1. Spirit Fanfics >
  2. Eróticos >
  3. A Dornesa e o Nortenho - (Robb Stark e Missah Martell)

História Eróticos - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - A Dornesa e o Nortenho - (Robb Stark e Missah Martell)


Passaram-se muitos dias até que Theon pudesse sentir a falta dela. Na verdade, não foi tanto tempo assim. Bastou que visse Missah ajoelhada em frente a uma árvore-coração com Robb. Bastou que visse a dornesa beijar o seu marido. Bastou que ouvisse chamarem-na de Missah Stark, a rainha do Norte. Ele tentava ficar feliz pelo seu melhor amigo, o único irmão que conheceu na vida, porém era um esforço muito grande. A dornesa era a protagonista de seus melhores sonhos e a vítima em seus piores pesadelos. 


Como de costume, Theon seria um dos que iriam despiar a noiva a caminho da noite de núpcias. Eu não quero despí-la para Robb. Eu a quero nua para mim. Ela estava deslumbrante, apesar de parecer um pouco desconfortável nas camadas de peles de lobo. O Norte não é o lugar de uma dornesa. Robb não parava de sussurrar no ouvido dela e ela se deleitava com o gesto carinhoso do marido. Trocavam beijos apaixonados. Ela parecia tão mais linda sem aquela coroa estúpida. Na verdade, ela parecia tão possível quando era apenas a Princesa de Dorne, irmã mais nova de Oberyn e Elia Martell. 


Os dois não bebiam tanto vinho quanto os outros convidados, Theon percebeu. Querem se manter conscientes para a Consumação. E como Theon odiava Robb cada vez que lembrava que ele amaria a mulher que ele queria. Robb escolheu a esposa, escolheu a sua rainha. E Theon? Teria de se casar com alguma mulher das Ilhas de Ferro quando chegasse a hora ou talvez fosse assassinado pela propria irmã em uma tentativa deliberada de se tornar a herdeira de Balon Greyjoy. Por que eles podem ser tão felizes e eu não?


Os sorrisos e afagos que o casal real trocava eram atrozes aos olhos de Greyjoy. Deveria ser eu. Eu a vi primeiro. Eu a vi com a lança empunhada contra o exército Tyrell na Campina. Robb a viu depois. Aquilo era verdade. Theon a viu primeiro que Stark. No entanto, naquela manhã sangrenta na Campina, onde Dorne massacrava o exército Tyrell e os nortenhos se viram no meio da batalha por causa de um erro geográfico, Missah viu o lobo gigante arrancando gargantas e viu o nortenho ruivo que o chamava de Vento Cinzento. 


Chegou a hora dos noivos irem para o leito. Os homens se levantaram na ânsia de ver um pouquinho da rainha. Na ânsia de ter o vislumbre do que o Jovem Lobo teria por completo. As mulheres também se exaltaram com a mera possibilidade de ter um pouco do rei Lobo que venceu todas as batalhas. As moças sempre gostaram de Robb. Elas também gostavam de mim, quando eu era inteiro e bonito. Elas gostavam de mim antes de Ramsay esfolar a minha alma e me tornar isso.


Theon se levantou e seguiu a comitiva que dizia vulgaridades edespia Missah de suas peles. Greyjoy queria tocá-la. Tocá-la ao menos para poder sonhar com a sensação e a suavidade da pele dela. Apenas para ele imaginar o que faria com ela se ele ainda fosse um homem inteiro. Os homens estavam assanhados, mas não o suficiente para enfrentar a espada de Robb. Mantinham uma certa decência nas palavras e nos toques. Eles sabem que se tentatem algo, vão perder a cabeça antes do primeiro corvo abrir as asas no céu.


Ela já tinha perdido quase toda a roupa no caminho. Restava apenas uma camisola de seda bem fina que provavelmente vinha das Cidades Livres. Robb apareceu do outro lado do corredor usando nada mais do que ceroulas. As mulheres tinham sido bem mais vorazes. Os dois sorriram um para o outro e se beijaram com paixão. Os homens gritaram obscenidades sobre as possíveis loucuras que o rei deveria fazer com a esposa. Ele apenas riu e abriu a porta da suíte.


A multidão se dispersou, mas Theon, por algum motivo ficou. Talvez para se torturar mais um pouco. Procurou uma brecha na porta e ficou admirando a cena. 


Ela, como toda boa dornesa, como uma boa Serpente da Areia, não deixou o marido ficar por cima. Empurrou-o na cama e subiu no seu colo, ficando em cima de sua virilha. Robb sorria enquanto passeava pelo corpo de Missah usando as mãos. Ela tirou o fino vestido que não cobria muita coisa, revelando os seios bronzeados e uma cintura esguia. Como não amar essa visão? Missah se curvou e beijou-o nos lábios ardentemente. Ele não ficou quieto e a prendeu ao seu corpo com os braços fortes. As mãos foram parar nos longos cabelos negros dela. Ele irá amá-la com desejo, disso eu não tenho dúvida. Quem sabe com mais desejo do que eu? 


Robb voltou a atenção para os maravilhosos seios. Mordeu-os com tanta fome quanto um lobo em um banquete após dias famintos. Missah gemeu de prazer e afundou as unhas nos ombros pálidos dele. Quando ele já havia deixado profundas marcas na pele delicada de seus seios, ela voltou a sua atenção para o volume que pediu entrada no meio de suas pernas. Ela tirou as ceroulas dele e se deparou com o membro rígido e com os pelos ruivos. Beijou o abdômen musculoso do esposo, segurou o membro com uma das mãos e o encaminhou para dentro se sua intimidade. Robb gemeu ao sentir-se entrar. Ela deve ser tão apertada. Ele levou as mãos aos quadris dela. E os movimentos começaram, de tal maneira violentos que a cama rangia. Ele apertava o traseiro dela enquanto Missah arranhava seu peitoral e abdômen. 


Não demorou muito para que Winterfell ouvisse Vento Cinzento uivar à lua e Robb Stark, o rei do Norte, despejar sua semente no ventre de Missah Stark, a rainha do Norte, uma Serpente da Areia. 


- Robb. - Theon ouviu-a chamar manhosa. - Robb.
- Sim, minha rainha.
- Eu estava com medo do seu Norte gelado.
- Estava? - disse abraçando a dornesa e a cobrindo com peles de urso. - O que te fez mudar de ideia tão rápido?
- Eu sei que você me manterá aquecida. - os dois se beijaram, mas dessa vez, o recado já estava dado. Missah, assim como Dorne era insubmissa, mas amava Robb. Então, dessa vez, o deixou ficar por cima. 


Theon não aguentava mais ouvir o deleite e o gozo dos dois. Resolveu que era melhor voltar ao seu quarto. Seus aposentos agora seriam uma cela onde ele se torturaria eternamente com o que viu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...