História Error - Capítulo 6


Escrita por: e park_geomin

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Monsta X, Red Velvet, TWICE, VIXX
Personagens Irene, Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), N, Personagens Originais, Tzuyu
Tags Error, Eternity
Visualizações 13
Palavras 1.860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi Honeys vim tarde hoje, mas é porque eu estava beeem ocupada hoje! Enfim está aqui mais uma atualização para vocês!!

Eu e a Geomin fizemos uma playlist para os capítulo, pra quem gostar de ler escutando música! Tá ai.
https://www.youtube.com/playlist?list=PLJ8a43aIssOEywM_Rwk9LY9ZD-M3tEDeq

A música de hoje é o cover do Jungkook - Lost Stars.

Boa leitura!

Capítulo 6 - Capítulo 06


Fanfic / Fanfiction Error - Capítulo 6 - Capítulo 06

Error - Capítulo 06

"Pegue minha mão e me leve para a felicidade"

Joona


– Hummm, sopa. – Digo olhando o prato – Foi você quem fez?

– É lógico, se você não sabe eu sou um ótimo cozinheiro. – Ele disse enquanto revirava o armário a procura do remédio.

– Aaah sim, o engraçado é que você faz mais o tipo "desajeitado" pra tudo. – O olho desconfiada.

– Você está duvidando das minhas habilidades? – Ele se vira pra mim e coloca uma mão em seu peito, como se meu comentário o tivesse machucado profundamente. Eu arqueio uma sobrancelha, cruzos os braços e o encaro como se dissesse " não vai parar de mentir não?"

– Tá bom, eu não fiz. Foi a cozinheira. – Ele diz levantando as mãos em sinal de rendimento. – Mas, eu que coloquei no prato pra você. – Ele sorriu animado.

– Nossa, como você é habilidoso! – Digo irônica.

– Vai continuar com esse sarcasmo todo, vai? – Ele me encara sério.

– E se eu continuar? – O desafio.

– Haverá graves consequências, mocinha! – Ele diz se aproximando.

– Sai de perto de mim. Oh, eu estou te falando que eu sou perigosa! – Levanto os braços em forma de defesa.

– Perigosa é? Vai morder minha canela? – Ele sorri se aproxima mais. Quando penso em correr ele me segura pela cintira e começa um ataque de cócegas.

– Aaaaah! Não, para! Para, para! – Peço com dificuldade, por não estar nem conseguindo respirar direito. Ele me abraça por trás.

– Pede desculpas. – Escuto sua voz baixa e encorpada em meu ouvido.

– Tá bom, desculpa! – Profiro em tom baixo.

– Não escutei, disse algo? – Ele continua com a boca perto do meu ouvido, pude deduzir a diversão dele em meio a brincadeira.

– Me desculpa Kim Namjoon! – Grito com meu orgulho totalmente ferido.

– Assim que eu gosto! – Ele me vira de frente para ele e me dá um selinho. – Então, más notícias! O remédio acabou, então vamos ter que comprar. – Ele ainda me segurava, e olhava fixamente em meus olhos. – Termina sua sopa e vamos.

– Sim senhor! – Me solto de seus braços e me sento novamente, logo terminando a sopa. – Pronto!

– Espera, você não vai sair assim… – Ele me analisa por inteiro.

– Assim? Assim como? – Me olho tentando descobrir algo de errado.

– Olha, essa blusa minha em você ficou incrivelmente... sexy, porém você não pode sair assim na rua. Lembre-se que sou um cara ciumento. Coloque sua calça e pegue uma blusa de frio minha.

– Aish eu mereço mesmo! – Reviro os olhos – Seu mandão!

– Só estou cuidando do que será meu daqui algumas horas. – Ele sorri ladino.

– Desde quando virei objeto pra ser sua? – Perguntei fazendo-o ficar sem reposta por um tempo.

– Quando se acha uma pedra preciosa, geralmente o "dono" – Ele sinalizou aspas com as mãos. – Cuida dela como se fosse a vida dele… – Sorri. Não conhecia ele lado fofo de Kim, que por mais que não fosse totalmente real, estava confortando meu coração.

– Quer dizer que eu sou sua pedra preciosa? – Ele confirmou. – Que fofo! Merece até uma estrelinha de bom comportamento. – Ele sorri nasalado. Subo para o quarto, visto minha calça, vou ao banheiro e tento arrumar meu rosto com o que tem, logo vou até seu guarda roupas e pego uma blusa de frio preta com alguns dentes escritos em cinza.

– Cheirinho de Namjoon. – Digo cheirando a blusa e abrindo um sorriso inevitável. Desço as escadas e Namjoon já está na porta me esperando. – Vamos à pé?

– Sim, a farmácia é aqui perto. Vamos emagrecer um pouco antes do casamento – Ele me estende a mão.

– Está me chamando de gorda? – O moreno sorriu, me fazendo dar um tapa em seu ombro. – Idiota! – Revirei os olhos. – Ah, sabe do que eu me lembrei? – Ele me olha. – Nosso casamento é hoje! Olha que ótimo.

– Eu sei, aliás sua mãe me ligou. Perguntou se eu estava com você. Eu disse que sim, que estava bem e ela me disse para te levar as 15:00 horas para se arrumar. – Um medo percorreu meu corpo, sim! Eu estava com muito medo do que o futuro aguardava para mim.

– Você está preparado? – Indago séria.

– Conformado e disposto a fazer dar certo. – Ele sorri tentando acalmar a si e a mim. – E você?

– Não estou pronta, talvez um pouco tensa e com medo, mas estou disposta a fazer dar certo. – Sorrio e ele pega em minha mão.

No caminho fomos conversando sobre quais eram nossos planos, desejos e sonhos. Disse que meu sonho era ser uma médica rica, que sonhava em ter uma família e fazer um tour pelo mundo, Kim por incrível que pareça, também ansiava as mesmas coisas, e seu sonho de carreira era ser rapper, carreira na qual ele era talentoso.

– Chegamos. – Paramos em frente ao estabelecimento, Kim soltou minha mão.

– Você vai entrar? – Pergunto, indo em direção a porta.

– Não, vou no supermercado e te encontro aqui daqui 15 minutos. – Acenti.

– Tudo bem. – Me viro e entro no estabelecimento.

~ P.o.v Namjoon ~

Espero Joo Hyun entrar e vou para o supermercado. Começo a pegar algumas bolachas e guloseimas, como chocolate, balinhas, chicletes…

– Namjoon? – Alguém me chama.

É uma voz que eu nunca poderia esquecer, por mais tempo que passasse. Não… não pode ser! –Tzuyu? – Olho incrédulo. – Você voltou? – Voltou ainda mais linda do que sempre foi. Seus cabelos estavam mais cumpridos que da últimas vez, seu rosto e corpo estavam ainda mais sedutores e bem desenhados.

– Sim. Até que enfim aquela menina te deixou sozinho, achei que não conseguiria conversar com você. Não vai me abraçar? – Ela abre os braços, tento exitar mas falho e eu vou até ela.

– Quando você voltou? – Pergunto nos afastando.

– À uns três dias mais ou menos. – Ela diz com um enorme sorriso no rosto.

– Por que você voltou? – Pergunto, dessa vez mais ríspido.

– Eu sei que você vai se casar, mas eu ainda te amo... – Ela se aproxima – Vamos tentar de novo Nam. – As palavras de Chou me balançaram um pouco, senti meu coração apertar e nossas lembranças juntos me vieram a tona.

– Não é assim que as coisas funcionam Tzuyu. Você me deixa, viaja para os EUA, fica sem contanto durante dois anos, volta nas vésperas do meu casamento e espera que eu volte pra você correndo? – Me aproximo. – Está enganada. – Falei depois de lembrar que meu amor foi platônico durante anos.

– Eu sei que eu errei no passado, desde que nós éramos crianças e eu te menospresava, mas eu vim pra tentar de novo. E fala sério Kim, você ao menos ama essa menina? – Ela me olhava intensamente.

– Isso não te desrespeito.

– Me responda Kim Namjoon. – A encaro sério.

– Eu vou me casar hoje e quero que você não me atrapalhe. Já está na hora de cada um seguir com sua vida. – Me viro já para ir embora.

– Será que você anseia por isso de verdade? – Me volto para ela novamente.

– Sim é o que eu quero. Agora me deixe em paz Tzuyu. – Dou de ombros. Tzuyu viu claramente minha mentira, ela me conhecia melhor do que ninguém para saber através de meus olhos todas as minhas emoções.

– Você sabe onde me encontrar, se quiser uma despedida de solteiro. – Ignoro e vou para o caixa, rapidamente pago minhas compras e vou para a farmácia, onde Joo Hyun está parada me esperando. Ela sorria de forma radiante, mas assim que me aproximei seu sorriso se desfez.

– Oi. Você está bem? – Ela me olha com uma cara preocupada.

– S-sim, estou. – Tento disfarçar ao máximo. – Vem, vamos para casa que eu vou te levar.

– Tá bom. – Saio andando na frente e coloco as coisas atrás do carro. Como Tzuyu pode ainda mexer comigo dessa maneira?

– Namjoon! Namjoon-ah! – Olho para trás. Joo vinha correndo até mim – Você realmente está bem? Aconteceu alguma coisa? Eu fiz algo que te deixou mal? – A cara de preocupação dela, partiu meu coração. Eu não queria magoa-la.

– Não, eu só preciso ficar sozinho. - Digo em um tom baixo, forçando um sorriso.

– Que seja! Eu chamo um táxi daqui. – Ela pega o celular.

– Não precisa, eu já disse que te levo. – Caminho em sua direção.

– Tudo bem, você precisa de um tempo sozinho antes da cerimônia e eu também. Pode ir pra casa descansar. – Pude sentir que o meu jeito estava encomodando-a, mas não pude fazer nada. O táxi logo chega.

– Obrigado. Dou um abraço, este que não é retribuido e um beijo em sua testa. – Até mais tarde.

– Até. – Ela entra no carro e vai embora. Vou para casa ainda pensando no que me aconteceu, talvez eu ainda amasse Tzuyu, e isso poderia mudar muita coisa. Tomo um banho e me deito, o casamento seria só as 19:00 horas então ainda tenho tempo. Deito e adormeço.

~ Pov Joo Hyun ~

O caminho todo fico pensando em o que poderia ter acontecido para que Namjoon ficasse estranho. Chego em casa e assim que desço do carro uma moça alta, com roupas de grife e cabelos longos e pretos me para.

– Você deve ser Bae Joo Hyun, certo? – Ela me olha de cima a baixo, examinando cada detalhe meu.

– Sim, se veio para ajudar com os preparativos entre pelos fundos. – Me virei para entrar.

– Na verdade vim para outra coisa… – Me viro.

– E pelo que seria? – A encaro.

– Eu vim pelo noivo. – Ela esboça um sorriso cínico.

– Pelo noivo? – Franzo a testa. – Quem é você?

– Prazer, sou Tzuyu, a ex do Namjoon. – Ela estende a mão, a qual não faço questão de pegar.

– Ex do Kim? Agora faz sentido. – Olho para o lado. Não acredito, essa mejera deve ter ido atrás do Namjoon, por isso ele estava todo estranho. Agora faz sentido. – O que você quer?

– Muitas coisas, mas de você só quero meu Kimzinho mesmo. – Ela sorri. Eu juro que se ela continuar com esse joguinho eu arranco esse sorriso idiota da cara dela.

– Mas você é muito cara de pau né garota? Te manda daqui, desnutrida! – Profiro já irritada.

– O Namjoon não te ama, ele ama a mim, e todos nós sabemos que tentar esse casamento só vai trazer sofrimento para ambos. Já eu, posso fazê-lo feliz, desista dessa ideia.

– Se ele te amar desse tanto que você está dizendo ele vai te procurar! – Puta desgraçada….

– Você irá se arrepender! – Ela diz me fazendo rir.

– Ai meu Deus! O que você vai fazer? Jogar sua Prada em mim? – Zombo de sua fala. – O Namjoon está comigo, perdeu porque quis, agora se não tem mais nada para dizer, eu tenho que me arrumar para meu casamento. – Me viro e paro antes de me entrar. – Ah, e mais uma coisa, é melhor você nos deixar em paz. – Entro em casa, e topo com minha mãe furiosa.

– Porque demorou? Não quero nem saber! Rápido, sobe que as moças já te esperam para começar a te arrumar.

– Boa tarde, mãe. – Subo e chego em meu quarto, lotado de mulheres com maquiagens, acessórios e o meu vestido. – Boa tarde. – Me curvo em respeito, e elas fazem o mesmo.

– Olá futura senhora Kim. –bUma mulher ruiva se aproxima. "Futura senhora Kim", quem diria não é Joo Hyun? – Vamos, a banheira já está preparada. Hoje é o dia mais importante de sua vida! Seu dia de noiva. – Será que ainda dá tempo de fugir?

Continua.... 


Notas Finais


Foi isso nenis, espero que tenham/estajam gostando. Perdoem os errinhos, mas eu to cansada demais hoje para reparar nisso.
Não esqueçam de comentar e favoritar!!!

Tenham uma boa noite, cheia de sonhos com Kim Namjoon.
Até o próximo capítulo bjs~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...