1. Spirit Fanfics >
  2. Eremon >
  3. -VI

História Eremon - Capítulo 6


Escrita por: e kariochi


Notas do Autor


Opa, Wolfinho aqui vos fala
Demorou um pouco, mas ta aí feito com muito amor

Espero que gostem ^^

Capítulo 6 - -VI


Fanfic / Fanfiction Eremon - Capítulo 6 - -VI

Um dia após a briga de hanzo e kariochi... Era um dia de clima agradável como os outros, mas o clima dentro de casa estava horrível, ninguém falava com ninguém, nem bom dia, boa tarde e nem boa noite, as vezes nem parecia que eles eram parentes

Os 3 irmãos fizeram seus treinamentos diários, obviamente em horários diferentes para evitar contato, até Enan que nem estava no meio da briga ficou bravo com os irmãos e acabaram discutindo também, e isso de evitar contato se aplicava até na hora de descansar por que quando estavam dentro de casa faziam questão de ficarem longes um do outro

Hanzo estava no sofá, ele aparentava estar muito tranquilo, totalmente despreocupado e pouco se importando se kariochi e enan estavam com raiva dele, já kariochi estava sentado numa cadeira no outro canto da sala longe dos outros irmãos, bem estressado, ele não escondia seus sentimentos e era visível a vontade que ele tinha de mandar o irmão pro quinto dos infernos

Rasamor e Amiret estavam do lado de fora da casa, estavam sentados num banco que ficava de frente a estrada de terra que passava na frente da casa, eles estavam em silêncio até Rasamor quebrar o mesmo

Desculpa - rasamor disse meio triste -

Tudo bem... Eu peço desculpa também, nós dois erramos, não deveriamos ter falado sobre a reunião bem na madrugada com eles dormindo - amiret disse -

Eu não faço ideia de como consertar esse clima dentro de casa, é difícil lidar com adolescentes... Sei lá as vezes eu penso que lidar com uma guerra é mais fácil do que lidar com uma família - rasamor disse rindo um pouco -

Seu bobo - amiret riu junto - olha... Eu sei como a gente pode consertar isso

Como? - ele perguntou - eu não sei em... Eu não tô com tanta paciência pra ir conversar com eles agora sei lá, tô perdendo meus neurônios eu acho

- ela riu denovo - exatamente assim ora... Sendo divertido, descontraido, talvez quanto menos falarmos sobre a reunião denovo eles irão esquecer com o tempo e não vão ligar mais também, e em relação a briga, isso já aconteceu outras vezes infelizmente mas eles sempre voltam a se falar... Mas sabe, eu acho que pra ajudar mais a gente deveria passar mais tempo com eles um pouco, faz um tempinho que não saímos todos juntos sabe

Ah, faz sentido você tem razão, mas o que eu posso fazer com eles? O hanzo é careta, ele só fica mais legal quando estamos treinando, o enan é careta também... Ele fica lá com os livrinhos dele estudando e nem liga muito pra outras coisas, mas o kariochi... - ele riu -

O Kariochi é bobão eu sei - ela riu junto - sei lá sabe, e se você jogar xadrez com o Enan? - ela disse segurando o riso -

Xadrez Amiret? Sério? Eu jogando xadrez com o Enan? - ele olhou para ela meio sério e ela não conseguiu segurar o riso imaginando os 2 jogando juntos -

Tô brincando... Mas seria divertido ver isso em, ta mas falando sério... E se a gente sair para jantar hoje? Todos unidos em familia para descontrair e tirar esse clima chato de dentro de casa - ela disse -

Não é uma má ideia, na verdade é uma ótima ideia... Mas eu tenho uma melhor! - ele disse se animando ao lembrar de algo -

E o que séria querido deus do fogo? - ela disse o olhando toda apaixonada vendo a facilidade que rasamor se esquecia de assuntos ruins e ficava animado denovo... Um dos motivos dela ter se apaixonado por ele foi esse auto astral dele -

Vamos ao parque de diversões, hoje está aberto, vamos lá, comer umas porcarias, dar umas voltas de montanha russa - ele disse olhando para a esposa -

Hm... Pode ser, por mim tudo bem, mas será que eles vão querer ir também todos juntos? - ela disse -

Ah sei lá né, acho que vão sim, faz tempo que não vamos lá e eles devem estar com saudades daquele local, vamos falar com eles - rasamor disse se levantando e dando um beijo na testa da loira que sorriu tímida -

Ambos se levantaram e caminharam em direção a porta de casa, porém quando foram entrar ouviram alguns xingamentos e tons de voz bem altos e exaltados, eram os irmãos discutindo novamente... Amiret e rasamor ficaram ouvindo um pouco da conversa antes de entrarem

Você começou a bater forte, foi você e não eu! - era Hanzo, o mesmo estava bem bravo e ele estava falando diretamente com Kariochi -

Ah e você é de vidro por acaso? Não era você o lutador super foda? - Kariochi retrucou o irmão -

Eu sou de vidro? Diz aí quem foi que apanhou mais ali? Quer tomar outra rasteira daquela? - Hanzo provocou dando um sorriso irônico -

Eu vou te mostrar quem mais apanhou é agora! - kariochi disse ficando de pé e hanzo fez o mesmo, enan que apenas escutava a discussão se levantou também furioso -

Vocês dois são 2 crianças idiotas, se estão com medo de apanhar forte então era só não ir treinar cacete, 2 imbecil vocês - Enan disse bem alto -

Cala a boca Enan!!! - Hanzo e Kariochi falaram ao mesmo tempo em uma só voz, eles se encararam e voltaram a se xingar furiosamente -

Rasamor e Amiret entraram de uma vez para encerrar aquilo logo, os 3 irmãos não pararam de discutir

Já chega!!! Vocês 3 podem parar agora!!! - rasamor disse bem alto porém mesmo assim não adiantou muita coisa - Amiret... Da um jeito neles aí, sua voz é melhor que a minha

CALEM A BOCA!!!!!!! - Amiret não deu um grito normal... Deu O grito que ecoou na casa toda e até fora dela pelos campos esverdeados, os 3 irmãos olharam espantados para os pais, se sentaram nos seus lugares novamente e ficaram em silêncio, Kariochi cruzou os braços e ficou olhando pro teto com cara de ódio, Enan ficou serio de cabeça baixa, e hanzo manteve a cabeça erguida encarando Kariochi fixamente - bem... Eu e seu pai estamos vendo que a casa está com um clima chato, por conta de motivos pessoais nossos e por conta de vocês 3 ficarem brigando, e já passou da hora de isso acabar né? Vocês não são crianças mais para ficarem com essas brigas idiotas que deixam todo mundo estressado... Por isso eu e seu pai queremos resolver as coisas de um jeito mais calmo e alegre, então a gente chegou a conclusão que iremo...

Vamos pra um parque!!! - rasamor cortou Amiret, Kariochi na hora olhou para o pai demonstrando uma reação bem positiva, já era de se esperar que ele iria ficar assim... Hanzo e Enan não demonstraram muita animação - Ah qual é gente, vamos animar aí, faz tempo que não passamos um tempinho em família e saímos para algum lugar juntos e unidos

Pai... Não é querendo ser chato, mas a gente já tem quase 18 anos, menos o Kariochi, ele parece ter 12, olha lá a cara dele de bobão - Hanzo disse e Kariochi apontou os 2 dedos do meio para o irmão - e a gente não tá muito afim de ir em um carrossel...

Ahhhh hanzo sério? Quer mandar essa pra cima de mim filho? - rasamor riu - e quem disse que vamos em um carrossel sem graça? Vai me falar que você não gosta de montanha russa, ou daquele brinquedo que tem que dar uma marretada num medidor de força, ou melhor... Aquele que é um medidor de força no formato de um saco de pancadas, você sempre gostou desses, e sempre vai gostar, por que se até eu Deus do fogo gosto até hoje imagine você - rasamor disse e hanzo deu um sorriso se lembrando das vezes que brincou nos brinquedos citados por rasamor, sempre quebrando o recorde dos outros jogadores, ele tinha acabado de sentir uma saudadezinha dessa diversão -

Hm... Ah tá bom vai, vamos lá então - Hanzo disse se animando um pouco mais e se levantando dando uma espriguiçada -

Ah tabom então, tô sem nada pra fazer mesmo - enan disse se levantando ao mesmo tempo que hanzo -

Nossa faz tempo que não vamos ao parque... Ah que saudade de lá, quando chegarmos eu posso comer algodão doce? E batatinha? E aquelas pipocas doces com caramelo? Nossa cara aquelas coisas são divinas feitas por anjos só pode - Kariochi disse super animado do nada, parece que havia tomado 3 litros de café... Ou seja, estava no seu estado normal -

Não, claro que não, você só pode comer 1 desses aí... Se você comer isso tudo de açúcar vai ter um treco no coração - amiret disse e Kariochi fez uma cara de chateado e bufou - sem contar que vai ficar agitado e não vai deixar ninguém em paz

Bem... A gente vai ir a tarde, ta meio cedo ainda nem almoçamos então podem se acalmar por que não é agora que vamos - rasamor disse -

Todos almoçaram, e conversaram um pouco enquanto comiam sentados na mesa... O clima melhorou de uma maneira incrível, Amiret e Rasamor já passaram por isso outras vezes, óbvio que toda vez que eles discutiram eles não foram para algum lugar especial, mas hoje era um dia para relaxar e esquecer os problemas, e o casal merecia também um momento de diversão, por que depois daquela reunião e problemas em casa não tem quem fique de mente tranquila

O tempo foi passando, já era por volta de 5:30 da tarde, o sol querendo se por, e de pouco em pouco o céu ficava alaranjado e com tons de rosa e roxo, mas ainda estava fraco... Rasamor e Amiret avisaram para os garotos irem se arrumar por que jaja estava na hora, ambos estavam no quarto escolhendo suas roupas, rasamor e amiret eram deuses e vários planetas costumam pagar para eles como agradecimento por arriscarem suas vidas para proteger todos, por tanto a família tinha uma condição financeira boa, Amiret não economizava em suas roupas, ela é bem vaidosa e rasamor até que tinha um bom gosto, mas Amiret sempre falava que tinha muito vermelho em suas roupas, justo a cor favorita de rasamor

Ambos escolheram suas roupas, estavam elegantes e animados, amiret estava arrumando seus cabelos loiros e rasamor estava encostado na porta do banheiro olhando ela se arrumar

Olha... Eu tava aqui pensando... - rasamor disse meio baixo -

Ah lá vem... Esse tom de voz eu conheço muito bem, o que foi em? - ela perguntou séria -

Será que é uma boa ideia mesmo sairmos para um parque que fica na capital e no meio duma crise de segurança? - ele disse já esperando o grito da esposa e tampando os ouvidos -

AHHHH RASAMOR!!!! NAO COMEÇA! - ela gritou e encarou ele furiosa -

Pensa um pouco por favor... - ele disse com um pouco de medo -

Rasamor puta que pariu, para de ser paranóico, tira aquela reunião dessa sua mente e vamos viver um pouco e esquecer do trabalho nem que seja por 1 dia... Tu se esqueceu denovo que nós treinamos a vida toda? Que nós somos deuses bem fortes? - ela disse parando de arrumar o cabelo e olhando o ruivo esperando sua resposta -

Mas Amiret... 2 se foram... 2 igual nós, que treinaram a vida toda toda também - ele disse começando a suar frio - eu só quero proteger minha família, temos que ficar de guarda atenta sempre, e olha, isso que você disse é um pouco orgulhoso demais você não acha?

Rasamor eu vou te pedir pela última vez... Para de pensar nisso um pouco, eu entendo sua preocupação mas ta te fazendo mal isso, poxa, não é questão de orgulho, eu não sou orgulhosa e egoísta assim, mas eu também sei muito bem das minhas capacidades, e eu acho que você ta querendo proteger mas tá esquecendo de proteger sua sanidade mental junto, Zeedar é um planeta rico, eles investem muito em segurança, os exércitos e tudo, e a capital aonde nós vamos é mais segura do que um bunker, a crise de segurança chegou mais forte em alguns lugares mas aqui não foi um caos total com protestos e assassinatos a luz do dia, e tem guardas por todos os cantos caso você não esteja acreditando na sua força

Ta... Tabom tabom, eu sei lá, acho que tô pensando demais nisso mesmo - ele disse coçando a cabeça e respirando fundo -

Enquanto isso hanzo kariochi e enan estavam se arrumando também... Escolhendo suas roupas favoritas para sair, podemos dizer que hanzo e enan usavam roupar bem comuns e discretas, hanzo gostava um pouco de amarelo ou dourado mas era bem pouco, a maioria de suas roupas era bem discreta, ele gostava de roupas para o calor, nunca gostou de frio ou roupas que cobriam demais o corpo, enan era ao contrário, usava roupas que cobriam bastante o corpo, camisas de manga larga, sempre de calça, moletons, e ele gostava de preto como ninguém... Kariochi já gostava de chamar um pouco mais a atenção e ser mais diferente, assim como seu pai, tudo que ele vestia tinha vermelho em alguma parte, eram roupas mais exoticas, ele usava muita coisa com couro mas nada muito carnavalesco, ainda mais nessa ocasião que era apenas um passeio no parque

Todos estavam prontos, eles foram ao mesmo tempo para a sala, e conversaram um pouco antes de saírem

Ah vocês estão tão lindos, cresceram tão rápido - amiret disse olhando os filhos -

Não começa com esse papo meloso de mãe - Hanzo disse meio envergonhado e deu um sorriso -

Ela tem razão, vocês cresceram rápido, principalmente você hanzo, tá maior que eu em altura e o tem mais massa muscular que eu - rasamor disse -

Isso é só detalhe... Você é sei lá 1000x mais forte que eu, na verdade nós né - ele riu -

Vocês chegam lá um dia, eu vou apoiar vocês em tudo, eu já quebrei tantos ossos nos meus treinos que se juntar todos dava pra fazer um segundo rasamor - ele gargalhou lembrando dos treinos quando era bem mais jovem a muito muito tempo atrás -

Verdade, as mãos do seu pai viviam sangrando com os ferimentos de tanto ele treinar com saco de pancada sabe... Igual as suas hanzo, só que você é bem menos, seu pai quando eu conheci ele era bem judiado - ela riu e rasamor olhou pra ela com vergonha lembrando dos momentos que ela teve que cuidar dele e dos ferimentos - mas ai eu sempre ajudava ele, eu estudei muita medicina e consegui usar meu elemento pra aprimorar ainda mais a recuperação das pessoas

Eu tinha uma médica particular, ainda tenho né? Só que eu não me machuco a anos - ele riu - e olha Kariochi, se você quer mesmo seguir meus passos igual você ja disse antes, é bom saber das dificuldades e é bom conhecer algum bom médico por que você vai precisar - ele sorriu para kariochi que olhou encantado imaginando os treinos de seu pai, todas as vezes que ele caiu e continuou lutando, todas as dores que ele sentiu e não desistiu, o maior herói da sua vida era seu próprio pai -

Bem... O papo ta muito legal, a gente ama as histórias de vocês 2 mas ta na hora de irmos já - Enan disse olhando pela janela e vendo o tempo passar e a noite chegar, o céu cada vez mais alaranjado e rosado pelo por do sol -

Ah sim sim tinha esquecido, quando voltarmos continuamos nossas histórias - rasamor disse e toda a família saiu pela porta, Amiret ficou na frente deles utilizou seu poder de criar portais, poder esse que Enan era fascinado para aprender... É algo muito difícil e avançado, ele pedia constantemente para sua mãe o ajudar mas ele era muito novo para essa técnica, ou seja, é uma técnica muito difícil e que requer muito treino -

O portal era brilhante e iluminou toda a área de fora da casa, eles entraram um por um e já saíram na entrada do parque, amiret fechou os portais e eles caminharam em direção ao local para entrar, conversaram com o segurança, que por sinal ficou muito feliz ao ver 2 deuses e pediu um autógrafo para eles na camiseta, a população gostava muito dos deuses, eles eram famosos, todo mundo já viu uma foto do rosto de algum deles pelo menos 1 vez na vida

Eles entraram no parque, Kariochi ficou olhando tudo a sua volta, cada barraca de comida, cada brinquedo, hanzo e enan olharam de leve também... A família foi andando pelo parque só para ver tudo que tinha

Depois de alguns minutos decidiram que iriam ir na montanha russa para começar a noite com muita adrenalina, eles foram até a fila que por sinal estava muito grande, não demorou muito tempo para serem reconhecidos pelas pessoas que estavam na fila, que começaram a olhar para rasamor e amiret com muita admiração

Olha lá! É o deus do fogo e a deusa da luz! Nossa cara eu sou muito fã de vocês 2, meu corte de cabelo é inspirado no seu rasamor, tira uma foto comigo por favor! - uma pessoa da fila disse enquanto se aproximava dos 2 deuses que estavam acostumados com essas situações, eles tiraram fotos com as pessoas da fila enquanto os 3 irmãos apenas olhavam a multidão de pessoas em volta dos pais esperando a fila andar -

Podem passar na minha frente, vocês merecem - outra pessoa que estava na frente do casal disse enquanto saia do seu lugar dando o mesmo à família -

Não precisa, muito obrigado mas nós somos humanos também como todo mundo e vamos pegar a mesma fila igual todo mundo - Amiret disse e todos ouviram e ficaram surpresos com a resposta -

Eu insisto, vocês fazem muita coisa por pessoas anônimas, arriscam suas vidas diariamente, por favor é o mínimo que nós podemos fazer como agradecimento ao trabalho de vocês - a pessoa disse e Rasamor aceitou e ficou no lugar dela, mas ele não esperava que as pessoas da frente também dariam seus lugares -

Eeee não vamos pegar fila! - Kariochi disse enquanto caminhava até a entrada da montanha russa junto à familia -

Kariochi! Educação né! - Amiret disse dando uma bronca no filho, hanzo deu uma risada baixa -

Desculpa mãe... E você ai mané? Vai me falar que não gosta desses pequenos "privilégios" que nós temos por sermos filhos de deuses - Kariochi disse baixo para hanzo -

Eu gosto sim Kariochi... Mas esses pequenos privilégios custam muita coisa, custam a vida dos nossos pais, custam a sanidade deles as vezes - Hanzo disse olhando Kariochi -

Para de ser chato, estamos aqui para nos divertimos e não para ouvir suas liçõeszinhas de moral - Kariochi disse fazendo uma careta pro irmão -

Todos entraram na montanha russa, e o brinquedo fez seu percurso que era bem emocionante, a tecnologia em zeedar era avançada, o que permitia criar estruturas mais resistentes, as montanhas russas de lá as vezes desafiavam as leis da física com alguns loops malucos... Amiret foi a que mais gritou, Kariochi também não se segurou, assim como seu pai, Enan tentou por alguns segundos mas não aguentou o frio na barriga e gritou junto, Hanzo era o único que falava palavrão ali no momento, ele não gritava mas em compensação era cada palavrao alto

Após saírem do brinquedo eles foram em vários outros, se divertiram como nunca se divertiram em muitos anos, até hanzo que estava meio quieto no começo se animou mais com o tempo, deu muita risada do Kariochi gritando nos brinquedos... Parecia mesmo que eles haviam esquecido da briga e dos problemas em casa, pelo visto o plano de rasamor e amiret deu super certo. Eles saíram de mais um brinquedo e se reuniram perto das barracas de comida onde rasamor começou a falar

Ok ok esse me deu um frio na barriga que nem a montanha russa deu - rasamor disse rindo -

Foi legal... Nossa tô morrendo de fome, mais alguém também está? - Kariochi disse e todo mundo concordou -

Ok, vamos dar uma pausa para comer, hanzo enan e kariochi, vão la nas barracas e... - rasamor parou de falar dando um suspense -

E? - Enan disse -

Podem pegar o que vocês quiserem, hoje é nosso dia! Quer dizer... Noite! - rasamor disse bem alto e kariochi comemorou dando um tapa no ombro de hanzo que olhou pro irmão furioso - vão lá, e pega alguma coisa pra eu e pra sua mãe também tá, pode falar pro cara da barraca que é pro Rasamor, bota na minha conta ai que depois eu pago ele

Aiai - amiret disse rindo enquanto os 3 se distanciavam - olha... Eu disse que nosso plano ia dar certo

Ah você sempre tem razão meu amor - rasamor disse puxando amiret pela cintura e dando um beijo na mesma, ele estava muito feliz, estava eufórico... Amiret olhou para ele meio tímida pois estavam em um lugar público e todo mundo conhecia eles ali -

Eu disse que iríamos ficar bem, não tem por que ficarmos com esse medo todo, essa preocupação... Você sabe que eu sou muito alto astral - ela disse olhando para os olhos vermelhos do marido, olhos esses que Kariochi puxou -

E é por isso que eu te amo, esse seu auto astral é meu anti stress - ele riu -

Os 2 ficaram conversando ali um pouco, um papo bem melado, de casal que parecia que havia acabado de se conhecer, estava tudo bem, tudo normal, a noite estava linda, estava tudo correndo como o planejado até que amiret ouviu alguns gritos vindos de longe

Amiret imediatamente ficou em alerta observando tudo e tentando entender o que houve, ela afastou rasamor que estava abraçado a ela com a cabeça em seu ombro distraído

O que foi? Que que houve? - rasamor disse assustado -

Eu ouvi alguma coisa, eu ouvi uns gritos rasamor - ela disse com uma voz séria -

Eita... E era tu que tava falando agora a pouco de auto astral e já ta imaginando coisas - rasamor disse bufando colocando a mão no rosto -

Rasamor é sério eu ouvi algum grito, não é muito longe, eu tô falando sério cacete você sabe que eu não brinco com essas coisas - ela disse começando a ficar furiosa, amiret tinha os sentidos bem mais aguçados que um humano comum... O elemento luz fez ela ter uma percepção das coisas mais rapidamente, a mente dela funciona mais rápido, os sons que ela ouvia, as coisas que olhava, era tudo mais aprimorado graças a aura fortíssima do elemento luz dela -

Amiret... Tem várias pessoas em brinquedos a nossa volta, você pode ter confundido um grito mais agudo sei lá - rasamor disse -

Não rasamor, meus sentidos não falham igual de pessoas normais eu tô falando sério eu ouvi gritos e não foi longe daqui, vamos dar uma olhada

Os 2 ficaram conversando por um tempo... E de pouco em pouco perceberam uma movimentação mais agitada vinda mais à frente deles, parecia que... As pessoas estavam correndo

Cacete, o que ta acontecendo? - Amiret disse -

Amiret... Os garotos, vamos atrás deles agora - rasamor disse puxando ela pelo braço indo em direção às barracas de comida aonde os 3 irmãos estavam, eles correram por todo o local mas não acharam eles, os 2 ficaram desesperados, com o coração acelerado -

KARIOCHI!!! ENAN!!! Hanzo!!! Aonde vocês estão??? - rasamor disse gritando chamando os filhos -

Eles não vão ouvir, tem muito barulho aqui, eles devem ter ido procurar a gente e erraram o caminho sei lá, ou devem ter ido em algum brinquedo sem nós - amiret disse colocando as mãos na cabeça tentando pensar em algo -


Amiret estava começando a se desesperar, sua respiração estava ficando mais agitada e a situação foi de 0 a 100 em um tempo curtíssimo... E eles não sabiam o por que, rasamor estava do lado de Amiret olhando em volta, tentando ver os filhos enquanto ela estava pensando rapidamente em algo

Seus sentidos se despertaram derrepente alertando ela de que tinha algo se aproximando deles... Ela imediatamente ergueu a cabeça, era como um reflexo, um sentimento de que algo ia acontecer, e estava acontecendo... Um sentimento de que algo estava se aproximando, e realmente algo estava se aproximando rapidamente dos 2, não era uma pessoa, era muito rápido

Era um ataque, um ataque vindo de algum lugar do parque, um ataque pelas costas, era uma emboscada? Uma armadilha? Amiret não sabia... Ela imediatamente olhos para os céus, e viu um projétil se aproximando rapidamente, ela num ato rápido gritou na direção de rasamor

RASAMOR CUIDA... - o grito não foi rápido o suficiente e o projétil caiu bem ao lado de rasamor, o projétil tinha formato de lança e criou uma onda de choque brutal que arremessou tudo para longe, pessoas e barracas, tudo voou longe... Incluindo rasamor e Amiret, onde amiret foi arremessada num pilar de aço de um brinquedo não muito longe da área de impacto -

Ela se levantou rapidamente com a mao na cabeça pois havia batido na viga... Tossiu um pouco e começou a correr em direção a nuvem de fumaça que a explosão do projétil causou, tudo estava destruído. E no meio do caminho Amiret viu corpos de pessoas que foram atingidas... Infelizmente não pareciam ter sobrevividos, mesmo vendo aquilo ela continuou indo ao local

Rasamor!!!! Rasamor!! - ela gritou tentando achar o marido no meio daquele caos, e enquanto procurava foi surpreendida por outro projétil que vinha na direção dela, no momento ela estava de costas para o projétil, e se virou mas viu que não dava tempo mais, e que seria atingida em cheio bem nas costas -

Porém por sorte, no momento certo, a centímetros de ser atingida por aquilo, uma labareda de fogo fortíssima atinge o projétil no ar fazendo uma explosão forte que empurrou Amiret para trás... Era rasamor, e imediatamente Amiret correu na direção dele

Rasamor!!! Rasamor você está bem? Foi atingido??? - ela perguntou muito tensa, foi um susto absurdo, rasamor estava sujo de poeira e com sangue escorrendo de sua testa, havia cortado quando foi arremessado e caiu com tudo no chão -

T-tô, eu tô bem eu tô bem... E você? O que foi isso? - ele perguntou olhando para ela também nervoso -

Eu não sei, ataque terrorista talvez, eu não sei, a gente precisa achar os garotos e proteger eles e cuidar dessa bagunça aqui... - ela disse enquanto olhava para trás após quase ser atingida pelas costas -

Ataque terrorista em Zeedar? Droga... Eu sabia que esse caos no universo ia chegar aqui - ele disse limpando o sangue da testa, mas os 2 foram surpreendidos por uma voz que eles não sabiam da onde vinha -

Não... Não é um ataque terrorista - a voz dizia -

Que porra de voz é essa na minha cabeça??!!! APARECE SEU COVARDE, LUTA IGUAL HOMEM SEM ESSAS SUAS LANÇAS - rasamor dizia furioso e gritando -

É telepatia... - amiret disse - o que vocês querem? Seus filhos da puta, mataram pessoas inocentes, eu vou matar vocês!!!

Queremos a cabeça de vocês 2 - a voz disse mais grossa -

Venham pegar então... Eu vou queimar vocês vivos! - rasamor disse gritando olhando a sua volta enquanto amiret fazia o mesmo, os 2 estavam cobrindo as costas uns dos outros -

Um ataque à 2 deuses... Seja lá quem for, é muito ousado e muito confiante, é bom que essa confiança não seja apenas marra por que amiret e rasamor estavam fora do seu normal, e parecia que aquela noite estava tomando rumo para se tornar um verdadeiro pesadelo




Notas Finais


Obrigado por ler ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...