História Esconderijo - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii meus lindos sentiram saudades de mim? mais um capítulo fresquinho pra vocês. Boa leitura

Capítulo 14 - Desgaste emocional


CLARA /..... 

A- tinha que ser essa letra Clara?  

-Foi tudo que ouvi de Aline que estava de braços cruzados a minha frente,  A mesma me puxou pra outro local longe dos meninos que ficaram lá com caras de ponto de interrogação 

A- eu não sei porque Elisa saiu correndo,  mas acho melhor que quando ela volte, ela não te veja aqui,  não sei porque você causa essas reações nela toda vez que ela te vê ela sai correndo aos prantos....

C- não percebeu?  Ela é a Cinderela. Sempre foge quando o sino da suas badaladas,  brinquei tentando sair daquele assunto mais rápido possível 

A- Clara não estou pra brincadeira,  e pelo que eu tô vendo você não está nem aí prós sentimentos dela não é mesmo?  

C- E ela se emportou com os meus?  Primeiro que Elisa não tem sentimentos, segundo ela só chorou porque não aguentou ouvir a verdade emitindo de dentro de mim...  "A verdade dói" ela precisa aprender uma lição,  precisa aprender a não enganar mais as pessoas,  agora se me der licença,  preciso ir embora. 

- Clara disse dando de ombros para Aline a deixando sozinha,  a mesma ficou furiosa por Clara ter deixado sua prima naquele estado,  Aline e Elisa eram inseparáveis, e a mesma odiava quem machucasse sua prima,  Aline bufou de raiva,  respirou fundo e foi se encontrar novamente com os garotos fingindo estar tudo sobre controle.

                    [...]

- Clara chegou em casa,  já no final da tarde,  estava se sentindo aliviada por ter colocado aquela dor pra fora,  mas ao mesmo tempo. Não conseguia entender porque ainda estava triste, um flash back de Elisabeth segurando nas mãos de Nathan não saiam de sua cabeça.

C- porque diabos estou com ciumes daquela cena?  Eu não tenho direito de ter ciumes dela,  - Clara se espraguejou por sentir falta da companhia de Elisa. 

- Como eu sinto falta de suas mãos coladas na minha,  falta do cheiro dela,  céus não!

- De novo não!




Notas Finais


Capítulo bem curtinho porque o próximo vai ser enorme e cheio de surpresas
... Aguardem obrigado por terem lido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...