História Escolha de casal - Capítulo 10


Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Androide Nº 16, Androide Nº 17, Androide Nº 18, Arak, Awamo, Babidi, Bardock, Bills, Borgos (Toteppo), Botamo, Bra, Brolly, Bulma, Campari, Caulifla, Cell, Champa, Chaos, Chichi, Cooler, Dabura, Dai Kaiohshin, Daishinkan, Dende, Enma Daioh, Fasha (Seripa), Freeza, Frost, General Tao Pai Pai, Gine, Gohan, Goku, Goku Black, Goten, Gowasu, Grande Patriarca (Saichourou), Grandpa Gohan, Helles, Hit, Iwan, Kaiohshin, Kakaroto, Kale, Kami-sama, Kuririn, Kusu, Kyabe, Liqueur, Lunch, Magetta, Majin Boo, Marcarita, Marron, Martinu, Mestre Kame, Mestre Karin, Mestre Mutaito, Mestre Tsuru (Tsurusennin), Minotia, Miss Piiza, Mojito, Monaca, Moori, Moscow, Mr. Satan, Nappa, Oob (Uub), Oolong, Pan, Panbukin, Personagens Originais, Piccolo, Porunga, Pual, Quitela, Raditz, Rei Cold, Rei Vegeta, Rumoosh, Senhor Kaioh (Kaioh do Norte), Shenlong, Sidra, Spopovich, Sr. Kaioh, Sr. Popo, Tapion, Tarble, Tenshinhan, Tights Brief, Toma, Trunks, Turles, Vados, Vegeta, Vermoud, Videl, Whis, Yajirobi, Yamcha, Yamu, Zamasu, Zen'Oh
Visualizações 50
Palavras 591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Harem, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Trunks x Pan! Parte 3!


Fanfic / Fanfiction Escolha de casal - Capítulo 10 - Trunks x Pan! Parte 3!


                     Pov's Pan


Estou no banheiro,tomando banho na banheira e pensando em mil e umas coisas. Saudades da mamãe e do papai,saudades da Terra e várias outras coisas,mas principalmente,tenho saudades de como tudo era antes...

Eu e Trunks não nos falamos já faz uma semana e meu vovô percebeu isso. As vezes ele pergunta o porque disso e eu sempre digo a mesma coisa.

"Não é nada vovô!"

Eles estam dormindo agora e quis me refrescar um pouco,está um calor...!

- Pan? - Ouvi uma voz do outro lado da porta. Era a voz do... - Sou eu,Trunks! - Ferrou. - Quero falar com você,pode sair? 

- Não quero sair daqui Trunks. - Falei grossa. Primeiro,esse banho está me fazendo esquecer das coisas ruins. Segundo,depois do que aconteceu,não estou muito afim de falar com ele,apenas curtos diálogos.

- Não pode ou não quer? - Isso é sério?

- Ainda pergunta? - Perguntei grossa.

- Você deixou a porta destrancada. - Como ele sabe disso!?! - Se não quiser sair,eu vou entrar! 

- Você não tem coragem! - Isso é verdade! 

- Quem disse? - Ao ouvir isso,meu corpo se estremeceu e me afundei ainda mais na água da banheira até me cobrir toda. Em seguida,ele abriu a porta com força e a trancou ao entrar e o que eu vi me fez corar ainda mais!

- P-Por que está só de cueca box Trun-Trunks? - Guaguejei assustada e vi ele andar até mim. Eu queria afasta-lo,mas por algum motivo,meu corpo não se movia. Eu estava paralisada,literalmente!

Ele chegou na beira da banheira e tirou sua cueca box na minha frente e a jogou em um lugar qualquer. Ele estava duro!!!

Ele entrou na banheira e tive que dar espaço para ele entrar. Acho que nem preciso explicar como eu me sentia né!?!

- Trunks,saia já daqui,A-G-O-R-A!!!! - Exclamei com raiva. Ele se aproximou de mim e selou nossos lábios. Por que diabos ele fez isso!?!

O beijo era profundo e calmo,mas aos poucos ganhou intensidade e me perdi no beijo. Quando eu dei por mim,já estava sentada no colo dele. 

- Trun-Trunks. - Gemi quando nossos lábios se separam. Ele me olhou com luxúria e desejo e começou a mordiscar os meus peitos. - Ah! Ah! - Gemi por tal contato. 

Ele beijava e mordiscava meus peitos com uma certa força,mas com delicadeza.

- Se prepare. - Foi o que ele disse ao se separar de meus peitos e posicionar seu membro em minha entrada. Estremeci. - Vai doer um pouco,mas logo essa dor se transformará em prazer. Você verá! - Falou olhando para mim.

- T-Tudo bem...! - Guaguejei e já senti o membro dele me invadir com tudo! A dor era enorme,mas me calei aguentando o choro.

- Calma Pan,vai passar! - Ele falou enxugando minhas lágrimas que insistiam em sair. Fazer o que né?

Ele dava estocadas profundas e fortes com rapidez. Eu me agarrei em seu pescoço e meus peitos ficaram juntos com seu peitoral definido. Pouco tempo depois,senti um líquido  me preencher e gozei  junto a Trunks. Fiquei agarrada em seus pescoço e ele em minha cintura.

Estávamos ofegantes e exaustos. Durou pouco tempo,mas amei cada momento!

- Trunks. - O chamei e ele me olhou. - Por-Por que fez isso? - Perguntei estranhando-o.

- Porque eu sempre te amei! - Ele confessou. Isso é... Sério? - Quando você confessou que me amava,eu fiquei feliz! Muito feliz mesmo! Mas isso seria considerado pedofilia,pois você tem 14 anos e eu 28.

- Ainda bem que você é meu pedofilo! - Exclamei juntando nossos lábios e ele botar suas mãos em minha cintura.

Mais uma vez,nossas corpo se tornaram um só!




Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...