1. Spirit Fanfics >
  2. Ermo Lacerante >
  3. E mesmo em meio ao vazio, as lembranças ainda são perpétuas

História Ermo Lacerante - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - E mesmo em meio ao vazio, as lembranças ainda são perpétuas


Cortante, vazio e asfixiante: era assim que o sentimento de ser deixado por conta própria me açoitava.

Não era sua culpa realmente, nós sabíamos que algum dia aconteceria.

As nuvens cinzentas ainda ocupam o céu desde que você se foi, cavalgando pelo topo das colinas, deixando tudo mais sombrio. O vazio parece tão inóspito.

Está sendo complicado há vários dias sem você aqui, é como se seu cabelo prateado e olhos arrogantes fossem meu sol, eu não sei se consigo viver sem ele.

Realmente não é sua culpa, nós sabíamos que aconteceria desde quando os muros começaram a se desfazer, a guerra quebrou todos os lares.

É tão complicado sem você, que me pego fechando os olhos várias vezes durante o dia, imaginando você ainda aqui, é quase como se não tivesse mudado. Isso se tornou um vício com o passar dos dias, e como eu posso me tornar otimista se agora tudo está destruído?

Eu estou preso em um vício de viver no passado, você zombaria de mim se me visse assim, diria: "Aonde está sua coragem grifinória, Godric deve estar se revirando no túmulo". Eu provavelmente não discordaria, não sinto que possuo muita coragem agora, eu não tenho ninguém a quem me apoiar já faz um tempo.

Me sinto tão patético, vivendo em círculos, me alimentando das lembranças radiantes de um Harry diferente, me sinto um vórtice de mim mesmo, não indo a lugar algum.

É errado não querer sair disso? Eu acho que me acomodei as lembranças de quando todos ainda estavam vivos, é errado de mais não querer encarar a realidade de que a guerra já está perdida?

Sinto que as vidas que se foram, foram todas desperdiçadas por nada, sinto que estou devendo cada pedaço da minha alma, me sinto tão culpado por ter ficado vivo enquanto todos davam suas vidas por mim, é tão injusto eu não ter comprido meu papel.

E mesmo tendo todos esses pensamentos, ainda não quero encarar a realidade.

É tão errado querer apenas me enlouquecer em uma ilusão mais confortável? Eu sei que não vou sobreviver tanto tempo assim, mas mesmo assim é errado não querer largar as lembranças boas de todos?

 Eu nem sei mais o que pensar, me sinto tão sujo e culpado, eu só queria que tudo voltasse a sua normalidade, quando ainda brigávamos, íamos para a enfermaria e depois de alguns insultos estávamos nos abraçando e rindo, eu só queria que nada tivesse mudado.


Notas Finais


Normalmente escrevo quando as sensações me deixam tão sufocada que não posso mais guardar, espero que tenham gostado.
Essa one-shot foi inspirada na música Pompeii da banda Bastille.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...