História Escondidos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Seungcheol "S.Coups"
Tags Chan, Dino, Fluffy, Hansol, Jeongcheol, Jeonghan, Mingyu, Ot13, Scoups, Seungcheol, Seungkwan, Seventeen, Vernon
Visualizações 151
Palavras 696
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem bobinha mas imagino eles atormentando Jeongcheol assim uahsuahsu

Boa leitura <33

Capítulo 1 - Acordando Cedo


– Hannie, acorda, nós precisamos ir agora. –Seungcheol sussurrou distribuindo vários beijinhos pelo rosto do namorado.

– Ainda está cedo, vamos dormir. – o loiro resmungou puxando o namorado e se enroscando num abraço.

Se não fosse tão urgente, Seungcheol com certeza jogaria tudo pelos ares e voltaria a dormir agarradinho ao mais novo, porém, a situação era séria e ele tinha que impor autoridade de mais velho em ação.

– Yoon Jeonghan, levanta dessa cama agora. – disse e o vocalista bufou bagunçando seus cabelos loiros.

– Você já olhou os meninos? – perguntou levantando da cama e colocando as pantufas fofinhas nos pés.

– Sim, estão todos dormindo.

O Yoon se arrastou até o banheiro e ligou o chuveiro.

– Nem pense, senhor. Não temos tempo pra isso. – Seungcheol apareceu na porta do banheiro.

– É só um banho! – fez bico. – Eu preciso disso pra acordar.

– Se você não tivesse tido aquelas ideias ontem, você não estaria tão cansado.

– Você fala como se não tivesse gostado. – bufou e pegou a escova de dente.

– Não estou reclamando de nada, podemos até repetir mais tarde, mas agora nós precisamos fazer rápido. – apressou o mais novo e lhe entregou as roupas que o próprio havia separado na noite anterior.

Devidamente higienizados e trocados, o casal pegou seus pertences e fechou a porta com cuidado, andando na ponta dos pés para não acordar ninguém.

Com muito esforço, e depois de Seungcheol ter esbarrado na luminária e chutado a cadeira da sala, os dois chegaram na cozinha.

Mas bufaram em frustração quando acenderam a luz.

Mingyu, Hansol, Seungkwan e Chan estavam, um ao lado do outro, olhando para os mais velhos com um sorriso enorme no rosto, além de que os quatro estavam devidamente trocados.

– Posso saber onde é que vocês vão uma hora dessas? – Seungcheol perguntou como se não soubesse de nada.

– Vamos com vocês. – Mingyu disse sorrindo.

– Não sei do que estão falando. – Jeonghan pegou a chaleira no armário para fazer o café.

– Vamos, não se façam de desentendidos, todos nós sabemos onde vocês vão. – Seungkwan disse com um sorriso que, aos olhos do Choi, era sádicos.

– Ok, nós vamos sim, mas ninguém vai junto. – Seungcheol disse.

– Mas nós queremos ir. – o vocalista inflou as bochechas.

– E eu estou dizendo que ninguém vai. Vamos, voltem para a cama. – ordenou mas nenhum deles obedeceu.

E, para a surpresa do casal, Seungkwan começou a chorar.

– Hyung, olha só o que você fez! – Hansol repreendeu o mais velho e abraçou o Boo.

– Kwan, não chora, por favor. – o líder pediu arrependido.

– S-só se vocês levarem a gente. – o mais novo disse entre o choro.

Seungcheol olhou para o namorado que suspirou.

– Meninos, olha só – o loiro começou mas foi cortado pelo maknae.

– Não, tudo bem, vocês não precisam nos levar, mas quando voltarem poderão ter uma conversa muito séria com o manager hyung. – o mais novo disse calmo. – Eles saberão que vocês dois nos tiraram do quarto com a desculpa de que tinha uma barata e nos mandaram dormir no quarto dos outros, além de nós termos ouvido alguns barulhos estranho no meio da noite. – terminou sorrindo inocente.

– O-ok, vocês venceram. – Seungcheol disse derrotado. – Saímos às nove. – suspirou e voltou para o quarto, enquanto os mais novos comemoravam.

– Por que acordaram tão cedo? – Mingyu perguntou abraçado em Chan.

– Porque nós íamos sair antes de vocês acordarem. – Jeonghan revirou os olhos e seguiu o namorado. – Nos chamem quando der a hora.

O casal voltou para a cama, se aconchegando um no outro e voltando para o mundo dos sonhos.

Foram acordados algumas horas depois, por Chan e Seungkwan pulando na cama, feito duas crianças.

– Hyung, vamos, está na hora! – o mais novo do grupo chacoalhou animado o loiro.

– Qual é o problema de vocês? – bufou se levantando e puxando o mais velho junto.

Todos prontos, os seis desceram até o estacionamento e entraram na van, emprestada do manager. Seungcheol deu a partida e olhou para os quatro atrás de si, que pareciam estar ligados no 220.

– Vocês falaram com os outros? – Jeonghan perguntou e Seungkwan assentiu.

– Disseram que querem o mesmo de sempre.

– Todos de cinto? – o líder perguntou e recebeu um ‘sim’ em uníssono. – Bom, então supermercado, aqui vamos nós.


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3

XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...