o telefone.

Mikoto se arrepiava e correu para o banheiro tomar um banho, se trocar e tomar um café da manhã. Não sabia o que podia acontecer hoje, mas independente da situação, iria arriscar e ver até onde levaria isso tudo.

Hoje o trânsito naquele horário estava calmo, foi fácil de chegar até o seu destino. Chegando na academia, conversou rapidamente com a recepcionista e alguns outros conhecidos que encontrou pelo caminho, e foi em direção ao seu destino. Encontrou o loiro ajudando uma pessoa mais idosa a fazer seus exercícios e foi em sua direção.

- Ei. – disse Mikoto em direção ao Naruto, ele apenas virou a cabeça e retribuiu o lindo sorriso que ele dava.

- Miko. - disse Naruto e deu um abraço apertado. Podia sentir todo aquele perfume atraente vindo dela.

Ela retribuiu da mesma forma se afastando e disse: - vim preparada hoje, vou trocar de roupa. - piscando para ele e indo em direção ao banheiro se trocar.

Mikoto voltava do banheiro com uma calça legging branca e um top, assim deixando sua barriga definida a mostra. Fez um treino leve hoje e sentiu o toque dele mais ousado com suas mãos firmes em seu corpo ajudando-a.

Naruto observava a cada agachamento que fazia, pela calça branca colada, podia ver a pequena calcinha vermelha que usava. Observava atentamente suas nádegas dela.

Os dois finalizaram o treino, bateram o papo com alguns conhecidos enquanto esperava dar a hora dele bater o ponto para poder ir embora. Ela esperava e conversava animadamente com Aki, a recepcionista e viu o loiro caminhando em sua direção. Chegando no estacionamento da academia onde o carro de Mikoto estava estacionado.

- Então, o que quer fazer hoje? – perguntou Naruto.

- Não sei, me diz você. – respondeu Mikoto nervosamente e ansiosa pela sua resposta.

- Nervosa ou ansiosa? Os dois ao mesmo tempo? – disse Naruto observando suas mãos e riu. – Não parecia nervosa aquele dia na academia.

- Idiota. – disse Mikoto dando um tapa de leve em seu ombro.

Ele apenas ria mais da atitude dela.

Naruto se aproximou lentamente colocando seu cabelo atrás da sua orelha e olhou em seus olhos.

- Posso? – perguntou Naruto baixinho.

- S-sim. – respondeu Mikoto fechando seus olhos.

Sabia o que ia acontecer e não teria como voltar mais atrás.

Não tinha mais volta.

Ele aproximou lentamente de seu rosto, aproximando lentamente e selando seus lábios com o dela. Sua boca úmida e vermelha com os lábios entreabertos, pediu apenas passagem com sua língua que ela atentamente aceitou. Apenas correspondia e começou a companhar o ritmo das duas línguas dispararam em uma briga. Suas mãos percorriam pelo seu corpo, apertando suas nádegas com força e ela apenas gemeu em resposta. Pressionando-a contra a porta do carro, apenas aceitava o controle possessivo vindo dele. Passando as pernas ao redor da sua cintura. Ela podia sentir o pau dele duro em direção a sua boceta, pressionando com o fino tecido da calça leggin que usava. Começou a descer os beijos em direção ao seu pescoço, mas ela retornou à consciência e lembrou que estava em um lugar público, assim impendi-o de continuar.

- Ohh. Aqui não, Naru. – gemendo Mikoto baixinho e impedindo dele continuar. – Vamos para um lugar mais particular e podemos ficar à vontade.

- Claro. – respondeu Naruto imediatamente e sorriu. – Vamos para minha casa.

-

A trajetória da academia onde trabalhava até a sua casa era em torno de quarenta minutos de carro. Entrando no condomínio, era possível ver várias casas com jardim na frente, algumas de andar e outras não. Ele pediu para seguir até no fim da rua e virar à direita.

Em frente ao local onde o loiro pediu para parar, uma casa de andar lindíssima. A entrada era possível ver o jardim, com palmeiras plantadas já grandes e um jardim na parte esquerda, tinha o espaço para garagem, o chão feito de pedrinhas pequenas. O andar debaixo era garagem espaçosa, cabia em torno de dois a três carros.

Descendo do carro e pegando sua bolsa, viu o loiro abrir a porta ando espaço para ela entrar. A casa possuía três quartos, sendo o quarto principal era suíte e banheira. Todo o chão da casa era com porcelanato, com dois sofás na sala e um pufe perto da janela. A cozinha e os quartos possuíam os armários e todos foram planejados. O mesmo disse que gastou uma boa grana em parte da decoração e deixaria para fazer o restante mais para frente. O quintal era espaçoso, com espaço com uma churrasqueira coberta e uma piscina para o lazer.

Seguiam para o quarto, ela estava em seu colo com as pernas enrolada em sua cintura, não pararam de se beijar em nenhum momento. Ao passar pela porta do quarto, ele apenas fechou com uma das pernas fazendo um grande estrondo e ela apenas ria pela afobação dele.

Voltaram a se beijar com urgência, completamente perdidos um no outro. Abraçados de tal forma, como se fossem casados há décadas. Aquilo foi mais do que suficiente para provar um ao outro que embora a diferença da idade e parecesse arrependidos, nada mais importava. Ela sentiu suas costas encostarem no colchão de casal em sua cama.

Mikoto ficou presa debaixo do corpo do loiro, que beijava com urgência seus lábios. Não querendo ser dominada com facilidade, tratou de tirar sua camisa, puxando-a para cima e jogando no canto, começou a distribuir vários arranhões por sua pele. Querendo mostrar que ele que agora tinha dona. Separava o beijo apenas para ter fôlego e voltava a beijar. Afastou-se um pouco e Mikoto observou seu peitoral definido e arranhado. Ele era perfeito.

Naruto baixou novamente, sua boca rumo ao seu pescoço, distribuindo beijos molhados e mordidas enquanto apertava seu corpo contra si.

Aquilo ia realmente acontecer.

Suas mãos percorriam atrás de suas costas, fazendo ela levantar brevemente, apenas para ele retirar seu sutiã. Seus lábios desceram em direção aos seus seios grandes, passava lentamente no meio e foi em direção ao esquerdo. Deu uma mordia levemente em seu bico engirecido, fazendo-a gemer. Passava sua língua ao redor da auréola do seu seio. Deu atenção ao seio direito e fazendo a mesma coisa.

- Ohh! Me chupa, Naruto. – gemia Mikoto e pedia. – Me faz gozar, por favor.

- Shhh... tenha paciência. – respondeu Naruto distribuindo beijos em sua barriga, descendo em direção a sua virilha.

Distribuía beijos entre suas coxas e virilha, dando um beijo em cima do clítoris por cima da sua calcinha. 

- Céus! Isso é bom demais. –  pensava Mikoto.

Sentiu ele puxando sua calcinha para baixo, deslizando entre suas pernas e jogando-a para um canto qualquer. Continuou o seu trabalho, avançou contra sua boceta, passando a língua em cima do clítoris levemente, começando fazer movimentos e ela apenas gemia.

- Mais, Naru! – disse Mikoto. – Me chupa.

Seus movimentos com sua língua aumentaram, aproveitou e penetrou com um dedo longo e grosso, recebendo um alto gemido dela. Apenas continuou os movimentos, penetrando dois dedos e aumentou a velocidade e sentia sua boceta apertar seus dedos. Ela apenas puxava seu cabelo com força e suas pernas prendendo sua cabeça.

- Ohhh!!! Ahhh! – gemia Mikoto em êxtase com prazer. – C-Continua, e-eu v-v-vou.

Ela estava sentindo nas nuvens, era muito prazer que recebia e não estava aguentando mais.

- AhhH! Arghhhh! – rugia Mikoto chegando ao seu clímax. Gozou de uma forma inexplicável. – C-Caralho!

- Seu gosto é uma maravilha. – disse Naruto ganhando sua atenção, ela estava sensível quando ele passou os dedos em sua boceta. – E aí, gata, gostou?

- S-sim. – disse Mikoto puxando todo ar que conseguia. – Espera um pouco. – segurando sua mão, sua boceta estava muito sensível.

Acabou puxando e caiu em cima do seu peito, espremendo seus seios grandes no seu peitoral e ela beijou. Desta vez, era apenas beijo lento, como se estivessem juntos a muito tempo.

Ela saiu debaixo dele e ficou de pé.

- Vem. – disse Mikoto.

Ela o observou levantar-se e viu a diferença de altura, ele era muito mais alto do que ela. Pegou uma almofada e colocou no chão, ajoelhando-se.

- Minha vez te levar ao paraíso, meu loirinho. – disse Mikoto sensualmente.

Observou ele retirando o short, onde era possível o tamanho da sua excitação. Sua cueca branca era possível ver seu pau pulsante e querendo ser libertado. Retirou sua cueca bem devagar, fazendo seu pau ir em direção ao seu rosto. Ele era dotado e grosso.

- Te decepcionei? – questionou Naruto.

- Até agora não. – respondeu Mikoto rindo lembrando do que tinha falado para ele. – Veremos se você vai saber utiliza-lo. 

Levando sua mão esquerda ao seu pau, começou com movimentos vai e vem. Ele era grosso. Mikoto com a mão direita colocou a mecha do seu cabeço atrás do cabelo, e com sua mão passou o polegar levemente sobre a cabeça rosinha do seu pau e ouviu um suspiro. Estendeu a ponta da língua, dando várias lambidas na cabeça do seu pau. Começou levemente e aprofundou, tentando colocar o máximo dentro de sua garganta, enquanto passava a língua e fazia movimentos vai e vem.

- Ohhh! Continue, Miko. – gemia Naruto.

Ela continuava chupando seu pau, enquanto continuava mover a mão, sua cabeça fazia movimentos de vai e vem sugando e massageando seu membro. Os movimentos eram lentos, porém, gotosos e em seguida aumentava a velocidade. Ela podia ouvir respirar forte e ela levou suas mãos em direção ao seu saco, fazendo massagem e gemeu mais ainda.

- Ahh! E-Eu. – ela sentiu seu membro pulsando em sua mão e garganta.

Continuou chupando, engolindo o máximo que pudesse. Era possível ouvir o barulho dela engasgando e se afastou.

- Goza pra mim, Naru. – disse Mikoto malicioso e sensualmente ao mesmo tempo. – Quero tomar leitinho.

Aprofundou mais e colocando dentro de sua garganta, aquilo era demais para ele. Ela apenas relaxou a garganta,

- Eu... e-u vou... AhhhhH! – gemia Naruto alto gozando

Seu pau grande e grosso, latejou e tremeu, gozou e ela sentiu vários jatos indo em direção a sua garganta, ele ofegava enquanto segurava os seus cabelos com força, forçando engolir tudo.  Era tanta porra, que acabou escorrendo de sua boca pelos cantos dos lábios, fazendo cair em direção aos seus seios.

- C-Caralho. – disse Naruto. – Isso foi incrível.

- Nossa, você me sujou todinha. – disse Mikoto levantando o passando a mão pelos lábios, mostrando para ele a porra e engolindo em seguida. Fez a mesma coisa com a porra que caiu em seus seios. Aquilo era demais para ele, ficou duro novamente.

- Porra! Você é muito mais gostosa do que eu imaginei. – disse Naruto vendo aquela cena.

- Hum... bateu uma com aquela calcinha que eu dei a você? – perguntou Mikoto inocentemente.

- Sim, mas deixa isso para depois. – respondeu Naruto puxando-a para cama e fazendo deitar de costas, ficando no meio de suas pernas. – Agora, eu vou te foder toda.

Sentiu ele passar o seu pau em sua bocetinha, fazendo-a gemer.

- N-Não me provoque. – disse Mikoto. – Mete logo!

- Seu pedido é uma ordem, gata. – respondeu Naruto.

Ela sentiu seu pau penetrando sua boceta, entrando centímetros a centímetros e ouviu apenas um grunhindo vindo da estocada

- C-calma, por favor. Deixa-me me acostumar. – disse Mikoto. – V-Você é muito grande. – colocando a mão em seu peito para parar o avanço dele.

- Tudo bem. – disse Naruto pegando sua mão e dando um beijo. Fazendo-a se sentir mais relaxada.

Alguns minutos depois foi totalmente preenchida e ela gemia.

- Me fode! – exigiu Mikoto.

Em questão de segundos, Naruto aumento a velocidade em seu quadril, começando a foder com força.

Seu pau entrava e saia com rapidez, era possível ouvir barulho de suas bolas batendo contra sua boceta, ela arranhava suas costas e as vezes cravava com força as unhas em seus ombros.

- M-mais. – gemia Mikoto entre sussurros ao pé de seu ouvido e mordeu seu pescoço. Ele fodia com força, e sentiu sua boceta apertar seu pau novamente, sabia que ela iria gozar a qualquer momento.

- E-Eu vou gozar! – gemia alto. – Ahhh! Naru... Ohh!

Ela gozou, depois de algumas estocadas sentiu ele despejar-se dentro dela, gozando em seguida. Ela fechou os olhos sentido todo aquele líquido pegajoso dentro dela com força.

Ele caiu ao seu lado com a respiração ofegante, seu peitoral subia e descia rapidamente. Os dois estavam completamente satisfeitos.

Mikoto estava indecisa, mas decidiu abraçar esses sentimentos e ver onde daria. Toda atenção, carinho e todo gesto ele conquistava cada vez mais. Era um sentimento assustador, mas empolgante ao mesmo tempo.       

-

Ao passar das horas, Mikoto se encontrava deitada e desnuda junto de seu novo amante, apenas um fino lençol tampando a nudez dos dois, com seu rosto expressando felicidade e seus novos olhos brilhando como estrelas no céu. Como uma adolescente apaixonada, não parava de sorrir. Depois de tanto tempo, provocações e desejos, finalmente se renderam aquele sentimento proibido.

- Sabe, eu realmente gosto de você. - disse Naruto passando o polegar em sua bochecha. - Isso é completamente errado, eu sei disso, mas... Eu não consigo evitar.

- Eu sei. - sussurrou baixinho Mikoto sentindo suas bochechas ficarem levemente corada. - Eu também, mas tenho medo.

- Não se preocupe, vamos ver até onde vai isso tudo, certo? - disse Naruto e ela apenas acenou concordando com a cabeça. Pegou a sua mão apertando carinhosamente e dando dois beijos em cima. - Isso é completamente errado, eu sei disso, mas... Eu não consigo evitar.

Ele colocou os braços em volta da cintura de Mikoto, puxando-a para seu peito e iniciou um beijo. Simplesmente perfeito. Ele era mais novo, melhor amigo de seu filho, mas não podia negar o desejo e aquele sentimento crescia a cada dia que passava. O beijo foi encerrado somente quando faltou ar e precisava respirar. Os dois estavam com olhos fechados e testa com testa colada. Os dois controlavam pela respiração ofegantes.

Ele sentiu lágrimas escorrendo dos seus olhos, sabia que aquilo era errado, pois ela era casada e ele melhor amigo do seu filho. Mikoto tinha medo do que podia acontecer com todo esse sentimento, sentia-se leve por ter finalmente colocado aquilo para fora. Aquilo era angustiante, mais não aguentava mais esconder.

Muitas mulheres já haviam passado em sua vida, mas ela era diferente de todas. Mikoto era diferente de todas, principalmente da sua ex que se envolveu mais, era inexplicável que lhe dizia ser a mulher da sua vida.

- Shhh... Não chore, vai da tudo certo. - disse Naruto carinhosamente para ela. - Vem, vou te fazer ficar muito relaxada.

Mikoto apenas riu e disse: - seu pervertido.


Notas Finais


Então, o que acharam do capítulo? Comentem.

Até mais, abraços.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...