História ""Escrava sexual"" - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Lee Chan "Dino", Lee Seokmin "DK", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN"
Tags Seventen
Visualizações 212
Palavras 1.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Peço perdão por minha ausência.. é que o meu trabalho tá me sugando as energias e o tempo.. mas juro que não me ausentarei mais por tanto tempo assim😄..
Então vamos com mais um capítulo da nossa história zamores meus💞😍😉.

Capítulo 15 - ""Capítulo 15""


Fanfic / Fanfiction ""Escrava sexual"" - Capítulo 15 - ""Capítulo 15""

                Juh 

Então fique longe do que é meu novata.. Choi é meu entendeu? Ele é meu. - May me ameaça e eu engulo em seco apenas confirmando com a cabeça. 

Boa garota.. porém ainda não estou satisfeita.. quero que você o rejeite na próxima vez que ele a quiser em sua cama.. faça isso novata e nosso segredo nunca será descoberto.. 

Eu.. eu farei isso. - tremo assustada.. afinal.. uma mulher dessas é capaz de acabar com a minha vida e fazer com que o Jeonghan e o Choi se matem. 

Foi muito bom negociar com você.. até mais. - ela sai do quarto e eu me ponho a pensar em como será o meu futuro incerto. 

                 Choi 

Após tomar meu banho, saio do banheiro vestido em meu roupão.. noto que a Juh nem se quer tocou no seu café da manhã... o que já me deixa intrigado.

O que ouve? Tá sem fome?. - sento ao seu lado na cama colocando minha mão em sua perna.

Ahn? Ah.. é que tô sem fome?. - ela responde e levanta da cama indo pro banheiro onde se tranca.

Uhm.. muito suspeito.. sei que ah algo de errado acontecendo e eu irei descobrir o que é. - me arrumo e após pronto sigo pra cozinha onde me sento ah mesa pra tomar o meu café. 

Fiz um bolo pro senhor. - May toda manhosa pôe o bolo que fez a minha frente. 

Muito obrigado May.. mas eu não quero bolo agora.. irei ficar só no café.. - seguro sua mão que já ia cortar um pedaço do bolo pra mim. 

Entendo.. irei coloca-lo no forno e mais tarde o senhor come. - ela sorrir educada.. mas seu sorriso me incomoda e eu a pego pelo pulso.

O que você falou ou fez pra Juh pra que a mesma ficasse pensativa?. - a olho fixo nos olhos e ela desvia seu olhar pro lado. 

Fala May. - aperto seu pulso já irritado.. eu sei que ela aprontou alguma coisa.. pois já conheço bem seu mau caratismo. 

Meu senhor eu não fiz nada.. eu juro.. por favor acredite em mim. - ela muda de cor e seus lábios tremem.

Vejo que nada mudou durante minha ausência. 

Irmão??? Mano. - solto a vadia da May e corro ao encontro do meu irmão. 

Cara como c tá uhm?.. sentir tua falta. - o abraço apertado e ele a mim. 

     Jeonghan e Choi 

Eu tô bem mano e também sentir tua falta. - separamos o abraço e eu procuro por Juh que não está na cozinha.

Aonde está a Juh?. - fecho meu sênior por pensar que ela pôde ter ido embora com o Hansol. 

A Juh?. Bem ela. - me calo ao vê-la adentrando o cômodo.

Olha ela aí.. - sorrio ladio e ele vai ao encontro da mesma. 

Juh.. que saudades que eu sentir de você.  - a abraço afagando seus cabelos e ela não faz movimento algum. 

Sei que ainda estás chateada comigo.. mas eu juro que a farei me perdoar, serei merecedor do teu perdão e do teu amor. - separo meu abraço e toco seu rosto que não demonstra nenhuma expressão de alegria ao me vê. 

Vem comigo que eu tenho alguns presentes pra você.. sei que irás gostar. - pego sua mão e ela fica parada no mesmo lugar.

Eu não quero nada que venha de você Jeonghan e se você faz tanta questão assim de me presentiar.. dei-me minha liberdade. - ela se mantém firme e eu olho pro Choi que balança as mãos como quem diz c quem sabe. 

Esse presente eu nunca poderia te dá Juh.. sinto muito. - solto sua mão permanecendo parado ao seu lado. 

Ei.. ou.. vamos parar com essa melação que já está me dando náuseas.. vem mano senta aqui e toma café com o teu irmão. - pucho a cadeira pra ele.

Você pode tomar café conosco Juh?. - pergunto com minha carinha de anjinho e ela sem falar nada se dirige até a mesa logo sentando em um dos lugares e eu me sento ao seu lado ficando de frente pro Choi. 

May.. nos faça o favor de sair da cozinha e Mary nos sirva. - May enfesada sai da cozinha e a Mary nos serve assim como foi mandada. 

        *quebra de tempo* 

Após o café.. Juh mesmo contra sua vontade seguiu com Jeonghan pro quarto do mesmo.. Choi não ficou nada satisfeito com isso.. porém.. ele é ciente que a mesma pertence ao irmão e não se meter entre os dois no momento é a coisa mais sábia a se fazer.. pois assim a Juh não sofrerá castigos vindos do Jeonghan que quando enciumado perde a cabeça e a noção das coisas que faz. 

       Jeonghan e Juh 

Olha só.. é tudo pra você. - ponho sobre a cama.. roupas.. sapatos e perfumes que sei que ela gosta.

Muito obrigado por tamanha gentileza vinda de sua parte Jeonghan.. mas como já havia falado anteriormente.. eu não quero nada que venha de você.  - o olho fixo nos olhos.. sei que estou brincando com fogo e que poderei sair machucada nessa.. mas não ligo.. ele precisa saber que não pode me agredir e depois assoprar achando que ficará tudo bem.. Jeonghan tem que aprender a também ser contrarido mesmo que ele não queira. 

Por favor Juh.. não fala assim comigo.. eu sei que vacilei com você mas.. mas eu te amo.. te amo muito. - a pucho pela cintura colando nossos corpos permitindo-a sentir o pulsar do meu coração e o calor do meu corpo.. mordo e beijo seu pescoço.. apertando sua cintura com carinho. 

Por favor Jeonghan não faz isso.. me solta. - tento empurra-lo mas é em vão pois ele é bem mais forte que eu.

Faz amor comigo Juh.. por favor faz amor comigo.. eu tô morrendo de saudades desse teu corpo delicioso e desse teu cheiro que me enlouquece. - acaricio sua cintura e costas.. dando alguns chupões em seu pescoço. 

Eu não quero Jeoghan.. não quero que você me toque nunca mais. - o empurro e ele bufa já mudando sua fisionomia de calmaria pra tempestade.. mas logo respira fundo e com seu semblante calmo olha pra mim. 

Te darei um tempo Juh.. todo tempo que for preciso pra que você me perdoi.. porém até lá.. você ficará aqui comigo.. dormirá no meu quarto e na minha cama ao meu lado todas as noites. - saio do meu quarto e sigo pra sala onde encontro o Choi. 

          Jeonghan e Choi 

Já matou as saudades?. - pergunto irônico pois sei que o pouco tempo que ele ficou no quarto com a Juh.. não daria pra fazer nada.

Ela não quer que eu a toque mano.. a Juh me odeio com todas as suas forças.. eu sou um idiota.. fui agir por impulso e agora corro o risco de perde-la de vez. - abaixo minha cabeça me sentindo horrível. 

Não fica assim mano.. logo tudo se resolverá e quer saber.. já que ela não quer mais que você se aproxime dela.. a venda.. se livra logo dela.. tenho certeza que o Vernon ainda quer compra-la. - dou a idéia pois sei que é isso que ela quer.. não posso negar que eu também a quero agora.. porém.. não posso obriga-la a ficar comigo sendo que ela quer o Vernon. 

Vende-la???? E pro Hansol? Mais de jeito nenhum Choi.. a Juh é minha e sempre será minha nem que pra isso eu. - paro ao ter a idéia certa pro meu problema.

Nem que pra isso o que Jeonghan?. - pergunto receoso.. pois a mente do meu irmão muda e raciocina em questão de segundos.. logo não sei do que ele pode ser capaz.. na verdade nem ele mesmo sabe do que pode ser capaz de fazer. 

Nem que pra isso eu tenha que me casar com ela. - sorrio vitorioso.

CASAR???.. Jeonghan você.. você tá ficando maluco é isso?.. cara você não pode se casar com ela assim do nada.. isso.. isso é loucura irmão. - entro em pânico com a informação.. Jeonghan não pode está falando sério.. ele não pode se casar com ela e como eu havia prometido pra mesma que iria ajuda-la.. não permitirei que isso aconteça.

Porque não posso me casar com ela ahn? Por um acaso você também a quer Choi?. - o encaro sério.

É claro que não mano.. para de falar bobagens.. eu só acho que você está se precipitando ao agir assim. - me explico e ele passa a mão na nuca estralando seu pescoço.. o que não é nada bom. 

O que rolou entre vocês dois enquanto eu estive fora Choi? Não ouse mentir pra mim.. pois irei descobrir mais cedo ou mais tarde e c sabe que não suporto ser enganado. - meio que o ameaço e ele fecha o sénior. 

Não duvide de minha lealdade ah você irmão.. entre mim e Juh não rolou nada. - sou firme em minhas palavras.

Sei.. lealdade não é mesmo?. MAY VEM AQUI AGORA. - a grito e ela logo aparece na sala.. o olhar do Choi não nega seu pânico e eu não perco tempo com arrodeios indo direto ao ponto. 

O que rolou entre o Choi e a Juh enquanto eu não estava aqui? Seja sincera comigo ou eu juro que te mando embora sem nada.. com uma mão na frente e outra atrás. -  a ameaço e ela engole em seco.

Vejo Jeonghan ameaçar a May e rezo pra que a mesma não dê com a língua nos dentes.. não temo por mim e sim pela Juh que irá pagar por algo que foi minha culpa. 

Entre a Juh e o senhor Choi.. 


CONTINUA...


Notas Finais


Bjos d luz da Omma nos seus lindos corações minhas doidiças💞..
Me aguardem q logo postarei um novo capítulo🤗😗😗😗😗😗😗😗😗😉..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...