1. Spirit Fanfics >
  2. Eros (Larry Stylinson) >
  3. "Great" Help

História Eros (Larry Stylinson) - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - "Great" Help


- Que surpresa – disse travessa, ainda sorrindo

- Então é uma surpresa para nós dois – respondeu de volta, quando ela deu espaço para que ele pudesse entrar.

Ele não queria enrolar, mas também, não queria ser rude e ir logo pedindo. Sentou-se em um dos pufes que estavam espalhados pela sala enquanto sua cabeça estava a mil pelas perguntas que se formavam a todo momento.

- Onde estão seus pais? – estava curioso para saber o motivo dela estar sozinha

- Eles não gostam de ficar por aqui muito tempo. – disse simples sentando-se ao lado do garoto

“ah” foi o que saiu da sua boca enquanto olhava ao redor. Havia se acostumado a não perguntar mais do que devia, e percebeu que já não parecia estranha a forma com que eles se referiam ao mundo que até um tempo atrás chamaria de normal.

- Sei que quer algo, mas está muito medroso para pedir – se pronunciou, tomando a atenção para ela novamente

- Vamos fazer assim, você conta o motivo de estar aqui por tanto tempo sem meu priminho ter vindo te buscar e eu penso se te ajudo.

Louis engoliu a seco ao ver que aquela era a sua única aliada, mas não queria entregar tudo de bandeja. Sabia que proporcionaria uma grande diversão para ela ao contar tudo. Era perceptível que ela e Harry não se batiam, mas a possibilidade de ela querer lhe ajudar só para provocá-lo ainda mais era grande, pelo menos em seus pensamentos.

 

- Quebrei uma promessa – foi curto, mas pela expressão de Eleanor sabia que aquilo não era suficiente.

Ela o encarou por alguns minutos, a espera de mais detalhes, que não vieram. Era obvio que tinham mais coisas e ele não queria contar, sabia que ele só estava ali porque sabia que ela adorava irritar o cacheado e contava com aquela vontade para conseguir informações da garota.

Mas ela o conhecia melhor, sabia que o primo também podia ser um drama Queen quando queria. Provavelmente ele já estava chorando aos pés da mãe dele, se remoendo por ter se apegado e tentando ao máximo não jogar tudo que disse a Louis antes de o mandar de volta para o alto, e vir buscá-lo novamente. Não queria facilitar isso para ele.

 

- Vou te ajudar a contatar Iris, não quero deixar isso fácil para Harry – falou enquanto se levantava e ia em direção a outro cômodo.

 

Louis ficou na dúvida se deveria segui-la, ou se era uma boa ideia perguntar o que Iris ajudaria naquela situação. Em suas pesquisar aprendeu muito sobre aquele universo, e não estava mais tão perdido assim em tudo que ela falava. E, antes que a ideia de ir até a garota de concretizasse, ela já estava voltando com uma caixinha em mãos.

 

- Jogue uma moeda num arco-íris e peça para Iris aceitar sua oferta – entregou a caixa a ele.

Ao receber o pequeno objeto, abriu e deu de cara com algumas moedas douradas, nunca tinha visto nenhuma moeda parecida. Pegou uma e a analisou, Eleanor estava muito calma o entregando algo que parecia valioso em suas mãos, mas ele não iria contestar.

Agradeceu, ao ser levado de volta até a porta. Percebeu que ela não lhe passaria mais instruções do que aquelas e sabia que teria que resolver o enigma de que tipo de arco íris ela estava falando. Ele teria de esperar um dia chuvoso e rezar para que um se formasse? Ou ele poderia fazer um com uma mangueira em seu quintal?

Aquelas perguntas sem respostas rodavam a sua cabeça, mas tinha a certeza de que teria de voltar para casa antes do amanhecer porque não era capaz de resolver aquele problema aquela hora da noite. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...