História Era uma vez uma garota suicida- BTS - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Bad, Black Pink, Bts
Visualizações 162
Palavras 560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii bolinhos
Boa leitura

Capítulo 1 - Tentativa


Fanfic / Fanfiction Era uma vez uma garota suicida- BTS - Capítulo 1 - Tentativa

Estava na janela, eu tava olhando como o dia nasceu tão lindo, tinha nuvens bem clarinhas parecia algodão. 

Um dia antes de eu morrer eu fui para cozinha conversar com minha mãe, eu disse pra ela que queria comer panqueca,e ela fez,ela estava diferente,ela estava tão linda, ela estava sorrindo de uma forma que eu nunca tinha visto antes,ela estava alegre, o  que eu não sentia mais.

Um dia antes de eu morrer eu sai para fora e fiquei sentada na calçada da rua, olhando como as flores estavam e como havia gente andando na rua. Havia várias pessoas, várias crianças, havia bastante gente naquele dia, mais poucas vieram falar comigo. 

Um dia antes de eu morrer eu olhei para o meu gatinho ele tava tão alegre, tão animado, todo empolgado. Ele era tão maravilhoso. 

Um dia antes de eu morrer eu tinha escolhido a melhor roupa para mim usar. O melhor sapato, o melhor vestido. Coisa que eu nunca fazia. 

Um dia antes de eu morrer eu olhei para o céu três vezes antes de sair de casa e pedi perdão,mais já era tarde.

Um dia antes da minha morte eu sentei na cadeira branca que havia na sala, peguei meu melhor livro e comecei a ler. Eu li uma,duas,três vezes seguidas no mesmo dia até que cansei.

Quando cansei subi para o andar de cima da minha casa, então lá eu apenas deitei no chão, e fiquei olhando para minhas fotos, recordações das minhas "ex-amigas", dos meus familiares. Tudo que eu tinha, naquele momento. 

Um dia antes de eu morrer muitas pessoas disseram eram meus amigos, mais nenhum deles estavam comigo quando eu realmente precisei.

Um dia antes de eu morrer eu recebi uma visita, uma visita que nunca na minha vida eu esperei receber um dia.

Um dia antes de eu morrer eu ganhei flores, flores lindas. E ninguém tinha me mandado flores, era só a minha imaginação. 

Eu imaginei um dia perfeito mais nada disso estava acontecendo, eu estava sonhando acordada, era tudo tão lindo, pena que não era real, a minha realidade era bruta, muito cruel.

Um dia antes de eu morrer, de verdade eu ainda tentei sair, mais não deu certo. Na realidade ninguém queria a minha presença por perto. Eu só sou uma garota esquisita, que só ficava sozinha em casa, não tinha amigos, muito menos alguém para conversar, só ficava no quarto trancada, mais a gente aprende assim. A vida é tão dura, e o caminho que nos escolhemos é mais ainda. 

Eu pensei bastante no que fazer, mais acabou que nem fiz nada, eu nem tentei, eu apenas deixei um bilhete escrito uma carta sobre a mesa antes de dormir,em uma mesinha que ficava ao lado do computador. 

No bilhete estava escrito "eu não gostaria de ter sido a filha que fui", eu pedi perdão por não ser a melhor filha do mundo, eu agradeci eles por terem sido meus pais.

Então eu deitei na cama e com uma lâmina eu tentei dar fim a minha vida, não foi uma tentativa qualquer,não foi doloroso, foi de uma vez. Na minha mente se eu fizesse issó minha alma não teria salvação. Não tem como ser suicídio se já estamos mortos por dentro. 

Fiz cortes profundos em meus braços, dei um grito não de dor,  de alívio. Comecei a sentir meis olhos pesarem. É acho que é um até nunca...



Notas Finais


Oi de novo
Esse capítulo tem um pedaço de uma citação que eu fiz umas mudanças para ficar mais parecido com a história, o nome é: um dia antes de eu morrer .
Eu sei que tá confuso mais nos próximos capítulos vai dar para intender melhor ❤
Desculpa os erros de português


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...