História Error - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Gangster, Jungkook, Matar, Policial
Visualizações 7
Palavras 1.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa ilusão

Capítulo 1 - .Um


Tenho uma pergunta...de zero a dez quantos por cento sua vida foi boa? quanto altos e baixos teve que enfrentar?
Dizem que a vida só coloca esses obstáculos por que sabe você que conseguira.

Por que fiz essa pergunta?...pra ser sincero eu não sei,mas queria pelo menos saber se a vida de vocês foi tão 
ruim quanto a minha. dias e dias fugindo das autoridades por ter matado uma pessoa,obviamente mas era  isso ou passar fome
mas também estou acostumado,claro como não se acostumar sendo que faz...faz não vê isso desde pequeno,faz um tempo 
que faço isso é de família ser assassino de aluguel e contrabandear drogas,armas e também estamos no ramo de prostituição,
não era isso que eu queria mas já sabem, estou com vinte e sete anos.
já faz doze anos que faço isso, como meu pai morreu em um tiroteio herdei os negócios, digamos que sou o poderoso chefão 
seculo vinte e um temido por vários e aclamado por alguns e muito...muito desejado pela policia, quer dizer eu não e sim 
minha cabeça,posso ser cruel muito cruel mas os meu aliados sempre podem confiar em mim.

Mas tenho uma divida comigo mesmo,matar a unica pessoa que me impede que pegar uma herança milionária, vou lhes contar
por um resumo eu tinha uma gangue rival que acabava com todos meus negócios me deixando uma época a falência, mas dei
a volta por cima matando todos até mesmo o chefe que também matou meu pai, então foi dois em um.não deixando uma alma
pra contar historia, invadimos sua bat caverna  
encontramos um cofre enterrado no piso de seu escritório o problema e que ninguem consegue abrir já tentamos de 
todos os jeitos, e um dia estava conversando com um amigo de infância sobre esse assunto e ele me disse que poderia existir 
uma pessoa que poderia abrir, fiz minhas pequisas e descobri que ele deixou uma filha e como aquele cofre só abre com 
digital estou a procura dessa garota,não tenho nenhuma informação dela o vagabundo a escondeu bem mas não vou descansar
em paz até encontra-lá pegar tua herança e mata-lá.

Meus "capangas" nunca conseguiram uma foto dela nem localização e olha que eles nunca me decepcionaram
a unica informação que temos da garota mas não irei descansar até encontra-lá.

COREIA DO SUL,SEUL DIAS ATUAIS.

-Elise vamos logo- diz lua me puxando para fora do café.

-E nem ouse tratar uma mulher assim novamente,machistas de merda-cuspo no chão.


Corremos tanto que nem folego tínhamos só paramos quando estávamos em um beco.

-Eli,quase fomos pegas...sabe que não pode arrumar briga,sabe que se te pegarem ira ser presa.

-Eu sei,eu sei mas o cara subiu sua saia,eu não deixaria ele triscar um dedo em você.

Coloco as mãos em seu rosto e logo a abraço.

-Sei o que passou nas mãos de seu tio,e não vou deixar mais nenhum cara te tocar esta me ouvindo?

Cai uma lagrima dos olhos de lua que logo abraça sua melhor amiga.

-Prometo me acalmar,agora vamos sair daqui.

Levo a mesma até sua casa, voltando passei em um uma rua meia escura e escuto uns gemidos e conforme eu me aproximo eles
aumentavam vejo um cara caído passo pelo mesmo.

-A...ajude-me,por favor- diz tentando se recompor

Eu realmente iria passar reto mas senti dó,me abaixo ate o mesmo e o olho

-Venha, se apoie no meu ombro.


Ajudo o mesmo a se levantar.


-Sabe dirigir?


-Sei.


-Me leve pra casa.


-Mas eu nem te conheço, vai que me mate ou algo do tipo.


-Você me ajudou, e outra eu te pago.


-Ta...eu te ajudo, mas só se me responder o por que esta desse jeito.


-Ah- solta um gemido de dor- ok, ok eu estava fugindo de uns caras mas eles me acharam e me pouparam mas me deram uma surra.


-Normal, eles tiveram dó de você-ri.


O mesmo da uma risada forçada.


-Não tem cara de que se mete em encrenca.


-Ri-É por isso, ninguem desconfia de mim, ja você tem cara.

 
Coloco o mesmo no banco do passageiro e entro.


-Me diz aonde é sua casa.


-Liga o GPS e coloca o primeiro endereço.


O silencio prevalece mas ele logo o quebra


-Fiquei curioso,eu tenho cara do que?


-Quer mesmo que eu fale?


Ele concorda com a cabeça  


-Bom,Provavelmente é um gangster perigoso que deve negociar drogas ou armas,e nos finais de semana vai pro puteiro que 
tem parte nele e tem as putinhas preferidas...mas como um gangster que contrabandia peças não anda armado?


O mesmo olha pra mim e passa a língua na bochecha.


-Não tem medo de morrer não garota?


-Não, porque quem tem promessa não morre meu amigo.


-Vou te dizer algo acertou na mosca e eu sou alfa,então pelo seu palpite eu sou o mais perigoso da minha matilha acho que deveria tomar mais cuidado com as coisas que fala.


Freio o carro bruscamente.


-Aé? vai fazer o que? me sequestrar e me torturar até a morte?, você não está apto pra escolher nada não querido,olhe pra você está indefeso e todo estourado poderia muito bem terminar o trabalho daquele caras então sossega ai  
e fica de boa e outra eu te ajudei...talvez eu seja mais perigosa que você...deve conhecer vários mas não são todos- debocho.


O mesmo se cala e logo chegamos em sua casa mansão por assim dizer.


POV JEON


A mesma me ajuda sair do carro e me leva até a porta.


-Me,me desculpe por ter falado daquele jeito com você,estou sentindo muita dor e estou até delirando.


-De boa não se leva um tiro todos os dias né.


Entramos e a mesma me coloca sentado no sofá.


-Bom eu já vou indo, melhoras alfa.


-Espere...eu vou te pagar.


-Não obrigado.


-Tem como me ajudar é que meus homens estão de folga e eu...


-Tá, mas só não ser ignorante de novo.


-Prometo.

Essa garota me instigou ela foi a unica pessoa na minha vida inteira que não teve medo de mim, e me sinto bem com isso
por que também tenho meu lado bom


-Na gaveta ali do lao da porta tem um quite de primeiros socorros pegue.


A mesma pega e coloca em cima do sofá.


Ela abre e tira as coisas colocando em cima da mesinha.


-Tira a camisa.


Tiro e a mesma joga o produto no algodão e passa no meu ombro.


-Tem sorte, a bala foi de raspão.


-Como assim?


-Como assim o que?


-Como assim não ficou hipnotizado com meu corpo?


Ela ri e me encara 


-Não sou uma presa fácil-sorri.


-Ah...entendi você prefere outra fruta.


-Não,eu não sou lésbica.


-Se fosse seria um desperdício.


Ela da uma risada nasal e aproxima seu rosto do meu, e por incrível que pareça eu corei 


-Se não calar a boca eu cutuco sua ferida.


A caralho como essa garota é afrontosa.


Assinto com a cabeça


-Está vendo como sentir dor cala uma pessoa-ri.


Ela se afasta logo passa uma gase no meu rosto, logo ela termina e se levanta.


-To com fome posso comer algo?


-Fique a vontade.


Se passam cinco minutos e a mesma não voltou, me levanto e vou com dificuldade até a cozinha e vejo um dos meus homens no chão
e a mesma sentada na bancada comendo uma maça.


-Foi mal ele me assustou.


O que essa garota é ela é um Et uma mulher maravilha da vida como um cara de 1,85 não derruba uma simples garota que provavelmente 
deve ter 1,60?


-Bom eu já vou indo valeu carinha- pula da bancada e sai andando.


-Qual é teu nome?


Ela para e se vira.


-Para minha segurança...meu apelido é Eli.


-Me chamo Jungkook.


-Até alfa, nós se tromba na vida...


Notas Finais


Desculpem pelos erros ortográficos, espero que gostem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...