História Escola de Deuses e outras criaturas (Interativa) - Capítulo 149


Escrita por:

Visualizações 40
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 149 - O nome das fadas part 2


Fanfic / Fanfiction Escola de Deuses e outras criaturas (Interativa) - Capítulo 149 - O nome das fadas part 2

Linha do tempo nº147

909 Mundo deste universo

Localização:Na frente do portão da escola.

(Atena)-E o sobre nome?

(Kurai)-Eu não tenho.

(Atena)-...mas isso é um problema...precisas de um.

(Kurai)-...(olha para Fox)

(Fox)-Podes usar o que quiseres…

(Kurai)-….então eu vou crer…Volgelmann.

(Atena)-Kurai Volgelmann...muito bem então vou te pedir para assinar aqui...e Fox vai ser teu tutor certo?

(Kurai)-(assina)….sim.

(Atena)-Então Fox assina aqui.

(Fox)-Certo...(assina)

(Atena)-E prontos é isto...segunda feira podes começar vir às aulas...o mesmo para ti Fox mas no teu caso é para apareceres mesmo.

(Fox)-Certo.

(Kurai)-Obrigada pela ajuda.

(Atena)-Não agradeças eu criei esta escola para isso mesmo...se precisares de ajuda é só pedir ok?

(Kurai)-Ok.

(Fox)-Se já está tudo nós vamos indo...ainda quero mostrar a escola há Kurai.

(Atena)-Certo...então nos vemos segunda.

Os Fox e Kurai acenam e saem da sala.

No corredor.

(Fox)-Kurai Volgelmann...sim fica bem.

(Kurai)-...desculpa se eu não escolhi o nome Grey.

(Fox)-Não tens de pedir desculpa...além disso eu já sabia que não ias escolher o nome Grey...eu já te posso conhecer desde que nasceste graças a tuas memórias…mas tu só me conheces há um dia...é normal nós ainda não termos muita intimidade um com o outro.

(Kurai)-(se põe a olhar para o rosto de Fox).

(Fox)-?...passa-se alguma coisa?

(Kurai)-Não...estava a pensar que és mais compressivo do que eu pensava.

(Fox)-...o que isso quer dizer?

(Kurai)-Desculpa...mas me contaram que não tinhas sentimentos...eu pensava que não tinhas…

(Fox)-Empatia?

(Kurai)-(abana a cabeça)

(Fox)-(sorri)...e não tenho...para ser sincero eu podia te dar um tiro no meio da testa e ir embora como se nada tivesse acontecido...não te preocupes eu não vou te dar um tiro...provavelmente...mas não é esse o ponto...eu realmente não tenho sentimentos...e aqueles que tenho são eliminados em cinco segundos...mas isso não significa que não os conheça...eu sei o que é amor, ódio amizade,tristeza etc. Claro que eu no inicio eu não fazia a mínima ideia deles...eu apenas fazia o meu trabalho da maneira mais fácil que conseguia...metade era matando ou destruído a fonte do problema...mas com o tempo foi passado e com muito estudo no comportamento humano é que eu comecei a perceber..”então isto é amor e isto é ódio”...passado mais anos comecei a entender que muitos sentimentos podiam ser confundidos por outros...e passado mais anos ainda eu comecei a por me no ponto de vista do outro comecei a ver como aquela pessoa se sentia e o que fez ela chegar até ali...contigo eu fiz o mesmo eu simplesmente pensei como sentias, as situações que passaste e um pouco a tua personalidade e cheguei à conclusão que não ias escolher o meu nome...e pensei para mim próprio “é eu não a posso culpar por isso...na realidade ela tem toda a razão”.

(Kurai)-Entendo...para alguém que não tem sentimentos tu sabes muito de psicologia.

(Fox)-Foram muitos an...Foi longa vinda a estudar sobre o assunto.

(Kurai)-Passaste tanto tempo assim a estudar para entender os humanos...melhor para entender tudo que tem sentimentos?

(Fox)-Não….eu fiz para intender a mim próprio.

(Kurai)-?

Encanto isso na biblioteca.

(Seline)-...a guerra das Fadas...um conto da minha terra natal…

(Misaki)-Vá Seline não percas tempo…

(Seline)-Certo...há muito tempo atrás…

...muito tempo depois da queda do lar, mas muito antes do ser humano aparecer elfos,anões,fadas,deuses,gigantes e muitos outros governavam o mundo. Naquela época a guerra reinava o mundo, os anões lutavam contra os elfos e Deuses contra os gigantes eram as mais conhecidas, mas havia uma ser que conseguia manter a paz em seu reino, as fadas, criaturas muito belas e fascinantes, elas tinham o mesmo poder mágico que os deuses, a sabedoria dos elfos e tecnologia dos anões, apesar disso eles controlaram um pequeno território, uma ilha que ficava a norte da Gália. Graças ao seu poder e diplomacia nenhuma outra ser se metia com elas. Mas neste mundo ninguém consegue manter a paz por muito tempo e vindos do norte do continente gelado as trevas desceram e com elas trouxeram o frio e gelo, como a ilha das fadas era a mais próxima foi a primeira a ser atacada, apesar das fadas terem lutado muito bem as criaturas do norte eram muito fortes, magia não funcionava nelas, armas de ferro e cobre eram muito fracas contra elas só se podia usar armas de aço, já por não dizer que as criaturas do norte estavam em grande numero, em apenas alguns dias as criaturas já tinham congelado metade da ilha, então em desespero o rei e rainha das fadas foram ter com…..

(Yuki)-Foram ter com quem Seline?

(Seline)-...não sei o resto do livro (vira o livro para eles) foi comido por traças.

(Akilah)-Traças...e eu a pensar que esta escola era boa.

(Misaki)-Não é bem assim...daquilo que sei esta biblioteca é mais antiga que a escola.

(Noami)-E agora?

(Yuki)-...talvez a Mina tenha outra cópia do livro.

(Misaki)-Sim vale a pena tentar.

(Seline)-(se levanta) Vou ver.

Encanto isso na entrada da biblioteca.

(Fox)-(abre a porta) E aqui é biblioteca...melhor local para dormir.

(Mina)-Se tu não ressonasses eu não me importava que dormisses aqui.

(Fox)-Eu não resono.

(Mina)-Como sabes se estás a dormir?

(Fox)-...Ok agora me apanhaste.

(Mina)-(olha para Kurai que estava ao lado dele)...quem é a garota?

(Fox)-Oh esta é Kurai Volgelmann...minha neta.

(Mina)-Volgelmann?

(Kurai)-(com um tom meio zangado) Sim.

(Mina)-Oh não leves a mal eu gosto do nome...eu só não acho que fique bem em mulheres.

(Fox)-É não é?

(Kurai)-Porque?

(Fox)-Espera tu escolheste esse nome e nem sabes o que significa?

(Kurai)-O que significa?

(Fox)-...Bom Volgelmann é um nome comum na Alemanha...mas significa.

(Mina)-Homem pássaro.

(Kurai)-...homem pássaro.

(Fox)-...no teu caso é pior porque Kurai é escuridão em japonês por isso fica o escuro homem pássaro.

(Kurai)-….(começa a ficar vermelha)

(Mina)-Vá vá...não é como se toda agente falasse alemão e japonês né?

(Fox)-Sim...ainda vão ser línguas complicadas.

(Kurai)-(ainda vermelha)….deixa para lá.

(Seline)-Mina...tu terias este livro?

Seline chega com os outros atrás.

(Mina)-(pega no livro)….devo ter mas vai demorar muito para o encontrar.

(Yuki)-Quanto tempo?

(Mina)-...no máximo uma semana.

(Todos do grupo do livro)- Uma semana?

(Akilah)-...tem de haver uma maneira melhor.

(Misaki)-Talvez aja algo na net?

(Seline)-….

(Fox)-Talvez eu possa ajudar...cal é o livro?

(Seline)-A guerra das fadas.

(Fox)-Oh essa guerra.

(Yuki)-Tu conheces essa guerra?

(Fox)-Sim...afinal sou fosso professor de história.

(Misaki)-Pois tinha me esquecido disso.

(Fox)-Além disso eu tive presente nessa guerra.

(Seline)-Sério?!...então tu sabes com quem a rainha e o rei das fadas pediram ajuda?

(Fox)-Sim...pediram a minha.

Fim do capitulo.


 


 


 


 

Explicações: Para quem não se lembra o nome Volgelmann era o sobre nome da irmã Ágata que cuidava da Kurai


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...