1. Spirit Fanfics >
  2. Erros perfeitos. >
  3. Dedos cruzados.

História Erros perfeitos. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Tudo bem?

O que importa tanta dor se, na verdade, há esperança.

Um amor perdido pode ser reencontrado.
Pode ser revivido.
Eternizado.

Espero que gostem.
Bjinhos.

P.S: todos os direitos reservados aos autores das imagens que ilustram ambas as capas, ok?

Capítulo 1 - Dedos cruzados.


Fanfic / Fanfiction Erros perfeitos. - Capítulo 1 - Dedos cruzados.

Você está ferido!

Está chorando.

Vejo seu rosto corar e sei que está nervoso.

Angustiado. 

Exausto.

Onde ela está? 

As lágrimas vertem com fúria e descem rasgando sua face.

Triste.

Sozinho.

Onde ela está agora?

Suas mãos vazias de calor.

Farto de sentir tanta dor.

E eu aqui!

Vendo todos os seus passos deixarem marcas profundas no chão.

Arrastando-se.

Morrendo.

Sucumbindo.

E você me vê também.

Será que compreende que te quero?

Que meu abraço é seu?

Que meu coração te pertence?

Abandonado.

O buquê de flores na mão. 

Os olhos castanhos prostrados.

Cabisbaixo.

E as palavras engasgadas na garganta. 

A poesia de Shakespeare saindo pelos lábios trêmulos.

Cada verso jogado pelo espaço.

Perdidos para sempre.

Língua sedenta pelos beijos que não terá. 

Onde ela está que não te ampara?

Que não se aconchega no seu peito ofegante?

Que não entrelaça os dedos nos seus?

E vai!

Volta para casa dolorido.

Com cruel frio.

Condoído.

Corpo cansado.

Alma abatida pela indiferença.

E vai!

Liga o rádio. 

Ouve as canções de nossa época lânguida de sorrisos.

Começa a recordar da cor dos meus olhos.

Verdes claros.

E tem desesperada vontade de gritar.

Quer retornar.

Apertar minha cintura.

Beijar minha boca rosada.

Encobrir meu corpo com o seu, outra vez.

Quer sussurrar que ainda me ama.

Pedir desculpas.

Porque ela não quer te ouvir murmurar palavras batidas de amor.

Você está ferido!

Doente.

Deprimido. 

Onde ela está? 

Porque ela não te assume?

Presenteia com mimos?

Afaga com gestos simples?

Ah... mas são só detalhes, não é? 

Melodia bonita ao pé do ouvido.

Filme romântico no cinema e um drink depois.

Quando foi que ela te olhou?

Confessou-se apaixonada?

Quando?

Eu observo seus trejeitos. 

Está com raiva.

Humilhado.

Desesperançado. 

Orgulho de homem?

Não, meu bem...

Bem querer destruído.

Sufocado.

Reprimido.

Jogado fora.

Ah...

Você sangra.

E eu, daqui, sangro também.

Choro também.

E quero gritar. 

Chamar por você.

Deixá-lo adormecer sobre meu âmago saudoso das noites em claro, como antigamente.

Lembra?

Quando fazíamos amor.

Enlouquecidamente.

Desavergonhadamente.

Éramos amantes dedicados e suficientes.

Éramos apenas nós contra o resto do mundo.

E boas gargalhadas depois.

"Que se dane!" -  falávamos.

E não fazíamos questão de sermos ouvidos.

E pra quê? 

Orgulho ferido?

Não! 

Você só quis desistir.

De mim.

Deixar tudo de nós para trás. 

E onde ela está que não te vê? 

Que te deixa esmorecer.

Desvanecer.

Que sequer te chama pelo nome.

Você está ferido!

Corado.

Arrependido.

Amordaçado.

Preso dentro de si mesmo e quase admitindo que falhou.

Falhou.

Com tudo.

Todos.

Comigo.

Com você mesmo.

E onde ela está? 

Veja!

Olhe para mim...

Eu ainda estou bem aqui!

.

Está além de todos os nossos tropeços.

Além das lágrimas.

De todos os desatinos.

Só perdoe-se.

Porque a muito tempo já te perdoei.

Então vem...

Então vem...

Volta pra mim!

Esses foram nossos erros perfeitos.

Todo esse engano.

E meus dedos cruzados rogam pela redenção.

Lembre-se dos nossos passeios a beira mar.

Dos meus vestidos rodados esvoaçando pelo ar.

Horizonte azul.

Alaranjado.

Pintado com nossa felicidade.

E você errou.

E eu errei, porque não lutei.

Deixei-o partir.

Sumir.

E se cortar por uma falsa emoção.

Ridícula ilusão.

Erros perfeitos.

Olha pra mim...

Entenda que não faz mais diferença onde ela está! 

Porque veja;

Eu ainda estou aqui.

E eu te amo.

Eu te amo.

Será que agora pode sentir?

Você pode me sentir?

Então volta...

Volta pra mim.

Graças a esses erros perfeitos nos reencontramos. 

Volta!

Basta que dê o primeiro passo na minha direção. 

 

 

 

 

 

FIM

 

 

 


Notas Finais


Obrigada para você que leu.
Caso queira comentar, ficarei feliz!

Bjinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...