História Erro.21 - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 939
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - O laboratório


Fanfic / Fanfiction Erro.21 - Capítulo 1 - O laboratório

Era um dia comum em Stroycity, uma leve brisa se passava pelos campos é o sol brilhava lá fora, e enquanto essa beleza imensa Jacoby dormiu de mais é seu despertador tentava acorda-lo mas ele é um cara com sono pesado viu, e quando acordou viu a hora e saiu pulando da cama e já abriu com pressa a gaveta do armário puxando sua camisa e sua blusa, saiu correndo descendo as escadas e sua mãe falando:

-Filho, está atrasado para escola!

-Eu sei mãe! Estou indo não tenho tempo para café da manhã hoje é prova de português!

Jacoby pegou sua mochila seu skate e saiu andando de skate, ele viu o ônibus lá longe em movimento, então foi o mais rápido possível para pegar mas estava muito longe, então ele virou a esquina para direita, depois a esquerda e depois a direita de novo e se segurou no ônibus por trás e em cima do skate, depois de 10 minutos chegou a tempo no colégio:

-Ora ora ora, olha quem chegou atrasado!

-Cai fora Hayato não tenho tempo

-Fique sabendo que já foi a prova!

Jacoby empurrou Hayato e saiu andando para sala, Jacoby abriu a porta e a professora iria dar as provas:

-Bem vindo Jacoby

-Obrigado professora Mary

Jacoby se sentou na cadeira A3:

-Você está atrasado Jacoby

-Eu sei Jazz não precisa ficar me lembrando! Eae já chamou a Jessica pra sair?

-Cara você sabe que não tenho nenhuma chance com a Jessica

-A sei lá vai que dá certo vocês dois

-Você estudou para prova?

-Até 1:00 

-Você é estudioso em!

A prova começou, Jacoby terminou em menos de 15 minutos, pois ele estudou muito! Ele ficou esperando o sinal para ir embora logo:

(Sinal: Péeeeeeeeeeeee)

Jacoby saiu com calma pois aquela multidão tentando sair pela porta foi uma bagunça, ele foi até seu armário e colocou sua senha (3429) e colocou seus livros de geografia daí veio uma garota até ele, Aika uma menina bem bonita:

-Jacoby você vai ao show da Scarya com o grupo?

-Com eu já te disse mil vezes, não

-Por favor Jacoby, o show é amanhã e a gente queria que você fosse, principalmente eu

-Ta bom eu vou, só não fica toda alegrinha porque vou embora as 11 da noite

-Ok, obrigada por ir Jacoby eu tô muito feliz!

-Ta vai logo preciso resolver uma coisa

Jacoby ao fechar o armário raspou sem querer no seu rosto e fez um pequeno corte, ele saiu andando para fora da escola e encontrou o Hayato de costas conversando com um garoto, Jacoby deu um potinho a Hayato e saiu andando e foi para o skate, Hayato abriu o pote e tinha um papel escrito:

(Tirei 10 na prova)

Hayato deu uma risada, Jacoby voltando para casa viu Aika entrando na casa dela é quando se distraiu bateu em um carro parado e caiu do skate, o alarme do carro começou a apitar e o dono do carro saiu de casa com um telefone e ligou para policial:

-Olá é a polícia? Um cara aqui tentou roubar meu carro! Ele tem cabelo vermelho, está com uma blusa preta, e com luvas sem dedos, obrigado

Jacoby estava andando tranquilamente quando ouviu a sirene da polícia e falando:

-PARADO AI SEU LADRÃOZINHO!

Jacoby se assustou e saiu correndo e até largou o skate para trás e o carro da polícia atropelou o skate, Jacoby estava correndo ao máximo mas o carro da polícia chegava cada vez mais perto e então Jacoby viu um muro e passou por um buraco embaixo do muro, ele chegou em uma floresta e saiu percorrendo ela e encontrou uma escotilha aberta e entrou, ele desceu as escadas, mas então quando ele estava descendo a escada quebrou e ele caiu lá em baixo, se levantou lentamente, havia uma bancada a sua frente com uma lanterna e foi útil pois estava tudo escuro, começou a caminhar mas mancando com o pé doendo:

-Que lugar é esse, Laboratório de Stroycity!

Ele leu em uma placa quebrada e meio pregada na parede, fios pendurados soltavam faíscas vermelhas que é algo bem estranho, então Jacoby chega em um lugar subterrâneo imenso cheio de máquinas e tanques com substâncias químicas muito perigosas, então ele ouviu a voz de políciais conversando e viu luzes da lanterna deles, Jacoby se escondeu debaixo de uma mesa:

-Não há ninguém aqui capitão Jonathan!

-Vamos sair daqui, este lugar me dá calafrios!

Jacoby se acalmou e saiu debaixo da mesa, mas dai ouviu frutos do lado que vinha os policiais:

-Haaaaaaa haaaaaaaa!

-Haaaaaaaaaaa!

Jacoby foi devagar subindo os degraus para ir até o corredor que veio os gritos e não tinha nada lá:

-Eu estou ouvindo você rastejando garoto!

-Quem está aí!

-Achou que seria um bom esconderijo meu lar, meu laboratório abandonado

-Quem está aí!!!!

-Venha até aqui que você verá!

Jacoby foi devagar rastejando o seu pé e quando olhou para sua esquerda um breu, ele ligou a lanterna mas não tinha ninguém apenas o corredor, ele andou até o final e olhou para os dois lados e não havia ninguém:

-Não consegue me achar!

-Saia de onde você estiver!!

-Você é corajoso garoto, olhe para trás!

Jacoby com os olhos fechados virou-se para trás abriu os olhos e um homem apareceu em sua frente, Jacoby se assustou e saiu correndo até que tropeçou em um fio e caiu, fios saíram do teto e começaram a amarrar os braços e pernas de Jacoby e então o homem apareceu no final do corredor andando a sua direção lentamente:

-Parece que você não é tão corajoso como pensava, e então qual seu nome garoto?

-Meu nome é Jacoby!

-Jacoby? Igual o nome do meu pai! Quando eu era vivo!

-Como assim! Você é um fantasma? um zumbi?

-Não, a alma de uma pessoa em um robô, meu nome é Jake Black, HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA!.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...