História Um novo mundo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Poderes
Visualizações 5
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


UM BEIJO NO POPO

Capítulo 1 - Aya Sasaki


Fanfic / Fanfiction Um novo mundo - Capítulo 1 - Aya Sasaki

Quando você acha que sua vida estava planejada,que você viveria sua vida igual todos.Terminara os estudos e tentara ate se acabar para entrar em uma faculdade,trabalhara,ganhara dinheiro mas não o bastante,conhecera alguém irá se casar ter um filho ou dois,e depois de um tempo morrerá.Mas eu nunca achei que minha vida seria desse jeito,sei que seria diferente,eu nunca busquei o comum,sempre quis o inesperável,ou qualquer outra coisa,eu só não queria viver a vida desse jeito,do jeito de todos,fingindo ser felizes mostrando que a tristeza não existe,que tudo isso é o real,mas com certeza não é.Existe um mundo que poucos conhecem,um mundo onde você faz sua própria história,cheio de magia aonde pode ser que quiser.E essa é minha história,como eu,Aya Sasaki,uma menina de apenas 16 anos que conseguiu ver esse mundo.Mas eu achava que ate nesses lugares,o mal não conseguia alcançar,mas estava errada,como sempre.O mal,estava em todos nós,eu só não queria acreditar nisso.Todos somos monstros por dentro e eu era a pior deles.

 06:00 manhã
O despertador toca,me levanto exausta e fico uns 5 minutos olhando para o nada pensando em absolutamente nada.Dou uma ajeitada em meu cabelo e me levanto,ouço um barulho forte vindo do andar de baixo.

-Oni-chan?...esta em casa?...-Paro na escada olhando ao redor não encontrando ninguém 

Deve ter sido só minha imaginação,não consegui dormir noite passada novamente 
Subo as escadas ate o banheiro.Tranco a porta e para no frente do espelho e começo a escovar os dentes.Acabo e vou para meu quarto e me arrumo 

Vamos ver..
Pego meu jeans rasgado preto e o coloco e,por cima ponho uma blusa comum com um moletom.Penteio meu cabelo e deixo o mesmo solto.Coloco uma meia e desço.Pego uma maça que estava em cima da mesa e começo a come-la.Calço meu tênis e pego minha mochila e ouço novamente o barulho só que vindo de meu quarto

Que barulho é esse?..Estou atrasada,não posso ligar pra isso
Saio de casa trancando a porta.Vou ate o ponto de ônibus e espero meu ônibus.

07:00 da manhã do mesmo dia
Chego na escola nova e olho ao redor.Ela era igual a todas que já estudei acho que a unica diferença é que essa escola esta lotada de gente.Tento passar por todos sem bater em ninguém,era quase impossível,mas consegui.Vou ate um banco que era o único lugar que estava vazio.Me sento e espero o sinal tocar enquanto estava olhando para baixo e ouvindo minhas musicas com meu fone.O sinal toca depois de uns 3 minutos e então espero um pouco para diminuir a multidão e vou logo em seguida.Vou ate a minha sala e vejo que todos já haviam se sentado então peço licença para entrar e o professor autoriza.Sento no primeiro lugar que tinha visto vazio e olho para fora da janela.Estava um dia bonito mas frio,isso me fez sorrir.

Podiam fazer uma bela poesia disso.
Enquanto estava olhando para a janela não notei que havia um garoto parado do meu lado em pé

-Ei,esquisita,ai é meu lugar-Ele era um garoto alto,cabelos negros que quase chegavam em seus ombros.O olhar dele era profundo,eu poderia muito bem me apaixonar por ele,se não tivesse essa personalidade bosta-Então esquisita,não vai sair?-Ele se apoia na messa com uma das mãos e chega perto do meu rosto e fala baixo-Vai ter que ser por mal?

-Você não é nem um pouco educado,parece um cachorro de rua-Me levanto e pego minha mochila saindo da sala-Só que eles são mais fofos 

-Estamos em aula sabia?-O mesmo diz sendo sarcástico 

-Então preste atenção,imagine ser mal educado e burro?-Dou um leve sorriso escondido e me retiro da sala.Paro do lado sem ninguém ver e respiro forte segurando meu peito 

Caramba eu fui demais
Volto a andar e coloco meus fones.Ando quase por toda a escola ate ver uma escada que dava para o telhado.Subo ela e me deito olhando para cima e acabo adormecendo 

-Ei.....EI!-Acordo assustada com o grito e vejo uma garota meio baixa.Tinha cabelos pretos também,mas parecem sem vida,diferente da garoto de antes.Os olhos dela eram um verde claro e ela era fofinha-Você foi incrível falando daquele jeito com o Akira-Ela sorri sentando do meu lado

-Akira?...-Me levanto ainda com sono-Não sei quem é 

-Sim.Akira Katsuo.O garoto de cabelos negros-Ela olha para mim com animação-Você é diferente-Ela se aproxima de meu rosto

-Hã?...V-você também é...-Fico meio sem jeito com ela dizendo isso

-É mas isso é bom,não gostaria de ser comparada com as garotas daqui-Ela olha para frente e os olhos dela parecem mudar de cor

-Ual,isso é lente ou oque?-Tento olhar para os olhos dela 

-Hã?Ah,isso?-Ela olha para mim-Ah é...-Ela olha para frente e para de falar e se levanta e desce com pressa dali

-Hã?...-Olho para aonde ela tinha olhado e não vejo ninguém.Me levanto e me despreguiço e tento fingir que nada daquilo aconteceu.Me sento e tiro um almoço da minha bolsa e o como.Termino de comer e me levanto,vou ate a escada e começo a descer ela rápido e acabo escorregando e caindo no chão

-Ah...droga!-Coloco a mão na minha cabeça aonde tinha batido e vejo uma pessoa parada ali na frente-S-Sensei...-Me levanto rápido pois tinha lembrado que foi na aula dele que eu havia saído-M-Me desculpe...e-eu...-O professor era alto e magro.Usava oculos.Ele estava sempre de terno e era uma gracinha 

-Relaxa,estamos quietes pois eu não te ajudei quando estava caindo-Ele se senta em uma mureta que tinha ali-Mas então,qual seu nome minha jovem?

-Hã?Ah..quer dizer...Sasaka..Sasaka Aya-Fico muito sem jeito e então resolvo olhar para baixo 

-Muito bem Aya,vou ser direto.Não se meta com Akira e muito menos com a Ryoko-Ele se levanta serio,parecendo que aquilo era como uma regra que se não comprida ele iria me matar

-Ryoko?...A garota dos olhos que mudam de cor?-Olho seus olhos,mas aqueles olhos me causavam medo e então,desvio na hora

-Isso,enfim,esta avisada.Espero que não tenha que repetir-Ele me da um sorriso e fico espantada.Aquilo não era nada agradável.Quem era esse homem?Ele sai sem dizer mais nada e então eu fico um tempo parada pensando aonde eu estava

Que escola meu irmão me mandou.Ele disse para mim se aproximar desse professor,e obedece-lo,mas isso era serio mesmo?Não posso acreditar nesse cara.Oque tem de errado nessa escola...

 

 

 


Notas Finais


Desculpem qualquer coisa,mas como é uma historia original realmente foi dificil,espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...