História Wanda - Escarlate a Vingadora (2) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 19
Palavras 1.168
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Descuido


Silêncio, era a única coisa que se passava na cabeça de Lux, ela olhava Wanda deitada em seus braços, e só pensava em "Acorda embuste"... Logo Lux pousa Wanda ao chão, Lux levita até uma certa altura, do alto, ela tentava decifrar onde elas estavam. Logo Wanda desperta.

Onde estamos ?

Lux desce, e responde.

- Não sei. Você consegue sei lá, ter algum tipo de contato com alguém, só para nos acharmos ?

Wanda visualiza novamente o local, e abre um sorriso.

- Lux, estamos na Índia, estamos no Periyar National Park!

Lux fica tipo " Do que ela ta falando ????? "... logo ela interrompe Wanda.

- Ata, então, fica perto da China ?

Wanda ainda maravilhada, ela continua.

- Eu adoro a flora da Índia, é tudo tão belo, os verdes, é tudo...

Wanda fecha a felicidade. E olha fixamente para Lux. Lux sem entender, ela pergunta.

- O que houve ?

Lux começa a ouvir um som " Grrr"

- Tem alguma coisa atrás de mim né ?

Wanda acena com a cabeça. Lux se vira, era um tigre. Lux se agacha e entra em contato telepata com o tigre.

" Você não vai machucar a gente. Né ?... Posso tocar em você ? "

Lux acaricia o focinho do animal, Wanda fica espantada. Lux se levanta. 

- Temos um novo amigo agora.

Lux abre um sorriso, olhando ainda pro tigre. Logo Wanda entra em contato telepata, para ver se encontra alguém próximo.

" Alguém ... Hã ?... achei alguma coisa... "

Wanda começa a falar.

- Alguém está perdido parece, se acharmos a pessoa, talvez a pessoa nos tire da qui e nos mostre o caminho mais rápido até a China.

Elas e o tigre foram a procura da tal pessoa, mesmo elas tendo dons de ler mentes, o tigre foi mais rápido.

- Aaaaaaaaaah socorro!

Uma mulher grita. Logo Lux e Wanda correm até a voz. A mulher estava grudada numa árvore, a planta era enorme. Lux e Wanda a encontraram.

- Como subiu ai tão rápido ?

Wanda pergunta. A mulher, cheia de medo, responde.

- Isso não interessa, tire esse bicho de perto de mim !

Lux toca na cabeça do tigre e ele dorme.

- Deu. Pode descer.

Lux afirma. A mulher salta da árvore até o chão. Wanda logo pergunta.

- Aprimorada ?

A garota pergunta.

- Mutante ?

Lux enfurecida, pergunta.

- Saída ?

As duas olham para Lux. A menina começa a caminhar, logo começa a falar.

- De onde vocês surgiram. Aqui na Índia, os mutantes, ou são bandidos, ou, bandidos.

A menina abre um sorriso. Lux já brava, se mete na frente da menina.

- Olha, eu não sei quem é você, e muito menos sei do que você ta falando. Nos leve até a saída, só oque te pesso.

A menina se apresenta.

- Quer saber quem sou ? hihihihi. Me chamo Hanna, pra vocês, mulher aranha. 

Wanda ficou irritada.

- Muito bom, prazer, sou a única coisa que pode salvar o mundo!  Se eu não chegar na China até o 1° dia do inverno, a Terra será destruída. Então por favor, nos leve até a saída.

Hanna com ignorância, fala.

- Legal sua história. Assim como entrou no Park, assim você saíra. 

Lux pega Hanna pelo ombro. Logo Hanna esquiva e dispara uma teia até Lux para prende-la na árvore, Wanda paralisa a teia no ar. Wanda fala.

- Você pode até ter dons de um aracnideo, mas eu e ela, temos dons celestes. Então não tente lutar contra nós.

Wanda arremessa  a teia de volta em Hanna, jogando na cara dela.

- Venha Lux, nos viremos sozinhas. Acorde o bichano.

Lux estala os dedos, o tigre as segue. Wanda começa a falar.

- Eu li a mente dela, logo mais tem um lago que da de ponta, até a saída, é só pegarmos o caminho dele, e chegamos. 

 Lux abre um sorriso... Algumas horas se passam, e elas finalmente chegaram até a ponta.

- Nossa quantos animais aqui, olhe a saída!

Lux grita. Ela e Wanda correm até lá. Chegando lá, o porteiro pergunta.

- Os passaportes moças ?

Lux havia deixado o tigre no Park, ela  havia pensado.

" Tive que deixa-lo lá, ele poderia atacar ele. "

Wanda distraí ele.

- Ops, caiu no chão, pode pegar.

Ele foi se agachar, Wanda tocou na cabeça dele, e ele liberou a saída delas. Elas saíram do Park. Em seguida, Lux pergunta.

- Ta e agora ?

Wanda começa a pensar.

" Aqui somos estrangeiras, então, somos diferentes... hã ? "

Wanda sente uma presença. Ela olha para todos os lados.

- Wanda! Cuidado.

Lux usa télecinésia para conter o objeto arremessado. Wanda olha para frente, e descobre a origem do objeto. Ela toma posse do carro que foi contido por Lux, o o arremessa contra o ser. Ele estava vestido umas vestes de Arabia, quando o carro chega à 5 segundos de impacto, ele estala os dedos, e o carro se transforma em milhares de papéis, em formato de migalhas.

"Wanda..."

Wanda escuta o pensamento dele. Ela grita.

- Me conhece !?

Ele corre em direção a elas. Lux pega seu cetro, e lança rajadas de luz, ele se desvia de todas e salta sobre elas.

"Veloz, não mais que eu."

Ele traz os papéis do carro até elas.  Elas sem desconfiar de nada, ficam de boas, até que.

Fuku! (Exploda)

Os papéis explodem, um nuvem de fumaça de fogo, sobe aos céus. Elas duas haviam sido jogadas contra uma parede, evitando que a explosão, as pegasse. 

"O que! Como ?"

Ele fica desorientado. Elas estavam presas a teias de aranha. Ele começa a procurar a origem das teias.

- Ei. Aqui em cima.

Ele olha para o prédio em sua frente. Hanna estava lá em cima, porém, com seu traje de heroína. Ela salta até o chão. 

- Deixe-as em paz. Elas não são daqui, e você não irá fazer nada.

O ser se afasta de Hanna, logo joga tarjas até ela. Ela joga as teias há tempo, prendendo as tarjas perto dele, ao chão. Elas explodem, e ele cai para trás.

- Eu ja disse. Vá embora!

O ser, tira seu manto do rosto. Estava coberto por faixas, feito uma múmia. Ele se levanta e começa a falar.

- A profecia não mente. Aquela mulher, irá trazer o fim deste mundo, e você quer que eu a deixe escapar ?

Hanna olha para elas, logo olha para ele.

- Creio que não seja ela, o ser que você viu na sua profecia.

Ele da uns passos para trás.

- Eu vou voltar, e você não irá poder ajuda-las. Guarde essas palavras. Tsumu! (sumir).

Ele desaparece, em uma fumaça. Logo Hanna vai até as duas.

- Estão bem ?

Wanda responde.

- Se eu pudesse me mover, eu estaria melhor.

Lux acena com a cabeça.

- Seja lá oque ele quis dizer, vocês me devem uma explicação!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...