1. Spirit Fanfics >
  2. Eros e yuri >
  3. Victor

História Eros e yuri - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Pessoal esse tem uma parte "quente ", como é minha primeira vez escrevendo me perdoem... espero que gostem, demorei mas está ai.
Comente e favorite.
Continuem se cuidando, usem mascaras, lavem bem as mãos e usem álcool em gel..... Beijos

Capítulo 7 - Victor


                 Victor Nikiforov

O pai de Eros está furioso e nesse momento eu também "quem ele pensa que é pra agredir meu marido", olho pra ele nervoso esperando ele continuar.

-quem pensa que você é pra tirar férias da empresa sua criança irresponsável!. - ha então é isso olho para Eros que esta com a mão no rosto vermelho, ele encara o pai dele e começa se aproximar, já vi Eros com todo tipo de olhar mas nada supera esse, ele está irado, vejo ele chegando mas perto e então ele revida isso mesmo Eros acabou de da um soco no seu pai que ficou em choque Eros nunca tinha levantado a mão para o pai dele Eros era praticamente um cachorrinho do pai. O senhor katsuki não deixa queto e vai pra cima de Eros.

-chega. - grito entrando no meio os dois ficam se encarando...

-converse sem querer um agredir o outro por favor!. - continuo no meio esperando alguém falar primeiro.

-Eros sabe que não pode tirar ferias assim do nada, quero que amanhã volte imediatamente. - o senhor Katsuki fala.

-não entendo porque meu marido não pode pegar ferias?. - perguntei

-Eros sabe o porque muito bem! Victor se der licença quero conversar com Eros em particular por favor. - olho pra Eros esperando ele responder o que não demora de acontecer...

-amanhã vou para empresa lá conversamos, tenha uma boa noite.- Eros fala se retirando, deve ir até o quarto olho para o pai dele que esta confuso!

- Victor o que houve com Eros? - me olha ainda confuso.

- Eros está mudando, segundo ele mesmo. - queria logo acabar com a conversa para ele ir logo embora.

- mudando? - ele fala rindo.

- é o que parece! -falo

-bom! tenho uma ótima noite Victor.- fala saindo.

-fala serio! Digo indo pra cozinha olhando a bagunça " tava tão legal", nunca tivemos esses momentos antes, espero que continuamos assim. Ligo para uma doceria aqui perto e mando me entregarem um bolo de chocolate, enquanto isso vou me limpar e arrumar essa bagunça....

Depois do bolo chegar pego dois copos de suco e vou para o quarto levar para meu marido, assim que entro vejo Eros de óculos lendo.

-você não para de me surpreender, não é? - digo dando um selinho nele

-qual é a do óculos você nunca usou antes? Digo dando bolo na boca dele. Ele pega um colher e coloca na minha também.

-além do mas você também não cozinha e nem gosta de doces .- continuo esperando ele me responder.

-você não gosta? Eu posso voltar a ser o Eros antigo. - ele fala rindo olho para ele eo puxo para um beijo, beijar Eros era totalmente diferente de antes era como se fosse outra pessoa isso é bom o beijo é maravilhoso por isso quero logo ter ele pra mim.

-Eros vamos tentar fazer amor? - ele para de repente me olhando assustado.

-você não quer fazer sexo comigo?- ele nega rapidamente.

-e-eu quero Victor, quero muito. - ele diz desesperado e eu fico rindo.

-então vamos fazer. - falo tirando a mesinha de perto dele e colocando em cima da cômoda.

-Victor seja gentil comigo como se fosse a primeira vez por favor? - ele fala assustado, dava pra ver que Eros esta com tanto medo.

Me aproximo dele novamente e começo a beija-lo, deito ele na cama e fico entre suas pernas e então aperto nossa intimidade uma na outra eu ofego, comecei a tirar nossa roupa nos deixando desnudos, abro as pernas dele que logo fecha com força.

-tudo bem? - digo descendo meus beijos pela barriga dele, abro novamente as pernas dele, olho para Eros que está vermelho e então abocanho seu membro enfiando tudo na boca.

- ah, Victor. - Eros gritou, coloco tudo na minha boca de novo e começo o vai e vem, parei de chupar o membro dele antes que ele goze, fiquei olhando para Eros que esta com os olhos fechados e então logo invado seu buraco.

- ah ahD-DÓI . - Eros grita, paro imediatamente olho para Eros novamente ele está com os olhos cheio de água. "Victor seja gentil comigo como se fosse a primeira vez por favor?." Foi isso que Eros me pediu.

-me desculpa Eros eu fui bruto?. Falei desesperado e ia sair de dentro dele mas ele me segurou.

-V-Victor não se mexe. - ele me pediu, ainda olhando pra ele confuso porque não é a primeira vez dele e ele esta tão apertado sou tirado dos meus pensamento com Eros se mexendo.

-ah ah! - começo a me mexer.

-tão apertado! - falo entre dentes

-ah, mas rápido! .- aumento as estocadas e Eros geme cada vez mas, beijo ele, estava chegando ao meu limite.

-juntos Eros. - falei e logo em seguida gozamos.

- meu deus isso foi..... - interrompo ele.

-foi ótimo Eros!. - ele fecha os olhos e me abraça fico escutando sua leve respiração. Se Eros não fosse quem ele é eu jurava que ele era virgem, cada dia é uma nova emoção que temos, ele está tão mudado então pouco dia, me preocupo dele voltar a ser o Eros de antigamente e é por isso que não quero que ele mude de novo, como disse a ele essa e a nossa última chance.....


Notas Finais


Pessoal esse tem uma parte "quente ", como é minha primeira vez escrevendo me perdoem... espero que gostem, demorei mas está ai.
Comente e favorite.
Continuem se cuidando, usem mascaras, lavem bem as mãos e usem álcool em gel..... Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...