1. Spirit Fanfics >
  2. Eramos apenas amigos (Imagine, stray kids, SHOT HOT VER, Han >
  3. Era para ser apenas um filme (Hot)

História Eramos apenas amigos (Imagine, stray kids, SHOT HOT VER, Han - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


*ESCOLHAM O PROXIMO NOS COMENTÁRIOS* FELIX OU HYUNJIN

SHOTHOT BANG CHAN:https://www.spiritfanfiction.com/historia/tudo-comecou-com-uma-music-bang-chan-shot-hot-stray-kids-18354719

Capítulo 2 - Era para ser apenas um filme (Hot)


Fanfic / Fanfiction Eramos apenas amigos (Imagine, stray kids, SHOT HOT VER, Han - Capítulo 2 - Era para ser apenas um filme (Hot)

*Continuação*

Descemos para a garagem e jisung entrou no carro, tentei puxar algum assunto, ele respondia em um tom baixo, mas eu conseguia ouvi-lo. Ao chegar em meu AP, eu abri a porta e ele entrou meio timido.

- S/N: Relaxa, eu moro sozinha com meu gato...

-Han: Deve ser solitário aqui

-S/N: É... mas muitas vezes é bom ficar sozinha.

-Han: Não sou bom nisso...

Han sentou em meu sofá, ele continuava cabisbaixo, eu preferi não perguntar oque fez ele ficar assim por tanto tempo, parecia sério.
Sentei no sofá ao lado dele.

-S/N: Han o que você gosta de fazer? Podemos fazer oque você quiser.

-Han: No meu tempo livre eu escuto musicas e vejo filme, mas não me importo em fazer outra coisa.

- S/N: Gosta de filmes de terror?

-Han: Gosto...

-S/N: Vou fazer pipoca, escolhe um filme...

-Han: Espero que isso faça eu me senti melhor (susurrou Han)

Fingi que não escutei e fui fazer as pipocas, ao voltar, Han não tinha escolhido nenhum, decidi escolher por conta própria, conheco otimos filmes legais.
Fui em direção ao sofá com a pipoca e sentei ao seu lado.

-Han: Desculpe não achei nenhum...

-S/N: Tudo bem... ja assistiu a Orfã?

-Han: Eu sei que é muito famoso, mas nunca

Fiquei um pouco impressionada, um amante de filmes de terror não ter visto esse ainda.

-S/N: Vamos ver esse

-Han: Sem problemas

Eu não sentei muito perto de Han, acho que eu estava um pouco timida. Nós comentamos sobre o filme no meio do filme, criando teorias e etc, ele parecia estar se sentindo melhor.

-Han: Eu deveria ter assistido esse filme antes, realmente ele está muito bom

-S/N: De nada Han, tenho ótimo gosto para filmes.

-Han: Tem toda razão

Faltando 20min pro filme acabar, Han chega mais perto de mim, coloca seus braços lentamente atras de mim, chegando com a mão em meu ombro, ele me puxa para perto dele, me obrigando colocar a minha cabeça em seu ombro, eu olho para ele e continuo vendo filme, mas internamente meu estômago estava cheio de borboletas, Han realmente tinha um cheiro ótimo, me fazia querer ficar la por muito tempo. Han olhou para mim e disse:

-Han: Eu realmente estou me sentido melhor, obrigada por me trazer aqui, tudo que eu precisava era companhia

Eu olhei para ele pra responde-lo, então nossas bocas ficaram poucos centimetros longe, eu me afastei...ele é um Idol, n posso nem pensar nisso.

- S/N: Não foi nada... Mas oque você quer fazer agora?

-Han: Oque você quiser...

-S/N: Vamos ver outro filme?

-Han: Acho que podemos fazer algo mais divertido...

Han chegou mais perto de mim, indicando que queria me beijar

-S/N: Han...não podemos, se alguem descobrir...

Ele colocou a mão em minha cintura e me puxou para perto dele, selando nossos lábios, ele se afastou um pouco e disse:

-Han: Ninguem vai descobrir...

-S/N: Mas han...

Minha palavras foram cortadas com a boca de Han encostando na minha novamente, eu acabei sedendo ao seu beijo, e o beijando de volta, pois apenas um beijo não faria mal a ninguem.
Han vai para cima de mim pouco a pouca, até eu acabar deitando, com Han entre minhas pernas, ele coloca sua mão embaixo de minha blusa, segurando minha sentura.

-S/N: Han... não


Eu coloco a mão em seu peito  pressionando-a para cima, para ele sair de cima de mim, mas ele pega a minha mão e a pressiona a cima de minha cabeça, e beija meu pescoço.

-Han: Você ja fez isso antes?

-S/N: Sim mas.. (Han corta minha palavras)

-Han: Relaxa, eu prometo que você vai gostar (Diz ele susurrando em meu ouvido, logo após volta a beijar meu pescoço, e continua pressionando minha mão sobre minha cabeça)

Era algo que eu realmente queria fazer, não faço isso a muito tempo, e eu admito que eu tenho uma queda pelo Han, mas meu medo é que caso alguem descubra, eu vou ser demitida, mas percebi que não posso fazer nada, Han sabe que é algo que eu quero.
Han para de beijar meu pescoço e chega perto da minha boca

-Han: Aonde fica seu quarto? (Ele fala susurrando)

Eu Apontei para uma porta que ficava  quase em frente a sala, Han olhou pra mim, deu um sorriso de canto, se levantou ficando sentando em minha frente entre minha pernas, me puxou pela cintura, colocou a mão em minha bunda e me levantou levando-me ao quarto, ele nem se quer ligou a luz, apenas foi até a cama e me deitou la, eu liguei o abajur que estava no criado mudo do meu lado.

-S/N: Han...você tem certeza quer quer fazer isso?

-Han: Eu ja estou fazendo isso...

Ele se coloca entre minhas pernas, fazendo eu sentir seu membro duro e começa a me beijar, um beijo lento e quente, Han usou sua lingua lentamente e eu fiz o mesmo, ele foi tirando a minha blusa, eu puxei a blusa dele e tirei a dele também, revelando o abs definido dele, realmente era muito bonito, ao tirar minha blusa foi uma surpresa pra ele ver que eu não estava de sutiã, ele olha rapidamente para um de meus peitos e coloca sua boca no mesmo, com a mão esquerda ele aperta e massageia o outro peito, ele passa a língua em movimentos circulares e chupa eles, deixando meu peito todo molhando com sua saliva, eu estava ficando muito excitada, podia sentir meu corpo pegando fogo, eu soltava alguns gemidos, mas segurava muitl a ponto de Han não escutar direito, mas minha respiração estava muito funda e acelerada, ele volta a beijar minha boca, logo após ele desce novamente com a boca para meu pescoço, dando chupoes e selinhos bem demorados, enquanto ele me beija, ele abre os botoes de minha calça e puxa ela para baixo.

-S/N: Meu deus...(eu falo susurrando)

Han olha para mim com um sorriso de lado

-Han: Não se preocupe, eu sei oque estou fazendo

Han vai dando selinho em meu pescoço, desce em meu peito, passa pela minha barriga e finalmente chega em minha calcinha, ele tira ela juntamente com a calça que ele mesmo desabotoou, ele pressiona minhas pernas uma para cada lado de meu corpo, e começa passar a lingua perto de minha entrada e subindo até minha parte mais sensivel, quando ele chega na mesma, eu fico mais excitada ainda coloco a mão em seu cabelo puxando-o e dou uma gemida bem baixa, Han olha para mim com um sorriso malicioso

-Han: Eu quero escutar mais alto...

E volta a por a lingua em minha parte sensivel, fazendo movimentos circulares e lentos, fazendo eu querer cada vez mais, eu começo a gemer mais, mas eu continuo me segurando para não ser muito alto, estava cada vez mais dificil, a cada momento em que ele encostava em meu ponto sensivel, eu puxava mais ainda seu cabelo. Han colocou dois de seus dedos em minha intimidade pressionando-os para cima, acertando diretamente meu ponto G, quando ele fez isso não consegui me conter e dei uma gemida mais alta do que as outras, puxando o cabelo dele com mais força, ele se afasta minimamente de minha entrada

-Han: Era isso que eu queria ouvir...(ele olha para mim e volta a fazer o que estava fazendo)

Han faz movimentos de vai e vem em minha intimidade e movimentos circulares em meu ponto senvivel cada vez mais rapido, e brinca com o bico do meu peito, eu realmente não conseguia conter meus gemidos, aquilo era tão bom, Han Jisung era tão bom.
Eu estava chegando perto de meu limite, eu sentia minha intimidade se contrair nos dedos de Han, ele percebe, vai um pouco mais rápido, eu acabo gozando em sua boca e dedos, soltando um gemido muito alto, Han tira seus dedos lentamente e se afasta da minha intimidade

-Han: Isso não foi o suficiente, quero que você goze mais pra mim...

Eu não respondi nada, pois eu estava ofegante de mais para falar uma palavra. Ele começa dar selinho em minha barriga e vai subindo com a boca  até chegar novamente em meu pescoço, sem eu perceber ele ja estava tirando suas calças, quando tirou completamente vi seu membro completamente duro  por dentro de sua cueca minimamente molhada pelo pré-gozo, passei a mão em seu abs até chegar em seu membro ainda coberto pela cueca, fazendo movimentos de vai e vem, han mordeu o lábio e serrou os olhos após meus movimentos em seu membro, me levantei devagar com o objetivo de chupar seu membro, Han me empurrou com pouca força na cama

-Han: Hoje só EU vou fazer você gemer (Han susurrou em meu ouvido)

-S/N: T-Tudo bem..

Han voltou a me beijar, chegando com o corpo mais perto de mim fazendo eu sentir seu membro cada vez mais duro, e então ele finalmente tira a sua cueca e nos afastamos um pouco para ele joga-la do lado da cama, entre minhas pernas ele me penetra bem devagar enquanto me beija, fazendo nós pararmos de nos beijar para gemermos baixinho. Han deu uma estocada mais funda ainda, e foi fazendo movimentos de vai e vem enquanto chupava meu pescoço e apertava meu peito, ele estocava rapido e com força, atingindo meu limite e tirava seu membro lentamente, me fazendo gemer intensamente, eu conseguia escutar a respiração funda e rápida de Han Jisung, provavelmente ele estava se segurando para não gemer, eu passei a mão atras de seu ombro e puxei seu cabelo, Han começou ir mais rápido, acertando meu ponto e me fazendo gemer mais alto.

-Han: Isso geme mais pra mim...(ele falou rouco e ofegante)

-S/N: Han...Han eu vou...(Falo gemendo)

Eu acabei  derramando meu líquido no membro de Han, ele provavelmente estava em seu limite tambem, acabou escapando alguns gemidos roucos perto de meu ouvido por mais que ele não quisesse, ele tirou seu membro e gozou em minha barriga, fazendo-me sentir um liquido quente, mas eu não me importava, foi uma das melhores experiências da minha vida, Han deita em meu lado totalmente ofegante.

-Han: Meu deus isso foi otimo...você gostou?

-S/N: Você tinha razão quando disse que eu ia gostar...foi ótimo.
 Falamos ofegantes

Han olha para minha barriga ainda com seu liquido

-Han: hã! Ops, me desculpe

Ele se levanta pega sua cueca e vai até o banheiro do meu quarto, depois de 1 minuto ele volta com a cueca em seu corpo e limpa minha barriga com o papel, enquanto Han vai levar o papel para o lixo, e coloco meu camisetão e minha calcinha

-Han: Você realmente fica muito gostosa assim, da até vontade de um segundo Round.

-S/N: Obrigada. ( Falo em um tom baixo e envergonhado) Mas eu realmente estou muito cansada depois desse round.

-Han: Eu faria isso com você a noite toda


Han me empurra na cama, deita ao meu lado, e me abraça, ele me faz cafuné enquanto conversamos durante a noite.

*VOU FAZER DUAS VERSÕES, A SHOT HOT, E A CONTINUAÇÃO DA HISTÓRIA, SE QUEREM VER A CONTINUAÇÃO COMENTEM QUE EU COMEÇO ELA*


Notas Finais


*ESCOLHAM O PROXIMO NOS COMENTÁRIOS* FELIX OU HYUNJIN

SHOTHOT BANG CHAN:https://www.spiritfanfiction.com/historia/tudo-comecou-com-uma-music-bang-chan-shot-hot-stray-kids-18354719


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...