1. Spirit Fanfics >
  2. Era para ser um amor normal? >
  3. Squad otaku

História Era para ser um amor normal? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Ohayoooo 🙂✨ dêem amor pra essa fanfic por que ela deu trabalho. Talvez eu poste um cap por semana... Sei lá, talvez eu arranje uma data pra postar kqhskaj. Boa leitura 🤡💅🏻

Capítulo 1 - Squad otaku


27/3/2023 — domingo: son Chaeyoung.

Essa história não deve ser lá uma história interessante, não é igual aquelas histórias que mexe com o céu e inferno, nem aquelas histórias de amor escolar, muito menos aquelas histórias onde todo mundo se dá bem e tudo da certo porque você nasce em uma família onde tudo é legal e divertido. É apenas uma história onde eu, son Chaeyoung viveu um amor completamente louco. Onde eu não conheci ela em uma floricultura e nem escola e muito menos em trabalho. Simplesmente, eu nem sabia onde estava me metendo. Só... Quero contar a vocês como eu conheci Myoui mina. Ou melhor, como eu conheci " Myoui Adora "


23/6/2020 quinta-feira: Son Chaeyoung.


Um dia normal, por assim dizer.... Esse dia não tem nada de especial. Não é meu aniversário, não é aniversário de alguém, não é data comemorativa, não é dia de festival, muito menos dia de temporada de animes novos. Então digamos que esta quinta feira está "seca" assim como o tempo, ele está bem frio, mas também eu diria que está seco, por estarmos em época de outono e não chover tanto... porém o clima esfria demais! Esse tempo está completamente doido, mas acho que doido sou eu por dizer sobre "estações do ano" sendo que agora, apenas do nada parece que as estações se misturaram, verão chove, inverno faz sol... Uhul que diversão saber sobre o clima e tempo.

Bom agora, neste momento, estou sentada no gramado da escola encostada no tronco de uma árvore desse imenso presídio que eu tenho que chamar de escola. A u-kan highschool, uma escola conhecida por suas provas difíceis e por daqui sempre sair alguém importante, como: um médico, um promotor, um professor ou um agente público sei lá. E eu passei nela com meu esforço, digamos que estou bem feliz com isso... Minhas mães vivem falando: "oh nossa filha vai se tornar uma promotora", "nossa filha é um gênio" isso enche o saco! Mas por incrível que pareça.. eu não tenho um irmão mais velho que é um prodígio, e eu um "fracasso" como de costume nas melhores histórias. As coisas são um pouco diferente na minha família; eu sou o "prodígio" e ele é o "quase fracasso" estamos falando de Jeon jungkook. Sim não temos o mesmo sobre nome, família doida né?. Minha mãe é Im e minha outra mãe é yoo. Minhas mães decidiram não por o nome delas em nós dois, quando completamos onze anos nossas mães nos levaram ao cartório para poder trocar os nossos sobre nomes, então eu escolhi son e o jungkook escolheu jeon.

— tsc tsc tsc... Está aqui de novo Chaeyoung? — Dahyun. Kim Dahyun chegou perto de mim e se sentou em minha frente, ela não é minha amiga, e sim minha colega, ela me fez notar ela na semana passada, digamos que ela tentou e ainda tenta, fazer amizade comigo de alguma forma.

— sempre fico aqui — respondi simples, ela me olhou, arqueando uma sombrancelha e cruzou os braços fazendo uma expressão confusa. Olhou para meus olhos e o livro que eu lia.

— como consegue ler com esse tanto de gente gritando? — se referiu as pessoas pelo pátio da escola. Sim havia muitas pessoas, minha turma é imensa e não! Não estávamos em recreio, pelo visto parece que três de nossos professores faltaram, e só temos a última aula. A escola como é muito rígida não permite que seus alunos saiam da escola mesmo sem aula, só no final dela. Como não temos aula no início fomos liberados para ficarmos soltos pelo pátio e campo de escola.

— digamos que... É um dom — disse ajeitando meus óculos de grau e fechando meu livro, sim sou cegueta não enxergo muito sem meus óculos. Dahyun ao ver que comecei a dar atenção a ela e então começou a dizer:

— olha tô cansada de ver você sozinha com o essa sua solidão então você vem comigo, vamos! — a maluc— digo... Dahyun pegou em meu braço e me puxou direto para um grupo de adolescentes. Puta merda eu odeio interagir, eles tem cara de que vão tirar sarro da minha cara, vão zoar comigo, vão me zoar por causa dos meus óculos! Da minha aparência! Meu deus Dahyun tá me levando direto para o bullying.

— gente! Essa aqui é a Chaeyoung, por incrível que pareça ela também é da nossa sala — disse Dahyun com aquela voz ativa e alegre me apresentando para, um... Dois... Três... Quatro... Para cinco pessoas?! Vou ser zoada cinco vezes a mais!?

— Dahyun tadinha da garota! Não se preocupe com ela ok? É doida mesmo — disse uma garota de cabelos curto. Que peitos ein! Digo, que sorriso ein!

— para com isso jihyo! Olha chae vou te apresentar meu squad otaku, no caso esses retardados aqui, olha, olha! Essa giganta ali é a tzuyu — disse apontando para uma menina alta, ela era tão fofa... E usava óculos também! Ok não vou ser zoada... Espero — e a que tá agarrada com ela feito carrapato e a sana — abaixei meu olhar e vi uma garota grudada na maior ela tinha cabelos loiros, que fofa. — elas são namoradas sana é extremamente ciumenta, toma cuidado ein.. — sussurrou a última parte. Sana chutou a perna de Dahyun fazendo ela gemer de dor e se apoiar em mim, ótimo virei apoio.. claro eu ri um pouco com essa brincadeira, ver desgraça alheia é legal.

— feiosa — disse sana.

RINDINCULAN — gritou Dahyun com um rosto dramático de dor.

— já que não vai me apresentar eu mesmo me apresento, sou park Jihyo, pode me chamar de jihyo se quiser, esse aqui é o jeonghan a nossa menininha e prima da tzuyu — o garoto... ou garota? sei lá! De cabelos compridos da um tapa leve na cabeça de jihyo.

— eu sou menino! E Prazer Chaeyoung.. esse aqui ao meu lado é a verdadeira menina do grupo se chamar park Jimin, primo de jihyo — ele disse fazendo carinho no garoto de cabelos loiros que tinha uma expressão fofa e indefesa, quero pegar pra cuidar que garoto fofo!!!

— e-eu também sou garoto jeonghan hyung ! — o mais velho.. pelo visto.. continuou fazendo carinho no cabelo do menino enquanto esse mesmo parecia um cachorrinho recebendo amor.

— Dahyun vai convidar ela? — perguntou sana. Convidar...?

— ah... sim? Mas ela não vai me matar? — perguntou Dahyun. Gente tô perdida.

— a pingus ou essa baixinha? — pergunto a ALTONA do grupo, essa jihyo nem é tão alta assim... Mas ainda sim sou mais baixa do que ela... EU NÃO SOU TÃO BAIXA! NÃO ACEITO ISSO!!!

— a pingus

— não vai não, eu chamei a momo ué, ela disse que tava de boa, só tinha que levar um cosplay, ela diz enquanto mais gente melhor — respondeu sana grudada no braço da .... Ih esqueci o nome da altona.

— então tá bom, Chaeyoung você curte animação? — assenti, quem não gosta?

— quer vir em um evento? Só que tem que ir de cosplay, de she-ra and the princesses of power, no caso — explicou, AMEI! já tenho um cosplay desse desenho guardadinho lá em casa.

— ele vai rolar dia vinte e cinco, isso vai ser um presente atrasado para a pinguim no caso. — nossa? Depois de amanhã?

— eu vou de Sea hawk combinando com o jimin — disse jeonghan confiante, ele combina com também com o arqueiro mas... Sincera opinião... ele combina mais com o... Ham.. hodark?

— vou fazer a mermista — disse Jimin bem baixinho, ele é bem tímido... Amei? Onde assino para adotar?

— me pediram para fazer o bow mas eu vou de hordark, combina mais, aliás ele é muito legal gosto dele. — disse a alta, bom ela combina com o hordark. Qual o nome dessa garota... ? Como eu posso ter esquecido do nada?

— eu ia fazer a catra — Dahyun comentou. Amén? De she ra só tenho esse cosplay — porém vou de perfuma, eu gosto dela.

— eu vou de entrapta pra combinar com chewy! — sana falou enchendo a sua "chewy" de beijos. Meu deus casais são realmente estranhos..

— e a jihyo? — perguntei a Dahyun.

— eu vou de eu mesma — sorriu dizendo. Ué?

— ela não viu she ra ainda, então não tem um cosplay e nem personagem favorito — explicou jeonghan.

— então tá tudo ok? — disse Tzuyu e todos concordam.

— mas... Alguém vai de catra? — perguntei, talvez essa tal pinguim vá, certo? Aliás Por que chamar alguém de pinguim?

— ninguém estava querendo ir de catra, porque a mina vai fazer a adora, e a mina é uma doida por catradora ela vai querer atuar um Yuri — explicou jeonghan.

— e o mais baixinho de nós já quer ser a ametista — complementou jihyo.

— que amestista? É mermista!— corrigiu Jimin.

— tanto faz!!!

— hmm... Todos gostam de she ra? — talvez alguém não goste? E por que querem ir para esse evento de cosplay? Não basta ir normal?

— na verdade todos assistirmos apenas por causa da mina, ela que comprou esses cosplays para todos nós — disse dahyun sorrindo

— essa tal de mina deve ser uma pessoa incrível... Certo ?

— Óbvio que ela é!! Vou te dar ótimos exemplos de como mina é incrível! Olha tá vendo essas duas carrapatos ali? — apontou para a mais alta e a sana?... Não gravo nomes.

— mina que ajudou as duas ficarem juntas, antes tzuyu era igual você, isolada do mundo, sem amigos, convívio social e etc... — tão delicada essa Dahyun. — então mina conseguiu fazer essas duas ficarem juntas quase como mágica! 

— aí esse jeonghan aí, ele não podia ter os cabelos compridos sabia?

— Que? Por que? — curiosidade bateu, perdão.

— meus pais são muito rigoroso e quando comecei a deixar meu cabelo crescer eles ficaram reclamando dizendo que isso era coisa de "gay" e que eu era gay, sendo que eu na verdade sou bissexual... quase gay, enfim! Mina fingiu ser minha namorada por duas semanas apenas para convencer eles, até que ela conseguiu de uma forma quase "mágica" convencer aos meus pais de que cabelo não define sexualidade, ela ajudou a meus pais abrir os olhos para certas coisas, entende? — explicou gesticulando. Nossa! Que garota incrível!

É amigos, o b no lgbt não é de biscoito né!?

— mina me ajudou a me assumir... — disse Jimin baixinho, já disse que ele é fofo?

— digamos que mina me ajudou a ter mais auto confiança — jihyo sorriu largamente e botou as duas mãos na cintura estufando o peito. Nossa o sorriso dela é realmente lindo!

— e ela me ajudou a ser eu mesma... Chaeyoung, mina é incrível, participar desse evento é o mínimo que podemos fazer, e por isso queremos que você também participe, seja nossa catra!!! — dahyun juntou as duas mãos e me olhou com aquele olhar de cãozinho abandonado, meu deus...

— só tenho cosplay dela mesmo... Então vou ser a catra de vocês — disse por fim, Dahyun e jihyo me abraçaram de lado e sorriram os demais comemoraram e assim continuamos a discutir sobre o evento e tudo mais. Ficar com eles me trouxe uma sensação boa... Uma sensação de conforto, e agora estou realmente curiosa para saber sobre essa tal "mina" que todo mundo fala.


[...]


24/3/2017 — 7:30: aniversário de myoui mina.

Eu não vi essa mina no dia que fiz amizade com Dahyun e nem no dia seguinte, dahyun disse que mina estava ocupada e não podia ir a escola, que garota importante ein. Isso me fez ter mais curiosidade sobre ela. Bom fora isso! Conversamos sobre os cosplays sobre os pontos de encontro os lanche e a maquiagem, sana disse que ela poderia ajudar e Jihyo disse que momo é boa em fazer maquiagem também. Parece que está tudo bem...

Estou terminado de arrumar minha mochila e minha mãe acordou mais cedo junto a mim, ela disse que queria conhecer meus amigos e também queria prepara um sanduíche para todos levarem, não pude impedir ela, então simplesmente deixei.

— filha são no total nove certo? Acho que esses vinte sanduíches dão — vi minha mãe com a mão na cintura olhando para uma bolsa térmica, não acredito nisso...

— Mãe não me diga que você preparou vinte Sanduíches?

— claro!? Os adolescentes de hoje em dia só pensam em comer! — disse se aproximando fazendo um carinho em meus cabelos longos, eles não eram tão compridos chegavam apenas até o ombro.

— aliás bebê! Aqui oh! Toma dinheiro pra você comprar refrigerante para seus amigos e trazer uma lembrancinha para mim e sua mãe, talvez seu irmão — disse me dando dinheiro, meu deus ela me deu muito dinheiro.

— o-oky... Mas o Jungkook não iria também para o mesmo evento? Ele não iria com aqueles amigos dele? — perguntei.

— ih é mesmo! Compra uma lembrancinha extra pra mamãe então — piscou para mim e apenas ri, minha mãe no final das contas era minha melhor companhia.

A campainha tocou e eu peguei a bolsa térmica junto com minha mochila, não estava com o cosplay, iria o vestir só na hora do evento. Abri a porta e me deparei com apenas sete deles. A tal momo estava junto dessa vez.

— ué mulher? Pra que uma bolsa térmica? — perguntou Dahyun e fez outras piadas, não dei muita importância e me despedi de minha mãe fechando a porta.

— minha mãe preparou vinte Sanduíches para vocês — expliquei.

— momo vai comer uns dez pelo menos — disse sana e todos olharam momo esperando alguma reação negativa.

— ué? Eu vou mesmo

Todos rimos e seguimos rumo a estação de trem. Dahyun disse que mina foi mais cedo para o evento para conversar com o fotógrafo que havia contratado e também organizar melhor sobre o concurso e a minha inscrição, já que eu entrei meio que de última hora.

[...]

Estávamos todos dentro do trem quase cheio, não estava tão cheio mas a cada estação entrava mais gente, dava para ver pessoa de cosplays e até rockeiros hardcore. Alguns tinha tantos piercings que acho que não havia mais espaço para por mais um. Dahyun não saia do lado de mim nem se quer por um minuto, todos estavam bem unidos e tentando ao máximo não se separa já que jeonghan avisou que o evento era extremamente enorme. Acho que o casal satzu não deve se perde já que até no trem elas ficaram grudadas. Tenho que admitir, é fofo ver Tzuyu segurando no ferro acima de frente para a sua namorada que ficava apenas sendo protegida. Da até inveja...

[...]

Depois de umas três paradas finalmente chegamos no local do evento, ele se localizava em centro de convenções. Meu deus esse evento é um dos grandes!

Andamos até o pavilhão onde ficava o evento, andamos muito! O estacionamento era imenso e de longe dava para ver os grupos que também iriam participar do concurso.

— olha aqui temos uma akatsupobre — disse jihyo se referindo a um grupo de jovens que usavam um cosplay bem simples da akatsuki de Naruto.

— poxa jihyo... Não tá tão ruim... Só péssimo mesmo — disse brincando e rindo sendo acompanhada pelos demais. Rir de cosplay é errado mas os caras pediram, sério um deles está usando um papelão preto no lugar do cabelo.

— vamos ganhar, certeza! — encorajou sana. — pelo menos uma categoria! Né...

Jimin não prestava muito atenção na nossa conversa, ele conversava com alguém em seu celular, será que era com a mina? Ou algum amigo?

— gente, mina disse para nós nos encontrarmos no banheiro principal — avisou jeonghan que estava com o celular na orelha. Ata então era o jeonghan que estava conversando com a mina... Será que eles ainda fingem ser um casal ? Ainda são ? Levaram isso a sério? Se o jeonghan e bi... Era... Porque eu tô pensando nisso? Para Chaeyoung para!

— ok, ok! Meninos vocês vão ter que esperar um pouco para a maquiagem ok? — avisou Jihyo.

— e-eu sei fazer maquiagem jihyo noona — Jimin disse com um bico adorável, não era de se esperar um garoto saber maquiar... Jimin é tão perfeitinho!

— ótimo! Então Jimin faz a maquiagem do jeonghan e a própria! Sana e momo ajudam as geral com a maquiagem e eu vou encontrar com mina para conversar sobre a sessão de fotos e o concurso, vocês vão direto se arrumar não é? — perguntou jihyo e todos concordamos. Ela foi em direção a fila dos visitantes.

Como éramos cosplayers ficamos em uma fila diferente dos outros visitantes. A nossa fila do evento era onde apenas tinham cosplayers e as pessoas que ainda iriam vestir o cosplay, estávamos todos esperando em uma outra entrada do pavilhão.

— meu deus... Sana olha só aqueles ali, eles estão tentando falar japonês — momo se referiu a um grupo de jovens que "tentavam" se comunicar em japonês, sana e momo começaram a rir muito deles, não sou uma especialista em japonês mas sei que eles não estão falando japonês, apenas falando nada com nada.

O pior foi um que o trio do grupos deles percebeu as risadas da sana e de momo e vinheram tirar satisfação... AHW SANGUEEEE TRETAAAAAAA!!!!

— iih... Olha aqui a bakaiaro! — chegou um dos garotos do grupo, eles querem morrer... olha só a tzuyu! Tá olhando mortal pra um deles, CARALHO VAI TER SANGUE!

— Perdão o que disse? — perguntou sana com um tom debochado. A garota olhou mortal para o menino do outro grupo que era bem maior que ela, meu deus sendo sincera... Eu perto dessa montanha Viro um micróbio.

— eu disse... Miteyo bakairo konoiaro! — Disse o garoto se aproximando mais, ele parecia querer briga e sem falar que seu japonês era uma merda sinceramente... Esses metidos a fluente em japonês só porque viram alguns eps de anime.... Jeonghan e tzuyu já querem comer o tadinho na porrada, faria o mesmo se eu fosse alta e tivesse força esse marmanjo tá ficando chato.

— antes de tentar "conversar" em japonês com alguém, aprenda o pronúnciar certo seu Baka yarô! — sana olhou mais a cima e focalizou nos olhos do "metido a japonês"

— hey hey! Sua lolita! Não se acha que só porque é mulher que eu não vou te bater não ein? E você pensa que é quem pra corrigir meu japonês han? — O garoto pareceu apertar os punhos e tzuyu continuava com o olhar mortal pra cima dele, meu deus tzuyu vai matar esse com certeza, se não ela, jeonghan com certeza vai.  Jimin e Dahyun não ligavam muito para briga, eles estavam conversando entre si sobre sei lá oque. Já eu momo estávamos atrás de jeonghan para caso algo acontecesse nós já temos nosso "escudo humano".

— Minatozaki sana, uma japonesa nascida em osaka no caso Japão, seu Baka yarô — novamente o tom debochado e os braços cruzados veio a tona. O maior franziu o cenho e soltou uma risada irônica.

— eu duvido muito que tudo isso seja verdade ! — NÃO DEIXAVAAAAA DUVIDOU!!!! EU NÃO DEIXAVA!!!! o que? Posso ser quieta e calma mas eu gosto de ver desgraça alheia.

Anata wa sonoyōni kutsujoku o ukete mo īdesu ka? Nihonjin o utagau mae ni nihongo o kunren suru ( está tão disposto a ser humilhado dessa forma? treine seu japonês antes do duvidar de uma japonesa ) — me xingou toda, nem sei oque ela falou, só sei que o garoto arregalou os olhos e abaixou a cabeça, então ele fez reverência  junto a os outros dois e eles falaram em coral:

— Desculpe senpai! Por favor nos treine! ONGAI! — pediu, sana sorriu e fez um breve carinho no cabelo do maior do trio.

— faremos o seguinte, torça para o squad de she-ra e depois vá até a entrapta no caso meu personagem, iremos conversar melhor, porque agora não dá meu pequeno gafanhoto — disse tranquila e o maior levantou a cabeça.

— s-sou matthew Kim mas me chame de BM sana senpai — disse ele fazendo reverência novamente e logo saindo.

— não gostei desse aí — disse Tzuyu ajeitando os óculos com o dedo indicador. Ciuminhu ein.

— vamos entrar logo! A mina está nos esperando! — disse Dahyun andando a frente.

Tenho que admitir, estou muito ansiosa para conhecer a mina...

FAZER A CATRA EU DISSE FAZER A CATRA!!!!


Notas Finais


🤡🤡 é isso amgs.. cap meio longo, eu gosto de fazer caps assim então só lamentar 💅🏻 AKKAKAKA espero que tenham gostado até o próximo cap. Fiquem com Rikudou e não usem drogas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...