História Equalize - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts
Visualizações 4
Palavras 1
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


15 Depois....

Amanda:


O sinal azul tocou, ele tem mesmo som de uma flauta transversal. Ele sinaliza qualquer coisa relacionada aos 7 acordes é assim que eles são chamados os 7 garotos que deveriam impor ordem no colégio de forma correta mas não é bem assim que acontece. Você só precisa seguir as 7 regras, sim aqui tudo se baseia em 7.

Regras:

1- Não encare os acordes
2- Não se aproxime se não for convidado
3- Não fotografe. ( Até parece que alguém vai querer fotografar esses idiotas)
4- Não cause brigas
5- Garotas não podem soltar o cabelo. ( A regra mais idiota de todas)
6- Proibido reportagem e qualquer coisa relacionada a eles
7 - Nunca fale com eles.

Mayara:


Toda vez que o sinal azul tocava todos se reuniam na entrada do colégio, a escola inteira amontuada na entrada da escola. Assim estávamos eu e minhas irmãs devidamente uniformizadas com aquele uniforme ridículo composto por saia rodada preta e blusa creme social com emblema da colégio aeronáutico de Seul. Todos os meninos usavam o mesmo só que calça ao invés de saia. Apenas os 7 acordes usavam branco, lindos não posso negar que a beleza que eles possuem é estonteante. Abrimos caminho para eles de cabeça baixa, mas muitos como eu se atreviam a olhar discretamente. Era assim todo dia quando eles chegavam.
- Você!
O uniforme branco na minha frente, era um deles falando comigo na frente da escola inteira.
- Eu?
- Qual o seu nome?
- Amanda.
- Mandy você estava olhando pra mim? Por que, não conhece as regras?
- Me perdoe, e sim eu conheço.
- Não existe perdão aqui.
Ele colocou a mão no meu queixo me fazendo olhar pra ele. Nunca havia prestado atenção em Namjoon, ele possui covinhas deixando seu rosto fofo e lindo, apesar do olhar ameaçador que me lançava.
- Vocês querem ver? Podem olhar, eu deixo.



Larissa:

Senti o medo da Amanda me atravessando ele estava ao meu lado e apertou sua mão na minha na minha, todos olhavam para aquela cena já que receberam autorização para isso.
- Venha comigo!
- O que?
Ele ainda segurava o rosto da minha irmã.
- Você é surda garota?
Ele riu sarcástico.
Ela soltou minha mão e segurou a dele tirando do seu rosto.
- Me leve aonde pretende.
Ele não respondeu apenas levou e os outros os seguiram, Namjoon é o líder deles, mesmo não sendo o mais velho. O mais velho é o Jin, na minha opinião ele é simplesmente o mais bonito, ele parece ser diferente dos outros, ele tem jeito de príncipe. Apesar de não falar com ninguém e agir como um filha da puta como os outros acordes.



Carina:

Chegamos em casa no final do dia todas menos a Amanda, estávamos com muito medo da senhora Minah, ela é muito ruim, piorou depois que o filha da puta do Kim Tan morreu. Ele abusava da gente com as mãos nojentas dele, não quero nem me lembrar. Entramos no quarto e ficamos lá na torcida da Minah não dar falta de uma. Sentei na cama com a Nathalia.
- Estou preocupada com a Mandy, acha que ela está bem?
- Eu não sei, não sei como eles são fora do colégio. Mas tem uma de nós que sabe exatamente o que eles são fora.
- Quem?
-Sasha!
- Ela não vai contar pra gente, Sasha é diferente ela se isola não conversa muito. Sempre foi assim desde que chegamos aqui.
- Você tem razão, acha que aconteceu algo pra deixar ela assim?
- Não sei mas se aconteceu ela nunca vai nus contar.
- Mas ela é bem próxima da Amanda, acho que ela nus falaria pra salvar ela?
- Podemos tentar.
Levantamos e fomos até a cama da Sasha. Ela estava deitada com fone de ouvido olhando pro teto mas tirou o fone assim que nós aproximamos.
- Sasha, estamos preocupadas com a Amanda.
- Carina, não se preocupe eles não vão fazer nada com ela, além de assustar.
- Vamos supor que não, mas se a Minah der falta dela vai ser problema. Por causa daquele problema.
Sasha ficou pensativa. E seus olhos lacrimejaram.
- Eu não posso levar vocês lá. Os acordes não vai fazer nada com ela mas se a gente aparecer lá, vai ser um problema.



Sasha:

Quando Carina disse aquele problema, me deu vontade de chorar, por que se lembrar que fomos adotadas para ser vendidas para uns caras para ser usadas como eles quiserem, tudo bem que eles nus compraram mas nunca aparecerem só imporam através de Minah que não podemos ser tocadas por nenhum homem. Mas aquele velho nojento do Kim Tan, Nunca vou esquecer do que ele fez comigo. Naquela noite de chuva grossa eu saí chorando com apenas 12 anos e encontrei ele um dos acordes. Ele estava lá, fizemos um pacto que nunca pode ser quebrado. Mandy você vai ficar bem, não posso salvar você, desculpe.

Capítulo 2 - 7 Acordes


Fanfic / Fanfiction Equalize - Capítulo 2 - 7 Acordes



Notas Finais


Pacto? Nossa o que a Sasha fez? Quem será esse acorde? Segredos, que tal continuar a ler pra descobrir até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...