1. Spirit Fanfics >
  2. Escola ChimChim (Imagine Jimin) >
  3. Quase transei com o Tae?! Desmaio.. Liquído gosmento..

História Escola ChimChim (Imagine Jimin) - Capítulo 33


Escrita por:


Notas do Autor


Bem vindos!


Capítulo sem revisão

qualquer erro me perdoem!💞

Capítulo 33 - Quase transei com o Tae?! Desmaio.. Liquído gosmento..


Fanfic / Fanfiction Escola ChimChim (Imagine Jimin) - Capítulo 33 - Quase transei com o Tae?! Desmaio.. Liquído gosmento..





Sinto meu corpo sendo preensado em uma parede fria e gelada..


Estava tudo muito escuro..

Até que sinto um halito quente no meu pescoço..


Aliás..


Eu conhecia esse perfume muito bem..


S/n- Tae..


Digo mais como uma afirmativa do que uma pergunta..



Tae- Ora, ora, vc reconhece meu cheiro muito bem, amorzinho..



Ele diz, distribuindo selares molhados em meu pescoço enquanto descia sua mão em direção a minha bunda..

S/n- S-sai daqui seu T-tarado..

Falo, tentando empura-lo, pórem sem sucesso..

Ele faz uma cara de surpreso..

Tae- Tarado? Oh.. S/n.. Ñ diga isso, ou terei que púni-la


Ele diz, com um sorrisinho safado em seu rosto fitando meus labios intensamente..

Ele se aproxima lentamente de minha boca e ent viro o rosto..

Ele solta uma risadinha sárcastica..

Tae- Você foi bem malvada comigo aquele dia.. E além disso ainda estava com aquele garoto..

N respondo nada e continuo a ignora-lo..

Tae- Ahaa, amor, ñ fique brava por favor.. Sobre aquela Garota la?.. Ela é apenas uma qualquer que mê deu um dia.. E agr fala que aquela menina pequena é minha filha.. Pfff.. Quanta idiotice, mas vc sabe que eu te prefiro 1 milhão de vezes mais, n é?..


Ele fala colando nossos corpos um no outro..

S/n- A-achei que vc e-era diferente..

Digo, com lágrimas já em meus olhos..

Ele me olha, com uma cara de sabidão e estranhamente preocupado..

Tae- Não entendo você, minha flor.. Eu sou o msm cara de meses atrás, me perdoe se estou meio safado hj, mas estou morrendo de saudades do seu lindo corpo.. Vc é um tanto quanto apetitosa..

Em questões de segundos ele sela nossos labios apos dizer aquilo..

Um beijo calmo e doce.. Sua boca tinha gostinho de Cereja..

Eu não sei porque mas o continuei o beijando, ñ sei se é pelo fato por tudo que estava acontecendo em minha vida, ou pela saudade da sua boca completando a minha.. Ou pela dor de cabeça insuportável que eu começei a sentir após ver todas aquelas imagens de Jimin vindo a tona, a meu deus o que estava dando em mim?!.. Será que era os hormonios da gravidez vindo a tona?!


Ele pediu passagem com a língua e eu cedi.. Nossas linguas bailavam uma com a outra enquanto sentia o sabor dele..


Percebo minha calcinha já ficando molhada..


A-ai meu Deus..


Tae pega uma de minhas pernas e a prensa na parede enquanto segura a outra bem perto de sua genitália.. Eu já percebia seu volume..

S/n- V-vamos parar, já deu,T-tae

Tae- Por favor, S/n.. Quero sentir seu gosto só mais um pouquinho...

Ele volta a me beijar selvagemente enquanto me pega em seu colo me levando.. 

Para a porta dos fundos da casa de Jennie..

Ele continua me carregando enquanto passa pela rua deserta e me leva até o seu carro..

Ele me joga no banco de trás do passageiro e tranca as portas..

Os postes estavam quebrados ñ dava pra ver nada muito bem..


Tae tira sua camisa enquanto me observa atentamente..

Ele da um forte chupão em meu pescoço enquanto pega uma de suas mãos e começa a acariciar minha Ppk, que já estava MUITO molhada..

Tae- Vou te foder com o vestido mesmo, so vou colocar sua calcinha para o lado é te penetrar, ok?..

S/n- T-tae N-não..

Falo baixinho, já começando a perceber a noção do que estava acontecendo..

Tae- Shiiiihh.. Quietinha Amor..

Ele fala, colocando minha calçinha para o lado e tirando seu grande pau de dentro de sua calça..

Imagens de Jimin retornam fortemente a minha cabeça..

E sinto uma pontada em meu peito..

O QUE EU ESTAVA FAZENDO?!


Mesmo que o Tae fosse o pai.. Ñ era ele quem eu amava.. Era o Jimin..


Me sento rapidamente e me recomponho..


Desfiro um tapa na cara de Tae..

Ele me olha Supreso e muito bravo..

Tae- Qual seu problema S/n?! Vc ñ queria isso a poucos minutos atrás?!? Isso tudo por causa desses malditos hormónios da gravidez?!

S/n- V-você sabe da Gravidez?!

Ele me olha surpreso..


Tae-Claro que sei, afinal.. Vim aqui só pra dar os parábens pelo nosso bebezinho que esta crescendo em sua barriguinha! Ta, confesso, e pra te foder tb.. Mas isso n vem ao caso..


Fico em um longo silencio..


Tae- S-S/n.. Ñ vai me dizer que vc..


Concordo com a cabeça.. 


Ele pareceu ler minha mente..



Tae- VOCÊ FODEU COM OUTRO CARA NESSE MEIO TEMPO QUE EU SUMI?! S-SUA PULTA!

Minha expressão se transforma.. E fico muito brava..

Desfiro outro tapa em sua face..

S/n- COMO OUSA ME CHAMAR DE PULTA SEU RETARDADO, MEDIOCRE IDIOTA, POSSO SER PULTA MAIS PELO MENOS Ñ CHEGO AO SEU NÍVEL DE SUMIR SEM DEIXAR NÓTICIAS PRA PESSOA QUE TE AMAVA E DO NADA VOLTAR PRA CIDADE SEM ME CONTAR E COM UMA MULHER E UMA FILHA ALÉM DE QUE EU APOSTO QUE VC AINDA DEVE TER TRANSADO E MUITO COM AQUELA MULHER DEPOIS QUE FOI EMBORA, E AINDA MAIS DO QUE EU PELO OQ PARECE!


Aquelas palavras pareciam ter caido em seus ombros e ele abaixo sua cabeça rapidamente..



S/n- Nunca mais quero te ver seu seu.. Escravoceta do caralho!mesmo se esse filho for seu, EU VOU CRIA-LO SOZINHO!


Tae- O QUE?! COMO ASSIM?! Vc ñ pode tirar esse direito meu de ver meu filho, se ele for mesmo meu!

S/n- Ahaa mas posso, e posso sim!..

Tae- Sai do Meu carro, S/n!


S/n- Saio, mas saio com todo prazer!


Abro a porta e corro pra fora do carro daquele idiota, arrumo meu vestido e sigo em direção a calçada da rua, mas n sem antes bater a porta bem forte e mostrar um dedo do meio!..


O tae observa isso tudo.. Pensa um pouco e ent bem quando eu ia entrar novamente para dentro da casa de Jennie..


Tae- S-S/n, me desculpa..

S/n- Sai daqui logo seu idiota!

Falo muito brava.. 

Ele faz uma expresão ainda mais triste e então da ré em seu carro e então vai embora..

As luzes do poste se apagam e então tudo fica mais escuro ainda, e muitoo silencioso..


Sinto uma tontura e penso em jimin talvez pela 6° vez naquele dia..

Do nada sinto o chão chegando cada vez mais perto, e uma forte pancada.. Era meu corpo caindo no meio da calçada..


E assim..


Eu desmaiei no meio da rua escura e silênciosa..

 A ultima coisa que ouço era alguém chamando meu nome..



e sinto um liquido quente e gosmento saindo do meio das minhas pernas..




Depois disso..


Tudo escurece..









_____________________




Continua🌸













Notas Finais


Gostaram? Beijos!









🚀🚀🚀🚀🚀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...