História Escreve uma carta de amor (2yeon) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Jeongyeon, Nayeon
Tags 2yeon
Visualizações 38
Palavras 710
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Oneshot


 Olá meu amor, essa é a carta que escreve antes de entrar na sala de cirurgia. Eu não sei o que escrever, por tanto me imagine sorrindo enquanto ler isso, se o papel estiver com minha lágrimas eu tentei fazê-las secarem mas não funcionou. Eu mergulhei essa folha no meu perfume espero que o cheiro esteja intacto.

Eu sabia os riscos de ter um filho, era o nosso sonho. Meses fazendo implantações, meses na fila de espera, e você não podia gerar um filho mas isso era o nosso sonho, quando soube que eu podia gerar uma vida fiquei tão feliz mas não podia porque eu era diabética. Eu não podia cumprir o nosso sonho, como eu não poderia lhe dar o que você mais queria para completar nossa família? Esses nove meses com ela dentro de mim foram os meses mais felizes de toda minha vida. Sentir que dentro de mim existia uma pequena vida me fazia a pessoa mais feliz desse mundo, você acreditaria?

Te ver falando com minha barriga, ver você correndo pros lados a procurar de consumir meus desejos estranhos, jogar ameaças como dizer que ela nasceria com a cara da comida se meu desejo não fosse realizado, sentir cólica, meus pés encherem, noites em claro sentindo os pés dela chutarem porque te queria perto, foram os dias que eu nunca vou me arrepender.

Posso não ser a pessoa mais lúcida, posso ser doida e imatura. Mas eu te amo, meu amor é tão intenso que não consigo descrever. Me falaram para descrever o que eu mais gosto em você, aonde eu devo começar? Talvez seja pelo o seu sorriso, ele iluminar meus dias, talvez seja seu pequenos olhos que transbordam luz, ou seus lábios rosas que eu tanto beijei, talvez seus braços que eu tento me aconcheguei, talvez seja seu cheiro que me viciou, não, a culpa foi sua. Você que me ofereceu o guarda-chuva com a desculpa que uma princesinha não se molhava, você que me fez sorrir nos momentos difíceis, você que me acariciou tentando me conforta, você que me abraçou. A culpa foi sua, eu me apaixonei, será que você percebe o que faz com os pequenos gestos?

Eu me casei, nossa, eu Lim Nayeon me casei, quer dizer Yoo Nayeon, eu tenho seu sobrenome. Você me marcou, me tocou, me amou, me cativou, sinto que lhe amarei até meus últimos minutos.

Talvez você não chegue a tempo, você sempre estar atrasada, se lembra quando eu fiz sua festa surpresa e você se atrasou porque estava no carrossel; eu fiquei com tanta raiva que te proibi de subir pro quarto, você dormiu na sala. No dia seguinte eu me sentir culpada então te mimei o dia todo, ai você disse que dormiria no sofá pelo o resto da vida se fosse assim.

Meu amor, te vir chorar uma vez, lhe vir desmorona, será que você chorou? Esta chorando? Queria secar suas lágrimas mas não posso.

Essa carta foi uma despedida e um recomeço, eu vou sempre amar vocês. Como amanhã que os pássaros cantam eu ficarei ao seu lado, nos dias triste, nos dias felizes e até mesmo nas paranoias.

Te amo, te amo tanto, droga estou chorando. Eu te amo, mas essa é a nossa despedida, eu vou te dizer adeus, eu vou seguir em frente mas pra isso preciso ter a certeza que quando o sol nascer você me amará como a primeira vez, que quando o sol nascer, você também nascerá. Preciso saber que você ficará bem. Não se faça de forte, até mesmo os bruta montes choram, você também pode. Chore, chore, bote tudo pra fora, limpe sua alma com suas lágrimas e no nascer do sol levante e recomece.

Espero que a Chaeyoung lembre-se de mim, espero que a sua vida seja regada de felicidade. Amor, espero que na próxima vida eu seja uma menina tonta que se esquece do guarda-chuva no ónibus da escola, e você uma menina que estar atrasada para um passeio mas dar seu único guarda-chuva pra uma desconhecida, assim eu vou poder me apaixonar outra vez por você. Te amo, adeus meu eterno amor, adeus minha filha. Adeus.

Ass: Yoo Nayeon.

Para: Yoo jeongyeon.

- você tem razão, eu estou sempre atrasada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...