1. Spirit Fanfics >
  2. Errar para acertar >
  3. Sentimentos velhos, mas fortes

História Errar para acertar - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem :3

Capítulo 3 - Sentimentos velhos, mas fortes


P.O.V Dilian

- Hm? - Acordo com a sensação de algo se mexendo no meu colo.

 Ainda atordoado pelo sono, lembro do filme de ontem, olho para baixo e.............KAIO???

Ele tinha dormido no meu colo, não me lembro disso.........ele deve ter deitado por engano. Mas era tão fofo! Eu queria muito fazer um cafuné nele mas estava com medo de ele acordar. Já era vergonhoso o bastante pra ele eu estar de cueca.

Me levanto devagar pra não acordá-lo, ele estava encolhido no sofá. Olho as horas depois de levantar e ainda eram duas da manhã, eu acordei no meio da noite. Estava frio então peguei o cobertor de Kaio para cobrí-lo. Me agacho depois de cobrir ele, e fico observando ele por um tempo. Cara, mas que vontade de beijar ele.......ele estava tão fofo encolhido no lençol. Eu não podia fazer isso, eu tinha que me segurar............como sempre.

Desde sempre eu gostei dele, só não tinha coragem de contar, porque.......eu tinha medo. Já tentei muitas vezes na minha vida, mas eu não consigo dizer o quanto eu amo ele. E se ele não corresponder? Ainda mais que eu só namorei meninas antes. Confesso que que esses namoros antigos não foram verdadeiros, só foram tentativas de ignorar a minha homossexualidade, e o meu amor pelo Kaio.

Um exemplo de tentativa de mostrar o meu amor foi o meu corpo..... antes eu era gordo e nem um pouco enquadrado no saudável. Deve ser engraçado, mas eu achei que se eu tivesse um corpo mais atraente não precisaria me confessar e ELE viria até mim.........e depois que isso obviamente não funcionou eu fiquei com mais medo de ele recusar meus sentimentos. Pelo menos no final eu saí ganhando do mesmo jeito, eu gosto do meu corpo agora, ele é muito mais saudável que o outro, só é um pouco difícil de manter, mas vale a pena.

Eu devo ser um obcecado né? Mas isso tem um motivo, meu amor não é em vão.....

[...]

FLASHBACK

No Fundamental............

Como sempre eu estava sozinho no recreio, ninguém quer ficar ao meu lado.......só o Kaio. Ele era o único que ficava comigo, mas eu queria  mais amigos, nos sentamos na mesa do refeitório. 

Eu sempre tinha colocado na minha cabeça que se eu protegesse o Kaio dos meninos que faziam bullying ele seria meu amigo, como um tipo de contrato em que eu dava proteção e ele companhia....eu nunca pensei que aquilo era uma amizade verdadeira, já que ninguém gostava de mim.

- Dilian, por que você está trite assim? - ele diz preucupado.

- Nada Kaio. - Digo tentando miseravelmente disfarçar a tristeza.

- Sério? Me conta, por favor!! Eu quero te ajudar...- diz ele implorando.

- Eu queria ter mais amigos....... - digo triste, sem se dar conta do como eu ofendia ele.

- Olha........uma vez alguém muito legal me disse que se as pessoas não querem ser suas amigas ou não gostam de você, ele estaria ao meu lado pra me proteger e ser meu amigo.

........Fui eu quem disse isso pra ele...........

Percebendo a minha ofença eu tento me desculpar.

- Desculpa.....eu não queria dizer isso, não me odeie.... - digo lacrimejando.

- Bobinho! Eu? Te odiar? - diz Kaio sorrindo. - Eu nunca faria mal algum a você.

Ele chega mais perto e me abraça.

- Eu vou estar aqui sempre que você precisar, assim como você sempre esteve quando eu precisei. - diz ele com um sorriso único estampado no rosto.

E chorei muito naquele dia, mas de felicidade.

eu tinha um amigo verdadeiro.....

FIM DO FLASHBACK

 Depois disso eu melhorei minha auto-estima, até que um dia eu consegui fazer amigos, tudo graças a ele, mas por algum motivo eu fui o único que fiz amigos. Por isso eu incentivo ele a fazer amigos como eu fiz, e também esse é o motivo de...... eu amar ele(sem contar que ele é um fofo adorável e a pessoa mais gentil do mundo pra mim).

- Uhhhh... Dilian, por que você está me encarando?

Eu acordo de meu transe e percebo que Kaio estava acordado e me olhando corado e assustado. Imediatamente eu corei. Eu não sabia onde enfiar a cara...

- Desculpa.... é que.....tinha uma mariposa na sa-sala.....eeeeee eu achei que tinha pousado na sua cara, mas.......não tá aí! Que pena! Vou ter que procurar mais! - digo me levantando e saindo apressadamente.

Nem um pouco convincente mas foi o que eu pensei.....

[...]

Na escola.......

A professora de artes, uma iguana, chega na sala.

- Alunos, aqui vai o primeiro trabalho do ano! Vai ser em dupla e feito nas suas casas. - ela anuncia.

Hm, trabalho! Mas já? Ok, vou  só confirmar com o Kaio que horas nós faremos...

- Kaio! - sussurro no ouvido dele

Kaio se vira e percebe minhas intenções 

- Ah!..... é que eu já combinei com o Pedro de fazer na casa dele. Ele meio que já sabia do trabalho e me convidou antes. - diz ele

.................O QUEEEEEEEEEE?.......................

ESSE SARNENTO LEPROSO JÁ PEDIU ANTES MESMO DO TRABALHO COMEÇAR?

- Olha o bom, eu estou fazendo amigos mas íntimos - diz ele sorrindo.

EU ME ARREPENDO DE NÃO TER EXPULSO AQUELE FUDIDO DO GRUPO ANTES!

- Não está com ciúmes? Está? - Kaio diz, percebendo minha expressão disfarçadamente horrorizada.

- N-não, eu estou feliz que você está levando a sério essa coisa de amigos...- digo, mentindo pra ele.

- Lembrando que isso foi ideia sua. - Kaio diz sorrindo.

EU SOU BURRO DEMAIS!

Ciúme era pouco pro rancor que eu sentia em relação a aquele lobo, eu já não confiava nele, agora eu........ QUE MATAR ESSE DESGRAÇADO. E se ele roubar o Kaio de mim? O que eu faço?

Espera......eu não sei se o Kaio é gay.........então vou me acalmar um pouco,mas......

SE ESSE ESPÉCIME CANINO FUDIDO TOCAR UM DEDO NO MEU KAIO EU VOU...........calma Dilian......

Eu respiro, tentando disfarçar o fato de eu estar tendo um ataque de raiva na sala.

Percebo uma silhueta vindo na direção de Kaio.

- Podíamos fazer o trabalho amanhã, pode ser? - Pedro diz sorrindo para Kaio.

- Sim só me passa o endereço da sua casa. - Kaio responde.

- Você vai querer sair pra jantar? É que não tem nada pra comer na minha casa.... - diz o lobo envergonhado.

- Uhhhhhh.....claro! Sem problemas! - Kaio diz sorrindo.

....................

Eu inspiro, tentando manter......a calma.......

................. 

Dilian: *Intense intern gay screams*

[...]

Chego em casa, cansado. A raiva consumiu toda minha energia então eu só tomo um banho rápido e caio em um sono pesado na minha cama. Eu não acredito no que eu vi...........



Notas Finais


Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...