1. Spirit Fanfics >
  2. És só minha... >
  3. Um novo começo

História És só minha... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Yo minha

Essa historia e baseado em fatos "reais"

Boa leitura....

Capítulo 1 - Um novo começo


Fanfic / Fanfiction És só minha... - Capítulo 1 - Um novo começo

Vendedor:Venhão é garantam seus escravos. Temos de todas as idades e tamanho...!

No interior da Inglaterra, longe dos humanos, funciona um mercado negro mas não qualquer mercado, mas sim um mercado de magia um dos mais conhecidos entre os seres mágicos. Vendem de tudo nesse mercado, de simples peças até as criaturas mais raras que existem.

Um homem alto se aproxima do vendedor de escravos, ele usava um capuz preto que escondia seus olhos e um máscara da mesma cor que escondia de eu nazis até o queixo.

Vendedor:Pode chegar mais perto senhor. Qual a sua preferência?- o homem observa por um longo tempo, ate seus olhos pararem em uma menina que estava com a cabeça baixa, nesse momento ele sente algo estranho em relação a ela.

Homem:Qual o preço dela?

Vendedor:100  dracmas de ouro meu senhor.

ON Malum

Apois o homem entregar o dinheiro, Ouzi puxa a corrente que prendia os meus pulsos é a entrega para o meu novo dono. Eu não me importava com aquilo, pois nunca tive uma família ou um lar, todos sempre me odiavam por ser amaldiçoada.

Ouzi:Boa sorte meu  senhor.

Eu sentia ele sorrindo mesmo que eu estivesse de costas para ele. Eu não avia levantado a cabeça para vê o seu rosto, mas ele puxou a corente em meu pescoço fazendo eu olha-lo, seus olhos vermelhos, mas escuros que sangue prenderam minha atenção.

Homem:Nunca abaixe sua cabeça, ou será tratada como um ser inferior.

Sua voz era grave mas suave, e com um pouco de esforço conseguir falar.

Malum:Sim senhor.

Ele soltou a corrente devagar, e me puxou pelas corentes que prendiam meus pulsos ate um beco onde não avia ninguém.

Homem:Fique perto de mim é feche os olhos, isso pode deixá-la tonta.

Ele me puxou para perto dele, nossas diferenças de altura eram bem grandes. Ele tirou um bastão de sua manga e o bateu no chão, eu fechei os olhos com força e apenas ouvir um barulho de algo elétrico.

Homem:Como esperando, chegamos em um passo.

Estavamos na frente de um pequeno portão que era ficava na frente da casa que era externamente grande, com 3 andares e grandes janelas com vidros azulados, parecia moderna mas com um toque do tempo.

Homem:Você não precisará mais disso.-ele tocou na corrente em meu pescoço e ela se  desintegrou junto com as dos meus pulsos-Meu nome Kimura e o seu?

Ele retirou o capuz enquanto abria o pequeno portão, seus cabelos eram brancos com as pontas um pouco cinzas. Será que eram realmente macios?

Malum:M-Malum.

Ele andou na minha frente até chegarmos na casa, seu quintal era repleto de plantas e árvores e com varias criaturas mágicas, uma delas veio voou ate mim e parou no meu ombro, parecia um Coelho branco com assas de gaivota e calda de gato.

Kimura:Então você consegue vê-los?

Ele me olhou com admiração, algo que eu já avia visto uma vez.

Malum:Sim senhor.

Kimura:Me chame apenas de Kimura.

Malu:Sim.

Ele não tirou a mascara de seu rosto mesmo fazendo sol e quando chegamos em sua casa não precisamos nem bater na porta, pois uma linda mulher que aparentava ser a empregada nós recebeu com um lindo sorriso, ela tinha os cabelos pretos e longos, os olhos dela era de um roxo lindo.

Enpregada:Bem vindo de volta Kimura.

Kimura:Estou de volta.-Entramos e ela não parava de me olhar, ate ele se virar para nós e falar-Essa é a Malum, minha nova aprendiz. Malum está e a Misaki minha representante e minha segunda mãe.-Ele virou de costas e andou em alguma direção deixando apenas nós duas ali -De um banho nela e a traga ate a cozinha para comer alguma coisa.

Misaki:Ok 

Ela me puxou pelo braço e me levou até um dos quartos no andar de cima. O quarto era bem espaçoso a cama ficava no canto debaixo de uma grande janela que avia algumas almofadas.

Misaki:Aqui e o seu quarto, tire suas roupas enquanto eu preparo o seu banho, ou voce tem vergonha? -Ela me olhou com preocupação mas bem calma.

Malum:Tudo bem.

Ela passou por uma porta que ficava na frente da cama, no quarto tambem avia uma escrivinhada, um guarda-roupa e uma pequena prateleira tambem vazia. Eu tirei a blusa que ficava parecendo um vertido em mim.

Misaki:O que são essas marcas? -Ela parecia espantada ao ver as marcas em minha costas. -Tudo bem, vá tomar seu banho, vou trazer suas roupas.

Malum:Obrigado.




Mono killer          anikami




Notas Finais


Ok amanha vai ta a continuação.
Ateeeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...