História Escola de mágia: O primeiro arcanista - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ação, Aventura, Fantasia, Romance
Visualizações 5
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Magia
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Me esbarro com uma maluca


De todas as partes do meu dia, a que mais detesto é acordar, é muito difícil ter de abrir os olhos e começar tudo de novo, hoje faz 2 dias que meu avô morreu, dizem que seu coração estava velho então ele simplesmente parou de bater, ainda sinto muita saudade dele, mas bem hoje é meu primeiro dia de aula na escola de magia e historologia de ômega deveria está acordado, eu acho...

Trin trin trin... Soou o alarme. Quando abro os olhos me espanto com a hora 6:58, exclamei em alto e bom som:

-DROGA ESTOU ATRASADO!

Não esperei nem mais um minuto, me levantei e fui correndo para o banheiro, que por algum motivo ficava na frente do meu quarto, escovei os dentes tão rápido que quando menos percebi já estava vestindo a primeira roupa que vi pela frente, e então fui a caminho da escola. Geralmente para poder cursar nesse instituto é necessário completar os seus 16 anos e ter no mínimo conhecimento de mágia, ou quem sabe ter até seu próprio dom, as pessoas que o possuem são chamadas de mancers, hoje é meu aniversário e acabo de completar 16 anos, e mesmo não tendo o conhecimento de mágia ou ser um mancer, fui aceito na escola simplesmente pelo nome de minha família, a aliás me chamo Thompyson Hyler, mas me chamam apenas de Thomy. Estava tão destraido que não observei oque vinha pela frente, e me esbarrei com uma pessoa, que deixou seu caderno e demais materiais cairem:

- Desculpa...

- Você não olha para aonde anda? - disse ela enquanto ia em direção ao caderno.

- É que estou atrasado, tipo bastante... - Mesmo assim seu bobalhão, existem outras pessoas e...

- 7:10 SÓ FALTAM CINCO MINUTOS! - me virei e corri novamente sem prestar atenção.

Por sorte cheguei antes que o portão fechace, não ajudei a menina, foi falta de cavalheirismo da minha parte, mas não poderia perder a inauguração, agora me dirigia ao pátio junto com muitos outros garotos e garotas, ficamos todos tumutados e uma leva de sussurros ecoavam. Quando repentinamente uma porta de abriu chamando a atenção de todos, e de la saiu uma mulher com cabelos roxeados e uma pele esbranquiçada, então ela começou a falar:

- Muito bem crianças, sejam todos muito bem vindos a escola de ômega, onde ensinamos a vocês o rumo da mágia juntamente com a história. - sussuros repentinos surgiram de todas as direções - Espero que seja um ano proveitoso a todos, então se dirijam a suas respectivas salas.

Ela estralou as pontas dos dedos e um ar gelado surgiu, seu corpo se envolveu em uma luz branca que logo se disssipou, e papéis passaram a cair na frente de cada um dos estudantes, inclusive na minha mão, era frio e com um número "59A": - Nos papeis que receberam estam o numero de suas salas, após reberem sigam seu tutor, sem tumulto. Disse um rapaz que se pôs a frente de todos, então essa é minha sala, as últimas palavras dele não adiantaram de nada, todos estavam muito ansiosos, inclusive eu. Em pontos específicos pessoas estavam chamando os alunos de salas diferentes, talvez os veteranos, ou quem sabe os professores, "Alunos da sala 60C por aque" disse um homem que pareceu atrás de mim "Alunos da sala 58B" disse outro que estava a minha direita, e finalmente uma mulher que estava na minha esquerda disse "Alunos da sala 59A sigam-me", fui atrás dela, com mais 30 ou 40 pessoas, ficava difícil saber com toda aquela movimentação, seguimos por um corredor largo, e depois viramos a esquerda, subimos uma escadaria em espiral e nos deparamos com outro corredor, seguimos por ele e dessa vez viramos a direita, no final existia uma porta com "59A" estampado em sua frente, a nossa tutora que estava na frente se dirigiu a porta e a abriu com uma chave, que apesar de parecer velha abriu sem dificuldade alguma, todos entraram na sala, e em menos de um minuto estavamos sentados, era uma sala grande com vários assentos e uma escadaria que cortava o centro, e lá em baixo um quadro negro enorme, fiquei na fileira de cima, na ultima carteira:

- Sei que já ouviram isso, mas sejam muito bem vindos. - Disse o rapaz que estava no palanque no final da escadaria, seus cabelos grisalhos tiravam a atenção de suas vestes meio surradas- Eu sou o professor Eliort Vugz, especializado em história e, principalmente, em mágia de batalha, hoje iremos fazer a primeira seleção da turma, onde saberemos as especialidades de cada um.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...