História Erza mundos opostos - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 19
Palavras 1.354
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Literatura Feminina, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Meu desejo



Ela parecia cansada se sentou e olhou para cima o céu estava limpo

Cheguei ela estava conversando com Ares nao quiz interromper.

Artemis: ares, vou amanhã com você, eu tenho que chegar em casa.

Ares: Está cansada? 

Artemis: muito eu vou dormir por uma semana.

Ele riu .

Ares: você já foi vê-lo?

Artemis: não.

Ares: ele senti falta de você .

Artemis: eu já fiz o que tinha que fazer aqui.

Ares: Artemis . Puxou ela pelo braço.

Ela o olhou feroz como um animal e ele largou.

Ares: ele lhe ama, você sente algo por ele .

Artemis: sentimentos, eles sempre me impediram de ser feliz, deixo isso com ele se ele quiser me ver ou se casar comigo vai m procurar , eu não vou revindicar o casamento.

Ela quer que eu va lhe ver faz mais de um mês que ela está aqui e não foi me ver .

Louis: quero conversar .

Artemis: eu estou ocupada tenho que ir no acampamento.

Ela saiu com pressa, estava de armadura militar só que era branca a roupa 

Ela desceu e foi até o acampamento e comecou a resolver as coisas , havia uma fina enorme de camponeses e servos , nobres todos esperando ela .

Ela se sentou no trono 

Artemis: foi reaberto as audiências.

Um nobre veio dizer-lhe a citação das terras, disse lhe 

- minhas terras foram destruídas, meus servos não tem para onde , minha rainha por favor , salve pelo menos meus servos.

Artemis: o senhor é muito nobre, eu irei mandar reabrir o rio e meus homens cavaram uma parte do rio que vai dar lá , assim você iram poder plantar novamente , façam jardins suspensos como da Babilônia e o sistema de água para não desperdiçar pois estamos em tempos difíceis , por hora leve mantimentos para suas terras .

Ele começou a chorar ajoelhado

-obrigada rainha 

Artemis: amanhã estará tudo pronto , agora você faz parte do meu reino tenho a obrigação de cuidar de vocês.

-obrigada senhora .

Veio um camponês

-rainha Artemis, eu perdi minha mulher minha filha meus filhos

Ela respirou

Artemis: eu não posso fazer muito por o senhor, eu vou dar um enterro apropriado a sua família, o senhor quer servi ao meu marido.

Seu marido, eu sou seu marido.

Me aproximei e coloquei a mão sobre seu braço e sorri para o camponês.

Louis: agora o senhor pode viver no palácio.

-obrigada , meu lorde e minha rainha.

Ela sorriu 

Me sentei ao lado dela e ela continuou amanheceu ela ainda não havia terminado.

Ela me olhou eu estava meio cansado .

Artemis: va se deitar eu vou logo em seguida .

Eu olhei que a fila só aumentava.

Perguntei para o guarda 

Louis: já teve alguma tentativa de assassinato

Guarda: cinco.

Louis: obrigada .

Me virei para ela me sentei próximo dela 

Louis: não querida , estou bem, vamos deitar juntos.

Artemis: você não está com sono?

Louis: não, mais tarde vamos conversar, querida .

Eu olhei nos olhos dela e sorri, ela continuou em mais 5 casos e se levantou.

Cambaleou.

Louis:você está bem? Você comeu ?

Guarda: ela não come faz 3 dias, só belisca umas coisas .

Eu a levantei nos braços e ela se constrangendo .

Louis: tragam comida para ela 

Artemis: não não precisa 

Levei ela para os aposentos .

Deitei ela e tirei a armadura tive, estava com um vestido que era lindo , tirei a parte de baixo da armadura tirei o arranjo de seu cabelo .

Louis: me desculpe, eu tenho algo para lhe dizer.

Artemis: diga. Falou palida

Louis: eu não sei como falar , eu amo você , e realmente quero o casamento.

Artemis: eu não quero lhe obrigar a nada eu não sou virgem, você merece alguém melhor que eu . 

Louis: eu só quero você, quero cuidar de você e ter momentos felizes ao seu lado.

Ela segurou me braço meio sem força.

Artemis: eu lhe amo.

Eu fiquei surpreso com a frase.

Ela fechou os olhos não querendo ver meu rosto , eu me deitei do lado dela, 

-a comida da rainha 

Trouxeram muita comida, pão, bolos, caídos e vários tipos de doces e salgados com sucos.

Artemis: é um disperdicio esse tanto de comida, meus soldados .

- a senhora tem que se alimentar, é nossa rainha não pode ficar sem comer para ter alimentos para seus soldados.

Ela olhou para cada um deles e pediu que se sentassem ali na sua tenda para comer com nosco.

Ela comeu pão e vinho , depois um pedaço de bolo e tomou um caldo quente . Eu comi um pedaço do bolo e logo havia terminado a comida .

Ela estava na cama que havia um pedaço de pele .

-agora vamos reabrir as 3 horas da tarde as audiências.

Artemis: obrigada, avise a todos.

Eu estava vestido social com uma camisa social meu cabelo estava solto porque é a forma que ela gosta de ver.

Tirei os sapatos e me deitei ao lado dela.

Como ela está frágil , ela podia ficar assim mais vezes.

Levantei e trouxe água para ela tomar.

Ela se deitou com as pernas entre as minhas pernas sendo abraçada por mim .

Comecei a escutar sua respiração, ofegante.

Eu não posso fazer isso .

Artemis: chame o sacerdote aqui. Gritou

- sim senhora

O sacerdote chegou 

-rainha a senhora nunca me chamou como posso ajudar-te.

Artemis: me case com esse homem aqui e agora .

-sim minha rainha .

- eu o sacerdote do norte, perante Deus venho abençoar o casamento desse homem com essa mulher .

- repitam comigo, eu juro perante Deus e os homens ama- te respeita-te e ser lhe fiel por todos os dias da minha vida..

Repitos.

- eu vos declaro marido e mulher

Artemis: obrigada , sacerdote.

Ele se retirou .

Artemis: eu não aguento mais . Me jogou na cama foi até o balcão e bebeu uma tarça de vinho.

Artemis: você já fez com alguém?

Louis: nunca.

Artemis:tire a roupa. Tirei minha roupa .


POV. Artemis.

Eu estava me descontrolando totalmente.

Tirei minha roupa 

Artemis: deite se que vou fazer tanto com você que amanhã você não vai nem levantar.

Ele se deitou eu subi em cima dele , estava bem duro , desci lentamente .

Sentia ele me olhando com desejo .

Ar... Gemeu .

Eu me mexi para frente e calvagando caprichosa.

Ah... Como isso é bom .... Gemeu 

Ahh... Ahh gemi.

Eu fiquei de quatro para ele.

Coloque bem fundo... 

Ele levantou minha perna segurando e foi entrando profundamente 

Há.. ha.. gemi 

Artemis....

Eu o beijei um beijo quente enquanto ele continuava .... A me foder .

Ele realmente era muito gentil... Vamos acabar com isso.

Cheguei no ouvido dele.

-eu vou foder tanto com você .

Ele gozou.

Louis: pode deixar dentro de você ?

Artemis: sim não se preocupe .entrar nada gentil ,sentia suas bolas me tocarem ele entrava enquanto chupava meus seios

Ondas de prazer corriam meu corpo , eu abri mais minhas pernas segundo para ele entrar .

Meu Deus.... Gemi... Me fode mais forte

Ele obedeceu .

Eu não consigo mais me controlar perto dele .

Seus cabelos caiam sobre mim.

Artemis : você é lindo.

Ele olhou sem palavras 

Louis : me perdoe por está sendo muito bruto com você, eu deveria ser mais gentil.

Artemis: eu gosto de você, estou aqui por isso .

Ele virou de lado para continuar deitada  logo entrou novamente e me beijou na testa 

Meu amor....Gozei .

O homem que me satisfaz.

Eu me vesti novamente e me deitei ao seu lado

Artemis:quero que você se prepare porque a noite quero mais. ela passou a mão na bunda

POV.louis 


Chegou no meu ouvido

Artemis: quero você todinho dentro de mim, fodendo minha buceta e todo o resto.

Eu fiquei vermelho

Louis: sim , Artemis.

Ela sorriu e dormiu me abraçando nu.

O guarda entrou, me viu nu.

- parabéns pelo casamento.

Ela dormia me abraçando.

Louis: obrigada...

Contemplava ele dormindo nunca pensei que ia ser tão bom fazer com ela .

Eu a beijei enquanto ela dormia ...

Ela abriu os olhos...

Artemis: não consigo dormir vamos fazer de novo, só que agora dessa vez quero que entre todo bem fundo e me coma toda cada buraco que tenha o seu cheiro.

Aquilo era mesmo entusiasmante.

Ela levou meu pau na sua boca e começou a fazer movimentos de entrar e sair.

Me masturbando.

Artemis... Não faça isso comigo...

Ela continuou 

Ela se segurou no lençol e levantando a bunda para mim .

Irresistível.

Eu entrei e fiz ela gritar abafando.

Louis: você é irresistível.

Trouxe com força sua bunda para mim 

Ahh...

Aíi... Isso é tão bom 

Eu pulsava dentro dela, ela aquele vestido era lindo não quis o retirar e continuamos 

Ela se deitou e dormiu comigo lhe abraçando



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...