História Era você - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki
Visualizações 5
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo pra vcs.........Espero que gostem Beijos.

Capítulo 2 - Apresentação


Fanfic / Fanfiction Era você - Capítulo 2 - Apresentação


                                     Capitulo anterior

               Aomine-Eu vou ajuda-la a amar seu filho ...........
                                Nesse capitulo
               Eu e Kira conversamos até o fim da sessão, ela me contou sobre sua vida, sobre sua família, sobre seu filho que esta com sua mãe... Ela me contou muitas coisas, dias que marcaram sua vida por exemplo...
           Kira-Até a próxima sessão Dr. .
       Aomine-Até...E tente fazer oque combinamos.-Passei um exercício pra ela tentar faze até a próxima consulta, ela tentará brincar com o filho tentará faze-lo rir...
           Vivia-Dr. Aomine posso pedir para o próximo entrar?
           Aomine-Claro....-uma mulher  de cabelos negros e pele branca entrou-sente-se porfavor.
                                                        #MARI 
            Mari-obrigado...
            Aomine-Bom dia eu sou Dr. Aomine, com já deve saber, eu serei a pessoa que lhe ajudara a resulver seus problemas e como já vi na sua ficha é medo xecivo, então vomos começar com você me dizendo do que tem medo certo?
            Mari-S-sim...Eu tenho medo de andar sozinha, de ficar sozinha, de assalto, de algumas pessoas (para não dizer todas) que vejo na rua, tenho medo de animais perigosos e não me sinta segura em lugar nenhum...-Eu não estava me sentindo segura nem mesmo ali...
              Aomine-Espere disse que não se sente bem segura em lugar nenhum?
             Mari-Sim...(em lugar nenhum)
             Aomine-E como esta se sentindo aqui?
             Mari-Na verdade não me sinto muito bem aqui.
           Aomine-Bom se te tranquila, aqui na minha sala não tem câmeras, escutas, bombas nem nada do tipo, só eu você e a mobília, e pode ficar tranquila eu já me certifiquei de que a ela não trabalha para lúcifer, e se o problema for eu nós podemos te transferir para outro psicologo, esta bem?
             Mari-Esta sim- Esse jeito diferente dele me faz ficar de alguma forma calma...
            Aomine-Pode continuar, ou é só isso?-(só isso? Essa gorota tem medo de tudo)
            Mari-É só-(eu acho)
         Aomine-Bem vamos começar do começo....Disso tudo qual você acha que é pior, de qual você tem mais medo? 
            Mari-Andar na rua e assalto.
            Aomine-Isso é o mais comum....Antes de começarmos quero te explicar uma coisa.
         Mari-Okey...
      Aomine-O medo é  uma defesa automática do nosso subconsiênte,nós temos que sentir medo, se não sentirmos ficamos expostos a perigos que poderiamos evitar, então eu vou ajudar você a perder esse medo excessivo e não todo o medo, porque se um dia você chegar e me falar que não tem medo de nada que seu medo sumiu eu simplesmente terei que pedir um laudo psiquiátrico para te internar em uma clinica porque é isso que não pode acontecer, entendeu? (espero não ter assustado muito ela mas, eu tinha que ser verdadeiro)
           Mari-O-Okey(como assim me internar)
           Aomine-Você se lembra de qual foia primeira vez que sentiu medo de andar sozinha na rua?
          Mari-Acho que sim....Eu tinha 10 anos estava indo encontrar uma amiga, foi quando passou um carro preto por mim, dentro do carro tinha uma mulher loira com batom e vestido vermelho no banco do carona e um homem de terno e óculos escuros dirigindo, eles pararam ao meu lado e me ofereceram carona, eu falei que não precisava porque eu ia ficar no perque então a loira falou_Ah então vem tomar um sorvete com agente eu prometo que não vai demorar...-Eu falei que minha amiga já estava chegando mas, ela continuou-Vem, você é uma menina tão educada e linda, merece um presente, entre no carro nós lhe daremos oque quiser, é só entrar querida_ Foi ai que ouvi a voz da minha amiga mas antes que eu pudesse ir ao seu encontro o homem segurou meu braço -Ainda não acabou, isso não vai ficar assim-Ele acelerou o carro e sumiu, minha amiga estava com o pai e ele me perguntou quem era mas, como eu estava assustada não consegui falar a verdade, eu falei que eles tinham se perdido e me pediram informações...-
                                               #AOMINE
              Aomine-Essa foi a primeira vez?
              Mari-Foi....
             Aomine-Então nos vamos começar a partir dai....-
Ficamos o resto da sessão falando sobre isso, provavelmente a próxima consulta será igual....O nosso tempo acabou...
            Aomine-Tchau....Próximo por favor.
            Emi-Sou eu...
            Aomine-Entre...Você é Emi Junpei certo?
            Emi-Sim.
          Aomine-Bem Emi eu não tenho informações sobre você, então se puder me dizer porque esta aqui seria um bom começo.
Emi-Olha Dr. nem eu sei direito o motivo mas, meu psiquiatra falou que é  depressão e culpa e como meus professores já haviam pedido pra mim ir procurar um psicólogo ele me encaminhou para os Hospitais São Lucas...

Aomine- Desde quando vai ao psiquiatra?
            Emi-Desde que eu voltei de viagem...
            Aomine-Okey, vamos começar por ai, do que se sente culpada e oque aconteceu na sua viagem?
         Em-A 6 meses eu meu irmão meu namorado e minha melhor amiga fomos  fazer uma viagem para os Estados Unidos fomos a Florida, foi uma viagem maravilhosa passamos 10 dias lá , só que na viagem de volta não foi bem assim, ela estava tranquila como a anterior mas, quando cruzamos o Atlântico começou ficar mais complicada começou a ter mais turbulências do que o normal e quando estávamos atravessando a Rússia europeia os motores principais do avião explodiram e nós começamos a cair...Dessa parte eu não me lembro bem só sei que ouvi muitos gritos e pedidos de socorro...Eu apaguei por causa da pressão que senti na cabeça, quando acordei estava com dores em todo o corpo principalmente no braço e no pé esquerdo, eu olhei pro lado e vi meu namorado todo ensanguentado, antes de desmaiar ele me falou pra ficar calma que eu ia ficar bem eu tentei acorda´lo mas não adiantou....Eu me levantei com dificuldade  olhei ao redor estava tudo uma bagunça, olhei para frente e vi meu irmão...Tentei chegar até ele mas tinha uma pessoa na minha frente ....Era Riko....Era minha melhor amiga morta na minha frente (e pensar que meu irmão nem pode dizer o quanto a amava) quando vi aquilo eu desmaiei e só fui acordar 3 dias depois em um hospital com minha tia ao meu lado, eu perguntei do meu irmão da Riko, e do Kioshi mas ela não respondeu e começou a chorar e ai eu pude realmente perceber oque tinha acontecido...Os 2 homens mais importantes da minha vida estavam mortos, sem falar da pessoa que me conhecia melhor que qualquer um nesse mundo...Eu fui a unica de nós 4 que sobreviveu- Ela estava se esforçando para não chorar mas, não adiantou, ela começou chorar baixinho-Toda noite eu me pergunto porque, porque só eu tive que sobreviver minha vida não é nada sem essas pessoas, eu me pergunto porque eu não morri junto com eles naquele dia...Eu me sinto culpada por estar viva....É só nisso que penso nos últimos meses, não consigo nem prestar atenção nas aulas mais...Eu já tentei me matar...Mas como pode ver não consegui...Eu, eu só queria ter morrido com....

Aomine-Não diga isso....Tome-Lhe dei um copo de água- Não precisa continuar só me escute agora okey?
           Emi-O-Okey...-Ela falou entre soluços... 
 


Notas Finais


BEIJOS.........Ate o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...