1. Spirit Fanfics >
  2. Era Apenas Um Trabalho - Tobidei >
  3. Festa Do Pijama

História Era Apenas Um Trabalho - Tobidei - Capítulo 7


Escrita por: Fics_Mari

Notas do Autor


Casal lindo da poha 🤧❤️

Capítulo 7 - Festa Do Pijama


Fanfic / Fanfiction Era Apenas Um Trabalho - Tobidei - Capítulo 7 - Festa Do Pijama

Depois de um abraço bem longo e caloroso, e a troca de um eu te amo. Deidara se afastou e manteve contato visual com Obito

Até toda aquela cena se transformar em um beijo, no qual o ato já dizia em todos os sentidos o quanto eles se amavam.


(...)


Na hora do almoço Obito pediu comida por aplicativo, estava com preguiça de cozinhar e não conseguia mais largar de Deidara. 

Tanto que foi atender o entregador agarrado ao menor, e comeram do mesmo jeito do café, com Deidara sentado entre as suas pernas. 

Dá onde vinha tanto amor? Essa resposta ninguém sabia... 


(...)


Mais tarde, por volta de sete e pouca, Obito teve que levar Deidara para casa. No dia seguinte as coisas voltariam a rotina normal, então ele não podia chegar tão tarde

Foi uma luta na hora de se despedir, o Uchiha sempre iniciava vários beijos no loiro, tudo para senti-lo mais um pouco. 

E só foi passar cinco minutos sem o Tsukuri que Obito já ficou carente! De Deidara podemos dizer o mesmo!..

- Já tá com saudade dele? - Itachi questionou ao entrar no quarto dele 

E se deparar com o mesmo deitado na cama abraçado ao ursinho dado pelo Uchiha. 

Deidara fez uma expressão qualquer como concordância, o amigo então adentrou no cômodo por inteiro e sentou ao lado dele na beirada da cama.

- Como foi a festa ontém? E por que o senhor só deu as caras quase oito da noite? - Indagou sorrindo e cerrando os olhos

Deidara se acomodou sentado na cama, ainda abraçado ao ursinho 

- Foi legal... - Deixou um sorriso bobo escapar 

- Hun... Vocês transaram né? 

Deidara se espantou com a descoberta do amigo. Até levantou indo fechar porta do quarto e verificar se não havia ninguém do lado de fora ouvindo

- Como você descobriu? - Voltou a sentar na cama 

- Você por um acaso esqueceu de cobrir uma parte da cena do crime! 

Deidara pegou um espelhinho no criado mudo e viu que realmente esqueceu de esconder com a base um dos chupões.

- Mais alguém viu? 

- Não que eu saiba

O Tsukuri pegou sua base e escondeu o que estava amostra.

- Agora me conta o resto, eu sei que não foi só uma foda que vocês tiveram! 

- Ahn... Eu perguntei pra ele se queria apenas me usar

- E ele? 

- Disse com as mais verdadeiras palavras que não vai fazer isso, ainda trocamos um eu te amo! - Sorriu bobo 

Itachi sorriu minimamente, via claramente a felicidade do menor ao dizer aquelas coisas. 

Os dois foram interrompidos por Hidan, fazendo um escândalo da cozinha pedindo para eles descerem para jantar

No final da refeição, Deidara lavou a louça e Sasori as secou e guardou. Enquanto isso os outros amigos estavam se organizando para dar início a mais uma semana.

- Deidara - Sasori chamou sua atenção 

- Hun? - Terminava de tirar a água da pia 

- Você passou a noite com o Obito, certo? 

- Sim, por que? 

- (suspira) Por nada... Só confirmando mesmo

- Sasori... - Virou a atenção para o citado - Você ainda gosta de mim? 

- Gosto Deidara! Gosto... Mas parece que você está em outra 

O ruivo pegou a última louça para guardar, nisso Deidara havia terminado com a pia. 

Sasori deixou o pano de prato no gancho e já ia saindo da cozinha, mas Deidara interrompeu

- Espera! 

- Hun? - virou para trás - O que foi? 

Deidara foi até ele e pegou em suas duas mãos, o que intrigou o ruivo por um segundo.

- Sasori.. Eu sei que não posso te impedir de gostar de mim, eu não quero ser grosso com você e muito menos me afastar. Eu te vejo como um irmão, parte da minha família, então por favor. Mais uma vez, não vamos ficar nesse clima?! 

Ele deu um sorrisinho, esperando por uma resposta do ruivo. O mesmo respirou fundo e deu uma leve apertada nas mãos do Tsukuri, devolvendo o sorrisinho 

- Tudo bem! Vamos voltar a ser como éramos nos primeiros meses morando juntos? 

Deidara assentiu e os dois deram um abraço amigo. 

Sasori jamais conseguiria magoar a felicidade dele, se era com Obito que ele estava feliz, não tinha o porquê estragar e impedir isso. 

Fora que faz parte da vida sermos rejeitados por quem mais amamos, dói no começo, mas tudo passa! 

Após o gesto caloroso os dois se juntaram aos amigos, e quando deu um certo horário todos foram dormir. Iniciar a semana com disposição era primordial


(...)


Conforme as semanas foram passando tudo corria da sua melhor forma. 

A Akatsuki já estava muito melhor em relação ao problema que tiveram, mas foi de importância para fazer Obito e Deidara se conhecerem! E falando nos dois...

Continuaram com aquela rotina de se ver no trabalho de Deidara. Mas a cada dia essa distância se tornava pequena, pois eles passaram a se ver quase todos os dias.

Inclusive, Obito ia aos programas de diversão da Akatsuki e eles o reverso. E foi assim que um casal estava perto de se iniciar! 


(...)


Obito havia levado Deidara para um passeio, e junto deles estavam Kakashi e sua nova namorada, Rin, e outros dois amigos de Obito, Zetsu e Nagato.

- Eu vou ao banheiro, pode me esperar aqui gatinho? - Disse Obito dando um beijinho na testa do loiro 

- Claro! - Sorriu soltando as mãos que estavam dadas ao moreno 

Deidara se sentou para esperar pelo Uchiha, Kakashi esperava pela namorada, que também estava no banheiro. 

Os dois amigos de Obito, Zetsu e Nagato, estavam parados não muito longe dalí. Até Zetsu se aproximar do menor puxando conversa com ele 

- Oi Deidara! 

- Ah, oi Zetsu! 

Ele se sentou ao lado do menor 

- Você lembra daquele dia que nós saímos para uma cachoeira? 

- Lembro sim, foi divertido! Mas eu acabei me machucando em uma pedra

- Sim! Eu estava lembrando desse dia e... Sabe aquele seu amigo, o ruivo?! 

- O Sasori? 

- Ele mesmo! - Corou um pouco ao ouvir o nome - Eu queria perguntar se ele está solteiro

Deidara disfarçou o sorriso sapeca, estava na cara o interesse dele pelo amigo

- Ele está sim, não o vi com ninguém até agora! 

- A-ah.. Obrigado por responder a minha pergunta! - Zetsu deu um sorrisinho ainda corado e se levantou indo falar com Nagato 

Na sequência Obito voltou e puxou o menor para beija-lo. 

- Mm.. Obito! 

- Oi meu gatinho 

- Acho que vamos ter que virar cupidos - deu alguns selinhos no outro

- Ahn? Por que? - Franziu o cenho

Deidara cochichou no ouvido do Uchiha, o possível e óbvio interesse de Zetsu por Sasori. 

Obito aceitou a ideia de ser cupido junto de Deidara. O menor já tinha alguns planos em mente para unir os dois. Só precisava por em prática! 


(...)


A Akatsuki resolveu fazer uma festa do pijama, estava um tempo chuvoso e bem agradável para esse tipo de ocasião.

Era um dos poucos estilos de festa que Deidara gostava, o primeiro motivo é que era em casa, segundo que a qualquer momento ele poderia se deitar em sua cama e dormir. 

Pain estava fazendo a lista das coisas a serem compradas, junto de Konan que auxiliava, lembrando sempre dos detalhes que faziam toda a diferença. 

Deidara se aproximou dos dois, que estavam na mesa da cozinha. 

- Konanzinha... Painzinho... - Disse igual criança prestes a pedir algo 

- Se for para convidar o Obito, já chamamos ele - Pain se pronunciou 

- Nossa, que rápido! - Deidara perdeu a pose criança pidona

Se sentou na mesa a frente dos dois, que ainda mantinham o foco na listagem.

- Ahn... Vocês lembram do Zetsu? - Questionou Deidara 

- Sim, o amigo do Obito, né? - Pain 

- Ele mesmo! Eu queria saber se... Tem como ele vir também 

- Fez mais um amigo Deidei? - Konan Indagou 

- Também! 

- Também? - Pain franziu o cenho confuso

Deidara olhou para a direção da porta, se inclinou sobre a mesa e Sussurrou para os dois 

- É que ele tá afim do Sasori, e o Sasori gostou de conversar com ele. Então quero juntar os dois! 

- (Riu nasal) Aí Deidei, que fofo sendo cupido! 

Pain também riu nasal, Deidara parecia uma criança armando planos para ver o casal juntos. 

- Tudo bem, pode chamar ele sim! 

- Obrigado Painzinho!! 

O loiro pulou da cadeira e deu um beijinho na bochecha de Konan e Pain, saindo da cozinha saltitando feito bobo.

Após o almoço, Pain, Kakuzu, Kisame e Sasori foram ao mercado. Comprar as comidas para a festa.

O restante que ficou em casa, ficou com a função de deixá-la limpa, organizada e decorada! 

O foco da festa seria na sala de estar, onde iriam fazer as brincadeiras, assistir filmes e talvez dormir. 

Hidan sugeriu que todos dormissem na sala, a maioria topou, exceto Deidara e Sasori que resmungaram  com medo de acordarem com dores nas costas. 

O tema da festa seria fantasia, ou seja, todos teriam que ir com pijamas que lembrassem fantasias. Para ser mais exato, aqueles de vários bichinhos e personagens

Depois de deixarem a casa praticamente pronta, Konan e os meninos foram fazer algumas receitas com o que tinham em casa. 

Enquanto a Roxeada e Itachi mexiam no fogão, Hidan e Deidara iam auxiliando. 

- Deidara, você chamou o Obito? - Indagou Hidan brincando com a receita 

- Chamei sim 

- Huuunnn, olha lá o que vocês vão fazer de noite em! - Sorriu malicioso

(Esbravejou) - Saí fora Hidan! Você que se controle com o seu velhote já que vão dormir todos juntos 

Hidan ficou boquiaberto, Deidara estava expondo sua relação com Kakuzu. O que todos da casa já sabiam, mas ele tinha certeza que não 

O menor riu ao ver o amigo incrédulo, havia até parado de brincar com a receita que Konan pediu para ele misturar. 

Trinta minutos depois os outros chegaram do mercado, e agora eles que colocariam a mão na massa para fazer o restante das coisas. 

Deidara e os outros foram descansar um pouco, apenas Konan que foi para o quarto se arrumar. Ainda era cedo, mas a roxeada gostava de estar sempre linda, então se arrumava cedo para ter tempo de todas as suas hidratações de cabelo e cuidados com a pele.

Hidan arrastou Deidara e Itachi até o porão, para pegarem os jogos que estavam guardados lá. E não perdeu a oportunidade de tentar assustar os amigos, mas não contava que Deidara jogaria uma das caixas de jogos em sua cabeça na hora do susto.

Itachi apenas riu da reviravolta que essa brincadeira teve. Retornaram para a sala e Hidan foi choramingar para Kakuzu

- Ah Kakuzu você não tem um pingo de sentimentos, ele tacou uma caixa na minha cabeça e você está nem aí? 

- Isso mesmo Hidan, quem mandou assustar ele - Kakuzu organizava os salgadinhos industrializados em potinhos 

Da cozinha só se ouviam as risadas  de deboche vindas da sala, fazendo Hidan ficar furioso e sair batendo os pés. 

Uma hora e meia, mais ou menos antes da festa, Deidara subiu para o seu quarto e foi tomar um banho. Aproveitou para lavar seus longos cabelos e depois seca-los por já ser de noite. 

O Tsukuri se vestiu normalmente, com roupas leves, uma bermuda preta e uma regata cinza claro. 

Só depois que ele terminou de secar o cabelo, que colocou seu pijama. Amarelinho e o bicho escolhido era um de gatinho! 

Escolheu esse animal porquê lembra todas as vezes que Obito o chama de gatinho, e que isso mexe tanto com ele!

Prendeu só uma parte do cabelo, deixando metade solto e uma franja para a frente do rosto, quase tampando um de seus olhos. 

Desceu as escadas para mostrar como havia ficado em seu pijama, e ver os outros com os seus. Já que todos da Akatsuki compraram em segredo

Itachi estava com um pijama todo preto, com alguns detalhes em vermelho e duas orelhas de coelhinho. 

Kisame escolheu um azul de tubarão, Hidan estava com um pijama de panda.

Konan e Pain estavam de casal, com pijamas de dino esverdeados.

Kakuzu também estava de urso, mas era o urso pardo. E por fim Sasori, que escolheu o pikachu

Todos já estavam na sala, papeando e dando os últimos toques na decoração e nas comidas.

Logo a campainha tocou e Deidara deu um pulo do sofá, correndo na frente de quem quer que seja para atender a porta. 

- O que foi isso? - Hidan Indagou ainda sem entender 

- O Obito chegou! Quer mais explicação? - Itachi

- Nem precisa! - Hidan riu cruzando os braços 

Deidara atendeu a porta, e eram Obito e Zetsu. O loiro logo tratou de os puxar para dentro com pressa, levou os até a sala

Onde ambos cumprimentaram toda a Akatsuki, e Deidara já queria empurrar Zetsu para cima de Sasori. 

- Ahn... Sasori - Deidara o chamou

O destino estava ao seu favor, e o ruivo era o único a não fazer nada alí. Logo o mesmo se dirigiu até Deidara

- Você pode mostrar o Zetsu aonde fica o banheiro? Eles ficaram de se vestir aqui, mas eu quero levar o Obito para ver uma coisa

- Tá bom - Sasori assentiu e olhou para Zetsu

O mesmo estava com as bochechas levemente coradas, e Sasori ao perceber também se encontrou na mesma situação.

- Vamos então? - Indagou o ruivo 

- Vamos sim! - Zetsu respondeu envergonhado

O loiro fez um 'toca aqui' discreto com Obito, agora eles estariam sozinhos no caminho para conversar até voltarem

- Hun... Vem! - Deidara puxou Obito pela mão - Eu quero ver seu pijama

O menor levou o moreno até seu quarto e esperou o mesmo se vestir. 

- Então, o que achou? - Obito saiu do banheiro mostrando seu pijama

- Um lobo? 

O mais novo virou a cabeça de lado, e Obito foi ao encontro dele o puxando da cama e agarrando sua cintura.

- Eu não sei se faz algum sentido, mas eu coloquei na minha cabeça que lobos gostam de gatinhos indefesos! 

Obito olhava forte para o mais novo

- B-bem... Lobos são iguais os cachorros não é? Então acho que faz sim... 

O Uchiha o beijou demorado, agora, cada segundo que ficavam longe um do outro contava como uma eternidade.

- EI, VÃO SE PEGAR DE MADRUGADA!! TÁ NA HORA DOS JOGOS - Hidan bateu na porta interrompendo o momento

- Já vamos seu cabeça oca! - Disse Deidara 

Mas antes de irem definitivamente, trocaram vários selinhos.

Desceram para a sala onde todo o pessoal estava esperando, inclusive Zetsu e Sasori, que conversavam no cantinho. 

O primeiro entretenimento foi uma competição de dança, onde Konan ganhou de todos os meninos. 

Depois brincaram de uma brincadeira muito feita nas escolas, detetive, assassino e vítima. Onde quem é o Assassino mata as vítimas dando uma piscadela, mas não pode ser descoberto pelo detetive, que pode o prender. 

Deram então início aos jogos de tabuleiro e cartas. Onde se dividiram em grupos pela preferência de cada um 

Deidara, Obito, Hidan e Kisame jogavam UNO. Já havia saído umas dez discussões entre o albino e o loiro, por motivos de regras inventadas ou de cartas mal jogadas.

- Compra quatro Barbie! - Disse Hidan jogando uma carta 4 

Deidara analisou suas cartas em mãos 

- Desculpa Tobi! - Jogou outra carta 4 por cima 

- Ih, eu punia mais tarde! - Hidan Provocou, fazendo o menor corar violentamente

(Esbravejou) - E-eu não curto técnicas sadomasoquistas seu Senhor Jabiroca!

Hidan riu alto, Obito apenas riu nasal e comprou as oito cartas. 

Mesmo se ferrando metade do jogo, O Uchiha deu a volta por cima e ganhou. Fora que quando o jogo inverteu ele fez Deidara comprar uma boa quantidade de cartas, o que fez o menor ficar de birra depois do jogo

- Você quer um docinho? - Obito mostrou a ele a embalagem do doce 

O mesmo estava sentado no sofá, emburrado por ter comprado o baralho quase todo. 

- Hun, não quero! - Fez biquinho irritado 

Obito abriu a embalagem do doce e comeu, logo puxou o rosto do outro o beijando, e fazendo ele sentir o gostinho doce. 

- Ainda tá bravo? 

- Só se você me der outro... (Corou) 

O mais velho sorriu e o beijou novamente. Mas logo foram interrompidos 

Continuaram com os jogos e músicas, até Konan gritar com a ideia de brincar de verdade ou desafio. Segundo ela, uma festa sem essa brincadeira nem era festa de verdade! 

Fizeram então a roda e começaram com a brincadeira. 

Fizeram Hidan ir na rua, no meio da pista de vestido e dançar na frente de algum carro. Mesmo estando o tempo chuvoso e meio frio ele foi

Testaram a paciência de Itachi ao desafia-lo fritar um ovo perfeito. 

E no meio de toda essa brincadeira, Kisame e ele assumiram estarem se relacionando.

Já fazia tempo, mas eles queriam ver se daria certo antes de anunciar. Deidara como sempre já desconfiava de tudo

Para fechar a noite, todos pegaram um edredom e se acomodaram nos colchões que estavam na sala. 

Apagaram as luzes e ligaram a tv, dando início a maratona de filmes. 


Sasori e Zetsu não quiseram participar, foram para o quarto do ruivo, justificando que iriam conversar. Mas na mente de todos alí presentes, não seria só uma conversa! 

Todos estavam agarradinhos com seus parceiros. Konan e Pain, Kisame e Itachi, Obito e Deidara, só Kakuzu e Hidan estavam de cu doce. 

Toda hora que eram vistos juntinhos eles começavam a reclamar um com o outro, inventando desculpas para justificar tal aproximação

No segundo filme da noite, Deidara adormeceu no colo de Obito. Só no terceiro filme que o mais velho levantou com ele no colo para leva-lo para o quarto 

- Eu vou subir com o Dei, boa noite gente!

Todos desejaram boa noite de volta para o Uchiha 

Ele estava beirando a escada quando Hidan chamou sua atenção

- Lembrem-se que tem gente aqui embaixo! - Lançou um sorriso malicioso 

- Hidan cala a boca! - Disse Kakuzu o puxando para deitar de novo 

O mais velho riu da situação e subiu as escadas com o loiro. 

Na metade do corredor Deidara começou a resmungar de forma manhosa 

- Obi... 

- Oi gatinho? 

O Tsukuri levantou a cabeça do ombro do mais velho e o encarou, ainda no colo dele. 

- Perdeu o sono? 

- Acho que sim... 

- (Riu nasal) Mesmo assim vamos deitar, quem sabe o sono volta!  

- Eu não quero dormir..

Obito ergueu a sobrancelha confuso, o outro então o beijou 

• OBITO POV ON • 

Recebi um beijo de Deidara sem nenhuma explicação, logo que nos separamos pela falta de ar ele se pronunciou 

- Você sabe o que eu quero! - deu um longo selinho em mim

Sorri ladino e continuei o caminho até o quarto, como podia o mesmo estar dormindo a alguns minutos atrás e acordar querendo transar

Tranquei a porta com ele ainda em meu colo, trocando beijos que eram calmos porém quentes. 

O levei até a cama e o deitei delicadamente, ficando por cima e entre as pernas dele. 

Ao mesmo tempo que o beijava eu já ia abrindo seu pijama de gatinho, que ficou extremamente lindo e fofo nele, só realçando sua beleza! 

Ajudei o a tirar o pijama e logo tirei o meu, assim como ele, eu também estava de bermuda mas com uma camisa de manga curta. 

Mais outro beijo quente e calmo e eu começei a deslizar minhas mãos sobre o corpo dele por baixo da roupa. 

Sua pele estava quentinha devido ao pijama de algodão. Ele arfava e gemia baixinho com os toques

Deidara mordeu um dos próprios dedos tentando conter seus gemidos quando eu começei a beliscar seus mamilos. 

Eu queria ver suas expressões excitado, então não o beijei para ajuda-lo a abafar os gemidos

Retirei apenas a bermuda e a boxer dele, não senti necessidade de tirar a camisa. Estava um tempo meio frio e não faríamos algo muito animado por estarmos com outras pessoas em casa.

Fiz o mesmo comigo e voltei a ficar entre as pernas dele, dando início a uma leve masturbação em seu membro já rígido.

Coloquei meus dedos em sua boca, na tentativa dele chupar e não gemer tão alto.

No entanto eu acho que me animei um pouquinho, introduzi meus dedos na entrada dele com movimentos de vai e vem e abocanhei seu membro o chupando por inteiro.

Obrigando Deidara a agarrar um travesseiro na frente do rosto, descontando seus gemidos de prazer e arranhões alí

Ele se desfez em minha boca e deu um gemido manhoso, que mesmo abafado pelo travesseiro estava um pouco alto. 

Retirei meus dedos de seu interior, subi por cima dele novamente e o beijei. Fazendo o sentir do próprio gosto

Enquanto isso já começei a introduzir meu membro em sua entrada, o mesmo gemeu manhoso.

Coloquei tudo e entrelaçei meus dedos das mãos com os dele, mantendo total contato visual enquanto estocava fundo e lento.

Com o tempo fui dando estocadas um pouco mais rápidas, mas nem tanto para não faze-lo gritar. 

Ele tentava manter o contato visual, mas estava ficando difícil conforme eu ia estocando mais rápido.

Troquei o de posição deixando o de lado na cama, com as pernas fechadas e continuei a estoca-lo 

Ele continha os gemidos com o travesseiro, e as vezes eu o beijava para ajudar, ou colocava minha mão na boca dele sem fazer força

Senti meu ápice chegando, e estava evidente, já que eu não conseguia mais segurar meus gemidos roucos

- Eu quero sentir seu gosto!.. - Disse Deidara entre gemidos 

Retirei meu membro de seu interior e me masturbei até ele se posicionar de quatro na cama e tomar o controle da masturbação.

Com aquelas delicadas mãos, sua boquinha quente e meu ápice já batendo na porta eu não demorei nada para preencher toda a boca de Deidara com o líquido quente. 

Ele fez uma expressão erótica me mostrando a língua com os restos de sêmen em sua boca. 

Sorri satisfeito e me sentei na cama ofegante, tentando regular a respiração. 

Deidara veio até mim e sentou em meu colo me abraçando e escondendo o rosto na curva do meu pescoço. 

Sempre que terminavamos uma relação sexual ele ficava cansado e agia de forma fofa. 

O mesmo pegou no sono não muito tempo depois, o ajeitei na cama e vesti uma bermuda nele. O tempo estava frio e chuvoso então não era muito legal arriscar dormir sem roupa

Fiz o mesmo comigo, peguei o edredom e nos cobri. Abraçando ele deixando sua cabeça no meu peito

• AUTORA POV ON • 

O menor acordou primeiro e se sentou no colo de Obito, vendo o mesmo abrir os olhos aos poucos e abrir um sorrisinho.

- Bom dia Tobi!! 

- Bom dia gatinho! 

Deidara o beijou sendo retribuído no mesmo instante. Acabou dando algumas reboladas no colo de Obito, provocando o mesmo 

O moreno apertou a cintura dele, fazendo o gemer manhoso em meio ao beijo. 

- Mal acordou gatinho? - Sorriu ladino 

O loiro sorriu perverso, sendo a confirmação que o Uchiha esperava.

Ele se levantou da cama com o menor no colo e o levou para o banheiro. Ligando o chuveiro no quente e enchendo a banheira

Enquanto esperavam, o mais velho marcava o corpo do outro com mordidas e chupões, distribuía beijos por todos os locais.

Como todos da casa já estavam acordados, a melhor opção era fazer uma rapidinha durante o banho

Assim que a banheira encheu eles entraram, Ficando Deidara por cima, sentado no colo de Obito dando reboladas para excita-lo cada vez mais. 

Quando sentiu o membro extremamente rígido introduziu o em si, começando a dar sentadas. 

...

Após o banho, eles se vestiram e colocaram de volta os pijamas de bichinho. 

O loiro demorou um pouquinho passando base para esconder os chupões.

Desceram para tomar café e assim que entraram receberam o olhar de todos. 

- Isso são horas casal? - Kisame Indagou

- Ahn... Que? - Deidara ficou confuso

Mas logo percebeu que seu cabelo e de Obito ainda estavam meio molhados, revelando que haviam tomado banho juntos. E tecnicamente mantiveram relações sexuais

Ambos coraram com as risadas maliciosas dos amigos e foram se sentar no balcão para tomar café

- Relaxa Barbie, vocês não são os únicos! - Hidan apontou para a entrada da cozinha

Onde Zetsu e Sasori se encontravam na mesma situação. O loiro sorriu contente ao ver que era um bom cupido

Todos tomaram café e ajudaram a colocar a casa em ordem, lavando a louça, dobrando os cobertores e lençóis e pondo as coisas no lugar. 

Obito e Zetsu foram embora pela parte da tarde. Deixando saudades para Deidara e Sasori



Notas Finais


Sasozet/Zetsori ai meu povo 🙈✨

Eu n ia fazer esse shipp mas fiquei com dó do Sasori por ser o único a ficar sozinho nesse rolê 😅


https://instagram.com/cadelinha_tobidei?utm_medium=copy_link


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...