História Escolhas... - Kim Namjoon or Kim Taehyung. - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE, Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Personagens Originais, Yuqi
Visualizações 31
Palavras 924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


7 coments

Capítulo 14 - Sinceridade.


— Namjoon? — Falei após minutos em silêncio. 


— Oi? 


— Você falou que a gente tava se conhecendo... Então porque me pediu em namoro? — Ele pegou em meu ombro e o puxou, fazendo eu me virar de frente pra ele. 


— Não quer namorar comigo? 


— Quero sim...  Só estou um pouco surpresa demais... — Ele sorriu fechado. 


— Dizem que quando uma garota transa com um garoto que ela gosta, ela gosta ainda mais dele... Aconteceu com você? — Ri. 


— Na verdade é quando o garoto que ela gosta tira a virgindade dela. 


— Ah...


— Mas não liga não... A cada segunda eu gosto ainda mais de você. 


— Isso foi fofo... 


— Tudo em mim é fofo. — Falei óbvia. 


— Convencida? 


— Realista. 


(...) 


Eu poderia dizer que estava tudo perfeito. Poderia dizer que nada poderia estar melhor. Mas não era verdade. Nunca tive dúvidas dos meus sentimentos por Namjoon. Nunca tive dúvidas de que eu tinha a melhor irmã e a amiga do mundo. Nunca tive dúvidas de que eu tinha os melhores amigos do mundo. Nunca tive duvidas de que eu poderia ser quem eu quiser. Nunca tive dúvidas da minha beleza interna e externa, do meu potencial, do meu talento, de NADA. APENAS DE UMA COISA. Os meus sentimentos pelo Taehyung, quer dizer, somos melhores amigos. Não sinto nada, nada por ele. 

Mas eu tenho certeza de que ele está beijando a Jennie só pra me provocar. E conseguiu. Porém, eu não vou fazer nada, não tenho o direito. 


— Vai ficar parada aí, amor? — Namjoon me tira do tranze. 


— Só estava admirando a cena. — Soltei sem querer e ele olhou pro Taehyung e pra Jennie. 


— Você ficou... — Interrompi ele. 


— Com ciúmes?  Por que eu teria? — Me virei pra ele sorrindo sarcástica. 


— Só achei que... 


— Não pense besteiras, Namjoon... — Ele olhou pro "casal" e baixou a cabeça por um momento. 


— Acho melhor entrarmos... 


— T-Tabom. — Entrelacei nossos dedos e entramos na escola, ignorando o casal. 


O percurso foi normal. Os alunos nos cumprimentaram o nós devolviamos o cumprimento sorrindo, outros sorriam o nós fazíamos o mesmo. Algumas cochichavam e eu apenas ignorava. Até chegarmos no outro lado do salão principal, onde nós sempre esperava os outros do nosso grupo. 

Eu fiquei calada, enquanto Namjoon conversava com um de seus colegas de equipe. Fiquei encomodada com o jeito que Namjoon olhou pra Jennie e pro Taehyung. Talvez, ele ainda goste da Jennie... Ou talvez, eu esteja viajando na maionese. Ou talvez não. 

Ia sair dalí de perto, mas fui puxada pelo pulso. 


— Não vai esperar o resto do pessoal? 


— Me solta! — Gritei, puxei meu braço de volta e sai pisando firme e com raiva, atraindo olhares curiosos. 


— S/n, espera! — Ouvi a voz de Namjoon assim que eu dobrei o corredor dos armários. — O que foi? — Ele parou a minha frente. 


— Eu só não entendo...


— O quê? 


— Namjoon... Desde o começo, eu gosto de você, desde o começo, pelo que eu entendi, você gosta da Jennie, desde o começo ela gosta do Taehyung e desde o começo ele gosta de mim... Ou pelo menos gostava. — Falei rápida. 


— Onde você tá querendo chegar com isso?


— Apenas seja sincero comigo. 


— Em quê?! — Suspirei. 


— Eu vou ser sincera com você... Eu senti ciúmes quando vi o Tae e a Jennie se beijando, muito ciúmes... — Ele apenas me olhava em silêncio. — Sei que você sentiu o mesmo, mas eu quero que você fale isso pra mim. 


— Tá, eu te falo... — Sorri minimamente. — Eu senti ciúmes... Mas eu senti ciúmes da minha namorada sentindo ciúmes de outro garoto... E não de uma garota que eu considero apenas uma amiga. — O olhei incrédula. 


— Namjoon, eu... — Ele me interrompe. 


— Só acho que se é do meu irmão que você gosta, não é comigo que você devia ficar. — Ele se vira pra sair, mas eu seguro sua mão. 


— Vai terminar? 


— Eu não quero terminar... Se você quiser, você que termine. 


— Namjoon, eu te amo, de verdade. — Ele sentou-se no chão, encostado em um dos armários e eu sentei ao seu lado. 


— S/n, se eu gostasse da Jennie, eu não teria te pedido em namoro. Mas se você gosta do meu irmão... 


— Eu não gosto dele, só que por algum motivo eu senti ciúmes... 


— E se não achasse que eu senti o mesmo, não teria me contado... Não é? — Assento de cabeça baixa. 


— Desculpa... Nós acabamos de começar a namorar, não acho que seja saudável já termos uma discussão... — Virei seu rosto pra mim e o beijei seu rosto. 


— Promete que vamos ficar juntos. 


— Namjoon... Eu não posso prometer isso... Muitas coisas vão acontecer ainda e temos que analisar se no final disso tudo, ainda vamos estar juntos... Vamos deixar Deus decidir. 


— Você e seu Deus... Ele vai fazer nós ficarmos juntos? Não, porque ele não existe. 


— Não vamos falar de religião agora... Mas eu prometo que vou tentar de tudo. — Ele assentiu. — Vamos esquecer o que acabou de acontecer... Nós nunca tivemos essa conversa. 


— Tá... Bipolar. 


— Ei, eu não sou bipolar! — Ri. 


— É sim, S/n, você é muito bipolar! — Tae e Jennie aparecem no corredor rindo, de mãos dadas. 


— O Tae tem razão, amiga. 

















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...