História Erros - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako
Visualizações 49
Palavras 989
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


UOOOOOOUUUUU MAIS UM CAPP!!! É isso ae! Não demorou tanto dessa vez! Este cap é o ponto de vista do Bakugou, me perdoem pelos palavrões, se eu tiver exagerado me desculpem, é que eue acho que é a cara dele! Por mais e isso!

Capítulo 8 - Ele erra


Fanfic / Fanfiction Erros - Capítulo 8 - Ele erra

-Caralho, finalmente to longe daquela porra - Falava Katsuki abrindo a porta de sua casa

-O VELHA! CHEGUEI CARALHO!- Berrava avisando para sua mãe

-OLHA ESSA BOCA SEU MULEQUE DO CARALHO! E NÃO GRITA!- Gritava sua mãe da cozinha de volta para ele

-É VOCÊ QUE TA GRITANDO VELHA MALUCA!- Disse ele indo em direção a porta da cozinha indo de encontro a sua mãe

-NÃO ME CHEMA DE VELHA SEU MERDINHA!- Falou a mulher dando um cascudo nele, Mitsuki Bakugou era seu nome, diferentemente da forma que Katsuki a chamava, ela era uma mulher jovem e bonita, na casa dos 40 com 1 metro e 60 centimetros, cabelos loiros claros e revoltos iguais aos do filho, era uma bela mulher, pele bem cuidada, jamais diriam que ela era maé dele, no máximo uma irmã e ela se orgulhava disso, seu ponto fraco era sua idade, por isso Bakugou a chamava de velha

-Ta bom, velha... tem o que pra comer neste caralho?! To cheio de fome!- Falou abrindo a geladeira e revirando a mesma procurando algo para comer

-Tem comida caralho! Agora sai da geladeira e vai lavar essas patas que você chama de mão! - Falou Mitsuki apontando para o banheiro

-Velha chata...- Falou ele se dirigindo ao banheiro

Passou o tempo, almoçaram, discutiram mais e então depois do almoço Bakugou foi para seu quarto

-Ai inferno, finalmente posso deitar caralho - Falou enquanto se espreguiçava em sua cama, seu quarto era o tipico quarto de um adolescente riquinho e rebelde, pôsteres de bandas de rock e metal, roupas jogadas para tudo que era canto, bem a cara dele.

Mas ele estava inquieto, não conseguia descansar, ficava pensando na conversa que teve com a garota com cara de lua, não sabia o por que, mas aquela garota tinha algo de diferente nela, ele não sabia dizer o que era, mas era especial, passou a tarde inteira divagando sobre isso até que foi tirado de seus pensamentos pelo toque de seu celular

-Ei Filhao! Tudo bom?- Era seu pai no telefone era seu pai, Masaru Bakugou,ele era totalmente diferente dos outros dois, na casa dos 45 anos, com seus 1 metro e 75 centimetros, cabelos bem pretos e uma personalidade extremamente calma e tranquila, que o olhasse na rua, jamais conseguiria imaginar o grande homem de negócios que era

-Que foi velho?!- Perguntou irritado por ser tirado de seus pensamentos

-Tudo bem também - Falou com tom de ironia e recebendo um rosnado em troca - É que a mãe do Ejiro ligou pro pai dele,preocupada que ele foi trabalhar mas ainda não voltou, então ele me pediu pra te ligar pra ver se você sabia - Falou calma e tranquilamente para ele

-Eu la vou saber onde aquele merda se emfiou, to cagando pra ele... pera... ELE TA TRABALHANDO E NÃO ME CONTOU?! EU VOU ARRAMCAR O FIGADO DELE!- Começou a berrar

-Que bom que vai procurar por ele, se conseguir falar com ele avisa que a mãe dele ta preocupada e manda um beijo pra sua! - Falou rapidamente desligando o celular pois sabia que seu filho iria retrucar e berrar de alguma forma

-Velho esperto agora tenho que ligar praquele desgraçado - Falou olhando emputecido para o aparelho em mãos, tentou umas duas vezes falar com o amigo e nada até que pensou em ligar para outro de seus amigos melhores amigos, Kaminari Denki, Kaminari junto de Kirishima, era um dos melhores amigos do garoto explosivo, tinha seus dezessete anos, cabelos loiros amarelados, espetados com um sinal de raio preto neles, era um pouco mais alto que Bakugou, ja que este era de todos o mais baixo

-Ei Bakugou! A Que devo a honra?- Perguntou animado como sempre

-Onra o caralho! Vem ca Pikachu, sabe onde aquele bosta de cacto menstruado esta?! - Perguntou com raiva no sangue pelo fato de Kirishima não atender

-Ele foi no cinema ue, não viu qu ele botou no grupo dos caras?- Claro, o grupo dos meninos, como ele pode esquecer? O Grupo com todos seus amigos idiotas que ele havia suplênciado por 1 ano! Estapeou a propria face pensando, por que não pensei nisso antes?

-Ta valeu- Falou desligando o telefone

-Espe- Tarde de mais ele ja havia desligado

Esperou mais algum tempo agora até ver Kirishima se apresentar no grupo, enquanto isso seu interior se retocia de raiava, raiva por ter passado de idiota procurando ele e raiva por não saber o que sente pela cara de lua, passado o tempo finalmente ligou para o amigo e foi atendido

-Eii Mano!! Beleza?? - Ouviu o amigo falar animado ao telefone

-CADÊ VOCÊ DEMÔNIO?!? - Katsuki berrava ao telefone, praticamente espumava pela boca de tanto ódio que sentia e descontava no amigo

-Estou em um encontro ue - Isso fez seu sangue ferver ainda mais, como assim encontro?! Kirishima não vai a encontros! Ele é uma puta vadia segundo Bakugou!

-ENCONTRO?! KIRISHIMA DESDE QUANDO VOCÊ VAI EM ENCONTROS?!- Berrava inconformado para o amigo que deveria estar surdo do outro lado da linha

-Desde... estamos a quanto tempo aqui? Umas 4 horas - Ele estava de sacanagem, só podia, ele estava brincando com fogo e pedindo para se queimar

-QUEM É?! PELO MENOS COME ELA DESGRAÇA! E LIGA PRA SUA MÃE! ELA LIGOU PRA MINHA VELHA TE PROCURANDO E AGORA A BRUXA TA ENCHENDO MEU SACO - Falou comtodo seu odio, desligando o telefone, se ficasse mais 2 segundos iria acabar explodindo o aparelho de tanta raiva. Olhou o visor do aparelho ja estava tarde

-Passei tanto tempo asssim atrás daquele bosta?! - Falou para si mesmo levantando para ir tomar um banho e jantar. Passado o tempo ele ja estava ponto para deitar, havia deixado seu celular carregando no quarto pois sua mãe reclamava de levar o aparelho a mesa, enão repara que o visor estava aceso em uma mensagem de Kirishima

"Bakugou, preciso falar com você amanhã"


Notas Finais


Gente, a mãe do Bakugou é igualzinha a minha kkkkkk
O que acharam?? Espero que tenham gostado, o proximo não deve demorar muito pra sair! Qualquer erro por favor me digam, e me desculpem qualquer coisa!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...