História Escrava Sexual - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 58
Palavras 595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - O começo


Cheguei agora á casa do homem que me comprou... Estou bastante triste, mas se é o que o destino esperou pra mim...

Toco á campainha e uma garota mais ou menos da minha idade, ruiva e magra me atende e fala que é pra ir num certo quarto e vestir as roupas lá colocadas.

Estranhei um pouco, mas subi as escadas e após uns minutos perdida, encontro o meu quarto. Abri a porta e encontro uma grande cama de casal com vários brinquedos sexuais espalhados... Em cima da cama constava uma pequena langery transparente que, realmente, não tapava nada do meu corpo. Procurei por mais roupa mas não as encontrei. Então senti-me na cama e raciocíonei que deveria ser uma escrava sexual. Um pouco atormentada pela ideia refleti. 

Pensamento on

Realmente, tenho um corpo bem esculpido, um rosto muito belo e me acho atraente. Acho que até faz sentido

Pensamento off

Meus pensamentos são interrompidos por um homem que entra no quarto. Ele é alto, um corpo bonito, barba, algumas tatuagens nos braços e um cabelo castanho. Ele olha pra mim.

-Eii garota, como se chama?

-Umh... -nem recusei a responder

-Responde... Ou sofreras as consequências garota. -ele aproximasse e coloco as mãos no meu pescoço

-O-ok.. sou a Sophia..

Ele me larga e se senta do meu lado.

-Uhm.. então Sophia vamos começar o seu trabalho?

-C-claro.. mas cadê minha roupa?

-Aah menina boba, adoro garotas assim, ingénuas. -ele me deitar na cama e amarra meus pulsos com umas algemas.- Vamos lá...

Ele desabetou-a as suas calças e baixa os boxers me deixando ver o tamanho... Era grosso, com uns 23centimetros e tinha as veias em destaque. Ele colocou o seu pau na minha boca e mando chupar.

Como era virgem e só me contentava pelos pornôs que assitia, fiquei meio assustada mas fiz o meu melhor.

Comecei colocando apenas a cabecinha na boca e passando a língua pela sua ranhura, o que funcionou suficiente para ele se arrepiar.

Ele fala que agora é asserio e chupo bem rápido e com uma enorme vontade. Após aquele gozo cair na minha boca e eu ser obrigada a engolir tudinho ele me colocou de quatro.

-Tenha cuidado, eu sou v-virgem...

-Eu vou fazer como quiser... Tá bom puta?

Ele enfia tudo de uma só vez me dando umas dores horriveis. Ele começa enfiando muitas vezes seguidas, me deixando toda dorida

-Gema pra mim, vai -ele aperta meu pescoço e eu com alguma dificuldade fingo um gemido- Agora faz sério esse gemido...

Ele me larga e enfia mais rápido e eu grito de dor

-Aaaah, aiii, aaaah tá d-d-doendo, aaah!

-Isso mesmo

Ele me vira bruscamente e anfia novamente na minha ppk... Finalmente entro no clímax e gemo com bastante prazer.

-Aaaah, não para vai, siiiim, aiiiiw 

-Vou gozar Sophia, vou gozar

-Aaaah, eu também Aaaaiw ai ai uuh

-Vai goza comigo sua puta vai, vai... - ele agarra meu cabelo e eu começo a rebolar pra ele.

Ele continua socando forte até que sinto um líquido escorrendo pela minha perna.. minha pernas ficam bambas e caio pro lado. Ele deita-se comigo e enfia no meu cu, oq me deu uma ótima sensação. Ele pega um vibrador da mesinha de cabeceira e colocá-lo na entrada da minha vagina me fazendo ficar louca novamente.

-Aaaah putinha, tu é incrível... Vou te deixar descansar um pouco.. -ele me beija ferozmente e eu agarro no seu pinto mesturbando-o.

Ele goza e me deixa toda suja.

Vou até o banheiro e ele começa socando na minha vagina novamente, mas dessa vez com muita agressividade me deixando zonza... Quando dou por mim vejo o chuveiro com sangue e ele me beija os seios

-Nao liga é normal... Mas é tão bom sentir sangue no pau.. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...