História Era pra ser assim. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Kai, Lay, Sehun
Tags Kai Romance Exo
Visualizações 4
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 05


Esquecir de avisar a vocês mais hoje Lay vai dar uma festa em sua casa " Baekhyun disse empolgado,

"Queria que vocês viessem" Lay falou nos olhando esperando uma resposta afirmativa.

"Claro!" Eu disse sorrindo, Nari me lançou um olhar surpreso , geralmente sempre dou pra trás quando somos convidada para algo, mais eu estava decidida a me divertir.

"Então vamos logo nao aguento mais comer pizzar" Sehun disse passando a mão na barriga, saímos da pizzaria é andamos em direção ao estacionamento Jongin pegou a chave do bolso e abriu a porta do seu carro. "As meninas podem ir comigo" ele disse a Baekhyun que também estava de carro, o caminho até a casa do Lay foi meio estranho, Mi Cha estava sentada no banco da frente ocupada conversando com Jongin , embora suas respostas para ela fossem curtas.

"Você conhece os meninos a muito tempo?" Disse ela me olhando fingindo ser amigável , cada vez que havia de perto percebia o quão linda ela era , seus olhos eram castanhos e seus lábios eram cheios é rosados seu cabelos eram ondulado ela tinha feição de uma modelo.

"Não muito, mais esse ano nos aproximarmos bastante" eu disse forçando um sorriso.

"Estamos fazendo faculdade juntos" Jongin disse em quanto dirigia.

"Assim...", ela disse enquanto olhava para Jongin e depois para mim, seu olhar nada agradável foi lançado em minha direção novamente.

Quando chegamos vir um gramado perfeitamente aparado havia pequenas luzes por toda parte, olhei pra cima e vir um portão alto com caracteres chineses escrito, não conseguir para de admira a casa ou melhor a mansão de Lay, sempre soube que sua família era bem sucedida mais não imaginava que era tanto assim, saímos no carro é vejo que já havia algumas pessoas na sua casa , entro junto com Nari é percebo que ela também parecia impressionada.

"Onde estão seu país?" Pergunto para Lay

"Eles viajaram para china" disse ele já segurando um copo.

"Espero que você se divertida" Lay me disse me dando o copo que estava em sua mão.

"Aproveita bastante!" Min Cha me disse em um tom debochado, aquela garota não me descia ela saiu agarrada em Jongin que nem um carrapato.

A mansão de lay era tão grande que me sentir encolhida, aos poucos ia chegando mais gente, a maioria da aquelas pessoas eu nunca tinha visto na vida e outras eram algumas conhecidas da faculdade, passei na sala e havia alguns casais se beijando, pessoas dançando, a mesa estava cheia de comidas e bebidas o som era tão alto que mal conseguia escutar as pessoas ao meu redor, definitivamente Lay tinha transformado sua casa em clube.

Nari havia sumido junto com Baekhyun é Sehun, então subir a escada na esperança de encontrá qualquer um deles, havia vários quartos fiquei imaginando como Lay não devia se sentir sozinho morando em uma casa tão grande já que seus país viviam sempre viajando, meu pensamentos foram interrompido quando me deparo com uma sala grande, dentro dela havia uma TV de tela plana grudada na parede ,uma mesa de bilhar, é três jogos de fliperama, presumir que era uma sala de jogos, um alívio correu em mim quando vir Baekhyun é Nari entao entrei e me sentei em um sofá de pufe.

Depois que sentei foi bombardeada pelo olhar do dois só então percebir que entrei no meio de algo importante. "Vocês viram Sehun? eu estou procurando por ele" eu disse tentando disfarça minha entrada repentina.

"Vir ele a pouco tempo na sala de jantar" disse Baekhyun meio sem graça, coloquei meu copo vazio em cima de uma pequena mesa e então sair , enquanto passava pelo corredor comecei a reparar em alguns quadros na parede com certeza aqueles quadros valiam muito , entao percebo uma voz ecoando em lugar ao longo do corredor, cheguei em um quarto com a porta ligeiramente aberta percebo que aquela voz era no Jongin imaginei que Sehun estava com ele então abrir a porta devagar, não conseguir ver quem estava com ele pois o quarto estava mal iluminado , mais quando finalmente meus olhos se ajustaram, vir Jongin é Min Cha em pé um na frente do outro percebir que os braços dela estavam na cintura de Jongin, os dois me olharam com um olhar atordoado.

"VOCÊ NÃO SABE BATER NA PORTA ??" Min Chan gritou comigo .

"Me descul-" eu gaguejei ... "sinto muito pensei que sehun estava aqui também"

Fechei a porta atordoada mal conseguia pensar direito, quando me vinha na cabeça as mãos dela na cintura de Jongin percebir que eu realmente havia atrapalhado algo.

Decidir descer e ficar em uma sala aonde havia pouca gente pelo menos naquele lugar eu não poderia fazer nenhuma besteira, avistei um ponche em cima de uma mesa a situação anterior foi tão constrangedora que minha garganta estava seca tomei aquela bebida como se fosse água, vir um sofá na minha frente e decidir me sentar é botar os pensamentos em ordem, nem percebir o tempo passar aquela bebida havia me deixado um pouco sonolenta e meio tonta, sinto  que alguem sentou a meu lado mas meus sentidos estavam tão confusos e lento que não conseguir discernir quem era.

"Olha só quem estar aqui!" disse uma voz estranha, me viro e vejo que conheço o dono da aquela voz .

"Juno" eu disse meio lerda tentando confirmar minha intuição, "Você estar uma gatinha hoje!" Disse ele , Juno e o cara mais safado da faculdade ele já pegou quase todas as meninas, ele é conhecido por passar a noite com as garotas e depois sair espalhando como se fosse algum tipo de vantagem.

"Você estar bêbada Hana ?" Ele disse com tom de voz que me fez ter calafrios,

"Claro que não!" Eu disse tentando parecer bem , mais acho que falhei totalmente , sentir ele se aproximando cada vez mais de mim seu cheiro e sua voz me deixava enjoada.

"Me dar espaço por favor você estar me sufocando" eu disse tentando empurra ele , mais eu sentir como se não tivesse controle do meu proprio corpo, mais ele ia se aproximando cada vez mais.

"Vamos eu sei que você quer ficar comigo" Juno pegou minha cabeça tentando aproximá-la da dele forçando um beijo.

"Para eu já disse que você estar me sufocando, eu nunca quis ficar com você. empurrei ele com toda força mas ele era mais forte e me vir em encurralada.

De Repente sinto uma mão me segurando com força e me puxando do sofá, me vejo agarrada a alguém e sinto sua mão segurando com força em minha cintura para que eu pudesse ficar em pé.

"Há algum problema por aqui ? Só então percebo que essa pessoa era Jongin.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...