1. Spirit Fanfics >
  2. Erro do mundo >
  3. Erro do mundo

História Erro do mundo - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Erro do mundo


Uma mulher, de longo cabelo liso que chegava a tocar suas nádegas tendo à cor castanha claro, e sua pele os tons poucos rosados com leves tons de bronzeamento que pouco podia ser vistos naquela pouca claridade, onde a mesma se encontrava andando por aquele corredor com pouca luz!  

 Os seus olhos que possuíam uma bela cor castanha parecida com chocolate que seduzia qualquer um pelo olhar ou como sempre fora as pessoas que eram tolas e idiotas, fracas a aponto de cederam a luxuria e o prazer carnal, sempre se deixavam seduzir pela beleza daquele olhar que uma vez possuia pois  só tinha tristeza, devido ao que vira e ouvira, devido ao que falaram para se que tal filho havia sido dado como preso e morto através de um falso vídeo e de uma tentativa de fuga, mais agora seu olhar para o que estava a sua frente e em seus braços era do mais puro odio por ter visto e presenciado a verdade do video e da falsa segurança do filho diante uma prisão que mentiram sobre ser a mais segura, mas continha certa felicidade quando olhava para ele que voltava em seus braços em um sono que a mesmo o fizera ter apos aquele inferno que passava naquele lugar! 

 Quando voltava a encarar o que estava a sua frente, seu belo rosto não possuia felicidade de uma dama de casa ou até mesmo de uma modelo que olhava para seus varios fás, com desejo de dar bons conselhos sobre roupas e tecidos ou falar de como o sonho de modelo tendo sido realizado atraves daquilo que e a proprio tentava explicar varias vezes, que fora hpnotizada, mais ninguém acreditara e diziam usara isso a seu proveito para ser modelo e ter casos com varios homens que diziaam lhe amar mais mentiam, para ter outras coisas isso incluia uma nova gravidez e mais um homem covarde que dava desculpas esfarrapadas para ficar longe de responsabilidade, mais  aqueles com quem ela encarava que se encontravam a sua frente percebiam a raiva, odio e sofrimento, devido ao grande desgosto pelo que acontecera por baixo dos panos daquela verdade que era de fato algo que a mesma fazia questão de mostar para os convidados daquela maldita festa que acontecia naquela mansão de uma organização que predominava naquela região, que diz proteger o mundo mas não se passava, de mais uma de milhares de organizações criminosos e terroristas que se intitulavam de protretores e salvadores do mundo que para que pudesse agir como terroristas, e que agora estavam dando uma festa para que ouvesse uma importante negociação de paz entre Kanto e Sinnoh, que estavam em um cessar fogo que dado pelo proprio Arceus, que dera um ultimato  uma das grandes tolices humanas! 

 Aqueles que se encontravam diante a mulher notavam-se que ela estava coberto com apenas um simples vestido de cor escuro que desenhava perfeitamente cada curva de seu belo corpo que ainda se encontrava jovem, e cada curva e esguio que ela possuia os deiaxva tentados em divertir um pouco com ela naquele subsolo antes de pararem algo que lhes fora ordenado, mas todos eles sabiam de algo, aquelas cuvas e esguio, não pertenciam, a nada que pode ser considerado saudável vindo de exercícios e de uma dieta, mais sim da depressão e dos abusos que sofria por cada homem, que de acordo com varios rumores das pessoas, ela fora uma péssima mãe, por não ter educado o filho que cometera suicídio e parara nas mãos deles divertindo com aquele corpo afeminado e que usava o suposto luto para tirar proveito, provando assim nunca ter sido uma mulher fiel só uma reles puta, que exibia seu próprio corpo para levar os homens e os pokémons a sua cama ganhando assim o seu dinheiro extra, tendo que todos aqueles sabiam que tais rumores esses eram falsos que foram espalhadas ao conseguir o seu sonho após ter sido hipnotizada, apesar de ninguém ter lhe dado ouvidos ou até mesmo ter lhe dado o beneficio da duvida algo que somente sua amiga lhe dera quando ambas se reencontraram e descobriram a verdade daquele maldito vídeo e do que acontecia ao seu filho que se encontrava, agora nos braços dela naquela subterraneo da maldita mansão, no qual ele sempre fora maltratado por tal homem e os funcionarios! 

 Na cintura dela se encontrava coberta por apenas um leve tecido de couro de cor branca que era o cinto que possuia cerca de sete pokébolas tendo ela perna lisas sem nenhum pelo cabelar, e seus pés saltos para uma festa ou um desfile! 

 Em poucos segundos todos aqueles homens cegos por desejo por tal mulher não conseguiam a provocar ou até mesmo dar algumas indiretas, só sentiam em seus corpos um frio subito e quando olhavam para baixo viam um tentaculo com ponta sombria purpuro que perfuravam os seus corpos alguns deram suspiros e outros gritos, enquanto ela assim como um pokémon que saia das sombras um grande sorrinso por que viam e fizeram com tais homens!  

 Atrás de se encontrava mais um seu pokémon esse do tipo aquático, um tartaruga alta humanóide, que ao contrario de sua espécie ao invés de possuir, um porte de físico pesado como de sua espécie, ela possui um porte físico mediano e era a mais alta que um ser humano e outros blastoise, machos e fêmeas, apesar de sua espécie possuir carapaça de tartarugas grandes possuindo dois canhões um de cada lado em suas costas tendo que cor da carapaça de suas costas possuía a cor castanha escura ,e do peitoral uma cor castanha clara, apesar de ser um pouco maior devido seus seios, mais ainda assim não gostava da idéia de ter que carregar aquela porcaria de maquina... Aquilo e a definição de toda a raiva dos pokémons que gerara o erro do mundo humano, que os fizeram acreditar em um video e nas palavras de reles garotas que desejavam proteger só suas reles fama e reputações!   

 Vídeo On 

 - Devo dizer que quando te acolhei em minha mansão, para ser uma família eu pensava que estava fazendo o certo, para que você não se tornar alguém sujo e profano como aquela mulher que bancava ser uma esposa como eu desejava enquanto ia realizar o sonho para dar a ela, uma vida digna ao invés da vida que ela possuía naquela organização, mais ao invés dela esperar ela sempre ficara dando o próprio corpo para vários homens, incluindo até mesmo para os próprios pokémons sujando assim o próprio sangue, aponto de conseguir através de uma pesquisa que fora roubada de um velho que pouco mantém contato com a própria família, é que fizera questão de permitir que sua mãe fosse estuprada pelo próprio neto que possui o meu patrocínio, e que tal tratamento que Gary a dava continuava desde que tu partira em sua jornada, e o mais engraçado e que ninguém a ouvia devido ao passado dela e os rumores, e a falta do marido naquela casa, mais aparte daquele abuso de uso de pokémon ela ser tornara uma modelo para poder exibir aquele corpo para vários homens para poder ter o dinheiro deles para sustentar e ainda continuar sendo um reles objeto para tal garoto e o mais engraçado e que aquilo só acontecera a ela por que a mesma permitira que ele entrasse na casa, e os dois batalhassem e quando os pokémons dela ficaram sem força e resistencia e a mesma estava cansada de tanto usar aquela mente poluida que ele usara o setimo pokémon que o avo dele dera para a hipnotizar a fazendo trepar com um dos pokémons dela! - O homem dizia enquanto tirava seu casaco e cinto, enquanto via um grupo de homens rindo com seus membros pra fora dizendo que seriam os proximos naquela brincadeira que estaria acontecendo no meio com um garoto afeminado que era agredido pelos que estavam na frente.  

 - Mais ainda assim como o mundo inteiro pode ter ficado cego aponto de acreditarem que você seria o protetor e salvador, apesar de tu não se passar de um reles ser que fora defecado para esse belo mundo por uma puta, que anda pelo mundo exibindo aquele corpo pecaminoso naqueles desfiles que faz com tais roupas que revelam muito da sujeira dela que ela própria acumulava vinda de cada homem que dera dinheiro para que continuasse desfilando em cada região, para poder influenciar varias mulheres a fazerem sexo com meros seres bestiais, ao invés de continuarem sendo puras diferentes daquela puta que aceita qualquer um, apesar de ter conseguido só meros rumores de sua inocência daquele vídeo, que eu montei para destruir a sua vida apos fazer minha organização perder todo o privilegio e reputação de ser a protetora e salvadora do mundo, assim como também ter acabado com uma grande fonte de dinheiro que surgia com o trafico humano, os lucros que conseguia vendendo aquelas treinadoras para as outras organizações para serem usadas como escravas sexuais, assim como aquela puta usa para deixar os homens satisfeitos e os pokémons fortes, mais o pior de tudo você aparecera e bancara o heroi só para salvar a mercadoria para cair nas graças das pessoas para não se chamado de fracassado e perderdor, e tu só saíra daqui somente pela tarde da noite, dessa sua preciosa suite na qual e chamada de quarto para pessoas como você, e deve andar pela mata nem ouse ir para trilhas ou ruas, e parar em cidades, pois tu só deve ir para casa daquela pecadora, que se encontra naquela cidade de Pallet, que contem ela como criminosa e pecadora que busca prazer e dinheiro, e acredito que ela seja pior do que aquela loira que Unova que aos poucos aquela gente patetica que acredita em tudo que um louco fanatico fala vão sumindo devida aquela guerra civil inútil por reformas religiosas e a reforma pecaminosa, deveras aquela gent não se passa de imcopetentes que não sabem enxergar a vrdade. – Fizera um gesto, com as mãos no qual os homens se afastavam e saiam daquele quarto mostrando quem de fato era aquele garoto inocente garoto que sofria. 

 - Mais entristeço que a nossa diversão tanto tortuosa, fisica e mental assim como a prazerosa acaba hoje ja que a noite tu estara andando para voltar para aquela cidade devido aos rumores e as provas que ela conseguira para ter de volta a sua guarda, provavelmente nessa noite tu tera que andar para chegar-la já que eu e os meus funcionarios daremos uma festa para promover a paz, mais ainda assim essa dieta que lhe dei lhe faz tão bem a te. – Dará uma leve risada, enquanto começava a molestar o garoto enquanto os funcionarios saiam daquele lugar rindo do que a contecia ao garoto proferindo que ele sofresse e o homem entrava naquela parte que fora usada por todos da prisão ou mansão onde se encontrava, e sem pensar duas vezes desferia várias estocadas e por fim tapas naquelas nádegas que não possuía gordura, do corpo afeminado daquele garoto no qual as lagrimas dele deslizavam de sua face.  

 - Então meu brinquedo favorito esta chorando, se tivesse se comportado direito em suas jornadas assim como na escola de minha região, você não precisaria passar por esse tratamento que merece por ter quase estuprado aquelas garotas naquele acampamento na qual sua própria ex-namorada falara concordando com o que as filhas dos homens que possuem grande fama, prestígio e uma reputação a velar, em suas regiões sendo membros da liga como também aqueles protegem e salvam o mundo de seres como você em suas próprias organizações que você faz questão de arruinar. – Percebera a quietude daquele que se encontrava com uma corrente presa na coleira que se encontrava no pescoço e uma mordaça na boca, quando puxara os fios escuros de cabelo para trás, vira que os olhos dele se encontravam abertos mostrando quase nenhum sinal de vida, mas tendo varias marcas de feridas e machucados perto dos olhos assim como também eles se encontravam vermelhos.  

 O homem tirara sua masculinidade daquela entrada, podendo reparar com seu olhar as varias marcas vermelhas que se encontrava no corpo daquele garoto ele dera uma leve risada... E tirara a mordaça, roubara aqueles lábios sem nenhuma luta e por fim cuspira dentro daquela boca, que engolirá contra a própria vontade aquela saliva, segurando com força a cabeça do garoto, o fazendo ficar contra a parede de concreto daquele lugar frio, o mesmo logo voltara a desferir naquela entrada variam estocadas ouvindo agora os vários gemidos com mistura de choro daquele garoto, que quando tirara a sua masculinidade dentro dele que esguichara um liquido branco amarelado, enquanto ele caia no chão, enquanto o homem dava leves risadas, e começava a pisar no garoto como se fosse um reles animal. 

 O garoto tentava se defender enquanto recebia os chutes daquele homem que logo depois, segurara mais uma vez aqueles fios de cabelo ordenando que o garoto em seus choros, limpasse aquele pedaço de carne masculinidade que ficara suja, enquanto falava coisas que pouco se dava para prestar atenção! 

  Quando vira que sua masculinidade estava limpa de qualquer liquido branco pegara nos fios escuros de cabelo do garoto e o levantara, podendo ver que os olhos se encontravam abertos, e o mesmo recebera em sua face um cuspe e fora jogado na cama suja que ao invés de ter tons brancos possuía tons amarelados e um péssimo cheiro! 

 - E engraçado ver que o mundo inteiro acreditara naquele vídeo, no qual fora feito por reles criminosos ao aponto de que nem mesmo as autoridades nacionais e as internacionais terem conseguido feito uma investigação ou lhe dar algum tipo de julgamento justo, o mundo inteiro acreditaram em tudo aquilo aponto de desejarem que o pior acontecesse a você e a sua mãe que desfilava e dava seu corpo para ter certas coisas, e o que faz com que a diversão que temos contigo e ela ser algo muito bom e justo já que o mundo inteiro pediu que tu recebesses o pior tratamento para que fosse reabilitado e nos devemos obedecer para mostrá-los que, a minha organização e as outras na qual você enfrentara somos os verdadeiros seres que protegem e salvam o mundo ao contrario de você que fingia ser aquilo só para ter mulheres que negaram o “amor” no qual VOCÊ nunca possuía por elas, só as trataria como se fossem reles troféus a serem exibidos para as pessoas, algo que muitos treinadores e até mesmo eu fazia com certas mulheres que eram de fato iguais ao que você é agora, meras meretrizes que desejam sempre sexo ao invés de uma vida normal! – Enquanto se aproximava com calma no garoto que se encontrava, quase se levantando apoiando-se naquela cama, o homem pisara com força, acima do pé direito do garoto que gritara de dor no qual se dava para ouvir em todas as partes daquele lugar notava-se muito bem naquele olhar que o homem possuía não mostrava nenhuma importância ou até mesmo compaixão por aquele garoto, que se encontrava em total sofrimento tanto físico e psicológico que o mesmo dava para ele!  

 – O que você faria com elas e o mesmo que eu faço em você, quando perde a liga ou até mesmo como agora quando o mundo passou a te odiar, apesar de você ter aceitado o acordo que este garantido à segurança daquela puta na qual você chama de “mãe”, que anda pelas regiões para realizar um sonho daqueles, apesar do mundo inteiro pouco se importar com que acontecia a ela e a você na prisão e claro na minha preciosa mansão que se encontra longe daquela guerra besta de uma campeã que fingi liderar uma região mais no fim e como todas as outras mulheres que fingi ser campeãs e lideres de ginásio mais são todas não se passam de meras meretrizes, assim como aquela tal de Iris que fora nomeada como “campeão” numa guerra civil em Unova, mas ainda assim essas diversões que temos e tivemos são bem mais calmas e tranqüilas, já que ninguém mais importa com você, devido o vídeo que fora criado pelo roubo que minha organização criara para poder destruir a sua vida! – Se aproximava do garoto com um leve sorriso, enquanto pegava do bolso do casaco um estojo e de sua face um sorriso havia surgido quando abrira, havia pegado uma seringa com um líquido cristalino, o mesmo sussurrara algo que não dava para ouvir, enquanto a agulha perfurava o braço do garoto injetando algum tipo de liquido. 

 - Sabia que foi através de mim que fez esse treinamento realmente surgir mais isso fora há muito tempo, quando aquela puta tentava ainda realizar um sonho, e claro andei com ela e deveras me apaixonei por aquele corpo que ela possuía, tivemos uma relação um tanto hipnótica e após tanto coisa ter acontecido, havíamos parado em um hotel onde eu a hipnotizei e deixei meus pokémons se divertirem com ela e quando o dia raiou fiz uma breve encenação aponta destruir a reputação dela como treinadora e claro futura modelo para poder descartá-la já que tive o que sempre amei em toda a vida, uma mulher para saciar os meus desejos carnais e servir como um reles objeto que pode ser jogado fora a qualquer hora idêntico a um pokémon ou até mesmo um filho que nunca quis em vida e após uma emboscada que ela sofrera não a vi depois, apesar de ter ouvido que ela passara a morar com um velho, e quando a reencontrei com outro rapaz, ela passara a ter uma relação tão podre como aquela,  e claro e tal treino se tornara oficial quando aquele garoto neto daquele pesquisador traíra fora na casa dela não para tomar um café ou conversar mais sim, para uma batalha aponto de enfraquecer os pokémon tendo que no fim, ele a hipnotizara aponta de ordená-la a fazer sexo com um pokémon cansado que não possuía força para resistir a qualquer habilidade ou desejo primitivo. – Ria do que dizia em total êxtase, enquanto no pescoço do garoto o homem injetava algo que se encontrava em uma seringa.  

Vídeo Off  

 Todos daquela mansão que se encontravam naquele patio estavam palidos e em choque com o que viam, as mulheres que se encontravam bem vestidas e maquiadas pouco se atreviam a olhar para algum homem daquele local, aquilo que viam era muito diferente do que ouviam e até mesmo prometeram para aquele garoto e a que pode ser... A mãe dele! 

 Logo a porta que levava para dentro daquela parte da grande mansão ocidental e aberta de maneira bruta e violenta tendo que alguns dos funcionarios da parte externa, que a bloqueavam mostrando-se mortos ou até mesmo feridos, e alguns anjos, entravam naquele patio e quando viam os que caim no chão que sacavam suas armas na direção dos anjos e da mulher que possuia dois dos pokémons fora de suas pokébolas, sentiam em seus peitoral o metal da lamina e em seguida um calor que os consumiam a ponto de virar cinzas em meios aos grito de ajuda e de desculpas! 

 Nos braços da mulher havia aquele garoto do video tendo em seu corpo feridas e varias marcas de injeções que podiam ou não prejudicar o corpo e no do pokémon aquatico o que poderia ser o robo no qual fora mencionado no video que todos viam com muito infelicidade e arrependimentos por ter-lo feito sofrer tanto, sem ao menos ter feito o que aquela mãe pedia! 

   - Espero que tenham uma boa desculpas por ter feito meu filho sofrer, enquanto eu pedia infinitas vezes uma investigação tanto para o suicidio estupido no qual ele nunca faria assim como também por negliciarem uma investigação que eu também pedi para aquela porcaria de video no qual vivo me perguntando em como vocês conseguiram acreditar nele aponto de desejar que o pior acontecesse a mim e a uma criança inocente! - DIzia olhando com odio para todos ali presentes em busca de respostas. 

 Todos os olhares dos anjos e dos vips eram direcionados aos convidados, daquela festa e ao anfritião, por ter feito tamanha barbaridade, a uma familia? 

   - Basicamente o que vão falar e o mesmo que os fanaticos de Unova falaram, que foram obrigados ou materiam eles e a suas familias caso fizessem algo que comprometesse o que eles fizeram? - Arceus ali estava em sua forma mestiça diante aos humanos, que passara a odiar pelo que faziam ao mundo que criara ao lado dos pokémons lendarios e misticos. - Minha crias de luz por favor levem de imediato a criança para um hospital onde ela vai ser tratada de forma correta e adequada! - Dizia olhando para os anjos que pegaram de forma aducada a criança dos braços da mãe que relutava em soltar o seu filho, mais logo soltara quando sentira o toque dele entre se e o anjo. 

   - Sou totalmente inocente afinal e como você e eu havia dito o proprio mundo desejava que o pior acontecessa a te ao seu filho, isso e algo que ninguém pode negar que fora feito a ele vinha de todos! - Dizia com a voz levantada esquecendo da preseça de Arceus. 

    - Deveras ele esta certa mais como pai da criança e marido dessa mulher, que mostrara a verdade e algo que nunhuma outra pessoa fizera, mais você ter agido desse maneira e a atitude e algo que não devia, tu agira não só como um monstro mais sim como também um demonio que não pensara na saude de seu filho e esposa, afinal o dever de um pai e proteger a famlia e não tortura-la como fizera, pois pelo jeito a unica pessoa que sempre agira desejando o bem do filho fora a propria mãe, são a mãe e o filho ao contrario de você que pensara somente em riqueza, prestigio e na reputação em uma organização na qual mnete igual a todas a soutras! - Dizia olhando nos olhos do homem, que tremia. 

   - Diz de mim mais essa dai assim como você não se passa de... - Fora interrompido quando levara em sua face um soco, na qual a propria mãe dera no homem. 

    - Se tem algo que vou gostar muito de saber sera como vocês compensaram a famlia que sempre protegia o mundo dos erros que vocês proprios criaram, afinal o dinheiro e os pokémons que foram tomados deles, devo dizer que e quase impossivel de voltar, só trabalhando em meros empregos dignos e até mesmo nobres. - Dizia os olhando de lado.  

    - Não necessario se preocuparem pois o mundo inteiro deve agora estar assistindo a esse video que os mostrei e claro... - Estalara os dedos, e o pokémon inicial jogara a carcaça do robo e o pokémon fantasma cortara ao meio o robo parecido com o filho. - Espero que dessa forma vocês ja tem a ciencia de saber que isso e falso e o que esta no medico e o verdeiro inocente! - DIzia com um voz fria e pesada que os atingia em seus egos, de arrogancia e orgulho pelo que viam e ouviam naquele lugar. 

    - Senhorita Delia, gostaria que eu lhe levasse para onde o seu filho fora? - Perguntara olhando para a humana. 

      - Por favor, pois não acho que vou conseguir aguentar ficar aqui com eles. - DIzia de forma seca tais palavras enquanto lagrimas escorriam de sua face. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...