1. Spirit Fanfics >
  2. Era você - (Imagine Jeon Jungkook - Mistério) >
  3. Jardim botânico

História Era você - (Imagine Jeon Jungkook - Mistério) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Ahhh!! Tô muito feliz e irei dar um gostinho de quero mais para vcs 😄

Boa leitura!

Capítulo 6 - Jardim botânico


Fanfic / Fanfiction Era você - (Imagine Jeon Jungkook - Mistério) - Capítulo 6 - Jardim botânico

Estou nervosa... Jeongguk está no meu quarto... Oque eu faço? Já está na hora de irmos para o jardim botânico, mas ele nem sequer se mexe, apenas fica me observando da cama.

-Nós...vamos pro jardim botânico, né?

-sim, vamos. -fico aliviada ,ele finalmente falou. - você vai mesmo de vestido?

-eu coloquei um short.

-e...- ele sorri- o sutiã? - ele parece prender o riso.

-já comprei um menor...- meu rosto já está queimando e não de vergonha, mas sim, de raiva.

-por que está com raiva?- suspiro e baixo minha cabeça. Que insensível, só por que o sutiã estava um pouquinho folgado.- vamos. -ele se levanta e abre a porta do quarto.- gostei da bota. - após tais palavras ele sai do quarto.

-obrigada... -saio do quarto e vou até a porta de saída. - minha mãe vai dormir na casa do namorado hoje, podemos demorar o tempo que for preciso. -abro a porta ,saímos de casa, traco-a e descemos as escadas.

- a flor foi encontrada no dia em que karina sumiu.

-quê? - já do lado de fora, ponho o capacete.

- lembra daquele amigo meu? Pronto, ele foi até o local onde karina sumiu, ele já estava atrás da coisa que pegou a karina.

-então ele achou a flor lá?- ele faz que sim com a cabeça e põe as mãos no guidom da moto. - e por que vamos ao jardim botânico?

-por que essa flor vem de lá. - jeongguk dá partida na moto após subir em tal.


Já estamos no jardim. Estou observando algumas rosas enquanto jeongguk está falando com outro amigo dele. Quantos amigos hein.

-______ , vem. - vou até jeongguk, ele me apresenta á um amigo que me analisa dos pés a cabeça. - pare de olhá-la assim, seu idiota.

-oh, me desculpe jeongguk. Ela é oque sua?

-isso não vem ao caso agora. Me fala logo onde tá o cara que cuida dessas flores, taehyung.

-calma, ele tá logo ali. - o tal de taehyung aponta para o outro lado jardim botânico. Me arrepio ao olhá-lo , ele está me observando, eu sei disso, ele está sorrindo. Meu Deus, oque ele quer?

-vamos esperar as pessoas irem embora e vou perguntar onde ele estava no dia do ocorrido.

-ele me parece apenas um tarado que gosta de flores.

Jeongguk olha para mim com uma certa curiosidade.

-e como você sabe disso?- sua voz fica mais rígida.

-e-ele estava me olhando, apenas isso...- baixo a cabeça.

-oque é isso , jeongguk? Assustando esta bela moça.

-fica na sua , taehyung. -jeongguk não pareceu se importar muito, então me sinto mais aliviada.


Após duas horas as pessoas pessoas foram embora e agora jeongguk está conversando com aquele cara, taehyung foi embora também, disse que ia se encontrar com a namorada.

Desde que jeongguk saiu, eu sinto que tem alguém me observando.

-estou ficando louca...- me levanto do chão e vou até a sala onde jeongguk estás com aquele homem. Meu Deus!! Jeongguk está surrando o homem!! Paro de olhar e volto para o local onde estava, chegando lá há um garoto sentado no mesmo lugar que eu estava.- err...garoto...cadê os seus pais?

-não sei...

-eles estavam aqui?- se ele está provavelmente os pais estavam.

-não...

-garoto, quantos anos você tem?

-não sei...

-você não sab...- não termino a pergunta pois o garoto avançou em mim, ele está tentando me morder, se transformou em um verdadeiro animal selvagem. -m-me solta!!- empurro o garoto fazendo-o sair de mim. Me levanto e corro até onde jeongguk está, abro a porta e em meio ao desespero falo- um garoto...um garoto tentou me morder...- jeongguk se assustou quando entrei , estava com as mãos meladas de sangue, não era muito, mas era sangue. Jeongguk olhou novamente para o homem e pareceu estar furioso.

-seu filho da puta!!era verdade!!- jeongguk dá outro murro no rosto do homem, o mesmo desmaia com um sorriso na cara.

-jeongguk...o-o garoto... - jeongguk me olha sério , então aponto para o lado de fora. O garoto estava se mordendo, havia muito sangue ao seu redor.- ele está se comendo...

-esse cara prende pessoas e deixa elas sem comerem, normalmente deixa por um mês, mas esse garoto já está no ponto de se comer? Como assim...? Vamos sair daqui. -jeongguk tira uma arma do bolso e atira no rosto do homem desacordado , ele sai primeiro da sala e atira na cabeça do garoto.

-j-jeongguk...por que você...por que você fez isso?

-não adiantava deixá-los vivos, aquele cara ia atrás da gente e continuaria matando essas pessoas aos poucos. O garoto já iria morrer mesmo. Vem. -jeongguk vai até sua moto que estara fora do jardim botânico e eu, claro, segui ele. Subi na moto logo após dele e fomos o caminho inteiro sem nos falar. Ele parecia pensativo , então não quis atrapalhar seus pensamentos.


Jeongguk me deixou em casa e agora, em vez de estar na casa dele, está deitado no chão do meu quarto, ele tomou banho, comeu e arrumou um canto para ele e eu? Eu não fiz nada, apenas tomei banho e comi...comi a comida que ele fez...eu sou um ótimo exemplo de quem tem hóspedes em casa.

-não vai dormir?- ele fala enquanto mexe no celular.

-aquele cara pegou karina?

-não foi ele.

-isso está estranho...de um caso para o outro...oque vai acontecer agora?

-agora nós vamos dormir.- ele solta o celular e se enrola. Apago a luz do quarto e me deito na cama. - você teve medo de mim?

-medo? Não. Só foi um pouco diferente do meu dia a dia.

-hm...aquele cara queria pegar você e te fazer empregada.

-quê?sério?

-não. -ele prende o riso e cobre o rosto com o lençol.

-você é mais estranho tentando ser engraçado.

-então vou ser mais rígido com você.

-ah...não foi isso oque eu quis dizer...

-vai dormir. - ele se mexe mais um pouco e por fim o quarto fica em silêncio. Nem deu boa noite...


Notas Finais


Espero que tenha gostado 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...