História Era pra ser para sempre - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Vhope Jihope
Visualizações 13
Palavras 1.759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura...

Capítulo 4 - Capítulo 4


P.o.v Kim TaeHyung

-Estava pensando em branco e dourado prós convites, e pras flores algo num tom rosa bebê... Pode ser rosas mesmo- Já havia umas semanas que estava ajudando Jimin com os preparativos para o casamento. Agora estávamos na prova do seu terno.

-Branco e dourado é meio cliché. Acho que papel reciclado verde com uns detalhes dourados como quer, bem mais a cara do seokie- Disse desenhando o rosado a minha frente sendo decapitado. A peste ia casar e pintou o cabelo de rosa, ROSA, pode isso- e pras flores pode ser rosas mesmo com umas folhas verdes amostra.

Fechei o caderno de anotações e esperei o bochechudo sair do provador. Saiu com um terno branco simples, realmente ele ficou lindo com aquela calça social branca que caiu bem em suas pernas grossas e bumbum farto.

-Acho que um terno com uns bordados dourados nas mangas daria um charme à mais- disse andando pela loja em busca de terno neste estilo.

-O bolo podia ser de morango né? vermelho com umas pérolas em volta? e com os noivinhos em cima- Falou e nesta hora eu quis mata-lo com aquela gravata em seu pescoço.

-Credo! parece o bolo de 90 anos da minha vozinha- Resmunguei lhe entregando um terno com uns bordados dourados no colarinho e uma calça mais soltinha- Acho que podemos fazer de três sabores, chocolate que o preferido do seokie, morango que é o seu e baunilha. 

-Uns 4 andares, sendo a base falsa, coberto em pasta americana com rosas combinando com as flores da decoração e umas rendas douradas- disse já enfrente ao rosado pra ajeitar seu traje- e os noivinhos... Acho que pode ser mas eles vão ser iguais a vocês, então não mude a cor do cabelo.

Fez um biquinho e se olhou no espelho, é aquele estava otimo. Nem muito apertad, nem muito folgado.

-O que achou deste?- Deu um sorriso e fez sinais de curti na mão- Ótimo vai ser este, vá pagar que eu temos que nos encontrar com os meninos.

Aproveitei que estava só e liguei para o Jeon.

Ligação

Alô?

Olá ser das trevas! o que quer ligando para minha pessoa?

Terminei aqui com o anão de jardim! como está aí com o hobi?

Prova comprida senhor capitão! ternos escolhidos, já estamos indo para a praça de alimentação do shopping.

Já sabe o que tem que fazer né? 

Seduzir a pombinha cor de rosa, missão dada é missão comprida.

Ótimo! pouco sombra está vindo, já já chegamos aí.

Aish TaeTae, pelo menos saiba disfarçar esse seu amor pelo pobre coitado.

Até já Jeon.

Fim da ligação.

Fomos rumo ao estacionamento pegar meu carro. Entramos no mesmo segui à caminho do shopping.

-Quem é esse sendo decapitado?- Pergunta Jimin com meu caderno a mão.

-Ya! não mexa nisto, não é ninguém, é só um desenho- disse tomando o caderno de suas mãos pequeninas e fofas- vamos voltar a falar dos preparativos do casamento.

-Estava pensando em realizar a cerimônia no mesmo local da festa, algo bem simples mesmo, vai ser só pra família e amigos íntimos- Deu a primeira idéia útil até agora.

-É uma ótima idéia mas seokie quer se casar na mesma igreja que os pais se casaram, acho que a cerimônia religiosa podia ser lá- falei sem tirar os olhos da estrada- e a civil podia ser no jardim do club, lá é perfeito pra festa e pra cerimônia.

Ele Concordou, percebi que ele ficou meu cabisbaixo. Chegamos no estacionamento do shopping deixamos o terno no banco de trás do carro, e fomos nós encontrá com os garotos.

~~Quebra de tempo~~

-Estava pensando aqui- Jeon disse arrancando uma risada gostosa de de se ouvir do Hobi.

-Meu Deus! Jeongguk pensando acho que o mundo vai acabar- Rimos e o cabeça de pica doida deu um tapa em seu braço.

-Amor deixa o Kookie fala- Jimin disse sorrindo com aqueles eyes smile nojentos. "Amor", amor vai ser minha mão na sua cara.

-Kookie?! que intimidade é essa Sr.Jung?- Ava toma no seu ânus Hoseok, pra que essa ceninha toda melosa.

-Ainda sou Sr.Park, e o Jeongguk falou pra chama-lo assim agora que seria da família- A Kookie sua cobra peçonhenta, pensei o encarando com um sorriso sapeca nos lábios.

Ficamos ali trocando olhares cúmplices, e nos esquecemos do casal melação que agora tinham sua atenção voltadas para nos dois.

-Uum acho que sabemos quem seram os próximos a se casarem- Jiminie falou com um sorriso malicioso no rosto.

-Ya! não fale besteiras Jimin- Hoseok falou com a testa franzida e um risinho se graça.

-É chimchim eu e Tae somos apenas amigos- Jeon disse olhando pra Jimin logo voltando seu olhar pra mim, e deu uma piscadinha.

A Jeon, recado dado e entendido. Hoseok deu os primeiros sinais de ciúmes, talvez fosse só por sermos seus amigos. Mas vale a pena cutucar a fera.

-É chimchim! nada haver, imagina se eu ia querer algo além de amizade com o Gukkie- Falei no mesmo tom brincalhão sem tirar os olhos de Jeon.

-Aí shippo! da pra ver nos olhos de vocês que rola algo, e...- foi interrompido por Hobi.

-Eles já disseram que nada haver né Park? Já chega de insistência. Eles não tem nada além de amizade- disse sério, visivelmente com ciúmes- vou paga a conta.

E mais uma vez no dia eu vi Jimin ficar cabisbaixo. Não vou negar senti uma pontada de pena, Hoseok com raiva e com ciúme não é fácil de aturar.

-Não fica assim bolinho de arroz- Jeon disse sentando ao seu lado e acariciando seu ombro, aah seu vagabundo duas caras, dei um risinho- O hyung só está cansado, a empresa o força demais e ainda tem as questões do casamento. 

-Sei lá kookie! nessas últimas semanas já brigamos 3 vezes por motivos bobos- Brigaram? mas que notícia maravilhosa.

-Porque não leva o Jimin pra sair, sei lá! ir num parque- disse empolgado- enquanto isso eu converso com o Hoseok, tento entender o porque dele está tão stressado ultimamente.

Jimin pareceu pensar um pouco na idéia. Olhei para trás do rosado e vi que o Jung já estava vindo em nossa direção, aceita logo, aceita logo.

-Tudo bem- disse fazendo com que desviasse meu olhar para ele- vamos kookie.

Hoseok logo retornou e ficou olhando os dois se distanciando.

-Onde eles estão indo?- perguntou ainda irritado.

-Jiminie precisa se distrair um pouco, e você está muito irritado ultimamente só vai fazer o pobre coitado deseja cometer um assassinato- disse me levantando e estendendo a mão pra ele pegar- vem vamos andar um pouco.

Estávamos caminhando de braços dados, estava um silêncio bom estava somente aproveitando a presença do meu Hyung. Mas percebi que ele queria conversar, precisava conversar.

Sentamos num banco enfrente a uma loja qualquer, não estava muito movimentado por ser dia de semana.

-Então... Como você está?- ele foi o primeiro a quebra o silêncio, me sentei de lado para poder observa-lo bem.

-Só estou um pouco cansado, esses dias ando muito atarefado e você?- perguntei.

-Também- respondeu brincando com os dedos- eu andei estava querendo me mudar pra cá, abri uma escola dança.

-Que ótima idéia Hyung- disse visivelmente feliz- Assim você poderia ficar aqui, e realizar seu outro sonho.

Estava realmente empolgado, não somente porque ele ficara aqui, mas também porque sei que isso seria uma grande felicidade para Hoseok. Ele deu um sorriso meio triste.

-Gostaria que Jimin pensasse como você- disse agora olhando em meus olhos- ele disse que podemos abri uma escola de dança na China. Por isso brigamos, eu quero construir minha vida aqui, mas o sonho dele é mora na China.

-Uou...isso é...Não sei o que dizer- Jimin quer ir pra china, mas meu hyung não, complicado, muito complicado, porém perfeito pra mim- acho que ele tinha que te apoiar, poxa, é o seu sonho, ele vai ser seu marido tem que te apoiar e ficar onde você ficar.

-Será? Ele também tem os sonhos dele- disse ainda me olhando meio confuso.

-Claro! Vocês podem viajar pra lá, porque ele não pode ficar aqui, seria egoísmo da parte dele- disse sério- espera aqui, preciso ligar pra alguém.

~~\\~~\\~~

P.o.v Jeongguk 

Ligação 

você tem certeza disso?

Como assim Kookie, claro que tenho. 

Diga que ele tem que lutar pelo sonho, que ele PRECISA.

Tudo bem! Ele está vindo Tchau.

Fim de ligação.

Bloqueio o celular e coloco no bolso do casaco. Estava na praça conversando coisas aleatórias com o Park quando ele foi compra sorvete e TaeHyung me ligou dizendo o que fazer.

-Voltei - disse animado me dando um sorvete de chocolate e comendo o seu de morango- com quem falava?

-Não era ninguém muito importante- disse sorrindo carinhosamente pro mais velho- então soube que quer ir morar na China.

-Arg! Nem me lembra disso- falou formando um bico nos lábios- eu e seokie brigamos por isso.

-Brigaram? Porque?- perguntei o olhando.

-Ele quer ficar aqui e abri uma escola de dança idiota- dava pra ver lágrimas se formando no canto de seus olhos - eu não quero morar nessa cidade idiota.

-Uaw! - soltei surpreso.

-Desculpa! Me expressei errado, eu só estou meio tenso- disse relaxando um pouco e permitindo que suas lágrimas banharem suas bochechas gordinhas- eu entendo que é o sonho dele, eu apoio, é o que eu mais quero, construí um futuro com ele... mas não aqui, eu me sinto excluído da vida dele quando estamos com os outros, principalmente com o tae, eles são tão próximos.

-Tem razão, e eu acho que seria melhor vocês construírem uma vida fora- disse seguindo o que tae havia mandado.

-Mas ele não quer- disse deitando a cabeça no meu ombro.

-O faça querer, mostre pra ele que é o melhor a se fazer- disse acariciando seus cabelos deixando o sorvete de lado- derrube quem tiver que derrubar pra conseguir o que quer.

-Tem razão- falou determinado- Qual o problema dele abrir sua escola na China? 

O abracei meio triste, me desculpe Jimin mas é pelo meu melhor amigo. E talvez, só talvez, porque eu quero você pra mim.

~~\\~~\\~~

P.o.v TaeHyung 


Você tem certeza disso?

Como assim Kookie, claro que tenho 

Diga que ele tem que lutar pelo sonho, que ele PRECISA.

Tudo bem! Ele está vindo Tchau.

Espera eu...

"Volteii " 

"Com quem falava"

"Não era ninguém importante"(O que? A mas você vai apanhar)

(Botei meu celular pra gravar a conversa, e me surpreendi com o que aquele buchechudo disse)

Fim de ligação.

Jeongguk seu maravilhoso, ele havia esquecido de desligar o celular, a como agradeci por ele ter feito isso. Desliguei o celular e fui até onde Hoseok estava.

-Nossa você demorou- disse levantando-se e ficando a minha frente- nossa a conversa foi boa né?! Tá todo feliz.

-Kookie me deu uma ótima notícia- disse sorrindo- vamos pra minha casa?

-Porque não convida o "Gukkie"- disse fazendo careta.

-Aish! Deixa de ser ciumento, vem, vamos pra casa assistir um filme como antigamente- disse o puxando para ir embora.

Se prepare Park Jimin, esse homem vai ser meu.


Continua...


Notas Finais


Então Desculpa qualquer erro que tiver... Boa leitura e espero que gostem, lamento ter demorado a postar, mas eu não sabia o que escrever.

Beijinhos♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...