1. Spirit Fanfics >
  2. Eren x Levi >
  3. Um passado solitário

História Eren x Levi - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem desse capítulo, pois deixei minha imaginação digitar dessa vez.
Quero agradecer aos comentários sobre os capítulos, de verdade, muito obrigada!
Tenham uma boa leitura~~

Capítulo 3 - Um passado solitário


Fanfic / Fanfiction Eren x Levi - Capítulo 3 - Um passado solitário

 

                Levi apenas observava as chamas da lareira a sua frente como se fosse a coisa mais fascinante do mundo. As chamas vermelhas com uma mistura amarelada se movendo em várias direções mesmo sem sair do lugar. 
               -Capitão? -Dei alguns passos, ficando em sua frente, mas ainda mantendo uma certa distância. -E-está tudo bem...?
              -Hmm... pirralho? O que foi? -Levi se levantou da pequena cadeira de madeira, ficando frente a frente a mim, o que me fez recuar. O mais velho logo me olhou confuso. 
              -Érg... Eu... 
              -Não fale nada. Eu tenho um trabalho pra você, acha que pode cumprí-lo? -O mais velho me olhou sério, com um olhar vazio. -Preciso que você vá na cidade e compre algumas coisas.
               -Ah... Você... você vai me deixar sair...? -Eu o olhei confuso.
               -Sim, estou confiando em você. -Levi chegou perto de mim, estendendo um pequeno papel pra mim. -Não faça eu me arrepender... ouviu bem?
                   O mais velho logo deixou o cômodo, me deixando sozinho. Não demorou muito para que eu colocasse uma bota e chegasse no centro, que demorou mais ou menos uma hora. Pensando bem, eu não me lembro de como cheguei aqui. Acho que eu falei demais... Pelo menos, era o que Armin sempre dizia.
                As pessoas na cidade sempre vestidas elegantemente. Lembro que antes de eu ser capturado, eu procurava roubar comida por aqui junto com Armin. 
               -Ola...? -Fui entrando no pequeno mercadinho que o Capitão havia escrito no papel. -Tem alguém por aqui?
              -Ola, meu jovenzinho, o que o trás por aqui? -Uma senhora logo saiu de trás do balcão. -Gostaria de comprar alguma coisa?
              -N-na verdade sim... hmm... aqui. -Eu cheguei mais perto de si, entregando o pequeno papel nas suas mãos, marcadas pela idade. 
              -Óh! Senhor Levi que te mandou aqui? -A senhora logo abriu um sorriso. -Levi, Levi... A quanto tempo que ele compra algo por aqui...? Sempre pede a mesma coisa, mandando um de seus empregados. Mas eu nunca te vi por aqui, jovenzinho. Qual o seu nome?
                -Ah, Eren... Eu me chamo Eren Jaeger. -Digo dando um pequeno sorriso.
                -Oh... Eren, você se parece tanto com ela... Tirando os seus olhos, sim... Ela tinha olhos azuis. Você... -A senhora parou na minha frente, se inclinando para mais perto de meu rosto. -Oh! Você tem sorte de ter olhos tão verdes... Esmeraldas! Lindas esmeraldas!
                -Hãn... Me desculpe, mas... Quem é ''Ela''? -Perguntei um pouco interessado.
                -A  esposa do senhor Levi, é claro. -A senhora foi colocando uma sacola em cima do balcão. -O senhor Levi é viúvo... que ela descanse em paz. Sabe, menininho... Senhor Levi era uma pessoa muito amável e carinhosa...
                -Hmm.... Tem certeza...? Acho que não estamos falando da mesma pessoa... -Perguntei fazendo uma careta.
                 -Tenho sim! -A senhora diz rindo com meu comentário. -Bom, agora eu não sei... faz muito tempo que o mesmo não sai daquela mansão sombria. Coitadinho... Ele a amava tanto!
                 -O-o que aconteceu com ela? -Perguntei interessado. -Como ela morreu?
                 -Por que você não vem aqui outro dia? Já é de noite, menininho. -A senhora pegou a sacola de cima do balcão e deu em minhas mãos. -Senhor Levi é uma pessoa muito impaciente.
                 -Ah, sim! Está bem, muito obrigado pela história! -Eu logo deixei o mercadinho. -Droga... aquela senhora estava certa... já está escuro! 
              Olhei para a enorme lua no céu, iluminando as árvores que estavam no caminho. Voltei minha atenção ao enorme caminho de terra a minha frente. Onde mais para frente havia um homem de capa preta, parado bem no meio da estrada. 
                -Está tudo bem, Eren... -Sussurrei para mim mesmo. -Não precisa ter medo, é só uma pessoa normal. -Mais para frente desviei do mesmo. -Viu? Não precisava ter medo.
                -Eren? -O homem logo segurou minha mão rapidamente. -Eren! Sou eu, Armin! -O loiro me deu um abraço, quase chorando de saudade.
                   -Armin, o que você está fazendo aqui? -Lhe perguntei surpreso. 
                   -Eu vi você passar por aqui, então esperei até que você passasse de novo. -O loiro sorria pra mim. 
               Não demorou muito pra que eu e Armin sentássemos no chão alí mesmo, conversando por um longo tempo até nós dois esquecermos de todo o resto e de tudo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...