1. Spirit Fanfics >
  2. Era para ser você... (Finalizado) >
  3. Capítulo 14

História Era para ser você... (Finalizado) - Capítulo 14


Escrita por: Jackfallen666

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Era para ser você... (Finalizado) - Capítulo 14 - Capítulo 14

Narradora

- É, foi o que eu disse; Denny achou aquela garota bem interessante - Você não deve trabalhar para a minha mãe há muito tempo...

- E como tem tanta certeza disso?

- Bem eu teria notado uam garota tão bonita aqui na empresa; a garota levantou uma de suas sobrancelhas em sinal de escárnio - Você poderia me dizer seu nome?

- Mas é claro... Que não, e quanto a sua mãe com certeza deve estar na sala, afinal ela é a mais dedicada daqui; vai andando, mas para por um instante - Ah, e vê se melhora sua cantada, é péssima.

Vai embora deixando um sorriso bobo no rosto de Denny.

- Que garota... Interessante; ele pensa enquanto olha o renomado dos quadris dela - Eu ainda descubro seu nome.

Fernando

Depois que a Chicago fechou, eu fiquei desempregado, Diana saiu do país, pois segundo ela não poderia ficar perto de mim, e ao mesmo tempo longe. Então eu vejo Diego chegar arrasado em casa, ele parecia deprimido, de modo que fui até ele.

- O que foi mano? Você está com uma cara péssima...

- Eu não fui bem visto pela filha mais velha da Sol; se senta no sofá - Para Ana Lascurain eu não passo de um interesseiro.

- Ah, mas essa doutora Gelo vai me ouvir; pego minha carteira em cima da mesa de centro da sala - Ela vai saber que ninguém mexe com um Leal.

- O que vai fazer maninho?

- Vou falar com a doutora Gelo...

Narradora

Madrid

Nicholas estava nervoso, finalmente iria falar com o detetive que lhe informaria sobre o paradeiro de seus filhos. O velho homem caminhava de um lado para o outro enquanto Magda apenas passava a vista numa revista qualquer.

- Calma pai; ele parou por alguns instantes - Tudo vai dar certo.

- Queria ter sua certeza; nesse momento a campainha toca - Deve ser ele, filha por favor atenda por mim, eu estou muito nervoso.

- Claro pai...

Assim que Magda abre a porta se depara com um homem que faz seu coração bater mais forte... E pelo que parecia o estranho não lhe era indiferente já que não parava de encarar a boca carnuda da jovem.

- Bom dia; diz e o estranho na porta parece recobrar o foco - Em que posso ajuda - lo senhor?

- Sou Jack Angel; mostra sua insignia - O detetive, creio que seu pai me espera....

- Claro, me acompanhe por favor...

Assim que entra Jack nota o quanto o pai de Fernando é bem de vida, e pensa que o amigo merece ser feliz ao lado do pai. Assim que Nicholas vê Jack seu sentimento de pai fala mais forte do que sua própria razão.

- E então o que sabe sobre meus filhos?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...