História Era uma vez... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, LGBT, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 2



Hope on:

Enquanto descia as escadas não pude deixar de observar que a beleza do príncipe Andrew era realmente estonteante, mas, nem se comparava a beleza do Cavalheiro Hernandes, ele sim me tirava o fôlego

-Olá príncipe Andrew!

-Olá princesa Hope! Aguardei toda minha vida para que finalmente tivesse o prazer de contemplar beleza descomunal tal a sua!

Uau ele sabe jogar!

-Fico encantada com tal comentário sobre mim! Após tal coisa peço-lhe que me acompanhe para conhecer este castelo!

-Ficaria encantando em fazer tal coisa!

-Acompanhe-me!

Observei que o querido Carlos, meu guardião, me acompanhou juntamente de Andrew, e não imaginava que seria diferente!

Chegamos a biblioteca real, e eu obviamente tinha um plano para tal momento!

-Carlos nos deixe à sós por favor

-Não podeira senhorita! Isso é contra as regras!

-Carlos por obséquio nos dê licença, e não se esqueça que eu dito as regras por aqui!

Ele saiu claramente contrariado, onde já se viu tal coisa!?

Eu fui para a parte do escritório, que se encontrava mais a frente dos diversos livros. Havia uma mesa enorme perfeitamente encostada na parede, onde um pouco mais acima havia uma janela de vidro e ouro. Sabendo bem o que fazer, prostei-me a de frente para ela e fiquei observando a bela paisagem de Moon-Light

-Você não deveria ter pedido tal coisa ao seu Guardião- Ele chega por trás de mim, assim como havia planejado em minha mente

-Mas o que penso em fazer com o Senhor príncipe, não seria adequado com a companhia de Carlos!

Ele rapidamente chegou mais perto de mim, retirando meus cabelos de meus ombros, assim dando passagem para sua boca passear sob meus ombros e pescoço. Senti seu membro roçando em minha bunda, estava excitado do jeito que eu tanto desejava

-Você é uma princesa muito má senhorita Hope!

-Meu bom moço, não me julgue por ter sentindo algo tão fatal ao ver sua beleza! Não me culpe por me apaixonar tão rapidamente por uma pessoa tão linda como o senhor...

-Aceite se casar comigo princesa Hope, e serei seu para sempre! Seremos grandes Reis, seremos o maior império já visto neste século e nos que virão!

Perfeito, ele era exatamente como eu havia estudado neste último mês.

-Aceitarei tal oferta de bom grado! -Me virei de frente para ele -Agora... Faça-me sua como minha intimidade tanto pede!

Ele rapidamente agarra minha cintura e toca seus lábios nos meus, eu lhe dou passagem para que sua língua baile juntamente com a minha. Quero logo apressar esta tortura, e oara que seja menos desconfortável, tenho em minha mente aquele maravilhoso cavalheiro

-Seremos rápidos meu bom príncipe, Carlos pode nos pegar e lhe mandar embora!

Eu mudo de posição com o príncipe, o deitando ta enorme mesa, logo abro a calça deste, e abaixo seus trages de baixo, seu membro era de um tamanho satisfatório. Subi meu vestido e tirei minha calcinha, engatinhei até o mesmo e fui sentando em seu membro de maneira delicada e lenta para que a dor de perder a virgindade não fosse tão desagradável; logo suas mãos estavam em minha cintura me impulsionando a sentar-me mais rápido, soltei um grito de dor e uma das mãos de Andrew parou em minha bica para calar-me. Comecei a subir e descer em seu membro de forma lenta, ao olhar para o lado de fora do castelo eu vi Hernandes sentado no chão debaixo das sombras das árvores, ele logo me viu e eu parei de rebolar no membro de Andrew. Hernandes acenou para mim e eu retribuí, e aproveitei para fazer um sinal para que viesse ao meu encontro, rapidamente ele se levantou e saiu andando.

-Temos que parar meu príncipe!

-Mas porque senhorita? Amo estar dentro de sua gruta apertada e molhada!

- Não sabe como isto me excita, mais não podemos sair do ponto!

Sai de cima de Andrew e me vesti rapidamente.

-Vá na frente meu príncipe, Carlos lhe mostrará seus aposentos!

-Irei se prometer me fazer uma visita noturna!

-Claramente irei meu bom moço! Agora vá! -Assim ele fez e eu fiquei sozinha naquela sala enorme onde acabei de perder minha pureza...


Notas Finais


Para ou continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...