História Era mais uma vez - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chansoo, Conto De Fadas, Kaiho, Ladypororo, Reinochansoo, Sebaek
Visualizações 52
Palavras 2.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Fluffy, LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee tortinhas de limão.
Como estão? Espero que bem.
Hoje venho aqui com mais um capítulo dos meus bebês.
As coisas estão progredindo, e espero passar o que eu senti ao escrever isso.
Ahhh, eu gosto muito dessa fic gente.
Espero que gostem.

Capítulo 3 - Era mais uma sombra suspeita.


A porta do quarto foi aberta com preguiça revelando um Baekhyun desanimado e cansado. Sehun e Chanyeol que conversavam calmos diante da janela parou o que falavam para olhar a figura do amigo na porta.

O rosto deste condenava o seu humor dizendo que ele claramente não havia sido muito bem sussedido em sua missão, mas mesmo assim, Chanyeol perguntou:

- Achou ela?

Baekhyun negou.

Havia andado toda a escola atrás da maldita, e nada, nem sequer pista da danadinha.

-Ela não deveria nem ter sumido, estava bem presa, firme!! - Fechou a porta atrás de si encostando na mesma e suspirou fundo. Chegava a dar pena, coitado.

- Por que você não a deixa casa? Quer dizer… Ela sempre some. - Baekhyun olhou Sehun por um momento, absorvendo a beleza absurda do garoto, para então responder desanimados :

- Não posso ficar muito longe dela… - Fez um bico.

Chanyeol e Sehun se olharam, dessa eles não sabiam. Mesmo com anos naquela amizade.

- Por que não ? - Chanyeol questionou curioso.

- Se eu ficar muito longe dela por muito tempo , eu fico fraco, sabe. A sombra faz parte da gente...

- Ah… - Chanyeol soltou baixinho tentando imaginar o porquê daquilo. Sehun por sua vez se manteve calado perdido em seus próprios pensamentos. - Mas então ... Se ela não voltar logo, você... ?

- Bem, não é algo imediato... É a longo prazo, vou perdendo minha magia aos pouquinhos. - Suspirou.

O loiro andou devagar até a própria cama se jogando na mesma.

- Isso é ruin... - Sehun murmurou voltando a olhar para a janela.

- Sim, é muito ruin.

E então se fez silêncio. Baekhyun só queria achar sua sombra, e acabar aquele bentido ano na escola sem problemas.

Mas isso estava bem longe de acontecer.


    👑 





Kyungsoo estava com uma sensação ruin, um cheiro esquisito desde que chegará naquele lugar. Como se… fosse dar merda à qualquer momento.

E como se não bastasse a sensação ruin, ainda tinha aquele maldito cheiro chamativo do garoto alto da cantina.

Havia ido para aquela escola apenas para ficar longe de casa, longe de todas aquelas pessoas… mas ir para a Era uma vez talvez não tivesse sido uma boa idéia.

Logo no primeiro dia já tinha aquela garota de cabelos coloridos o azucrinando, falando sobre as pessoas e… sobre chapéuzinho vermelho.

Ele até ficou um pouco curioso sobre a pessoa, afinal, o que tinha de tão sensacional para todos seus ancestrais querer tanto devorar a garota? Mas assim que viu o ser de quase dois metros de altura a curiosidade e qualquer interesse passou, ou assim ele achou. Até esbarrar no bendito na porta daquele banheiro.

Ir para aquela escola realmente tinha sido uma idéia ruin… muito ruin.

- Ei Baekkie, não demora, eu… - Kyungsoo arqueou a sobrancelha ao parar no corredor diante do maior.

Não era possível... Era azar, só podia.

O ar pesou, e isso estava claro para os dois.

Kyungsoo encarava o Park sem demonstrar muita emoção, mas por dentro ele tentava entender o porquê de algo naquele garoto ser tão chamativo... Já Chanyeol, este não tinha a habilidade de esconder alguma emoção. Sorriu um pouco nervoso encarando os olhos grandes do baixinho, antes de arriscar um sorriso doce e sussurrar um bom dia baixo.

Kyungsoo esboçou um semblante confuso e surpreso diante daquele sorriso. Era bonito por demais.

- Bom dia… - Resmungou mau humorado e voltou a andar.

Ir para aquela escola havia sido a pior idéia de sua vida.

Chanyeol piscou algumas vezes.

Não entendeu bulhufas do que havia acontecido.

- Hey, cara... O que foi? - Baek perguntou tentando passar um Sehun preguiçoso pela porta.

- Ah… Do Kyungsoo acabou de passar aqui. - Resmungou ainda olhando o fim do corredor.

Baekhyun sentiu-se arrepiar só de lembrar do olhar daquele baixinho.

- Credo, deve ser sinal de má sorte. - Sehun riu baixinho concordando enquanto Chanyeol suspirava escondendo as mãos nos bolsos.

- Não acho que seja…


👑 



Baekhyun as vezes achava que merecia aquele apelido de garoto perdido, as vezes ele tinha certeza.

Como naquela manhã quando eles finalmente haviam saído do corredor com Chanyeol paranóico por ter visto do Do e um Sehun mais sonolento que o normal.

Kris apareceu derrepente na sua frente, mais irritado que o normal, e quando o grandão o agarrou pelo colarinho da camisa ele percebeu que estava realmente perdido.

- Filho da Puta! - O maior rosnou balançando o loiro.

Sehun mais ao lado nunca havia despertado tão derrepente como naquele momento em que ele se viu pronto para socar a cara do Wu.

- O que eu fiz dessa vez? - Baekhyun resmungou fingindo estar calmo, só fingindo mesmo porque estava quase borrando as calças.

- O que você fez? - Tao parecia tão confuso quanto os outros três diante daquela confusão. Estava apenas andando ao lado do Wu, que não falará nada desde que se viram e derrepente eles estavam ali prontos para uma briga. - Não se faça de sonso!! Você e aquela sua sombra de merda.

Baekhyun olhou ainda mais confuso.

- Minha sombra?

Kris ergueu um pouco mais o menor o fazendo quase sair do chão.

- Olha aqui imbecil, da próxima vez que você mandar aquela sua coisa me pertubar… eu te mato.

- Ish… endoidou de vez. - Baekhyun podia ser menor, mas não era de levar desaforo para casa. Podia até levar uns supapos na cara, mas não ficaria calado.

- Cara… ele não vê a sombra faz dias. - Chanyeol se pronunciou parando ao lado do amigo. - Seja lá que assombraçao tu viu, não era a sombra dele.

O Huang sentiu um frio na espinha quando o Park disse aquilo, já achava aquela escola estranha antes, imagina agora.

- Eu estou avisando, Byun. - Chanyeol olhou o Wu ofendido por ser ignorado de tal forma. - Se eu ver aquela coisa perto de mim mais uma vez… eu arranco sua cabeça fora.

Baekhyun engoliu seco ao ser largado no chão de mal jeito. Se desequilibrou brevemente tendo que ser amparado por Sehun que enlaçou sua cintura.

- Você está bem? - Perguntou baixinho enquanto os três olhavam o Wu ir embora e Tao sem saber o que fazer naquela confusão, no fim acabou por seguir o pirata.

- Acho que sim… - Suspirou ajeitando a camisa no lugar. - Mas... Essa coisa de sombra está ficando estranha.


👑 

 

A cantina estava cheia como sempre. Talvez todos estivessem aproveitando seus últimos dias sem aula, sem ver os professores, ou sem serem obrigados a se aguentarem dentro de pequenas salas.

- Para com isso, Hyhy, está me deixando com medo. Sabe que não tenho essas coisas de sensibilidade e tals. - Chaerin resmungava embolado com os lábios grudados no canudo de seu copo. Hyuna, do outro lado da mesa, suspirou fundo coçando os fios coloridos.

- Aigoo, não é sensibilidade... Sei lá. É mais como uma presença.

Cl se encolheu ainda mais no banco, podia ser o que for, mas se tinha uma coisa que não fazia, isso era duvidar dessas coisas sobre fantasmas e sei lá, pessoas do outro lado.

- Então, acha que alguém esteve na escola ontem à noite? - A bicolor questionou baixinho.

- Eu não sei… - Hyuna estava frustrada, preocupada e irritada com tudo isso. Não sabia o que fazer, podia apenas esquecer tudo isso ou… qual seria a outra opção? - Eu só acho que…

- As pessoas deveriam evitar andar por aí de noite. - As duas garotas pularam na mesa quando a voz baixinha soou, como um fantasma.

Elas não haviam visto o garoto ali, era tão... Esquisito.

- Aí meu Deus, garoto. Está querendo nos matar? - Hyuna murmurou levando a mão ao peito.

- Sabe que eu abordaria uma tática menos irritante. Eu apenas ouvi o que disse, e suponho que avise a todos... Evitem sair por aí de noite.

Cl e Hyuna se encararam por um momento, já Kyungsoo não estava ali para esperar uma resposta, mas antes que este se afastasse demais, Cl se levantou na mesa batendo o joelho.

- P-por que diz isso?!! - Gritou para o garoto. Este apenas parou e sem nem olhar pra trás respondeu baixo.

- Eu senti um cheiro ruin pelos corredores... Um cheiro… mal.


👑 





Baekhyun resmungava já fazia meia hora enquanto Chanyeol se perguntava como Sehun conseguia cochilar com a cara achatada na mesa do refeitório com todas aquelas pessoas falando juntamente com o Byun resmungão.

Chanyeol estava acostumado com aquilo, quer dizer, com Baekhyun reclamando e Sehun dormindo de qualquer jeito pelos cantos. Porém, dessa vez o clima estava esquisito, uma coisa tensa fazia Chanyeol se encolher no moletom vermelho.

- Baekkie... - Chanyeol chamou com a voz manhosa, não gostava de ver o amigo com aquela cara de irritação. Ele sabia que o Byun estava entre querer matar Kris e pensar em sua sombra.

Acabaria explodindo.

- Oi...

- Eu te ajudo a procura -lá.

Baekhyun ergueu o rosto vermelho de irritação.

- O que?

- Eu ajudo-lhe a procurar sua sombra, hn… - Sorriu doce. - Com nós dois será fácil, certo? E então prendemos ela direitinho.

Baekhyun sorriu minimamente observando o rostinho fofo do amigo. Por que ele tinha de ser tão adoravel?

- Eu também... - Sehun resmungou para a surpresa de todos. Os olhos pesados miraram Baekhyun. - Eu também ajudarei, ok?

- Ah… ok. - Foi uma resposta meio incerta, mas veio com um sorriso alegre do loirinho.

Baekhyun tinhas os melhores amigos do mundo.

-Mas agora cala a boca, pelo amor de Deus e me deixe dormir.

Chanyeol riu apoiando o rosto nas mãos, observando a cara de ofendido do Byun, que mesmo que quisesse bater em Sehun por aquilo, apenas se calou e levou os dedos aos fios do loiro fazendo um cafune maroto por ali.

Chanyeol gostava por demais daqueles garotos, eles era bobos e idiotas, mas era seus bobos e idiotas. Na verdade, Chanyeol gostava muito de toda a escola, até mesmo do Wu irritadiço ou sei lá, da professora Ursula.

Era um bom lugar pra se estar.

Chanyeol tomava um gole de seu suco quando viu certo baixinho entrar na cantina. Ele se perguntou como Kyungsoo conseguia estar sempre de preto, ele não sentia calor? E aquele capus? Ele não o tirava nunca?

Suspirou.

O baixinho era um mistério, e ele não sabia bem se queria desvendar ou não. Seu instinto dizia que não, era melhor segui-lo.

- Chanyeol, está encarando demais. - Baekhyun resmungou risonho ao perceber a viagem do amigo.

- Que?

- Esta encarando o Lobo mau, chapéuzinho.

- Ah… é que, estava me perguntando o porquê dele estar sempre de capuz. - Murmurou voltando o olhar para o loirinho. - Ele é todo esquisito.

- Bem… faz uma semana já, e eu realmente não o vi sem aquele troço na cabeça. - Baekhyun concordou pensativo. - Vai ver é só pra manter a vibe de trevoso, sei lá. Deixa esse cara pra lá.

Chanyeol riu baixinho da conclusão do amigo, mas concordou com a última parte, era melhor deixar pra lá.


👑 



Yifan estava a fim de matar um.

Sorte era o que o Byun tinha por ele não ter um gancho no lugar da mão como seu nome indica.

Antes ele não tinha um motivo de verdade para implicar com o Byun, eles apenas… Não se gostavam.

E nem era por ele ser o Gancho e o bendito o Pan, era apenas porque eles não se davam.

Mas agora Kris tinha um motivo, não era algo grande, mas acordar de noite com a porcaria de uma sombra esquisita futucando as coisas de seu armário não era uma coisa muito legal, sabe.

Não sabia o porquê do Byun ter feito aquilo, mas não ia ficar só por isso. Não mesmo!

O garoto chutou mais uma das milhares de pedrinhas em seu caminho.

Desde que saiu de perto de ZiTao não havia visto mais ninguém, provavelmente porque estavam todos na cantina naquela horário, o que era normal por ser o último dia livre.

Por isso Yifan estranhou quando viu um pequeno grupo de alunos nos fundos do prédio de aulas.

- Então... Você veio daquele reino gelado? - Kris arqueou a sobrancelha interessado. Havia ouvido falar sobre caras novos do reino de gelo.

- Mesmo? Que legal, ouvi dizer que tem princesas bonitas por lá, hn. - Outro garoto disse animado. - Como é mesmo o nome delas?

-Não... Nessa geração é só uma princesa. - Kris permaneceu ali curioso, será que eles falavam com aquele garotinho agitado com quem Tao conversou na cantina?

- Mesmo? Me fala, é a de gelo né? Fala que sim. Ela deve ser tão Sexy. - O garoto se encolheu depois de dizer isso, sentindo o ar gelar derrepente, mas ignorou, todos ali ignoraram a repentina mini nevasca que caiu sobre suas cabeças.

Apenas Kris, que estava mais afastado percebeu aquilo.

- Mas que porra…? - Resmungou assustado.

Ele viu um corpo tentar sair do meio da roda, não podia ver muito, a pessoa estava de capuz.

- Ei, espera… não vai nos falar das princesas? Sabe, nós até tentamos perguntar ao outro garoto, mas ele era só um boneco de neve. - Os outros dois garotos riram.

Kris não entendia aquela coisa que as pessoas tinham com importância de seu ancestral ou sei lá, se ele era um boneco de neve ou não

Boneco de neve, de madeira, fadas ou bruxas, qual era a diferença?

Suspirou.

Eram apenas uns imbecis.

Ele decidiu sair dali, até poderia parar para ajudar o garoto, mas percebeu que não era necessário quando o chão em volta do grupo de garotos virou puro gelo e o capuz azul escapuliu deixando os fios brancos como neve serem vistos pelos idiotas.

Kris riu baixinho antes de sair.

- Não era a princesa de gelo que eles estavam procurando? - Deu de ombros andando em direito aos dormitórios . - Quem procura acha.

Ele até pode ouvir alguns gritos vindo do lugar, mas bem… inverno não era bem a sua praia.


Notas Finais


Vemos que o Minseok é um tanto esquentadinho.
E pra quem tá shipando o Kris com o Baek, não façam isso... Por favor.
Sobre o menino Ksoo, ele não é a coisinha mais adoravel? Eu amo ele gente.
Enfim, já sabem onde me achar se quiserem, né?
Twt: @SenhoritaFrye
Insta: LadyPororoo
Bjs de luz.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...