1. Spirit Fanfics >
  2. Era de você que eu precisava. >
  3. Mari Marinette Dupain Cheng a outra herdeira

História Era de você que eu precisava. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem 😊

Capítulo 3 - Mari Marinette Dupain Cheng a outra herdeira


Fanfic / Fanfiction Era de você que eu precisava. - Capítulo 3 - Mari Marinette Dupain Cheng a outra herdeira

Adrien concerteza estava em choque, aquela mulher era a mais linda que ele já viu, mais antes de poder pensar alguma coisa Audrey o apresentou.
- Marinette minha querida esse é o meu sobrinho Adrien Agreste.
- Espera? Filho do Gabriel Agreste?- diz Marinette
- Sim senhorita Dupain Cheng, fiquei sabendo a pouco que era afilhada do meu pai, vim atrás de você por causa da sua herança.
- Opa pera ai? Eu fiquei sabendo da morte do meu padrinho e peço desculpa por não ter ido, estava planejando em ir no final de semana, mas eu não quero nada, eu não o via a oito anos!
- Olha senhorita Dupain Cheng, sei que não esperava por isso, mas será que podemos conversar? Aceita jantar comigo e resolveremos essa situação o que acha?
Marinette pensou bem no que fazer,não conhecia Adrien, claro que Gabriel sempre falava do filho com muito amor, e bom ele não iria estuprar ela? Ou iria? Ela voltou a pensar e acabou cedendo
- Ok senhor Agreste, termino em dez minutos.

Ao dizer isso Marinette saiu e foi termina de arruma suas coisa, foi aí que Adrien pode reparar na azulada. Ela era muito linda, perfeita, pra resumi Deus a criou e jogou a forma fora!

- Meu Deus que Mulher! - diz Adrien
- Linda né?....
- Ah tia que susto! E sim ela é linda, e talentosa, espero consegui convencê ela de aceita os direitos dela! São um apartamento caro pra burro, e trinta porcento de todas as Agreste.
- OQUE? TRINTA PORCENTO? Audrey acabou falando alto demais e chamando a atenção de todos inclusive de Marinette.
- Isso grita pro mundo ouvi! Ela tá vindo, acabo assunto
- Podemos ir senhor Agreste, Audrey amanhã eu vou sai com a Alya pra ver os tecidos das próximas roupas.
- Ah Mari relaxa, talvez você nem volte mais querida, né Adrien?
- Tia, agora eu sei da onde a Clhoé puxou a língua solta. Esquece ela senhorita Dupain Cheng, vamos então?
- Vamos...
Marinette e Adrien entraram no carro de Adrien...
Ficaram em silêncio o trajeto todo, assim que chegaram ao restaurante foram até uma mesa afastada.
Fizeram os pedidos, Adrien optou por um estrogonofe de frango arroz e um bife. Já Marinette pediu uma salada ao molho rosé.
- Então senhor Agreste, poderia me explicar essa história de herança?
- Claro, meu pai te colocou no testamento dele senhorita Dupain Cheng, agora a senhorita é dona de um apartamento de luxo, e trinta porcento de todas as empresas Agreste. Sendo assim a vice presidente da empresa.
- Como é que é? Isso é demais pra mim, eu nem sei o que dizer!
Marinette estava em choque, e Adrien precisava acalma a mulher.
Olha, pense como vai ser bom para sua carreira de estilista. Pelo que meu pai disse esse era o seu sonho! Que você deixou de lado para se tornar assistente da minha tia! Pense bem Marientte, eu volto amanhã mesmo pra Paris, se quiser ir sua passagem já está comprada, agora a escolha é sua.
Era muita coisa para Marinette pensar, mais seria muito bom para sua carreira,poderia comprar a padaria antiga de seus pais e reformala e dalos de presente. Eles morriam de saudade de Paris, e iriam adorar voltar para lá. Nem precisou pensar mais, olhou para o loiro e sorriu.
- Ok senhor Agreste, eu vou voltar para Paris e aceita a minha herança!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...