História Escapando do Sol - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Sobrevivencia, Sol, Suspense
Visualizações 5
Palavras 413
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Survival, Suspense
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Plataforma 49-C


Sorte a minha que para o treinamento usaríamos roupas extras... Se não ficaria pingando por todo o prédio..., raciocinava James. Chloe não possuía pensamentos muito divergentes deste.

Embora tivessem começado com o pé esquerdo (e evitado ao máximo um ao outro) não tiveram um horrível desempenho e nem foram alvos de brincadeiras de mal gosto dos outros tripulantes, estes alheios ao ocorrido graças ao "voto de silêncio" implorada por nossos protagonistas.

Passaram-se seis meses e a equipe já estava formada. Chole como capitã e Benjamin como vice-capitão, Richard, Rosângela e Linda como operadores da nave, James, Clonzy, Beto e Edward como cientistas que cuidavam da manutenção e uso do protótipo e os médicos Nyander, Bruna e Robson.

A nave que utilizariam era de um dos mais novíssimos modelos, a Terráquea, que eles mesmo batizaram de Pebble in The Sky (Pedra no Céu, em inglês). O seu interior possuia um design dividido em três principais cores, um ciano claro, um azul-marinho meio cinza escuro/preto e um branco levemente azulado. O seu exterior assemelhava-se com o antigo e já ultrapassado "ônibus espacial", porém sem os desnecessários foguetes, tanto o grosso quantos os finos, grudados na nave.

Embarcariam na terráquea às oito da noite. Havia uma pequena comitiva de repórteres esperando para os entrevistar quando chegaram, às quatro da tarde, mas só foram atendidos às cinco horas. Às seis e meia, terminada a sessão de fotos, perguntas e discursos, o grupo seguiu com preparativos para a viagem. Às sete despediram-se defenitivamente de amigos e familiares e às sete e meia estavam prontos para embarcar, era só esperar. Faltando dez minutos para a partida se dirigiram para a plataforma 49-C, foram para as suas respectivas cabines e esperaram, ansiosos.

O tempo, para azar do nervosismo deles, passou extremamente devagar, fazendo James pensar que já tinham ficado dentro das cabines fazia até mais do que duas horas! Mas então, nos cinco minutos finais, os motores passaram a ser ligados, os painéis ajustados, os capacetes colocados e todos os outros preparativos foram feitos. Só faltava ligar, e isso seria feito apenas às oito em ponto.

E a contagem regressiva se iniciou. Uma voz masculina e potente disse Dez, depois Nove, e aí Oito, diminuindo sem parar. Chegou no Um, a nave foi ligada, e então o Zero, que se vez ouvir junto do início do movimento da terráquea.

Ela seguiu como um avião antigo por uma pista e, ao ter saído do chão, inclinou-se para cima, aumentou consideravelmente a sua velocidade e seguiu para o espaço.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...